1. Spirit Fanfics >
  2. Fim, e Recomeço >
  3. A decisão de Rin

História Fim, e Recomeço - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Gnt sério o corretor está me atrapalhando muuuuuuuuuuuuuuito mas estou sem opção, é melhor os capítulos com erros de português do que deixar vocês esperando

Capítulo 6 - A decisão de Rin


Fanfic / Fanfiction Fim, e Recomeço - Capítulo 6 - A decisão de Rin

Rin on...

-Kohaku já tivemos essa conversa, olha sei que é difícil pra você, mas você não vai mudar minha decisão.

-Rin essa cara não é humano, ele vai se cansar de você, ele só que transar com você porque é novidade pra ele, e depois vai te descartar como um lixo, e outra ele vai acabar te matando, no processo. Já pensou nisso? -ele coloca a máscara de exterminador. -Eu tenho um trabalho e um futuro a lhe oferecer uma casa linda olha -ele acende um incenso.- olha construí pensando no seu conforto, como é grande e aconchegante a casa que eu fiz, olha tem até um quarto de emergência que eu fiz. -Rin já estava um pouco tonta, e desmaia, kohaku a coloca dentro do quarto no chão, e fecha a porta, e coloca a cama por cima, e foge para uma cachoeira, afim de despistar o faro de sesshoumaru.

Rin on...

Rin não queria magoar os sentimentos do Kohaku, pois eram amigo e treinava junto com ele a anos, seu pai(inuyasha) tinha falado pra ele tomar cuidado, pois o comportamento ele estava estranho, mas ela tinha fé nele, acha que se a kikyo lhe deu a vida então ela tinha visto uma luz nele.

-Kohaku por favor não estou me sentindo bem... eu... eu...

 Rin acorda em um quarto acolchoado, a faz lembrar das Histórias de terror que kagome contava de sua era, ela procura uma fonte de luz então vê seu colar brilhar, ela segura ele com força e chama por sesshoumaru, e desmaia de novo.

Sesshoumaru on...

‘Aonde você está? Te sento perto  mas não te encontro’ ele procurou sentir o cheiro de Rin, mas as flores e o insenco estava atrapalhando, então decidiu seguir o cheiro do kohaku, e o seguiu até uma cachoeira, que estava protegida por uma barreira, ele então começou a procurar uma maneira de quebrar a barreira, inuyasha imediatamente ofereceu a tessaiga vermelha, e sesshoumaru pegou, e pela primeira vez não foi repelido por ela, ele quebrou a barreira, e entrou na caverna com inuyasha e foram andando, até chegar em um portal, que era muito estranho, se ouvia barulhos de carros e buzinhas do outro lado. 

-Não é por aqui, isso me parece uma amardilha vamos voltar.-disse inuyasha- se formos por aqui ficaremos presos na era de kagome, acredite em mim!

-dessa vez. - disse sesshoumaru e voltaram. 

-Sesshoumaru está escuro aqui estou com medo, por favor... estou um um lugar sem barulhos.-ouviu sesshoumaru a voz de Rin em sua cabeça.

Quando sesshoumaru contou a inuyasha, ele disse que havia um lugar assim mas era muito longe eles levaria uma semana pra chegar lá. E eles foram.

Rin on...

-Sesshoumaru está escuro aqui, estou com medo, estou em um lugar sem barulho, estou embaixo da terra, por favor venha- disse Rin ao seu colar que se apagou de repente. Rin viu luz que quase a segou, ela escondeu o colar, e viu kohaku entrar.

-você está bem fiz café da manhã pra nós, somos um casal agora, e com o tempo você vai aprender a me amar! -disse kohaku 

-Eu nunca vou te amar, nunca!! -disse Rin furiosa, ela tentou usar seu poder nele mas não funcionou.

-Eu tenho amor por nós dois.-Desse kohaku -e não adianta você tentar usar seu poder estamos dentro de uma barreira, nada entra nada sai. E seu poder não vai funcionar aqui! Desculpa queria mas tenho que tomar cuidado, e quanto a Sesshoumaru assim que ele ir até aonde eu mandei, ele vai ficar preso na era de kagome para sempre, então você nunca mas vai ver ele. Somos eu e você, e nossos futuros filhos!

-kohaku o que aconteceu com você? Você não é assim, eu te conheço! por favor me deixa ir! -disse Rin a kohaku, mas o mesmo fingiu não escutar nada.

-café da manhã ao noivos, e essa noite seremos um do outro, para sempre de corpo e alma e coração- disse kohaku 

Rin viu que não tinha como escapar de kohaku então decidiu fingir, para ganhar tempo.

-Se eu não me apaixonar por você em um ano você me deixa ir? - disse Rin

-sim mas depois dessa noite de amor, você não vai nem lembrar daquele yokai rabugento... - disse kohaku 

-Err... essa noite não dá, minha regras chegaram, e duram 15 dias, e uma doença que tenho segundo minha mãe(Kagome). -mente Rin com maestria!

-tudo bem temos todo tempo do mundo. -diz kohaku com um sorriso que causou arrepio na Rin. 

’Depressa sesshoumaru’ pensava Rin ‘não sei como vou sustentar essa mentira.’


Notas Finais


Tá aí 2 capítulos pra compensar não ter postado ontem.
Bjos gnt😘✌🏻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...