1. Spirit Fanfics >
  2. Finalmente Juntos - SasuSaku NaruHina >
  3. Capitulo 3

História Finalmente Juntos - SasuSaku NaruHina - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Ultimo capitulo, é uma historia pequena!
Espero que gostem!
^^

Capítulo 3 - Capitulo 3


Sakura sentiu um calafrio ao ouvir aquela voz forte e rouca surgindo em meio a floresta.

 – Não pode ser ele. Pensou.

Quando ela se virou para onde a voz surgia, viu um homem alto todo de preto, seus cabelos tampavam um olho, seu olhar negro como a noite que a faziam sempre se perder.

- Sa Sa-su-ke-kun? Ela estava estática, não conseguia sair do lugar.

Então ela viu o moreno se aproximar cada vez mais dela.

- O que foi? Não me esperava aqui? Se aproximava lentamente como um predador indo a caminho de sua presa.

- O que? Como? Porque? Sakura não sabia o que dizer, só continuava o olhando enquanto ele se aproximava cada vez mais.

- Bom, são muitas perguntas só a um jeito de responder. Sua voz rouca e fria fazia a rosada se arrepiar só de ouvi-la, então nesse momento Sasuke estava à frente da rosada, passou seu único braço em sua cintura e a trouxe para si, e a beijou, o beijo que ambos esperaram por anos, quando se separaram estavam ofegantes e se olhavam de uma forma profunda e cheia de ternura.

Sakura estava confusa sem saber o que dizer daquele momento, o porquê de Sasuke Uchiha tê-la beijado, o porquê de ele estar ali.

- Sasuke-kun, porque?

- Você estava mesmo disposta a me esquecer?

Seu tom sempre sério não tinha mudado, mesmo estando ali falando com ela, ele ainda era o mesmo Sasuke Uchiha, talvez mais maduro, mas ainda um mistério.

- Eu... Sakura disse abaixando a cabeça.

- Eu soube por Naruto, sei que disse que voltaria, sei que não mandei nenhum recado, isso tudo faz parte da minha redenção, eu tive que viver sozinho, Sakura...

- Mas mesmo assim, você não tinha esse direito, você de novo me deixou sozinha e foi embora, como a anos atrás, acha que me sinto como? Uma tola por viver amando e esperando você. Dizia Sakura com lagrimas nos olhos interrompendo o Uchiha.

- Sakura, eu...

- Não, Sasuke, você... você sempre me deixa como se eu não fosse nada, achei que o que você disse e o toque na testa tivessem sido de verdade, mas você sumiu novamente, eu tive que tentar esquece-lo, por que eu nunca tenho você em minhas mãos, você sempre me escapa e me deixa. Sakura dizia se derramando em lagrimas e ajoelhando no chão. Sasuke se abaixou para vê-la, pegou seu queixo e ergueu a olhando nos olhos, aqueles olhos que ele ansiou tanto poder olhar novamente, limpou a lagrima que escorria em seus olhos, Sakura o olhava.

- Eu não quero mais sofrer por você, eu amo você, mas sei que você não me a...

- Sakura, eu amo você.

Sakura encarava Sasuke com lágrimas nos olhos ainda impactada com o que ouviu. Seus olhos esmeralda encaravam aqueles olhos negros, quando ouviu.

- Você é o raio de sol que surge na primavera, você aquece meu coração quebrado, você me mostrou que eu podia ser amado e ter alguém para amar, por isso estou aqui deixando de lado o que sou para te dizer tudo isso, por que não posso deixar você me esquecer, por que eu quero você Sakura Haruno.

Sakura olhava em seus olhos sem conseguir dizer nada, apenas encarava aqueles olhos desiguais, nunca viu aquela expressão, não sabia quando ou porque, mas seu coração errava as batidas, até que...

- Sakura, acorde!

- Sasuke-kun, o que houve?

- Você desmaiou.

- O QUE?

- Não achei que ainda fazia isso por mim. Deu um sorriso de canto convencido.

- Não faço, não seja convencido, mas ainda estou tentando acreditar no que me disse.

- E tão difícil acreditar em mim?

- É confuso, isso não parece com você, na verdade nada disso parece real.

- Eu não sou mesmo assim, mas quando se trata de você, sempre tem algo a mais e eu não podia deixar você fugir de mim, Naruto me contou tudo, então aqui estamos nós.

- Aquele Naruto, vou pegar ele quando voltar para a vila.

-Tsc, não seja irritante.

- Não me chame de irritante. Disse Sakura ficando brava.

- Não fique brava com eles, só queriam nos ajudar.

- Você defendendo Naruto?

- Tsc, Irritante de novo. Disse Sasuke com um sorriso de canto.

O sol estava se pondo, então Sakura se lembrou.

- Minha missão, eu preciso ir para as fontes termais.

- Eu acho que não.

Então Sakura se lembrou.

- O pergaminho de Kakashi-sensei. Disse a rosada pegando o pergaminho e abrindo para ler.

