1. Spirit Fanfics >
  2. Fillie- Más Lembranças... >
  3. Mais que sexy, poderosa!

História Fillie- Más Lembranças... - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Mais que sexy, poderosa!


Pov/Finn

Eu não estou entendendo o porque, eu estou procurando a esquisita da Millie nessa festa, mas tem uma coisa que eu sei é que eu estou louco para beijar aquela boca novamente, foram três beijos, e no meu longo histórico coloque longo nisso, nenhuma garota beija como ela, mas pelo visto hoje ela não vem.

-Esta viajando Wolfhard? -Jacob encostou do meu lado.

-Procurando alguém? -Gaten debochou.

-Não posso mais ficar suave? -Perguntei.

-Claro que não, você sempre esta de lance com alguém. -Jacob bebeu um gole da bebida que tinha no copo.

-Vou pegar tua irmã de novo ai você vai ver o lance. -Falei um pouco acima do normal.

-Se ela quiser, quem sou eu para mandar nela, mas depois da merda que você fez ano passado, eu acho bom tu ficar longe. -Jacob falou virando as costas.

-Desnecessário em Finn. -Gaten saiu atrás do amigo.

-Porra vocês vem encher meu saco, e sai irritado? -Gritei no meio da multidão tentando alcançar os meninos.

-Que porra você está fazendo aqui? -Encarei o garoto dos olhos verdes a minha frente.

-Vim com uma amiga -Levantou a sobrancelha.

-Que festa mais merda. -Falei seguindo em frente, ate parar na piscina, e é sério que quando eu estou bêbado fico igual esses moleque retardado? 

Do outro lado da piscina com um copo vermelho na mão e um sorriso nos lábios enquanto conversava com um garoto, estava a esquisita que eu procurei a noite toda, serio que ela esta de mini sai de couro e jaqueta jeans? Não é possível que a desgramada consegue ser linda, não só linda como maravilhosa, nem parece a Brown, e na maior cara de pau do universo eu me aproximo da garota dos cabelos no ombro.

-Oi Brown. -Falei pela primeira vez inseguro.

-Wolfhard? -Ela levantou a sobrancelha e me olhou de cima a baixo. -Esta bêbado? Porque para me da oi, tem que estar bêbado.

-Nada haver, só quis ser educado, mas como sempre você é ignorante. -Revirei os olhos e observei o garoto que antes ela estava rindo e conversando, e não era nada mais e nada menos que. -Caleb McLaughlin! -Fiz cara de repulso.

-Finn Wolfhard- O garoto sorriu debochado.

-Que porra você e faz aqui? -Perguntei debochado mas irritado.

-Vim com minha namorada. -Respondeu de cara fechada e vi Noah aparecendo por trás da Millie a abraçando.

-Tá, alguém me explica como os dois tem a cara de pau de vir numa festa na casa do vice capitão do time mais rival de vocês? -Encarei Noah mas dessa vez com mais nojo ainda.

-Algum problema aqui? -Sadie chegou com dois copos de bebida nas mãos me encarando.

-Finn incomodando com nossa presença. -Noah debochou.

-Jacob sabe que estão aqui?

-Íris sabe que eles vieram comigo, Caleb é tanto meu namorado como amigo da Íris, então faz favor, deixa a gente. -A ruiva falou convicta.

-Tudo bem! -Dei de ombros e fui andando ate ouvir um grito.

-Finn!!! -Íris veio na minha direção meio bêbada.

-Fala Íris.

-Esta todo mundo pulando na piscina, Vamos? -Ela me puxou pela mão. -Chega a ser pecado você com esse corpo de jogador de camiseta numa festa na piscina. -Olhei para o lado e vi Noah abraçando Millie e depositando beijos no pescoço dela, e de verdade me deu vontade de vomitar.

-Vamos. -Tirei a camiseta, e como sempre senti olhares em mim, o da garota ao lado era um deles, sorri sínico para ela e pulei na água, em seguida todas pularam até mesmo Sadie Caleb e Noah, mas Millie não quis, sentou em uma das cadeiras de jaqueta e tudo. -Tem medo da água Brown? -Ri da cara dela como de costume.

-Não interessa para você. -Ela gritou da onde estava, e eu me aproximei da borda onde ela estava.

-Garotas como você não usam biquíni só livros, não é mesmo? -Sorri irônico.

-Garotas como eu fazem o que bem entender Wolfhard. -A garota levantou e colocou a jaqueta em cima da cadeira retirando os sapatos. -Já que insiste tanto. -Ela levantou as sobrancelhas e retirou a roupa ficando só de biquíni, que no caso era azul escuro, e puta que pariu como aquele biquíni poderia ficar tão....tão, serio eu não consigo raciocinar. -Garotas como eu usam biquíni e leem livro. -A garota deu um pulo na agua, e eu juro para vocês aquilo foi mais que sexy, foi poderoso.

Pov/Millie

Como Finn consegue me tirar do serio, eu não sei, mas quando eu vi estava dentro da piscina, fiquei alguns minutos com Noah dentro da agua, ate senti uma vontade absurda de fazer xixi, então sai e fui ao banheiro, e agora na frente do espelho eu estou me perguntando da onde eu tirei coragem para tirar a roupa e ficar só de biquíni.

