História Final Frontier - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Akame ga Kill!, Black Clover, Bleach, Digimon, Doctor Who, Fairy Tail, Fate/Stay Night, Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works, High School DxD, Naruto, Re:Zero kara Hajimeru Isekai Seikatsu, Sekirei
Personagens 11º Doctor, Akame, Albion, Asta, Beatrice, BlackWarGreymon, Daemon (Demon), Emilia, Felt, Illyasviel von Einzbern, Koji, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Puck, Ram, Rem, Roswaal L. Mathers, Shirou Emiya, Takuya Kanbara, Vali Lucifer, Wendy Marvell, Yuno
Visualizações 107
Palavras 3.156
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo
Avisos: Mutilação, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um cap, a enquete continua votem lá quem ainda não votou.

Capítulo 9 - 09 - Burninggreymon


Fanfic / Fanfiction Final Frontier - Capítulo 9 - 09 - Burninggreymon

Takuya na forma de Agnimon rapidamente chegou a o vilarejo onde ele foi mordido pelo cachorro a primeira vez, chegando ele viu vários aldeões reunidos e bastante apreensivos. Rápido em se mover até eles, Takuya parou e chamou a atenção se todos.


-o que ocorreu? _ ele perguntou olhando os aldeões.


-quem é você? _ um dos homens perguntou em dúvida e desconfiança, todos os outros se mostraram parecidos em reação nenhum dos aldeões sabia da transformação de Takuya, e agora eles nem o conheciam tão bem já que como ele voltou o dia e o refez a única vez que ele veio foi no seu primeiro dia na mansão de Roswaal e não teve tempo de conhecer muito os demais.


-sou eu, Takuya, eu estive aqui a dois dias!! _ o adolescente transformado disse lembrando da vez anterior a que ele esteve na vila.


-Takuya-san? Ele era um garoto de 16 anos não um cavaleiro de 20! _ um dos aldeões disse, ele era um homem alto com físico construído provavelmente trabalhava muito.


-sou eu, eu posso explicar depois mas estou com pressa!! Onde estão as crianças preciso falar com elas sobre um animal que possuem _ Takuya disse diretamente, ele estava apreensivo, se ele se atrasasse Rem poderia morrer e não só isso o portador da maldição estava com crianças, ele temia pela vida de várias pessoas.


Fazendo uma cara triste e preocupada os aldeões deram um voto de confiança embora eles não acreditassem muito na história do homem eles ainda podiam ver a preocupação sobre o paradeiro das crianças da aldeia e disseram a Agnimon que as criança sumiram, isso deixou ele muito mais preocupado com sentimento de culpa, logo após os moradores o mostraram um local onde a barreira que protegia a vila do ataque de monstros estava quebrada. Vendo o que fazer o guerreiro de fogo mandou os aldeões esperarem pois ele resgataria as crianças e daria fim a o maju lançador de maldição e com isso o garoto pulou para a floresta.


Agnimon correu pela floresta até chegar a uma clareira escura lá ele avistou as crianças sumidas porém, o guerreiro do fogo parou ao sentir que estava cercado, das sombras ele pode sentir os olhares malignos em volta. Ele decidiu não lutar perto das crianças para não as prejudica e com um movimento rápido ele disparou uma potente bola de fogo na direção das árvores onde sentia os olhares.


Com um impulso rápido Agnimon correu para longe das crianças, o plano dele havia funcionado pois podia se ouvir centenas de passos pesados e rápidos correndo atrás dele, virando um pouco a cabeça ele os viu.


Eles tinham a aparência de grandes cães negros com dentes e garras grandes e afiados.


Quebra de cena - Shirou e Ram - Alguns minutos atrás


Quando chegaram à aldeia Shirou e Ram foram abordados pelos aldeões onde eles confirmaram que Agnimon havia entrado na floresta atrás das crianças e com isso eles foram atrás dele pela mesma abertura.


Ambos correram pela floresta a procura de Agnimon e das crianças, ao chegar a uma clareira eles se depararam com várias crianças inconscientes.


-temos que tirá-los daqui! _ Shirou disse para Ram enquanto pegava duas crianças e colocava sobre os ombros.


