História FILLIE-Novos sentimentos - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Dustin Henderson, Eleven (Onze), Lucas Sinclair, Maxine "Max" Mayfield / "Madmax", Mike Wheeler, Will Byers
Tags Fillie, Finn Wolfhard, Mileven, Millie Bobby Brown, Romance, Stranger Things
Visualizações 134
Palavras 1.077
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - O quê você está fazendo aqui?


Reviro os olhos ao ver a mensagem e Finn parece perceber.

-O que foi? — Ele pergunta e antes que eu possa responder ele enfia a cara na tela do celular e faz uma cara feia.

-Ah. — Ele bufa irritado e então pega o celular da minha mão e começa a digitar algo.

-Finn! Me devolve! — Tento pega-lo de volta, mas Finn o ergue pro alto. -Finn!

-Espera... Pronto! — Ele diz me devolvendo o celular, praticamente arranco-o de suas mãos.

Finn havia respondido a mensagem de Romeo:

“Estou muito ocupada com o Finn (aliás eu prefiro ele do que você) Tente mais tarde ou de preferência nunca mais.

~Xoxo.”
 

-Finn! — Lhe dou um tapa no ombro com os olhos arregalados. Finn é louco.

-De nada. — Ele diz tranquilo, um riso me escapa.

A porta se abre em um estrondo nos assustando.

-É festa! — Diz Caleb abrindo a porta e invadindo o trailer com o resto do pessoal, Finn e eu arregalamos os olhos confusos.

-Mas o qu?... — Antes que Finn possa terminar sua frase Sadie pula em seu lado tomando um chips de sua mão. -Ei! — Ele grita.

Noah se põe no meio de mim e Finn na cama e Caleb se joga no chão junto de Gaten.

-Ninguém mandou vocês fazerem live. — Diz Sadie.

-Dá próxima vez eu penso melhor. — Digo e então minhas bochechas coram quando Finn olha pra mim. O que eu disse mesmo? 

-Boa idéia. — Finn diz soltando um riso e eu sorrio junto á ele.

-Já é tarde, só viemos aqui atormentar vocês e mais nada mesmo. — Diz Caleb e eu rio, eles são de mais.

Ficamos comendo e conversando enquanto um programa aleatório se passava na Tv.

-Millie você está bem!? — Sadie pergunta, Creio que eu estava vermelha de tanto rir dos casos de Gaten.

-Acho que não. — Finn responde por mim equanto eu tentava conter meu riso.

-Se eu soubesse que você ia morrer nem contava minhas experiências maravilhosas. — Gaten diz fazendo todos rirem.

Nosso momento é interrompido quando ouço batidas na porta.

-Eu não vou abrir! — Grita Sadie.

-Nem eu! O trailer é de Finn, ele que abra. — Grita Noah.

-Bando de preguiçosos... — Digo me levantando pra abrir a porta. Quando a abro fico boquiaberta.

-O que você está fazendo aqui?! — Pergunto.

-Eu que te pergunto! — Romeo rebate e eu reviro os olhos. -Furou comigo pra vim ver seu amiguinho? E ainda mandou aquela mensagem? Que consideração, Millie! Eu realmente pensei que você fosse melhor que isso. — Romeo grita e eu me irrito. 

-Olha aqu... 

-Mas que caralhos você está fazendo aqui?! —  Finn pergunta furioso aparecendo na porta. -A mensagem não foi clara? Quer que a gente desenhe pra você? — Ele grita. 

-Você não tem  nad... — Romeo tenta falar.

-E quem você acha que é pra falar com ela assim?! — Finn rosna.

-Quem é você primeiramente? — Romeo pergunta enfim desviando os olhos de mim, permaneço imóvel.

-Você não vai querer descobrir... — Finn diz em um tom desafiador.

