1. Spirit Fanfics >
  2. Filhos do Oriente >
  3. Despedida

História Filhos do Oriente - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um aqui

Capítulo 2 - Despedida


Pov Luka

Legal nas últimas duas semanas eu simplesmente tive que falar em japonês com minha mãe por causa dessa viajem idiota pro meu azar meu pai era um olho puchado e sinceramente eu não sei o que minha mãe viu no cara, que viveu com ele por três anos e nesse tempo ele simplesmente ensinou ela literatura e pronúncias corretas em japonês coisa que ela fez questão de me ensinar desde os cinco anos.

Eu não gostava nada de ter que sair de Nova Orleans pra ir pro outro lado do mundo, eu gosto de mais daqui, as festas, as ciganas, o carnaval e todo o ar misterioso que esse lugar tem é como viver dentro de um filme de suspense cada esquina guarda sua surpresa e eu já conhecia todas elas.

De todas as coisas que poderiam me acontecer a pior delas foi ter que me despedir da minha garota, Hope Andrews não era só minha garota ela era a minha paixão começamos a namorar depois que eu me declarei pra ela no meio do carnaval de dois mil e quinze, numa cena um tanto quanto ridicula e não nos separamos nesses três anos que se seguiram porque a gente simplesmente se completava ela era uma garota que gostava de problemas e eu era o cara que atraia os problemas.

Não havia um lugar de Nova Orleans ao qual nós não tivéssemos ido desde seus cemitérios e ruas assustadoras até seus pântanos e florestas mas densas, gostávamos de viver nos arriscando ela vivia dizendo que nós tínhamos um relacionamento a três eu, ela e o perigo.

Depois de tudo que nós passamos parecia tão injusto deixar ela lá, mas meu pai só nos deu duas passagens e um papel com algumas instruções do que deveria ser feito, eu devo acrescentar que só aceitei tão rápido porque no momento em que minha mãe me contou isso as viaturas da polícia estavam chegando na escola provavelmente pra prender o porco do diretor e eu não poderia correr o risco dele se aproveitar da situação e colocar minha mãe no fio da faca também então eu tirei ela de lá com pressa e fui direto pra casa onde ela explicou o que nós teríamos que fazer.

Nesse momento eu estou olhando nos olhos castanho claro da minha ruiva má e ela está quase chorando.

- Você sabe que se dependesse de mim você viria comigo né ? - Pergunto com a voz um tanto mortificada pela tristeza.

- Eu sei mas não queria que você fosse ! - Ela retruca já derramando algumas lágrimas.

- Olha minha mãe me explicou tudo e em uma semana o dinheiro será nosso pra fazermos o que quisermos, então eu mando uma passagem de primeira classe pra você ir até o Japão e te busco no aeroporto. - Contei o plano que eu estava bolando pra ela.

- Você me promete ? - Ela perguntou me olhando nos olhos com um pequeno sorriso.

- Pela minha alma minha ruiva má. - Eu prometi olhando pra ela sorrindo também.

- Eu tenho um presente de despedida pra você. - Ela disse com um sorriso malicioso.

- E onde tá esse presente ? - Eu perguntei já puxando o corpo dela pra perto do meu e apertando sua bunda.

- Aqui não meu pai pode chegar, vamos pro meu quarto ! - Ela disse já se soltando do meu abraço e correndo pro quarto fui atrás dela sem pensar duas vezes.

Quando cheguei no quarto ela tava só com uma lingerie vermelha.

- Você sabe que eu fico louco quando você põe essa lingeri. - Eu falei entredente olhando a garota na minha frente com desejo.

- Não sabia não. - Ela brincou fingindo inocência mas ainda com aquele sorriso sapeca.

- ENTÃO VAI DESCOBRIR AGORA. - Gritei carregando ela no colo e jogando ela na cama, essa noite vai ser longa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...