História Fireproof - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Ação, Drama, Fbi, Jelena, Policial, Romance
Visualizações 280
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - A Proposta


Fanfic / Fanfiction Fireproof - Capítulo 14 - A Proposta

Justin Bieber Ponto de Vista 

Acordo mais uma vez com o som estridente do meu despertador que ecoava por todo quarto lembrando-me que eu tinha apenas alguns minutos para esta em meu local de serviço. E por falar nele preciso dizer que de todo não estava tão mal assim, já havia sido recrutado para algumas missões e nesses últimos dias tenho me concentrado bastante para conseguir ganhar um caso que ainda não tinham revelado qual era, mas eu tinha quase certeza de que era o caso de Ivo Martinez, o criminoso mais procurado de toda América.

E não é querendo me gabar mais eu tinha quase a completa certeza de que iria ganhar esse caso. Eu sou muito bom no que faço. Levanto da cama e caminho em direção ao banheiro despindo-me, tomo um banho rápido, porém completo e em seguida saio e me seco vestindo minha roupa logo em seguida. Desço as escadas com minha pasta em mãos saio sem tomar café mesmo, pois eu sempre fazia isso com Selena.

Ah Selena, esta me evita sempre que pode fora do serviço e também evita que fiquemos sozinhos no mesmo lugar. Confesso que acho interessante e engraçado a forma como ela tenta fugir de mim apenas para não se permitir fazer o que ela tanto deseja, eu estava me divertindo com isso, mas para ser sincero eu não tratava o que sentia por Selena como uma brincadeira, para mim aquilo tudo era muito sério.

Quando paro em frente a sua porta a mesma já esta ali me esperando, linda como sempre. Usava uma calça jeans azul escuro e uma blusa preta, sem muitos detalhes, simplicidade era o nome do meio de Selena. Ela sorri para mim assim que entra no carro e murmura um bom dia enquanto me entrega um copo com café como sempre fazia. O percurso todo que fazemos de sua casa até a sede é em completo silencio, mas por incrível que pareça aquele silencio não me incomodava, ele era bom.

– Ouvi dizer que vão anunciar hoje quem vai assumir o caso. - ela diz assim que saímos do carro e entramos no elevador.

– Mal posso esperar por isso.

– Tomara que não fique com seu ego ferido quando ouvir meu nome ser pronunciado.

– Todos sabem que eu vou ganhar Selena.

– Você quer apostar? - sua sobrancelha arqueada mostra o quanto a mesma levava aquilo a serio, sorri.

– Não meu amor, não quero tirar seu dinheiro de você. Guarde- os para secar suas lágrimas.

Digo e sorrio para a mesma que me olha boquiaberta enquanto saio do elevador e sigo em direção ao escritório. Cumprimento algumas pessoas que passam por mim e logo tomo meu assento em minha poltrona.

Passo o resto da manhã revisando minhas fichas enquanto sou observado por Selena que parecia querer fazer pedacinho de mim do outro lado da sala.

Mais tarde

Como de costume no horário de almoço me dirijo até a mesa de Selena para irmos almoçar juntos dos nossos colegas de trabalho. Sim, ela só almoçava comigo na presença de outras pessoas simplesmente para não ficarmos a sós. Eu não me importava porque sinceramente sabia que chegaria um momento em que ela não poderia mais fugir de mim, e quando esse dia chegar Selena vai descobrir o que perdeu por medo de algo que não sei o que é.

A morena se levanta assim que me olha e já chama Elizabeth e seu amiguinho que eu nunca gravava o nome. Eles até que eram legais, mas quem eu queria que estivesse conosco mesmo era Ryan e Beiley. Ryan então nem se fala, falo com ele todos os dias praticamente, de fato já o considerava um grande amigo.

Seguimos em direção ao carro de Elizabeth mais antes de entrar no mesmo dou espaço para que Selena o fizesse, mas como sempre ela recusou e ficou na frente junto com Elizabeth. Revirei os olhos e entrei no carro fechando a porta. A mulher sorri para mim pelo retrovisor do carro com deboche.

