História First Love - Yoonmin (Short Fic) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lay, Lisa, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun
Tags Jimin, Minie, Minimini, Suga, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 35
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola pessoal
Então eu editei o primeiro capitulo e farei o mesmo com os outros

Capítulo 1 - Cap 1 - Meu querido piano


Fanfic / Fanfiction First Love - Yoonmin (Short Fic) - Capítulo 1 - Cap 1 - Meu querido piano

  
Em um canto da minha memória
Um piano marrom encostado à um lado
No canto da minha casa de infância
Um piano marrom encostado à um lado
Eu lembro daquele momento
Muito maior do que minha altura
O piano marrom que me guiou
Eu procurei por você
Eu ansiava por você
Quando eu te toquei com os meus pequenos dedos
Eu me sinto tão bem, mãe, eu me sinto tão bem
Eu tocava o piano toda vez que minhas mãos me possuíam
Eu não sabia o seu significado naquela época
Naquele tempo eu ficava contente em apenas te olhar
Lembro-me daquele tempo
Durante os meus dias na escola primária
Quando minha altura se tornou maior que a sua
Eu negligenciei quando eu te ansiava, então
No topo das teclas brancas feito jade, a poeira se acumulando
Sua imagem que eu negligenciei
Mesmo naquela época
Eu não sabia seu significado
Não importa onde eu esteja, você sempre defendeu aquele lugar
Mas eu não sabia que aquele seria o último
Você diz não deixe desse jeito
Não se preocupe mesmo se eu deixar
Você vai ficar bem por si mesma
Eu lembro quando te vi pela primeira vez
Antes que eu soubesse você cresceu
Embora estejamos dando um final
Para o nosso relacionamento
Não se sinta mal por mim
Eu vou conseguir vê-la novamente não importa de que forma
Me receba alegremente, então
Eu lembro daquele tempo quando te conheci
Eu tinha esquecido completamente, quando eu tinha por volta de 14 anos
A estranheza durou apenas um momento, eu te toquei novamente
Mesmo que eu tenha ido embora por um longo tempo
Sem repulsas, você me aceitou
Sem você, eu não sou nada
Após o amanhecer, dois de nós
Nós recebemos a manhã juntos
Não solte a minha mão para sempre
Eu também não vou deixar a sua
Eu me lembro, então
Nós queimamos os restos finais da minha adolescência
Sim, os dias em que não conseguíamos ver um centímetro a nossa frente
Nós rimos, nós choramos
Esses dias com você
Esses momentos que agora estão na memória
Eu disse,
Segurando o meu ombro esmagado
Eu não consigo fazer mais nada
Todas as vezes que eu quis desistir
Ao meu lado você dizia
"Criança, você realmente pode fazer isso"
Yeah, yeah, eu me lembro daquele tempo
Quando eu estava cansado e perdido
Naquela época, quando eu caí em um poço de desespero
Mesmo quando eu te afastei
Mesmo quando eu me neguei a te encontrar
Você esteve firmemente ao meu lado
Você não precisava dizer nada
Então, nunca solte a minha mão
Eu não vou soltar a sua mão outra vez nunca mais
Meu nascimento e o fim da minha vida
Você vai estar lá para cuidar de tudo
Em um canto da minha memória
Um piano marrom encostado à um lado
No canto da minha casa de infância
Um piano marrom encostado à um lado

*Pov Yoongi*


Aqui estou eu novamente neste lugar que me traz tantas memorias felizes, mais que infelizmente me faz lembrar de uma pessoas que eu queria tirar tanto dos meus pensamentos como do meu coração, mais era inevitável não pensar nele, pois ele faz parte de tudo o que eu vivi aqui, de todas as memorias boas, e infelizmente eu nem necessito vim aqui pra pensar nela, já que ele parece ser a unica coisa que domina na minha cabeça. Estou em minha casa de infância, onde meus amados pais moram, onde eu cresci, e me apaixonei junto com meu amado piano, que sempre foi meu maior companheiro.
Eu sempre amei o som do piano, na verdade eu e meu amigo Jimin sempre amamos, quando eu tinha 8 anos depois de muito pedir meus pais compraram um piano e contrataram um professor pra me ensinar, em pouco tempo eu ja sabia tocar, pois eu ficava horas treinando, Jimin amava o piano mais não tinha a minima paciência em aprender, então eu sempre tocava pra ele, e ele dizia amar me ouvir, então todos os dias quando chegávamos do colégio íamos pra nosso cantinho e entravamos em nosso mundo particular, onde existia só nos dois e um piano marrom, eu amava tocar e ele amava me escultar, a cada dia nossa amizade ia se tornando mais forte, e eu sempre pensei que nada e ninguém pediria nos separar, ate que aos poucos Jimin começou a se distanciar, primeiro ele começou a namorar com uma menina que não tinha nada a ver com ele, não sei se ele queria provar para as pessoas que ele era hétero, pois como nos andávamos sempre juntos, todos achávamos que eramos gays, ou ele queria provar pra si mesmo que era, pois o relacionamento dos dois não durou muito, e conforme Jimin ia distanciando de mim eu ia distanciando do piano, eu não sentia mais vontade de tocar, pois Jimin quem era que sempre me incentivar a seguir meu sonho, sem ele eu me sentia vazio, e nem o piano conseguia preencher. Hoje em dia eu tenho 22 anos e Jimin 21, eu virei um advogado, mais odeio minha profissão, ele é medico, e parece que ama o que faz, parecia que tudo na minha vida dava errado, e na dele tudo dava certo.
Eu não sei como ou quando eu me apaixonei pelo Jimin, pode ter sido na primeira vez que nos vimos, que ele chorava pois um menino avia tomado seu pirulito e eu dei o meu pra ele, ou quando eu comecei a tocar pra ele, ou quando eu compus minha primeira musica que foi toda pensando nele, eu só sei que ate hoje carrego este sentimento comigo, nunca tive coragem de dizer pra Jimin como me sinto, eu tinha medo dele me odiar e não querer mais olhar na minha cara, medo da rejeição, medo dele sentir nojo de mim, eu sempre fui muito inseguro com meus sentimentos, e nunca soube demonstrar ou falar como me sinto.
Depois que Jimin se assumiu homosexual e começou a namorar com Kai o cara que eu mais odeio e me odeia neste mundo, eu pensei em vários motivos pra ele querer namorar com uma pessoa que ele sabe que me odeia e eu odeio, mais nenhuma delas fazia sentido, e claro que eu tentei falar com ele, mais ele sempre me evita.
Jimin não me queria mais por perto e ele deixava claro para todos, metratando mau, me evitando, eu não sei o que aconteceu porque Jimin me odeia tanto sendo que eu amo ele tanto.
Então minha vida é assim uma grande merda, eu não vinha aqui deis dos meus 18 anos que foi quando eu sai de casa, e não toco piano deis dos 15,tento tirar Jimin a anos da minha cabeça mais parece ser uma missão impossivel, mais eu sei que um dia eu vou esquece-lo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...