-sim! _ a garota concordou, ela queria matar quem estava atentando com a vida de sua irmã, ela teve de confiar essa tarefa a Takuya por um tempo pois ela sabia que tinha que tirar as crianças de lá.


Shirou e Ram estavam pegando as crianças quando Shirou parou de repente e olhou para a esquerda, Ram notou isso.


-o que foi!? _ perguntou a empregado achando que poderiam ser Maju.


-estranho, eu senti algo nos observando mas… _ ele parou para pensar um pouco.


-mas? _ Ram perguntou em dúvida e pressa.


-seu  cheiro é como o de Takuya-san quando se transforma e ao mesmo tempo é diferente.. _ ele disse se virando para a garota que mostrava surpresa com isso. Porém o ruivo logo mudou para um tom mais calmo.


-não importa essa presença já sumiu, vamos temos de tirar essas crianças daqui _ ele começou a se mover rápido para fora da floresta sendo seguido por Ram.


Longe dali uma figura sóbria os observava.


-tenho que me apressar _ ele murmurou antes de sumir como um vulto em alta velocidade.


Quebra de cena - Takuya\Agnimon


Em uma clareira debaixo de um penhasco, Agnimon estava lutando contra os Majus.


Ele dispara bolas de fogo nos monstros em volta quando um deles pode se aproximar pulando para o cortar com as garras mas Agnimon pode pular por cima e chutar o Maju para cima de outros três no qual ele dispara uma torrente de chamas.


Quando vários Maju se aproximaram pela esquerda, Agnimon concentrou e ao gritar.


-Burning Salamander _ ele disparou uma grande bola de fogo eliminando algumas das bestas porém ele estava  se mostrando cançado. Sem tempo para descanso outro Maju correu por trás de Agnimon.


-Salamander Kick _ ele então girou e bateu um potente chute partindo o monstro ao meio.


Foi quando um Maju gigantesco apareceu, Takuya olhou para ele e percebeu que ele deveria ser o líder, não seria problema lutar contra ele só mas com tantos em volta o ajudando Takuya sabia que não tinha chance.


-se continuar assim eu vou perder _ Agnimon murmurou, ele então pensou em suas opções e lembrou de algo que poderia fazer.


-desculpe Ophanimon-san mas vou ter que fazer isso agora _ ele então olhou em volta e torceu.


-espero não perder o controle _ ele murmurou antes de levantar a cabeça e gritar.


-vou mostrar o que é uma verdadeira besta!!! _ ele gritou antes de ser engolido por um gigantesco ciclone de fogo que cresceu mais até simplesmente sumir.


Quando o fogo se dissipou no lugar de Agnimon agora estava um dragão blindado de mais ou menos 4 a 5 metros de altura, sua armadura tinha semelhanças com Agnimon porém era mais selvagem, ele possuía uma longa cauda, sua cabeça era coberta por uma couraça branca com marcas vermelhas pintadas e de suas costas saiam duas asas feitas de fogo seu nome….


Burninggreymon


O evoluído Burninggreymon abriu sua mandíbula e rugiu para cima com tudo isso fez todos os Maju recuarem mostrando agora medo, porém assim que o dragão vermelho olhou para baixo todos os Maju congelaram no lugar e antes que pudessem fazer qualquer coisa, um gigantesco tornado de fogo se formou em volta dele e se dissipou em várias explosões de fogo que em um instante eliminaram todos os Maju com exceção apenas do maior.


O Maju então rugiu se preparando para atacar porém, antes de poder se mover ele teve sua cabeça esmagada no chão por um soco de Burninggreymon, o impacto foi poderoso suficiente para criar uma grande cratera e abalar boa parte da floresta.


Então o grande dragão rugiu antes de se virar para os dois novos presentes.


Quebra de cena - Ram e Shirou


Após levas as crianças para a segurança, Shirou e Ram voltaram para a floresta só para encontrar uma clareira pintada de preto por cinzas no ar, então eles olharam em volta a procura de Takuya mas o que encontraram os fez arregalar os olhos em surpresa.


