1. Spirit Fanfics >
  2. Fire >
  3. Sobre o início de uma nova trajetória (Changbin)

História Fire - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Oi, tudo bem com vocês? Esse é o capítulo final de Fire e talvez eu esteja chorando um pouco aqui, nunca pensei que iria ficar tão sentimental só em marcar a opção "Sim, essa história está concluída"
Eu sempre me expus muito nas notas, bem mais do que devia, e eu vou continuar assim porque acredito que não é errado demostrar que a gente é cheia de sentimentos, sabe?
Eu comecei a escrever Fire em 2018, então já tem dois anos desde o primeiro capítulo. O ano anterior a aquele tinha sido uma droga para mim, eu fiz besteira (na escola e na família) que achei que iria surtar. E eu surtei😅 em uma das primeiras visitas na terapia minha psicóloga me aconselhou a fazer coisas que eu gostava, então eu escrevi igual louca naquele ano (minhas melhores fanfics saíram desse período, viu?), foi nesse período que Fire nasceu realmente, construí todo o universo e me perdi nele depois de três capítulos, amei escrever cada detalhe da minha fanfic cheia de melosidade e um drama que se estendeu por 25 capítulos. Talvez só minha mãe e eu sabemos o quão escrever essa história me ajudou no primeiro ano
Então eu comecei a atrasar as atualizações, fiquei um ano sem postar nada, que foi quando eu fiz o terceiro ano do ensino médio, com Enem batendo na porta. Sei que já pedi desculpas por esse período, mas gostaria de pedir novamente, foi mal.
E agora estamos aqui, 2020 gente, com tantas coisas estranhas acontecendo e sei que vocês também devem estar agoniado com a pandemia, quarentena e familiares doentes. Espero que todos fiquem bem. Nessa quarentena peguei Fire, para ficar bem mentalmente de novo eu voltei a escrever e os últimos cinco capítulos foram concluídos.
É isso, chegamos ao fim, dois anos depois do "Sobre ser diferente", sempre coloco "nós" porque sei que não fiz nada disso sozinha, sabe? Lá no início muitos falaram que minha escrita era legal para ler, então eu continuei por causa disso, sempre que eu parava de escrever, alguém me mandava uma mensagem de "oi sumida" e era tão legal saber que alguém se importava com meu projeto
Por isso estou aqui para agradecer por tudo, para todos vocês que acompanharam Fire até aqui desde o início ou que acompanharam do meio para cá. Vocês são incríveis, tenho um grande carinho por vocês ❤

Capítulo 25 - Sobre o início de uma nova trajetória (Changbin)


Capítulo 25 - Sobre o início de uma nova trajetória (Changbin)

Para ser sincero, a adaptação foi bem mais fácil do que todos acharam de início.

Em três meses, o ataque da Legião tinha tornado-se uma lembrança distante que nunca seria esquecida, os nomes de todos aqueles que se feriram na invasão estavam imortalizados na parede do pátio principal. Doze ao todo. No entanto, aos poucos as áreas danificadas foram reconstruídas e as aulas puderam voltar ao normal, todos adquirindo uma nova rotina e novos sonhos; poder entrar no District 9 agora era um objetivo em comum de muitos, na minha sala, pelo menos umas sete pessoas estavam estudando para prestar concurso da polícia.

Talvez eu estivesse incluso.

— Por que ultimamente só tem Jjajjangmyun e Naengmyun? — Jisung indagou, curioso, com a boca suja de molho preto. — Não que eu esteja reclamando.

— Precisam abastecer a dispensa, então estão usando o que tem no momento. — Woojin explicou. — Meu objetivo é colocar frango frito empanado no cardápio de algum dos dias, mas precisaria convencer todos os cozinheiros para isso.

Salivei, quase sentindo o gosto divino de frango na língua. Até mesmo o macarrão de trigo que estava comendo no momento desceu com um sabor diferente pela minha ilusão.

