História Fireproof - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Katsuki Bakugou
Tags Anime, Bakugoukatsuki, Bakushima, Bnha, Bokunohero, Fantasia, Gay, Kiribaku, Kirishimaeijirou, Magia, Romance, Tododeku, Yaoi
Visualizações 38
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Misticismo, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Ondas e Maresia


Todoroki estava dentro do navio a cerca de 1 hora e meia. Bakugou estava atrasado, e o garoto já estava começando a imaginar que o explosivo não viria. Ou ele havia sido pego? Ele deduraria o amigo?...

  O metade ruivo decidiu esperar, o vento lá fora chacoalhando o barco enquanto os lobos nas florestas uivavam. As cigarras cantavam, a água batia na ponte...
  "Barulhento." Pensou o garoto.

Depois de quase adormecer dentro do navio, ouviu barulhos contra o chão do navio, mas o que o fez ficar alarmado era que: os passos eram de duas pessoas, não uma.
  Shoto se apressou em pegar a primeira coisa que viu: um penico para as necessidades dos marinheiros, que por sorte estava limpo, e se colocou atrás da porta.
  Os passos pesados continuaram, vozes abafadas que de repente pararam. Todoroki prendeu a respiração. A maçaneta girou e assim que os primeiros passos foram encaminhados para dentro, o garoto saltou e deu com o penico na cabeça do invasor.

  Que não parecia um invasor, e sim um garoto. Loiro, pele clara, olhos amarelos. Atrás dele vinha Katsuki, que explodiu em risadas ao ver o que Todoroki havia feito.

-Quem é ele? Por que está aqui? Bakugou seu...

-Escuta aqui, meio a meio, melhor medir as palavras. Ele é um funcionário do Castelo, e insistiu para vir. Ele pode ser útil.

  O garoto loiro que levou o penico na cabeça se levantou.

- Eu não sabia que um penico podia ser uma arma. Você pensa rápido, huh? - Disse, encarando o garoto. - Han, sou Denki Kaminari...Meu pai era um viajante, então até os 17 eu ia com ele para todos os lugares. Sou bom com navios e viagens em alto mar.

  Shoto ergueu uma sobrancelha e concordou, suspirando, era só mais uma pessoa, que mal daria? Ele realmente podia ser útil.

-Okay; tudo bem, vamos nessa...

  ♤♡

Denki era alguém divertido e até mesmo suportável, por assim dizer. Bakugou já havia se irritado com ele tantas vezes desde que começaram a viagem que ele havia perdido as contas.  Mas também tinha tido muita vontade de rir com as palhaçadas do garoto.  Shoto examinava um mapa, sentado no chão perto de Kaminari, que pilotava o navio. Katsuki caminhou até ele e se sentou ali.

- Por que não faz isso lá em baixo? Tem um escritório, esse navio é bem grande. Você é idiota? .

- Eu só não quero ficar sozinho de novo. -Respondeu o meio a meio, simples, dando de ombros.

  Kaminari ao ouvir aquilo sentiu seu coração partir. O garoto era muito sensível.

- Por que não cantamos uma música do mar? Tem várias cantigas.

- Nem fodendo, não sou de cantar.

- Han....Eu também não conheço nenhuma. -Shoto disse enquanto analisava o mapa.

"Yo-ho vamos navegar 

Esperando um belo tesouro encontrar,

Mulheres, sereias, bruxas do mar 

Com elas todas iremos lutar 

Com a bússola em mãos, gritar 

Yo-ho vamos navegar!

Yo-ho buscando perdão,

Yo-ho dos Deuses do céu, 

Yo-ho navegando sem vomitar, 

Yo-ho-ho-ho pro capitão, 

Três vivas para nossa missão! 

Yo-ho, Yo-ho, Yo-ho!"

O garoto loiro cantava, animado e divertido enquanto Katsuki e Shoto o observavam. Quando ele terminou, sorriu para os outros dois.

-É, definitivamente eu não vou cantar essa merda. -Respondeu Katsuki, se levantando e caminhando até o outro lado do navio, encarando a imensidão de azul para todos os lados.

  Shoto não disse nada em relação a isso, sabia que Bakugou não gostava de companhia e eles já estavam a um dia todo navegando.

-Quando iremos chegar, Denki? Você consegue calcular isso?

-Nha, cálculos não são comigo, mas eu penso que em quatro dias já estaremos lá... Até antes, dependendo dos ventos e se não formos atacados por nada...

♡♤

Já era a noite do segundo dia, a comida da dispensa daria para 3 dias a mais, Todoroki havia se preparado bem. Bakugou estava distante, nunca ficou tanto tempo olhando para a cara das mesmas pessoas.
  Todoroki por outro lado se sentia bem. Ele não estava sozinho, seus pesadelos pararam de acontecer desde que entrou no mar... E Denki apesar de irritante distraía sua mente ansiosa.

  Eles estavam todos acordados nesse momento, encarando o céu lá fora. Quer dizer, quase todos. Bakugou havia cuidado das velas o dia todo, então estava adormecido no convés. Denki estava desmontado em cima de vários sacos de areia para dar equilíbrio de peso e Todoroki estava sentado mais ao Sul, perto da borda do navio. Ele encarava o céu, as estrelas brilhantes e aproveitava aquele reino de paz que havia de formado entre os três ali. Seus olhos pesavam, até se fecharem por completo. 

♤♡



Notas Finais


Oi meus amores. Desculpa a atualização ser tão pequena, é que no próximo capítulo entram novos personagens e inclusive teremos o nosso Kirishima finalmente.
Deixem seus comentários sobre o capítulo, estou amando ler.
Amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...