-Não me interessa! — Romeo rebate e então volta o olhar pra mim. -Eu ainda não sei por que você está com esse garoto! E merda Millie! Eu ia ficar em Atlanta por você, e enquanto isso você mente que está ocupada só pra vim ver seu amiguinho! — Romeo grita furioso.

-Primeiro: Eu não te devo explicações da minha vida, pois não temos absolutamente nada! Segundo: Eu disse pra você seguir sua vida! Ou por acaso alguma vez eu disse pra você ficar? — Rebato. Odeio discussões, mas Romeo está realmente maluco. 

Romeo abre a boca pra dizer algo, mas Finn é mais rápido.

-Você ia ficar em Atlanta por ela? — Finn pergunta rindo muito, como se tivessem contado a piada do ano. Romeo o olha furioso e Finn finge recuperar o fôlego. -Desculpa... Eu realmente não consegui me controlar... — Ele finge se abanar.

-Fica na sua Wolfhard! — Romeo rosna.

-Ah. Engraçado... Pensei que não me conhecia... — Finn diz fingindo a maior inocência do mundo.

Isso está virando uma guerra. Não sei se interfiro ou se apenas pego uma pipoca e me sento aplaudindo.

-Eu já disse pra ficar na sua...! — Romeo rosna avançando em Finn, mas ele desvia esboçando um sorriso de canto.

-Uau! Eu acho que até a Millie luta melhor que você. — Finn diz com o sorriso ainda presente, Romeo cerra os punhos em sua direção novamente e Finn se afasta. —Agora eu tenho certeza. — Ele diz com um sorriso sínico estampado nos lábios.

-O que você diss...!

-Chega! — Grito e Romeo se afasta de Finn. - Romeo vai em bora! — Grito e ele me olha espantado.

-Mas Millie... Depois de tudo que passamos... Eu... — Ele diz num tom triste.

-Coitado, não sabe nem o que está acontecendo... — Finn diz escorado na porta com um sorriso sínico.

-Romeo, por favor!... — Peço olhando em seus olhos, mas ele ignora.

-O que está acontecendo? — Ele pergunta ofegante olhando para Finn.

-Ah. Você não sabe? — Finn pergunta se aproximando, Romeo o segue com o olhar e eu permaneço parada. -Espero que isso esclareça tudo pra você... — Ele diz com um sorrisinho e então captura meus lábios com vontade. Entreabro os lábios e Finn logo os preenche com sua língua a devorando com força e puro desejo até que nos falte ar e ele nos separe bruscamente. 

Romeo olhava espantado e com os olhos marejados e Finn tinha um sorriso vitorioso nos lábios, eu estava ofegante e não conseguia entender nada dos últimos minutos.

-Agora que esclarecemos tudo por aqui você já pode ir. Tenha uma boa noite, querido! — Finn finge um sorriso e me puxa de volta pro trailer fechando a porta em seguida.

Nossos amigos estavam ambos boquiabertos.

-O que foi aquilo? — Pergunta Sadie.

-Uau! — Caleb diz.

Todos comentavam sobre a cena anterior e eu não conseguia repassar os fatos pois só lembrava do beijo... 

Daquele beijo...

Aquele maldito beijo!...

 

Como assim está acontecendo algo?...

Preciso conversar com Finn, mas creio que esse não seja o momento certo. Vou deixar para amanhã.

Isso!...

 

-Já está bem tarde, eu vou dormir... Tenham uma boa noite! — Digo e todos rebatem um “boa noite”. 

Retorno ao meu trailer desacreditada.

Por que eu estou sempre tão confusa?

 

Me jogo na cama e tento dormir, falhando em resposta.

Meu celular apita...

 

“Eu te conheço o suficiente pra saber que não está conseguindo entender aquilo.”

 

E eu não tenho nada á dizer, pois meus sentimentos você já sabe...

 

E bom, me desculpe qualquer coisa...”

 

“Boa noite, Mills.”

 

”Hoje foi incrível.”

 


Notas Finais


Vish vish


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...