— Isso seria um sonho. — Minho hyung murmurou, tão fascinado com a ideia quanto eu. Depois de dias comendo todos os tipos de macarrão com molho picante possível, qualquer um naquela mesa cometeria um crime só para ter um pedaço de frango. Minho tombou o rosto, o deixando entre as mãos, de modo fofo demais que com certeza não era de seu feitio. — Já que você agora é o diretor, bem que podia deixar os alunos terem animais no quarto?

— Eu concordo com a ideia. — Hyunjin intrometeu-se na conversa, quase fazendo aegyo para ser notado. — Sinto tanta saudade do Kka...

— Não. — Woojin respondeu rápido, sem nem pensar.

Hyunjin bufou, colocando um bocado de macarrão na boca.

— Onde os meninos estão? — Jisung perguntou, depois de um tempo.

— Felix e Seungmin vão estar no rádio estudantil hoje. — Foi Chan que respondeu, bocejando, mais dormindo do que acordado. — Eles vão almoçar por lá.

Como estivessem apenas esperando a confirmação de Chan, Huang Renjun, presidente do clube de rádio, iniciou a programação, apresentando os dois convidados do dia.

Antes de tudo, a diretoria pediu para avisar que hoje as sete da noite, irá ocorrer um piquenique comunitário no jardim principal para celebrar a volta às aulas, obviamente estão todos convidados a participar. O clube de música está tentando criar um palco improvisado, para poder ocorrer algumas apresentações, então acredito que vai ser bem interessante, espero que todos possam ir.Huang Renjun começou. — Além disso, temos mais notícias boas, o evento literário que não ocorreu por aquele motivo que todos sabemos, tem uma nova data, no final do semestre que vem; por causa do tempo que não tivemos aula e o cronograma escolar sendo adiado, todos os professores prometeram pontos extras para quem estivesse disposto a participar.

No refeitório, agora reformado e ainda maior que o anterior, ficou em silêncio para ouvir o comunicado. Ao ouvirem sobre o piquenique, alguns exclamaram de felicidade, batendo palmas e comemorando.

— Finalmente vou conseguir passar em física. — Jeongin suspirou, esperançoso. — Eu precisava de dois pontos.

— Eu preciso de um milagre para não ficar de recuperação. — Jisung retrucou.

No rádio, o anúncio continuava sendo transmitido. As vozes dos garotos saindo pelas caixas de som espalhadas pelo instituto.

Seungmin, gostaria de explicar por que está aqui?

Bom dia a todos. — Meu amigo começou, a voz um tanto quanto relutante. — No dia do antigo evento literário, eu e Felix estávamos planejando ler as mensagens do correio elegante, por causa das dificuldades do dia isso não aconteceu, então pedimos ao clube de rádio alguns minutos para fazer isso.

Espero que gostem das mensagens. — A voz de Felix ecoou, parecendo mais grossa que o normal. — De anonimo para Kyla do primeiro ano: Eu te acho linda, queria que você pudesse se enxergar da mesma forma em que te enxergo.

Na mesa ao lado da nossa, algumas meninas gritaram, enquanto o rosto de Kyla Massie atingia um nível de vermelho que até eu estava surpreso.

De Jeno, do segundo ano, para Jaemin, também do segundo ano. — Seungmin riu baixinho, enquanto Renjun parecia ter se engasgado, tudo sendo captado pelos microfones. — Eu estou apaixonado por você, e pelo seu namorado.

E foi assim que o almoço continuou, cheio de mensagens do correio elegante. As pessoas que recebiam as mensagens normalmente ficavam constrangidas, tentando esconder a felicidade por trás da vergonha. Poucos que mandavam tinham tido coragem de deixar o nome, a maioria preferiu esconder-se no anonimato, o que não adiantou muito para esconder a identidade alheia realmente.

De anonimo para Felix do segundo ano. — Foi Seungmin que leu, felizmente. — Eu amo suas sardas.