Está brincando com a pessoa errada Selena.

Não demora muito para chegarmos ao restaurante que sempre vínhamos e nos sentássemos. Faço meu pedido assim como todos e também peço um vinho branco em seguida me concentro na conversa de meus colegas.

– Vocês tem alguma ideia de que caso possa ser esse? – Elizabeth pergunta passando seu olhar por todos nós.

– Não faço a mínima, mas seja qual for vai ser importante para nós, afinal será nosso primeiro trabalho em campo de verdade. – Selena soa convincente para todos ali, mas eu sabia que ela também desconfiava qual seria o caso.

Não era qualquer caso.

– Sinceramente não acho que vou ganhar, mas aposto minhas fichas no Justin. – Elizabeth fala e vejo Selena arregalar os olhos. – Desculpa. – ela ri e não me contenho. – Você é uma ótima agente Selena, mas Justin foi o primeiro da turma.

– Para mim isso não quer dizer nada.

Ela resmunga irritada.

– Parece que tem alguém bem competitiva aqui. – Ethan se pronuncia pela primeira vez. – Calma Sel, eu aposto minhas fichas em você. – ele diz e pisca para morena segurando sua mão.

Sel?

Que?

Olho para Selena com meus olhos semicerrados e a mesma apenas sorri satisfeita com o que acabará de ouvir e fazer. Ela manda um beijo no ar para Ethan e me olha logo em seguida só para provocar.

Bela tentativa, mas não vou cair em seu jogo.

Logo mudamos de assunto e começamos a falar sobre coisas normais que não envolvessem trabalho. Depois do almoço pagamos a conta e quando dá a hora de voltarmos para a sede o fazemos.

Assim que passamos pela porta nos deparamos com a calmaria de sempre, nos despedimos de Elizabeth e Ethan que iam para outro lado e assim que a porta do elevador se fechou empurrei Selena contra a parede do elevador e vi a mesma se assustar com meu ato repentino mais logo um sorriso brotou em seus lábios.

– Bela tentativa querida. – o sarcasmo escorre por minha boca. – Sinto informar que não deu muito certo.

– Mesmo? Jurava ter visto uma linda carinha enciumada me encarar quando Ethan tocou minhas mãos. – ela ri. – Imagine se ele tivesse tocado em outro lugar.

Aperto sua cintura e a vejo fechar os olhos.

– Tem certeza que quer brincar comigo Selena? – seu sorriso é lindo e presunçoso, ela passa a língua por seus lábios carnudos e vermelhos. – Me de um motivo para não agarrar você aqui e agora. – peço em um sussurro cheirando seu pescoço deixando todo seu perfume delicado invadir minhas narinas.

– Podemos ser pegos. – ela diz tão baixo que eu quase não consigo ouvi-la. Olho para Selena e a mesma tem seus olhos fechados mais assim que nota que a encaro ela os abre. – Isso não é o suficiente pra você. – afirma.

– Não.

E numa fração de segundos vejo a mulher a minha frente perder todo o controle que manteve durante semanas e me puxar contra seu corpo consequentemente esbarrando seus lábios contra os meus. Sua língua sem demora escorrega para minha boca explorando cada canto da mesma enquanto minhas mãos ao mesmo que seguravam exploravam seu corpo muito bem desenhado por Deus.

Eu já começava a sentir as coisas esquentarem dentro daquele elevador mais logo o apito que indicava que havíamos chegado em nosso andar soo e fez Selena se afastar, relutante, porém imediatamente de mim.

E as portas se abriram, nos permitindo ter a visão de nossos superiores que nos olharam assim que a porta foi aberta. Eu só esperava que não tivesse vestígios de batom por meu rosto.

