1. Spirit Fanfics >
  2. Fireworks >
  3. Laila disturbing

História Fireworks - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Laila disturbing


Fanfic / Fanfiction Fireworks - Capítulo 11 - Laila disturbing

Paulo Dybala POV

Passei o banho todo tentando me controlar, mas a ereção era inevitável quando me vinha a Mia na cabeça, essa garota era impressionante, e era um perigo estar com ela, eu não conseguia me controlar nem um pouco.

Me sequei tentando ao máximo não encostar na minha região íntima, ou então aquilo nunca iria passar. Coloquei um shorts e me sentei na cama, a porta do meu quarto estava entreaberta e eu pude ver Mia saindo do quarto logo a frente. Ela parou na porta e me olhou sorrindo fraco.

- Entra aqui - Chamei ela com a mão e ela veio com um sorriso no rosto.

- Tá tudo bem, Paulo? - Eu assenti e segurei seu rosto.

- O que você fez comigo, gata? - Ela ficou me olhando até que sorriu.

- Eu não fiz nada, você que saiu correndo - Seus dedos passearam pelo meu cabelo.

- Eu fiz isso por você, sou perigoso - Ela riu.

- Não, você não é perigoso - Mia estava usando uma sainha tão curta que estava me deixando maluco, sua blusa era mais comportada no decote, só que era curtinha e mostrava toda a sua barriga - Para com isso, Paulo - Ela fitou meus olhos - Me deixa te tocar também - Ah, essa mulher vai me enlouquecer.

Fiquei sem saber o que falar e ela logo selou nossos lábios, suas delicadas mãos faziam carinho no meu cabelo, até que desceram para meu abdômen. As minhas estavam em seu rosto e nuca, mas com seus toques, acabaram descendo para a cintura e pernas, até que eu me peguei chegando perto de seus seios.

- Tudo bem - Mia sussurrou e colocou as mãos sobre as minhas, fazendo com que eu pegasse em seu peito por completo - Pode me tocar - Voltamos a nos beijar.

O beijo só esquentava cada vez mais, até que acabamos nos deitando, eu já sentia a minha ereção firme.

- Mia, acho que a gente deve parar - Passei as mãos no seu rosto e ela sorriu.

- Porque? Você não quer?

- Não é esse o problema, eu quero muito, quero tanto - Subi a mão pela sua perna e apertei, eu estava meio de lado, e ela com as pernas fechadas.

- Então tá tudo bem - Ela selou nossos lábios e a campainha tocou.

- Isso é um sinal - Sorri de lado e ela se sentou quando eu levantei.

- Deixa que eu atendo, Paulo.

- Eu negaria, mas você me deixou de um jeito que eu não deveria atender a porta - Me referi a minha ereção mas acho que ela não entendeu.

- Tudo bem, eu atendo para você - Mia passou pela porta e eu me joguei na cama respirando fundo.

- Obrigado gata!

- De nada.

 

Mia Duarte POV

Abri a porta e dei de cara com Laila, a loira me olhou de cima abaixo abaixando de leve os óculos, ela estava com uma bolsa enorme e um biquini por baixo daquele vestido curto e justo.

- Ah, domingo você não fica de folga, Mari? - Ela fez uma cara feia e passou por mim quase me derrubando.

- Fico sim.

- E o que que você tá fazendo aqui, então? - Fiquei sem saber o que falar - Ah, não responde não - Ela olhou pela sala - Cadê o Paulo, hein? - Fui tentar falar que ele estava lá em cima mas ela me cortou - Você não está usando o seu uniforme porque?

- Laila? O que está fazendo aqui? - Paulo gritou descendo as escadas.

- Eu vim te ver, amor - Amor? Mas o Paulo não disse que eles não tinham nada?

- Laila eu já te falei umas cem vezes para você não aparecer aqui sem avisar - Ele chegou perto de nós duas e ela se atirou nele.

-  Mas eu estava com saudades, Dy - Ela o agarrou - E você viu que a sua empregadinha está usando roupas que não são permitidas no trabalho?

- O que é permitido ou não sou eu que sei, a casa é minha - Ele se afastou dela.

- Ai Paulo, não seja grosso assim - Ela encostou em uma parede - Estou com uma sede.

- Eu pego água para ela - Comecei a me mover e Paulo me segurou.

- Não, pode deixar que eu pego Mia - Paulo se virou e Laila me lançou um olhar super estranho e depois o seguiu.

Eu subi as escadas desesperada e peguei a minha bolsa no quarto de hóspedes, quando eu desci escutei algumas risadas da Laila na cozinha, mas eu nem quis conferir do que ela ria tanto, apenas saí correndo pela porta da frente.


Notas Finais


Essa Laila só atrapalha, será que se não fosse por ela rolaria algo? O que vocês acham?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...