História Fillie - Desafio - Capítulo 37


Escrita por:

Visualizações 418
Palavras 1.574
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


AHHHHH! Isso foi um grito de chateação. Então, aqui estamos no último capítulo dessa fic maravilhosa (modéstia a parte) rs Gente, pra mim é maravilhosa sim, mas não porque é minha, mas por conta do que ela me deu.

* Preparem-se para o falatório! rs

No começo de Janeiro, eu estava num hotel em Águas de Lindóia e como minha mente é poluída (rs), veio essa ideia na minha cabeça. Mas foi muito além do que eu imaginava. Cada dia eu ficava com mais vontade de escrever e atualizar logo, só pra falar com vocês. Eu não esperava que essa história ia ter tanta atenção e que vocês iam ser tão incríveis. Principalmente, porque tinha acabado de acontecer aquela treta na live do Finn e por isso eu tava morrendo de medo do fandom rsrs Apesar deu não responder todos os comentários, eu leio todos eles e fico muito feliz.
Me desculpem se teve alguma coisa que vocês não entenderam ou que não fez sentido. A partir de agora estarei revisando todos os capítulos, porque de primeira, a gente nunca pega todos os errinhos.
Eu queria agradecer a todos que leram, comentaram, criticaram, favoritaram, sugeriram ou simplesmente leram as cenas safadas (rs) . Eu pus todo meu coração nisso e escrevi cada capítulo com muito amor para que vocês gostassem e se divertissem lendo.
Eu também quero agradecer ST por simplesmente existir. Desde que eu assisti esse show incrível minha vida só mudou pra melhor (tirando os dias que fiquei deprimida depois do Super Bowl por saber que a S2 só vai ser lançada no Halloween). De uns tempos pra cá eu me tornei uma pessoa muito sozinha, antissocial e isolada. Não tinha nenhum amigo, mas ao entrar pra esse fandom incrível e escrever essa fic, eu fiz um monte e consegui até um namorado. Então, obrigada Duffers por serem tão maravilhosos!

* Hora da publicidade

Então, não se esqueçam de checar minhas outras histórias sobre ST: Stranger Liaisons e Forgotten. Eu gosto muito delas e logo elas serão atualizadas. Eu só resolvi dedicar julho para Fillie.

* Hora de Fillie

Só queria pedir pra todo mundo que faz parte desse fandom não brigar entre si. Esse é o fandom mais desunido que eu já vi. Principalmente a parte Fillie Shippers X AntiFillie Shippers. A gente pode ter alguns interesses diferentes, mas nosso propósito é o mesmo: idolatrar Stranger Things.

Então, eu fico por aqui. Adorei passar esse tempo com vocês. Over and Out.

PS: Uma cena no final do capítulo vai fazer vocês pirarem. Eu nem estava planejando!

PSS: Eu volto nas notas finais

Capítulo 37 - Para Sempre


Fanfic / Fanfiction Fillie - Desafio - Capítulo 37 - Para Sempre

- Pessoal!!! - Gaten gritou assustando Finn, Noah e Caleb que esperavam impacientemente por Millie e Sadie do lado de fora do trailer da ruiva. Ele chegava com Lisa ao seu lado - Gente, o Caleb está literalmente branco! Como isso é possível? Vocês viram um fantasma, por acaso?

 

- Me erra, Gaten! - Caleb não estava no clima para brincadeiras. Estava preocupado com Sadie. Não era de sua natureza reagir bem a problemas assim.

 

Gaten levantou suas mãos se rendendo. Ele não queria magoar ninguém.

 

- É que a Sadie pode estar grávida, Gaten. - Noah avisou o amigo para que ele não ficasse chateado com Caleb. Com certeza, ele não fizera por mal.

 

- Ela e Millie estão fazendo o teste agora. - Finn acrescentou para que Gaten soubesse porque eles estavam parados aqui.

 

- Meu Deus! - Lisa gritou e saiu correndo para dentro do trailer. Convenientemente a porta estava aberta. As meninas não tinham trancado, porque não achavam que os meninos teriam coragem de entrar ali, e não tinham mesmo. Porém Lisa sentia que suas amigas precisam dela.

 

Quando ela entrou viu Millie abraçando Sadie e a ruiva soluçava de tanto chorar. Ela já sabia o resultado. Simplesmente entrou no meio do abraço e se juntou a elas.

