História Finally... Love - Capítulo 14


Escrita por: e Ygorigo_

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felps, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellps, Mitw
Visualizações 53
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, povo

Capítulo 14 - Me Deixa, Pedro!!


-Está sozinho loirinho? seu moreno te deixou?-Rezende


- Me deixa, Pedro!!- Diz se levantando


-Me dê um bom motivo-Rezende começa avançar na direção dele, fazendo o mesmo recuar


- Eu... Eu..- Rafael não pensa em nada


-Sem motivo pra não apanhar? Então vamos começar graçinha-Rezende se aproxima mais e encurrala Rafael em uma parede


- Por que pega tanto no meu pé!?- Pergunta Cellbit


-Por que você mereçe!-Rezende


-Senhor Rezende, o que esta a fazer?-Diretora


- Ele...- Cellbit vê como Pedro o olhava e menti- Ele... Tava conversando comigo, sobre... A tarefa


-Isso é verdade Senhor Rezende?-Diretora


-Não, diretora, Rezende é homofóbico e bate no Rafael quase todos os dias-Felps chega defendendo Cellbit


- Ele... Só tava conversando Felps!!- Fala Rafael- Ele não tava me batendo


-Ainda não, mas e se nós chegássemos um pouco depois, hein Rafa? -Felipe- Pode falar Cell, ele não vai fazer nada contra você na frente da diretora-Felps pega a mão de Cellbit


- Ele...- Rafael Suspira- Ele tentou sim me bater, mais não bateu, então não se preocupe


-Ele ja te bateu alguma outra vez?-Diretora


- Sim...- Ele não tirava os olhos do chão


-Senhor Rezende, me acompanhe até a diretoria-Diretora


Ele a segui até o local, Felipe e Rafael ficaram no pátio


-Pronto Cell, agora ele vai ter o que mereçe com a diretora...-Felipe se aproxima e tenta abracá-lo, mas o loiro se afasta


-Eu to ferrado!!- Diz sentando-se no banco


-Eu vou te proteger de qualquer coisa que ele tente-Felps se senta do lado dele


- Eu sei que vai...- Eles ficam se olhando por um tempo


-Temos aula... vamos?-Felps desvia o olhar


- Vamos!!- Ele se levanta


Eles entram e se sentam em dupla, era aula de artes. Durante uma das aulas a diretora entra na classe


Ela começa a fazer um discurso sobre o Bullyng, dizendo que todos são iguais. Mais Rezende não dava muita bola


-E para finalizar, quero que levante a mão quem já apanhou ou foi xingado por Rezende-Diretora


Muitos levantam a mão, principalmente Cellbit


-Senhor Rezende, gostaria que me acompanhasse, vou ligar para seus pais e informá-los da sua expulsão-Diretora


- O que?- Rafael olha pra Felps- Eu to muito ferrado!!


-Por que Rafa? Se ele for expulso você não vai mais ver ele e aí acabam seus problemas!-Felps


- Mas e a na rua!? Você não ficar toda hora atento, uma hora você pode não estar lá e...


-Poderíamos... esquece, você não vai gostar...-Felps


- Fala!!- Rafael começa a cutuca-lo


-Ta bom... Você pode denunciar ele, assim tendo medida protetiva-Felps


- Medida protetiva? Isso dão pra mulheres quando o ex ta ameaçando!?- Pergunta um pouco incomodado


-Existem vários tipos, um deles é para mulheres, mas também existem Para vários tipos de pessoas e situações, Cell-Felps sorria com a inocência dele


-Primeiro, vamos precisar fazer um B.O. ou um T.C.O. -Felps


- Não tem necessidade, pra que ferrar mais com ele?! Ele já foi expulso!!- Diz preocupado com Pedro


-Se você quiser uma medida protetiva temos que fazer isso...-Felps


- Não precisa Felipe, é sério!!- Ele sorri tentando demonstrar que esta tudo bem


-Se ele te machucar mais alguma vez eu não tô nem aí, eu mato ele-Felps dá de ombro e desvia o olhar


- Matar?!- Diz assustado


-Sim, de um jeito ou de outro vou te proteger-Felps


As horas passam e chega o recreio. Rezende ainda estava lá, seus pais estavam ocupado e não haviam o buscado ainda


Notas Finais


B.O.= Boletim de Ocorrência
T.C.O.= Termo Circunstanciado de Ocorrência


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...