Um Maju gigante morto com a cabeça esmagada em uma grande cratera e a sua frente um grande dragão mas totalmente diferente dos dragões da terra, esse era muito maior, blindado com armadura vermelha e uma couraça na cabeça, em seus punhos tinham duas extremidades douradas em formato de diamante, tinha também asas feitas de fogo e olhos completamente vermelhos.


O grande dragão abriu sua mandíbula e rugiu, seu rugido era dolorido, como se ele estivesse em pura dor e agonia.


-Takuya-san? _ Shirou disse olhando surpreso para o dragão reconheceu pelas semelhanças com Agnimon e pelo cheiro do garoto, Ram ficou surpresa e se virou para o dragão, ela podia sentir em seu rugido. Era como se Takuya estivesse gritando em agonia.


-ele está sofrendo… _ a empregada murmurou mais calma, Shirou assentiu ele tinha notado o mesmo.


Burninggreymon parou de rugir e olhou diretamente para Shirou e Ram, o ruivo vendo como ele olhava rapidamente reforçou seu corpo e agarrando a empregada pela cintura ele pulou para longe só a tempo de ver uma grande cratera onde estavam antes.


Soltando Ram ele olhou para ver o dragão retirando seu braço da cratera que formou e virando para ele antes de rosnar.


-o que há com ele? _ Ram perguntou, era como se ele fosse um animal selvagem agindo por instinto.


-ele perdeu o controle, não consegue nos reconhecer _ Shirou disse com tensão na voz.


-o que fazemos então _ Ram perguntou se levantando.


-precisamos pensar em como fazê lo recuperar o controle, mas por enquanto nós só podemos lutar _ Shirou disse antes de separar seus braços e faíscas começaram a dançar neles, então o ruivo falou.


-TRACE ON _ duas espadas surgiram em suas mãos, eram armas idênticas, duas espadas gêmeas apenas mudando a cor uma branca e outra preta.


Ram estendeu as mãos e disparou várias rajadas de vento em Burninggreymon porém não o afetaram em nada.


Shirou então correu para Burninggreymon com uma velocidade desumana e quando chegou a sua frente ele pulou para desviar de um soco e chutou a cabeça do dragão usando de impulso para chegar nas suas costas onde ele desferiu um corte com suas espadas porém.


Ao fazer contato com a armadura de Burninggreymon as espadas gêmeas quebraram, Shirou em surpresa acabou não desviando quando a calda do dragão vermelho o atingiu jogando longe e batendo no penhasco, Ram correu e ficou ao lado de Shirou e Burninggreymon se virou para eles pronto para atacar porém.


Nesse instante uma grande bola de luz veio das árvores e bateu no peito do dragão o impacto o jogou metros para trás e deixou um Shirou e Ram atordoados.


Das sombras das árvores pulou um grande lobo branco blindado, ele pousou entre Burninggreymon e Shirou e Ram.


Burninggreymon se levantou e rugiu para o lobo que rugiu de volta, ambos olharam atentamente um para o outro.


O lobo em velocidade Incrível bateu no dragão o jogando para trás mas antes de cair ele abriu as asas e posou em pé antes das extremidades nos braços se virarem revelando canhões que começaram a disparar várias bolas de energia vermelha que foram em alta velocidade para o lobo que pulou bem alto evitando o ataque porém Burninggreymon já estava por cima e juntou os braços batendo nas costas do lobo o jogando para baixo com força.


Saindo da cratera o lobo abriu a mandíbula e disparou um raio branco no dragão que disparou seu próprio ataque criando uma cortina de fumaça deixando o dragão vermelho a cego e isso foi aproveitado pelo lobo que abriu duas lâminas douradas nas costas e com um impulso de velocidade extrema ele bateu com tudo em Burninggreymon que foi mandado para o chão.


Ao se levantar Burninggreymon rosnou antes de acumular energia para atacar com tudo.


Burninggreymon então abriu a mandíbula e disparou uma potente bola de fogo sendo seguido pelo lobo que disparou uma grande bola de luz branca.


Os ataques colidiram criando uma potente explosão que enviou árvores voando para longe, Shirou e Ram que estavam espantados foram protegidos pelo lobo que pulou na frente deles.


Quando acabou Burninggreymon ficou olhando para o lobo, ambos agora mostravam-se ofegantes.