 

- Vai ficar tudo bem! - Millie dizia e cada vez, Lisa as apertava mais.

 

- Eu só não queria estar triste. O bebê não merece isso. - Sadie dizia entre suspiros.

 

- É um choque, Sadie. Se você não estiver preparada, - Lisa hesitou um pouco - o bebê vai entender se você quiser tirar.

 

Millie concordou com a cabeça. Não era o certo a se fazer, mas Sadie estava bem desequilibrada emocionalmente. Realmente ela não tivera muito tempo para curtir a vida e isso a desestabilizava. Ela era uma boa garota, entretanto.

 

- Não. - Sadie balançou a cabeça insistentemente. Elas quebraram o abraço - Eu só queria ser uma boa mãe!

 

- E você vai ser! Você tem a gente e o Caleb. - Millie lembrou.

 

- Vai dar tudo certo, Sads!

 

Sadie respirou fundo e rumou para fora de seu trailer. Era hora de Caleb saber. Quando ela apareceu e os meninos a olharam, ficou na cara qual era o resultado. Então, Caleb correu até ela e a abraçou forte. Ela fechou os olhos fortemente, tentando impedir que mais lágrimas saíssem. Queria ser forte por seu filho e por Caleb. Ele era mais velho e mais avançado que ela. Sadie queria mostrar que ela podia lidar com aquilo, apesar de já estar sendo difícil.

 

- É isso aí. - Millie disse quando deu de encontro com o resto dos meninos. Agora todos já tinham certeza do resultado.

 

- Eu não quero estragar esse clima de fossa, - Gaten disse quebrando o silêncio depois de um tempo - mas os Duffers chamaram a gente pro jantar de encerramento da terceira temporada.

 

- Encerramento?! - Millie exclamou - Mas falta mais uma cena!

 

Realmente, faltava uma cena íntima entre Lucas e Max e os Duffers esperavam que eles gravassem naquele momento. As gravações estavam atrasadas, por conta das mil confusões que aconteceram no último mês e por isso, eram para terem sido finalizadas antes do Natal. Como faltava uma cena com duração de 10 segundos, por que não naquele momento?

 

Todos começaram a discutir se a Sadie devia ou não fazer a cena. Inclusive Caleb estava envolvido na discussão. Sadie ficou de saco cheio. Ela estava prestes a virar mãe. Praticamente já era, pois haveria cuidados durante a gravidez para seu bebê nascer saudável.

 

- CHEGA! - Ela gritou, assustando todos - Eu vou fazer essa cena já e depois vamos sair pra comemorar. Caleb, vai se arrumar! - Ela disse firmemente de um jeito que Caleb não podia deixar de obedecer. Na hora, ele se retirou - Meninas, me ajudem a me arrumar por favor.

 

Do jeito que estava acabada, precisaria de muita arrumação antes de passar pela equipe de maquiagem.

 

Ninguém estava muito no clima para gravação, mas Caleb e Sadie conseguiram em dois takes. Até porque depois de ficarem um dia separados, estavam com saudades. Para eles foi emocionante. Eles estavam conectados para sempre uma vez que teriam um filho. Não podiam estar mais comprometidos que isso.

 

A cena era simples. Eles somente entrariam no quarto, se beijariam enquanto se deitam na cama e a cena acabaria.

 

Logo estavam todos reunidos no restaurante pela terceira vez comemorando ST. Os Duffers e Shawn Levy aproveitaram para anunciar que a Netflix já tinha confirmado a quarta temporada que, infelizmente, seria a última. Ainda assim, todos caíram na festa. Celebrando até que não podiam mais.

 

- Vocês vão ficar bem? - Gaten estava realmente preocupado com Sadie e Caleb. Nenhum deles estava esperando por aquilo naquele momento. Também, quem iria? Eles estavam conversando num momento que a festa tinha aquietado um pouco.

 

Caleb assentiu com a cabeça. Já era tarde e Sadie dormia em seu ombro. Havia sido um dia cansativo para ela.

 

- Eu sempre quis ter filhos. É meio cedo, mas vamos ficar bem.

 

- Você sabe que a gente sempre vai estar aqui por vocês. - Gaten acariciou ombro de Caleb que não estava ocupado. Um ato para confirmar o que dissera.

 

- Você sabe que eu te amo, cara! E eu amo essa moça aqui e esse bebê. - Ele acariciou a barriga de Sadie apesar de nada poder ser sentido ainda. Ela continuava adormecia.

