História Filhotes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Abo, Chanbaek, Daddy Kink
Visualizações 1.114
Palavras 339
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo único.


O interior quentinho lhe apertou enquanto o enchia com mais e mais jatos abundantes de porra, o nó grosso e quase doloroso os mantendo juntos e certificando-o de que o ômega seria devidamente preenchido e engravidaria.

As maozinhas eram trêmulas ao redor de seus pescoço, espalmando suas costas enquanto o membro ainda sofria com espasmos pelo orgasmo, uma pequena peça do próprio sêmen sobre as dobrinhas da barriga e os lábios partidos, ofegante, ainda choramingando e chamando por seu nome. Selou os lábios com um breve sorriso, engolindo os sonzinhos manhosos e mexendo o quadril em movimentos circulares, provocando a próstata já muito sensível e o vendo arquear as costas da cama, com fraqueza pressionando as unhas curtas contra seus ombros. Os barulhinhos que ele fazia toda vez que o estimulava demais eram encantadores.

— P-papai?

— Hmm? — murmurou, desviando os olhos do ponto onde estavam conectados e fingindo não perceber como o rubor se intensificou nas bochechas do menino.

— O Baekkie vai mesmo engravidar agora? — sua voz soou pequena, receosa. Os olhinhos úmidos e brilhantes encaravam os seus por pouco tempo antes dele desviar, ainda tímido mesmo depois de tanto tempo juntos. Seu omegazinho continuava doce mesmo tendo o maculado tantas vezes.

— Você ainda pode tomar a pílula pra prevenir, se não quis-

— N-Não!… Baekkie quer carregar os filhotinhos do papai… o papai vai ficar feliz, não é? — afirmou quase desesperado, e sorriu. — Baekkie também vai ficar feliz por ter os filhotinhos do papai.

— Nossos filhotes, hein? — grunhiu, mordendo a orelha do pequeno e o tirando uma risadinha. — Descanse, querido, porque se não conseguirmos hoje, iremos encher seu rabinho de porra até você estar com toda a certeza, esperando nossos bebezinhos.

— Papai! — corou fortemente, batendo no ombro dele e escondendo o rosto com a mão. Ele beijou suas maozinhas com afeição antes de afasta-las, encostando os lábios nos seus mais uma vez antes de vira-los na cama com cuidado, o deixando deitado sobre o peito dele. — Te amo.

— Também te amo, meu bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...