1. Spirit Fanfics >
  2. Firework >
  3. Lembranças de uma noite quente

História Firework - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Demorei,mas voltei.Espero que gostem do capítulo.

Capítulo 4 - Lembranças de uma noite quente


Fanfic / Fanfiction Firework - Capítulo 4 - Lembranças de uma noite quente

O beijo ia se intensificando a cada toque da morena no corpo de Adora,de alguma forma ambos os corpos se sentiram como fogos de artifício.Seus corpos queriam mas que apenas em beijo sedento.

Catra

Ela tinha que parar com tudo aquilo,por mas que ela não quisesse se separar dos lábios de Adora,porém algo em sua cabeça falava que se ela continuasse,perderia o jogo que estava construindo.

A morena parou o beijo com muito custo,após isso falou algumas palavras:

-Tome cuidado comigo,loirinha-Catra colocou a mão na coxa de Adora,fazendo assim a mesma arrepiar-Nunca se sabe,vai que você acorda na minha cama-A morena sorriu cinicamente e foi embora,deixando Adora perplexa pelas atitudes de Catra.

********************************************

Adora 

- Bom dia,senhora Adora-Perfuma se levantou e deu um leve sorriso-Hoje a senhora tem uma reunião com alguns investidores-A secretária entregou a Adora sua agenda e voltou a se concentrar no que estava fazendo antes.

Adora caminhou até sua sala,no caminho ela lembrou da noite anterior e como foi bom sentir aquele fogo em seu coração,por mas que ela não fosse uma adolescente,a loira estava agindo como uma,já que não teria coragem de olhar Catra por um bom tempo,já Catra teria coragem para dar e vender.

A loira entrou em sua sala um pouco longe da realidade que estava vivendo,tanto que não percebeu que Catra estava lá.Percebendo a existência de uma segunda pessoa no local,a reação de Adora foi direcionar um soco no rosto da pessoa,por sorte Catra conseguiu desviar e a loira acabou por dar um soco no ar,Catra irritada com tuda aquela situação começou a gritar:

-Você não tem um pingo de noção?!-Catra falava furiosente,enquanto batia o dedo indicador no peito da loira a sua frente-Tem noção do problema que você iria me causar com aquele soco?!

-Sinto muito,mas quem é você para entrar no meu escritório quando lhe convém?,não te dei toda essa liberdade-Adora tirou o dedo indicador da morena de seu peito.

-Tanto faz-Catra deu de ombros e chegou bem perto do ouvido de Adora,fazendo assim o corpo da loira reagir com um arrepio-depois do que aconteceu ontem,eu mereço um desconto-Catra deixou um beijo no pescoço de Adora e saiu de sua sala.

O coração da loira batia aceleradamente,ela sabia bem que aqueles sentimentos por Catra,que ela enterrou com tanto esforço,um dia voltariam com força total e iriam causar um estrago em seu coração.

Adora não era idiota,então logo percebeu que a morena estava jogando com ela,Adora até pensou em fazer alguns joguinhos para Catra,mas a morena era muito persistente quando queria algo para si mesma,nunca deixou ninguém pisar nela como se a mesma fosse um inseto,ela tinha uma ótima lábia e era calculista,Adora não tinha a menor chance de ganhar dela nos jogos de provocação.

Adora tentava se concentrar ao máximo no que estava fazendo,mas aquele beijo sempre vinha em sua mente e a deixava um tempo passando os dedos pelos lábios,como se o beijo acabasse de acontecer e seus lábios conseguiam sentir a pressão dos de Catra,aquilo realmente estava deixando a loira louca.Adora tentava lutar contra o desejo de amar Catra e tê-la em seus braços,mas era um trabalho que seu coração nunca estaria preparado para executar.

Catra

Ela queria sentir um pouco mas o corpo da loira,aquele beijo só serviu para atiçar uma onda de sentimentos intensos em Catra,a morena gostava de ver como Adora se sentia presa pela lembrança do prazer que sentiu quando os lábios de Catra encontraram os seus.

Catra não queria admitir de forma alguma que havia gostado do beijo e de passar um pouco de sua noite ao lado de Adora,ela tinha medo de se jogar de cabeça,pois achava que seu amor não seria possível e correspondido.Seu ponto favorito e forte era provocar a loira em situação importantes,como ela fazia na faculdade.

Ela teria uma reunião com investidores e Adora naquela tarde e claro não perderia a chance de colocar seu plano em ação,para lembrar a loira dos velhos tempos,de uma coisa ela tinha certeza que aconteceria,se ela fizesse isso a loira iria tirar satisfação com ela depois e assim ela colocaria a segunda parte do plano em ação.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo,desculpem qualquer erro e vejo vocês no próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...