 

“Sakura, desculpe por termos enganado você, eu, Naruto e Hinata, só queríamos o seu bem e o de Sasuke, você iria tentar esquece-lo e ele orgulhoso demais para tomar alguma atitude e longe por conta de sua redenção, então nos demos nosso jeito para que vocês se encontrassem e se resolvessem, espero que tenha dado certo assim como nos meus livros, não nos mate quando voltar, só queremos que vocês sejam felizes e sei que só juntos podem ser. Não se preocupe, eu inventei sua missão, então não se preocupe, volte assim que tudo der certo por ai, estamos esperando por você."

                            - Kakashi. “

 

- Vocês inventaram tudo isso só para gente se encontrar?

- Na verdade, Hinata falou para Naruto, que falou para Kakashi, mas o plano surgiu de Naruto, não teve outro jeito precisei da ajuda daquele idiota.

- Não era mais fácil voltar para Konoha?

- Temos que falar sobre isso. Sasuke disse abaixando a cabeça.

- O que foi? Sakura se aproximou chegando perto de Sasuke, que tinha sentado escorado em uma árvore após o desmaio da rosada, ela sentou de frente para ele pegando em sua mão, ele a olhou como se não quisesse lhe dizer.

- Só diga, Sasuke-kun.

- Eu ainda não posso voltar para Konoha, pelo menos por enquanto, ainda estou em redenção, eu cometi muitos erros Sakura, preciso pagar por eles antes de voltar.

- Sasuke-kun, eu posso...

- Não posso leva-la ainda, quero estar livre de tudo isso antes de estar com você, eu só estou aqui porque não queria perde-la e para você saber que voltarei para você, por que você é minha família, e o lugar para qual sempre vou voltar não importa quanto tempo passe, eu sai da vila com o intuito de voltar para você, mas sei que não dar notícias e que sumir fez você sofrer, me desculpe, mas quanto mais o tempo passava mais queria estar com você, mas quero poder entrar em Konoha deixando tudo o que fiz para traz, ainda preciso ajudar Konoha com minhas missões.

- Eu entendo, Sasuke-kun. Colocando as mãos no rosto do moreno que viu aquelas esmeraldas brilharem cheias de amor, amor que aquecia seu coração, o único amor que poderia quebrar o gelo que era seu coração. Até que se entregaram a mais um beijo apaixonado, Sakura então se colocou no colo do moreno durante o beijo, quando seus lábios se separaram Sakura o abraçou, Sasuke se sentiu completo como a muito tempo não se sentia.

- Você me perdoa, Sakura? Por tudo?

- Sim, Sasuke-kun, na verdade já te perdoei.

Seu abraço ficava mais apertado e aconchegante e ficaram em silencio, um silencio que nunca fez tanto sentido para eles, aquele momento eles puderam apenas sentir o amor que um tinha pelo outro.

- Então você me espera pelo menos mais algum tempo?

- Claro que sim, esperei antes agora que tenho motivos por que não iria?

- Porque eu nunca fui o melhor para você.

- Sempre será você, Sasuke-kun.

Os dois sorriam e foi assim até anoitecer, conversaram e disseram como estava tudo na vila e como estava sendo sua viagem, até que o sono chegou e assim os dois entre beijos e abraços adormeceram juntos. Quando os raios de sol apareceram entre a floresta, Sakura abriu os olhos e se viu sozinha, levantou assustada procurando o Uchiha.

- Estou aqui. Disse descendo da árvore que estavam dormindo.

- Porque está aí?

- Acordei a pouco tempo e não quis te acordar fiquei de vigia até que você acordasse.

Sakura ficou em frente ao amado e lhe deu um beijo, Sasuke passou a mão pela cintura de Sakura correspondendo o beijo.

- Sei que não era o que você esperava, mas precisamos voltar para nossas coisas, tenho que ir para o pais da terra, a algumas coisas para investigar por lá, e você tem seu hospital.

- Eu sei. Disse Sakura abaixando a cabeça.

Sasuke segurou seu queixo e levantou sua cabeça olhando em seus olhos, deu um leve beijo em seus lábios e encostou sua testa na dela.

- Eu vou voltarei para meu lar, para você.

Eles se abraçaram, arrumaram suas coisas e seguiram para Konoha, Sasuke acompanharia ela até próximo a vila e depois seguiria para sua missão.

Andavam o caminho de mãos dadas, até que chegaram no ponto em que se separariam, Sakura apertou sua mão firme quando percebeu que chegaram, olhou o Uchiha nos olhos.

- Eu irei te escrever desta vez, não se preocupe, sempre que você ouvir um piar serei eu.

- Então, promete mesmo voltar para mim?

- Sempre, minha flor de cerejeira.

E, mas uma vez seus lábios foram selados por um beijo, mas dessa vez selava também o amor dos dois e o começo de uma nova história.


Notas Finais


Obrigada por lerem!
^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...