História Final Frontier - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Akame ga Kill!, Black Clover, Bleach, Digimon, Doctor Who, Fairy Tail, Fate/Stay Night, Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works, High School DxD, Naruto, Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu, Sekirei
Personagens 11º Doctor, Akame, Albion, Asta, Beatrice, BlackWarGreymon, Daemon (Demon), Emilia, Felt, Illyasviel von Einzbern, Koji, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Puck, Ram, Rem, Roswaal L. Mathers, Shirou Emiya, Takuya Kanbara, Vali Lucifer, Wendy Marvell, Yuno
Visualizações 118
Palavras 1.753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Mutilação, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um cap!!!

Capítulo 8 - 08 - Mudanças


Fanfic / Fanfiction Final Frontier - Capítulo 8 - 08 - Mudanças

Takuya estava dormindo, ele iria começar seu terceiro dia de treinamento quando amanhece se.


Foi quando ele sentiu um extremo frio e húmido, isso fez Takuya gritar de susto e cair da cama só para olhar para cima e ver Shirou ao lado de Illyasviel e a pequena com um balde de madeira vazio na mão, foi fácil para o garoto perceber que havia sido acordado com um banho de água fria e quando ele questionou Shirou sobre isso, o ruivo simplesmente respondeu.


-bem você não estava acordando então Illya decidiu assumir _ ele disse só para sua irmã sorrir enquanto saia do quarto, Shirou a seguiu mas não antes de se virar para Takuya e lhe dizer para se trocar e o encontrar no jardim.


Quebra de cena - jardim


Alguns minutos depois, Takuya agora estava de frente para Shirou com ambos segurando espadas de madeira, isso foi para o treino de Takuya agora que ele estava sobre treino de Shirou, isso embora eles ainda precisassem confirmar Takuya como cavaleiro em treinamento.


O treino estava sendo pesado, Takuya não tinha muita habilidade com espadas e Shirou se mostrou um professor bastante rigoroso para descontento de Takuya que acabou apanhando muito.


Após o treino da manhã cedo, Takuya foi encarregado por Shirou a ajudá lo e a Rem a fazer o café de todos, após o café ele teve um pouco de tempo para conversar com Emília e Pack no jardim antes de voltar a ajudar na arrumação da casa.


“Sério por que não me contratar como mordomo diretamente já que eu iria arrumar a casa de qualquer jeito”


Assim se seguiu o dia de Takuya, ajudando a limpar e cozinhar, após o término do almoço e de lavar pratos, Takuya foi com Shirou novamente para mais um pouco de treino, ou no caso, ser espancado mais um pouco por Shirou.


Quando conclui o treino, Takuya se ofereceu para ir com Rem para uma vila próxima e ajudá la a comprar e trazer alguns mantimentos para a mansão.


Quebra de cena - Rem


Rem estava saindo do mercadinho de frutas com os sacos de suprimentos nas mãos, ela olhou em volta para procurar Takuya e o viu brincando com algumas crianças.


A garota de cabelos azuis estava se acostumando um pouco com a presença do garoto, isso embora ela ainda não confiava muito nele e junto com o cheiro impregnado da Bruxa da inveja nele o faziam alguém que ela não confiaria fácil mas mesmo assim ela e sua irmã depois de muita conversa decidiram dar uma chance ao garoto afinal pelo que Shirou havia lhes dito Takuya kanbara poderia ser apenas mais uma vítima do culto assim com Rem e sua irmã.


Rem então começou a caminhar na direção de Takuya e as crianças.


Quebra de cena - Takuya


Takuya estava com as crianças brincando quando uma menina veio com um cachorrinho preto com a cabeça careca para mostrar a ele.


Takuya olhou para o cachorro e sorriu quando acariciou sua cabeça por alguns segundos, foi quando ele ouviu Rem o chamando e quando ele se virou o cachorrinho o mordeu na mão, Takuya inicialmente gritou de susto isso ocasionou na risada das crianças em volta, o que fez Takuya rir junto, foi quando Rem chegou.


-então Rem tudo pronto? _ Takuya perguntou virando se para Rem.


A garota assentiu enquanto se aproximava, foi quando notou a mão machucada de Takuya, o garoto a disse para não se preocupar e juntos eles voltaram para a mansão.


Quebra de cena


Já na frente da mansão de Roswaal, Rem e Takuya estava entrando pelas portas quando Shirou veio até eles seguido de Ram e Illyasviel para ajudar com as compras.


Quando Takuya deu as compras ele se virou e começou a caminhar com a intenção de ir a seu quarto porém, o garoto começou a se sentir fraco e tonto tendo de se recostar na parede para não cair, ele continuou caminhando recostado na parede até que escorregou e caiu no chão, ele se sentiu totalmente sem energia e com muito frio.


Quando Shirou que estava passando viu o garoto no chão ele se aproximou rápido dele para ver se estava bem, tudo estava escurecendo para Takuya, o garoto pode ouvir pessoas correndo até ele mas não pode identificar quem, já estava tudo preto e nublado e Takuya Kanbara não sentia mais nada.


O escuro novamente foi o que o garoto viu, ele estava extremamente confuso, ele não sabia o que ocorrera para ele cair dessa forma mas antes que pudesse dizer algo ele viu uma forma a vários metros dele, ele não podia identificar o que ou quem poderia ser o escuro não deixava ele fazer isso porém, ele ouviu novamente aquela voz.


Em um tom suave e calmo ele pode ouvir como se alguém estivesse sussurrando em seu ouvido.


-acorde…


Takuya acordou com um extremo frio e húmido, isso fez o garoto gritar de susto e cair da cama só para olhar para cima e rever Shirou e Illyasviel com um balde de madeira vazio na mão e…


“Isso foi hoje de manhã!”