Instantaneamente, senti o olhar de todos na minha direção, conseguia ver até mesmo o sorrisinho sacana no rosto de cada um.

Dei de ombros, voltando a comer meu macarrão já frio, ignorando meus amigos, como se não fosse comigo.

— O que foi?

— Caramba, vocês são tão melosos, mais tão melosos. — Minho foi o primeiro a falar, rindo, dando ênfase no “tão”. — Devo estar com diabetes agora.

— E quem disse que foi eu que mandei a mensagem? — Me defendi, rindo de nervoso.

— Você não engana ninguém, Seo Changbin. — Jisung encarou-me como se eu estivesse falando a maior besteira de todas. — Só você teria a cara de pau de mandar alguma coisa dessas.

[ . . .]

Sem as tendas hospitalares, o jardim com certeza ficava mais bonito.

Uma mesa de madeira estava no centro, com algumas comidas e bebidas; o chão estava repleto por toalhas quadriculadas espalhadas pela grama, luzes natalinas presas nas árvores mais próximas, deixando o ambiente bonito demais. Além disso, o palco improvisado logo a frente, com alguém tocando violão completava a imagem confortável.

— Eles estão ali. — Felix disse, puxando-me até uma das toalhas quadriculadas vermelha e branca , onde parte de nossos amigos estavam.

O único não sentado na grama, era um Minho feliz que flutuava a vários metros do chão. Ele não estava voando realmente, suas asas ainda não haviam se recuperado totalmente, tudo aquilo era obra de Jisung, que havia arrumado um modo de fazer o Lee ficar mais alegre naquele período de recuperação.

— Sabe de algo, nós passamos tanto tempo falando e planejando como iríamos tentar atacar a Legião que agora que tudo está mais calmo, eu não sei mais sobre o que conversar — Jeongin confessou, suspirando. 

— Acho que entendo isso. — Concordei.

— Mas as coisas ainda não estão calmas. — Meu garoto australiano soltou, mordendo o lábio. — Talvez agora a Legião não tente atacar mais Juno, mas ainda não é seguro.

Entrelacei meus dedos nos dele, por debaixo da mesa.

— Meu pai fugiu, todas as pessoas que foram apreendidas eram somente soldados e eles com certeza não desistiram de pegar Felix. — Seungmin continuou. — Eu confio nos policiais, mas queria muito continuar no caso.

Ajeitei minha postura, pensativo, desconfortável em saber que o garoto de sardas ainda estava em perigo, porém um tanto quando acolhido por saber que não era o único a não suportar a ideia de ficar parado, enquanto tantas coisas aconteciam fora dos portões de Juno, sabendo que pessoas precisavam de ajuda e proteção.

— Existe uma forma de continuar. — Falei. — A única forma de continuar nesse caso.

Woojin hyung encarou-me, sabendo do que eu estava me referindo.

— Entrando para o District 9.


Notas Finais


Prometi a mim mesma que não iria prolongar as coisas como fiz nas notas iniciais, então vou tentaaar não escrever muito aqui, ok?
Esse capítulo é o mais curto de todos e também o final. Normalmente eu não gosto de finais em aberto, mas decidi deixar esse assim porque eu queria muito falar algo como "Ei, a aventura para eles continua". Deixo a cada leitor a decisão de como o final termina, para mim todos entraram para o District 9 e vão conseguir sim pegar a Legião, só vai demorar muito. Woojin e Chan vão ser líderes da organização, Seungmin e Jeongin vão se concentrar na área médica, e os outros vão ser ótimos soldados, ok? Ahhh o Felix e o Binnie vão sim morar juntos e ter cachorros, isso não mudou não
Durante muitos capítulos eu tentei colocar algo mais adulto, mas não deu certo, então Fire vai sim terminar sendo tão doce que dar dor de barriga hehe
Então, já que esse é o capítulo final, queria perguntar a todos os leitores, isso inclui você leitor fantasma (🙃🙃), se vocês realmente gostaram???????
Um beijão ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...