– Selena. Justin. – Charles fala pausadamente olhando para nós que apenas balançamos a cabeça em consentimento. – Podem nos acompanhar, por favor?

O olhar que Selena me dá é de pânico. Ótimo! Seríamos demitidos e tudo por causa de um desejo que não conseguimos controlar. Mais uma vez assentimos e vemos Charles e Owen nos dá espaço para que fossemos na frente.

– Estamos ferrados. – Selena sussurrou bem perto de mim quando estávamos a uma distância considerável deles.

– Calma.

Eu dizia para ela mais por dentro eu estava prestes a enfartar. Eu não podia ser demitido, em hipótese alguma. Depois de alguns metros finalmente paramos em frente a porta que entraríamos e senti meu sangue gelar quando olhei que era nada mais nada menos que a sala do nosso chefe. Hernandez.

A porta atrás de nós foi fechada e logo eu e Selena tomamos nossos assentos em frente a mesa de Benjamin que nos olhava com cautela. Selena estava mais branca que o normal e eu tinha quase certeza de que ela poderia desmaiar a qualquer instante.

– Justin e Selena. – ele diz em bom som nossos nomes e suspiro. – Como...

– Desculpe senhor, mas fizemos algo de errado? Porque se sim, desculpe. – Selena fala aparentemente nervosa e Benjamin sorri, completamente calmo.

– Não senhorita, vocês não fizeram nada de errado. – posso sentir o alívio tomar conta de mim e finalmente deixo meu corpo relaxar na cadeira. Vejo Selena fazer o mesmo e em seguida dirijo meu olhar a Benjamin. – Eu os chamei aqui porque como já sabem, temos um caso à ser resolvido.

Selena me olha por alguns segundos e sorri mostrando que também havia entendido o motivo de estarmos ali.

– O que quero dizer é que vocês dois são ótimos no que fazem e consequentemente são os mais aptos à esse cargo. Sei que disse que apenas uma pessoa ganharia esse caso, mas repensei melhor e vi que vocês dois seriam perfeitos para esse trabalho. – eu queria poder gargalhar para os quatro cantos do mundo agora. – Minha proposta é que vocês se juntem para resolver esse caso. O que me dizem?

Meu coração saltava forte, não só pela proposta que nós foi dada mais também por que caso havíamos pego. Selena me olha e sorri abertamente para mim em consentimento.

– Nos aceitamos.


Notas Finais


ANTES DE MAIS NADA: EU FIZ UMA PLAYLIST COM MUSICAS QUE SEMPRE OUÇO QUANDO ESTOU ESCREVENDO A FIC, ENTAO QUEM TIVER O SPOTIFY É SO CLICAR NESSE LINK 😘

https://open.spotify.com/user/g8fz5dpr30upbk5k2rxdj4ap3/playlist/7ryYb4JgmlZ9QYH2wQrETA

Oi meus amores, mais um capítulo de rotina e sim, estou postando de madrugada, pois terminei de escrever a pouco tempo o capítulo 18 quando vi que já era quinta feira. Kkk
Meus amores, queria primeiro agradecer vocês pelos 120 favoritos que a FANFIC já tem, sério, fico muito feliz de atingir minha meta tão rápido, e principalmente de saber que estão gostando.
Agora, quero dizer uma coisinha as meninas que querem me bater por fazer a Selena ser tão cabeça dura kkkk gente, sempre tem uma pessoa negativa na estória e na minha essa pessoa é a Selena, mas calma. Não se preocupem que no próximo capítulo vai ter muitas emoções e ele vai ser a chave PRO OTP MAIS LINDO IR PRA FRENTE é isso aí... Preparem os corações.
Última coisa mais não menos importante, queria avisar vocês que A FANFIC TERA (PROVAVELMENTE) UMA SEGUNDA TEMPORADA. Estou com várias idéias aqui e se tudo der certo vai ter uma segunda temporada, mas por enquanto eu vou continuar focando apenas na primeira.
Beijos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...