Takuya arregalou os olhos, ele havia voltado para o início do dia, foi como da vez em que ele encontrou a assassina mas naquela vez ela havia morrido então como, o garoto não parava de se perguntar mas ele precisava ter certeza.


-Shirou-san hoje é meu terceiro dia de treino certo? _ Takuya perguntou olhando para Shirou que assentiu como resposta.


-por que a pergunta Takuya-san _ Shirou olhou para Takuya em curiosidade.


-eu queria confirmar apenas _ Takuya riu para esconder o que estava pensando, ele realmente havia voltado mais uma vez.


-você esqueceu o dia parece que a água fria mexeu com sua cabeça _ Illyasviel riu e saiu do quarto sendo seguida por Shirou.


-Illya… _ o ruivo murmurou ao seguir sua irmã.


Quando ficou só Takuya teve um rosto tenso, ele simplesmente havia morrido mas como, tudo que o garoto se lembrava era daquela falta de energia repentina, como se estivesse sendo drenada de seu corpo. 


Alguém o atacou e absorve sua energia?


-não, não tinha ninguém estranho por perto _ ele murmurou em voz alta, foi quando ele lembrou.


Talvez...


Talvez na época que acompanhou Rem para a aldeia…


Esse era o melhor palpite de Takuya, alguém havia feito algo a ele lá, algo que o drenou mais tarde, mas quem fez isso? Por que? E como?


O que importava para Takuya no momento era tentar refazer seu dia e sobreviver a ele.


Quebra de cena


Takuya havia refeito seu treino com Shirou, essa foi uma das partes que Takuya não queria refazer embora não tivesse escolha. Após isso ele teve de refazer todo seu dia de maneira similar a sua rota anterior, tendo que ajudar na casa mais uma vez e treinando outra vez.


Depois do segundo treino do dia quando viram Rem saindo para as compras, o garoto desta vez decidiu não ir com Rem, ele havia sido atacado a primeira vez e se ele não fosse então não precisaria se preocupar.


Quebra de cena - mais tarde


Takuya acabara de tomar banho e estava saindo de seu quarto já vestido com seu habitual, ele estava caminhando pela mansão procurando qualquer um ou qualquer coisa para fazer, já que estava um pouco entediado.


Foi quando ele ouviu uma comoção em um quarto por perto e correu para ver o que havia acontecido, ao chegar lá ele se deparou com todos da mansão, com exceção de Roswaal que estava fora, olhando preocupados para a cama onde esta Rem demonstrando estar bem cansada, Takuya foi rápido até eles.


-o, oque aconteceu!! _ ele perguntou se mostrando bastante preocupado.


-ela foi amaldiçoada _ Shirou respondeu com sua irmã e Betty checando a garota.


-amaldiçoada? _ ele perguntou agora olhando para Shirou em espanto, o ruivo apontou para a mão de REM onde estava…. Uma mordida, a mordida que Takuya levará da última vez, mas se foi assim então….


-a maldição vem desse ponto e está consumindo sua energia _ o ruivo disse para Takuya que estava com os olhos arregalados.


-vocês podem fazer algo?! _ ele estava impaciente e preocupado, desta vez foi Betty quem respondeu.


-Betty teme que essa maldição é de um variante irritante imagino _ ela disse de maneira monótona, antes que alguém pudesse dizer algo ela continuou.


-Betty pode sim remover essa maldição em um processo lento, mas ela teme que a garota não aguenta ate a maldição for liberada _ quando Betty disse isso fez todos arregalaram os olhos e Ram começou a chorar sobre sua irmã que embora estivesse consciente ela estava fraca para falar.


-não podemos fazer nada? Tem que haver alguma forma _ Takuya perguntou, Betty então virou para ele.


-a única maneira seria eliminar o lançador da maldição, porém não acho isso possível já que pelo estilo deve ser um Majū e deve ter ido para a floresta _ a garota acrescentou.


Antes que qualquer um pudesse dizer algo, Takuya correu para fora da mansão, todos o seguiram até o lado de fora só para ver Takuya já na forma de Agnimon se preparando para correr.


Takuya sentia culpa pelo estado de Rem, aquilo deveria ter ocorrido com ele mas por causa de suas ações quem estava sofrendo era Rem, ele não parava de se culpar em seus pensamentos.


“É minha culpa!!” _ Takuya pensava sentindo se muito irritado e culpado.



-Takuya-san o que vai fazer? _ Shirou gritou, Agnimon se virou para ele e disse.


-vou salvar REM!! _ ele gritou e começou a correr em uma velocidade absurda, todos ficaram impressionados mas o que ninguém notou foi Pack com os olhos arregalados olhando para onde Agnimon já havia sumido e pesou.


“Ele ficou mais rápido?!!” _ o gato estava surpreso com o aumento de velocidade.


Foi um fato, Agnimon apresentou muito mais velocidade do que quando confrontou a caçadora de intestinos.


Ram correu e pegou um dragão de terra e foi atrás de Takuya, ela não entendia o motivo dele estar dessa forma para salvar sua irmã mas também não permitiria que ele fosse o único a salva lá. Shirou vendo isso olhou para sua irmã e pediu que ela e Emília ficassem com Rem enquanto ele iria atrás dos outros dois para impedidos de se matar, com isso o ruivo pegou um dragão da terra e seguiu para onde Takuya e Ram foram.


Mas sem que ninguém notasse, em cima de uma alta e distante árvore estava um homem observando eles correrem , ele era um pouco mais alto que Agnimon, usava uma roupa branca embaixo de uma armadura Prateada e azul escurecida, tinha um grande cachecol amarrado no pescoço que Descia até as costas, seus pés lembravam patas e garras de um animal feroz e em sua cabeça estava um capacete de lobo.













Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...