História Fio vermelho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6
Personagens Dowoon, Wonpil
Tags Akai Ito, Dopil, Pilwoon
Visualizações 13
Palavras 218
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), LGBT
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


eu realmente to viciada em one shots, skskksks

escrevi essa oneshot escutando Shoot Me (vício aaa) e eu to com uma puta vontade de começar uma shortfic de jaehyungparkian sério

Capítulo 1 - ; akai ito


A porta do hotel bateu com força contra a parede amadeirada, e passando por ela um Kim Wonpil totalmente exausto. Maldito seja aqueles olhos felinos que tanto chamava sua atenção no irmão menor de Brian. Maldito fio vermelho.

Olhou para sua mão e lá estava, amarrado fortemente no mindinho de sua mão direita, lá estava aquele maldito fio vermelho. E ele sabia onde estava a outra ponta.

Inalou o ar que já faltava em seus pulmões maltratados pela fumaça que sempre estava presente nos seus cigarros. Brian bem que tinha o avisado sobre aquilo, já estava morrendo a muito tempo.

Olhou-se no espelho quebrado e suspirou, sentindo toda a pressão cair sobre si. Caiu na cama de joelhos e em um momento de desespero, confusão e uma raiva por aquele fio estar com a pessoa que mais o maltratou durante anos, o Kim pegou a tesoura e encostou no fio avermelhado.

As lágrimas grossas já haviam começado a trilhar um caminho de suas bochechas para terminarem em seu queixo. E no momento de desespero, ele cortou.

Observou a cor que antes vermelho agora se tornava cinza, um cinza tão morto quanto os sentimentos que foram privados do Kim após cometer aquele erro.

O destino provavelmente ria de si, ria de sua idiotice. E até ele riria, se ainda houvesse algum sentimento dentro de si.



Notas Finais


foi isso e tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...