-Acho que meu plano de te irritar ate tirar a roupa deu certo. -A voz rouca que eu conhecia muito bem invadiu o banheiro, e o som da chave da porta do banheiro se virou.

-Você é irritante num nível inexplicável. -Me virei de frente para o garoto auto e pálido.

-Eu sei! -Ele sorriu e veio se aproximando de mim.

-Belo físico. -Sorri vendo que ele estava sem camiseta apenas de shorts de banho, e eu não estou falando da boca para fora, eu já havia dito que queria ver o que ele escondia atrás daquele uniforme escolar.

-Muito treino, desde quando era pequeno. -Ele pegou minha mão e colocou na sua barriga.

-Você está molhado. -Fiz cara de nojo.

-E você esta gostosa- Finn falou quase sussurrando, e eu não controlo meus instintos, foi de arrepiar.

-É mesmo? -Falei irônica. -Achei que não me suportasse.

-Não suporto, mesmo. -Ele falou ainda baixo.

-Eu também não te su por to! -E no mesmo instante senti os lábios dele tomarem o meu, ai meu Deus como o beijo dele é bom, e os nossos corpos molhados e gelados se tocando era uma explosão, ele passou uma das mãos por dentro da parte de baixo do meu biquíni, e eu senti os grande dedos dele adentrarem mina intimidade, ele desfez o beijo com uma mordida do lábio, e eu passei a beijar seu pescoço, os dedos dele sabiam exatamente o que estavam fazendo e com toda certeza eu deixei marcas pelo seu pescoço, ele tomou meus lábios novamente e quando eu senti que o dedo iria sair do meu clitóris e ir para outro lugar eu dei um pulo. -Finn eu ainda sou virgem! -Sussurei enquanto senti os dedos dele saírem da onde estavam e senti ele me pegar pela cintura e colocar sentada na pia, desceu com a boca e terminou tudo que tinha começado a alguns minutos com os dedos.

-Nada que você não queira. -Finn falou olhando nos meus olhos e depositou um selinho na minha boca, me ajudou a levantar de cima da pia, em seguida saiu do lugar, sem dizer absolutamente nada. Logo eu voltei para beira da piscina.

-Está tudo bem? -Sadie perguntou.

-Eu acabei de ficar com Finn no banheiro. -Fixei ao olhos na Ruiva.

-PUTA QUE PARIU. -Sadie arregalou os olhos.

-Mas dessa vez ele me chupou. -Terminei

-NOSSA SENHORA DA BICICLETINHA. -A ruiva passou a mão no cabelo -Pera ai, DESSA VEZ? -Questionou surpresa.

-Sim nos já ficamos três vezes nessa semana. -Mas ninguém absolutamente ninguém além de nós dois sabíamos, porém eu precisava contar para alguém, e eu só confio em você mesmo que te conheça a pouco tempo. – Sorri falso para garota.

-Achei que vocês se odiavam.

-A gente se odeia, mas quando ele vem sorrindo e me pega pela cintura eu esqueço o babaca que ele é! - Assim que terminei a frase vi o garoto dos olhos verdes vindo na minha direção.

-Caleb está te chamando para te levar para casa. -Falou para Sadie.

-Beijo amiga, amanhã a gente conversa no shopping, me manda mensagem viu. -A ruiva me deu um beijo na bochecha e saiu em direção ao Caleb que estava do outro lado da piscina acenando para mim.

-Você já vai? -Perguntei já sabendo a resposta.

-Sim. -Abaixou os olhos. -Essa noite foi incrível, obrigada por tudo. -Ele sorriu de canto e depositou um beijo doce nos meus lábios.

-Obrigada por tudo -Sorri ao desfazer o beijo.

-Até a próxima. -Me deu um abraço e saiu em direção a saída da casa, fiquei alguns minutos sentada ali tentando raciocinar o que foi aquela noite.

-Seu namoradinho já foi? -Senti um arrepio na nuca de tão perto que Finn falou do meu ouvindo.

-Não é meu namoradinho, conheci hoje. -Falei um pouco seria.

-O que você tem? -Me perguntou com um tom preocupado, estranho vindo do Wolfhard.

-O que foi aquilo no banheiro? -Perguntei dessa vez olhando nos olhos dele. -O que está acontecendo com a gente?

-Eu não sei! -Respondeu indeciso. -Eu gosto muito de beijar você, você tem o melhor beijo, e sério encaixa de um jeito que eu tenho vontade de arrancar sua roupa. -Completou sorrindo.

-Eu sinto o mesmo. -Sorri. -Só que a gente não se suporta Finn. -Abaixei a cabeça.-Sem brigas essa semana? -Ele estendeu a mão.-Sem brigas. -Apertei a mão do garoto. -Vem, vou te deixar em casa. -Ele sorriu me ajudando a levantar, e nos caminhamos ate chegar na minha casa, poucos minutos de puro silêncio onde eu e Finn não brigamos, quando chegamos na frente da minha casa o garoto parou na minha frente e disse uma frase, que eu achei que nunca ouviria na vida. -Me desculpa por tudo que eu já fiz com você, sempre me senti um babaca por isso. -Ele depositou um beijo na minha testa e volto para casa da Íris, e essa definitivamente foi a noite mais maluca e emocionante de toda a minha vida, pelo menos ate aquele momento.


Notas Finais


MANOOO VOCÊS ESTÃO GRITANDO QUE NEM EU?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...