Quebra de cena - Shirou


-vocês estão bem? _ Shirou e RAM se viraram para ver Emília, Illyasviel e Pack correndo até eles, Roswaal estava flutuando acima das árvores.


-o que estão fazendo aqui! _ Shirou perguntou surpreso, foi quando Roswaal pousou na frente deles olhando atentamente para as duas feras blindadas.


-parece que vocês tiveram bastante diversão não? _ ele disse de maneira calma e natural, em um tom que o nobre não costuma usar muito.


-Onde está o Takuya-kun? _ Emília perguntou preocupada, Shirou apontou para o dragão e assim que Emília o viu arregalou os olhos ela notou que era Takuya.

Pack estava observando as duas bestas, ele estava surpreso o garoto Takuya era muito mais do que se podia ver e agora tinha esse outro lobo.


O que veio em seguida surpreendeu todos, quando o lobo brilhou em azul e quando a luz morreu agora estava um homem de armadura branca azulada e capacete de lobo, ele olhou por cima dos ombros para averiguar se os outros estavam bem e então ele voltou a atenção para Burninggreymon.


-o que é isso Takuya!! _ ele exigiu quando começou a caminhar na direção do dragão.


-você vai mesmo perder o controle dessa forma _ ele continuou de maneira calma.


-você vai mesmo me dizer que ficou tão fraco! _ ele disse monotonamente com os olhos fechados.


-porque! _ ele parou na frente do dragão abriu os olhos e gritou.


-o Takuya kanbara que conheço já mais permitiria que um simples espírito fera o controlasse assim  _ com essa declaração Burninggreymon colocou os braços na cabeça e gritou em agonia, todos estavam olhando para a cena surpresos porém o que não esperavam foi quando Emília se levantou e gritou.


-Takuya-kun!!! _ ouvindo isso  Burninggreymon parou e olhou para o grupo de pessoas.


Shirou foi o próximo a se levantar e gritar.


-Takuya-san você não queria salvar Rem!!


Em seguida foi Ram e Illyasviel que gritaram ao mesmo tempo.


-Takuya-kun!!


Roswaal e Pack apenas olhavam sorridentes para Burninggreymon.


Burninggreymon caiu de joelhos e colocou as mãos no chão, seus olhos perderam o brilho vermelho e passaram para um azul claro quando ele se levantou e olhou para todos um brilho vermelho o cercou e quando morreu agora está novamente Takuya sentado no chão cansado e sorrindo para todos que correram para ele.


-bem parece que tudo acabou bem _ Takuya suspirou olhando para seus amigos correndo até ele.


-sim _ respondeu o homem de armadura de lobo, foi quando Takuya o notou e arregalou os olhos em surpresa reconhecendo Lobomon.


-não me diga que você é _ ele não pode terminar pois uma luz cercou e quando morreu agora estava ao lado de Takuya um garoto de 17 anos, ele tinha cabelos escuros amarrado em rabo de cavalo com uma calça azul escura, camisa amarela com uma jaqueta azul por cima e na cabeça uma touca amarela e azul.


-a quanto tempo Takuya!! _ o garoto disse estendendo a mão para Takuya, todos pararam de correr em surpresa extrema, outro garoto com as mesmas habilidades de Takuya.


-não pode ser, K..Koji!! _ Takuya gritou surpreso vendo um velho amigo.


Quebra de cena - Mais tarde


Todos ficaram surpresos com a presença de Koji Minamoto.


Quando o garoto disse que estava em situação similar a de Takuya, Roswaal não perdeu tempo em lhe oferecer o mesmo que Takuya, Shirou também concordou com a ideia, agora ele teria dois alunos e não um.


Os demais residentes aceitaram Koji aos poucos, o garoto se mostrou bastante calmo e amigável, Illyasviel e Emília foram as primeiras a fazer amizade com ele e Takuya estava feliz de não ser o único de seu mundo lá, embora ele ainda não fazia ideia de como Koji chegou a esse mundo.


Quebra de cena - Koji


No novo quarto de Koji ele acabava de jogar sua mochila em cima da cama, ela era idêntica a mochila de Takuya porém azul.