 

- Mano, isso foi muito gay! - Gaten riu, mas lembrou-se - Bom, você beijou o Finn.

 

- Realmente. - Caleb concordou - E o Noah também!

 

Ele apontou para Millie e Noah que dançavam uma música lenta. Ficaram admirando o casal de amigos por um momento, até que Gaten disse:

 

- Você consegue acreditar que eles transaram?

 

- Nossa! - Caleb franziu o cenho enojado - Não! E é melhor assim, porque daí é mais fácil de superar.

 

- Você tem um ponto. - Gaten concordou.

 

Millie e Noah dançavam olhando-se nos olhos. Ele sempre ficara encantado com o sorriso delicado de Millie. Ela conseguia fazer o dia de qualquer um melhorar somente com seu rosto.

 

- Que foi?! - Millie disse rindo, constrangida com o jeito que Noah a encarava.

 

- Você tem um rosto pra sorrir!

 

- Tá tentando me levar pra cama de novo? - Ela brincou, deixando Noah meio desconfortável.

 

- Nem brinca com isso! - Ele falou sério e ela achou a coisa mais fofa ele gostar dela daquele jeito, mas como amigo. Ou seja, sua amizade era reconfortante e ela era muito sortuda.

 

Millie o abraçou forte. Queria que aqueles momentos ruins fossem embora e dessem lugar para os bons. Parecia que isso estava finalmente acontecendo e ela era muito agradecida a isso.

 

 E para ficar perfeito, bem quando começou a tocar Thinking Out Loud do Ed Sheeran (porque só assim para ficar perfeito), Finn chegou.

 

- Você se importa se eu dançar com ela?

 

- Nem um pouco. - Noah entregou a mão de Millie para Finn que pegou de bom grado e fez ela dar uma girada antes de botar uma mão em sua cintura. Colou seus rostos e por incrível que pareça, ele estava dançando muito bem.

 

- Onde você aprendeu a dançar assim, senhor Wolfhard?

 

- Tenho que impressionar minha futura esposa! - Ele sussurrou simplesmente como se fosse algo que a gente diz todo dia para nossa namorada.

 

- Futura esposa? - Millie tentou entrar na brincadeira, mas então Finn enfiou a mão em seu bolso e tirou uma caixinha preta. Millie se afastou sem acreditar no que estava acontecendo.

 

- Finn, eu tenho 18 anos! - Ela constatou. Não era possível que ele estivesse pedindo ela em casamento.

 

- Então, eu acho que o nosso noivado vai ser bem longo! - Finn brincou e os dois riram - Então, você quer... casar comigo?

 

- Quero. - Millie estendeu sua mão pensando 'Por que não, né?'.

 

E não é que ela ficava bem com o anel? Bom, na cabeça de Finn ela ficava bem com qualquer coisa. Mesmo assim comprou a maior pedra que pôde. Queria que fosse exageradamente grande, porque senão, talvez as pessoas não percebessem e falassem 'Olha, é um anel de noivado!'. Ele ia contar para o mundo. Não via a hora.

 

Millie deu um beijão nele e ele aproveitou para levantá-la no ar. Depois sussurrou em seu ouvido:

 

- Essa é a hora que a gente foge.

 

Os dois saíram correndo pelas ruas de Atlanta de mãos dadas gritando e sorrindo, sem ligar para o que os outros pensavam.

 

Finn levou Millie até a piscina aquecida do estúdio. Ele tirou suas roupas e jogou-se na água de cueca, convidando Millie para fazer o mesmo. Logo, ela se juntou a ele somente com suas roupas de baixo.

 

Ela envolveu o pescoço de Finn com os seus braços depois de horas que eles ficaram simplesmente brincando.

 

- Eu te amo. - Ele encostou suas testas e fechou seus olhos.

 

- Eu também te amo.

 

- Eu tenho tanto medo de te perder. Quase morri todos aqueles dias que a gente ficou separ... - Millie o calou com um selinho e desencostou suas testas.

 

- Não tem por que ficar com medo. Somos Fillie! - Os dois sorriram pensando na palavra que por tanto tempo odiaram.

 

E Fillie não ia morrer. Fillie era real e forte, para sempre.


Notas Finais


Então, quem tá afim de segunda temporada? Eu digo de Fillie - Desafio e não ST rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...