Takuya estava em pé na janela então ele se virou para o amigo que mochila na mochila azul.


-então Koji, como veio para cá? _ Takuya perguntou diretamente de maneira monótona.


Koji já sabia que essa pergunta viria então ele suspirou e falou.


-Ophanimon juntou todos nós para informar sobre o que aconteceu com você, algumas coisas sobre esse mundo e essa maldição em você, depois ela perguntou se algum de nós queria vir para te ajudar porem ela só poderia mandar um _ ele disse de maneira calma.


-mas você sabe que não tem como voltar para casa certo? _ Takuya surpreso perguntou a Koji que assentiu antes de falar.


-todos queriam vir para te ajudar mas os que mais tinha vontade foram Zoe e Tommy _ Takuya então se lembrou de seus velhos amigos.


-mas por que vir para cá se não poderíamos voltar mais? _ ele perguntou.


-porque você é nosso amigo e nós nunca deixamos um amigo para trás lembra, foi você mesmo que nos disse isso _ Koji terminou olhando para Takuya e estendendo o punho, Takuya sorriu e bateu.


-peraí a quanto tempo você tá aqui? _ Takuya perguntou.


-bem isso é complicado _ Koji disse para confusão de Takuya e continuou.


-eu estou a quatro dias porém só se passaram três _ Koji terminou deixando Takuya ainda mais confuso.


-você está aqui a quatro dias porém só passaram três? _ Takuya estava confuso e Koji explicou.


-há um dia atrás eu cheguei aqui e vi você e a irmã de Ram entrando na mansão, quando me aproximei mais da mansão eu te vi caindo no chão e comecei a correr até você porém tudo ficou preto do nada e quando voltou ao normal o dia havia recomeçado _ Koji terminou para o espanto de Takuya.


-isso significa que!? _ Takuya tinha entendido mas Koji terminou.


-de alguma maneira quando você volta da morte me arrasta junto _ Koji disse de maneira séria, isso era algo para os dois descobrirem depois.



Quebra de cena - Takuya


Takuya estava voltando para seu quarto, ele precisava assimilar toda a informação que recebeu.


-Takuya-san! _ Takuya ouviu alguém o chamando e se virou para ver Rem andando até ele.


-oi Rem você está melhor? _ ele perguntou a empregada de cabelos azuis que assentiu.


-que bom _ Takuya disse antes de se virar e andar novamente porém Rem segurou seu braço fazendo parar então se virar para a empregada que o soltou.


-algum problema? _ o garoto perguntou.


-por que? _ Rem perguntou olhando para baixo.


-por que, o que? _ Takuya perguntou.


REM levantou o rosto agora olhando para Takuya e perguntou.


-por que se arriscar para me salvar? _ ela perguntou, Takuya coçou a parte de trás da cabeça antes de sorrir.


-porque você é minha amiga _ ele respondeu para a surpresa de Rem.


-amiga? _ ela perguntou espantada.


-sim, eu vou proteger meus amigos mesmo que tenha que dar a vida por eles _ Takuya disse com convicção para a surpresa de Rem.


-mas você mal me conhecê _ a garota disse.


-sim, mas já considero você e todos na mansão bons amigos quem vou proteger e ajudar _ O garoto disse determinado.


-você não ganha nada com isso, por que? _ a garota voltou a abaixar a cabeça.


-você estar bem já vale muito _ o garoto disse.


-mas eu sou uma desastrada, não sou boa em quase nada porque se arriscar assim _ ela disse olhando para baixo, algumas lágrimas desciam em seus olhos.


-porque você uma amiga importante _ Takuya disse então Rem levantou a cabeça em confusão.


-alem disso seus pontos fortes e fracos tornam você especial e o mesmo vale para sua irmã ou qualquer outro _ disse Takuya colocando a mão sobre a cabeça de Rem que olhava para ele.


-pense se sua irmã iria gostar de ver você morrer, eu digo que não nem ela nem ninguém iria, mas como eu disse antes é bom ver que você está melhor _ com isso Takuya se virou e foi embora deixando Rem olhando para suas costas.


REM ficou olhando para Takuya se afastando  e ela ficou pensando no que ele disse.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...