História First Love - Capítulo 44


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Família, Yoongi
Visualizações 25
Palavras 937
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"O amor é um fogo que arde sem se ver." Será que Luís de Camões estava certo? Será que existe um Woei (Sorry,não sou boa com shipps :b) na nossa história? Eu sei que demorei séculos para escrever esse capítulo,e peço perdão pela vigésima vez a demora! Espero que vocês gostem do capítulo ❤️

Capítulo 44 - 044: Woei?


Fanfic / Fanfiction First Love - Capítulo 44 - 044: Woei?

(Hei) 

Como previsto pelo doutor,passado um mês Won acordou. Nós estávamos no ensaio quando o celular do tio Nam começou a tocar. Rapidamente saímos da Big Hit,indo até o SNUH*. Bom,aí já viu,Won acordou,todo mundo feliz,todo mundo chorando,porém e agora,ele vai andar? 

(Médico) : Ok Kim Won,é a hora! 

Ele passou o braço pelas costas do Won,e com muita dificuldade,levantaram da cama. Won contou até três baixinho e começou a dar passos curtos até a porta do banheiro,como o médico mesmo disse.

(Danbi) : Então doutor? - Fala apreensiva.

(Médico) : Calma Dan,ele está bem! Só vai precisar passar por algumas seções de terapia! 

Parece que o ar do quarto inteiro saiu de mim,agradeci a ajuda divina por não ter permitido Won ficar paraplégico. Ele passou mais dois dias no hospital,e quando finalmente foi liberado,pedi para seus pais me deixarem ir andar um pouco com ele,já que teria muito o que pedir desculpas.

(Hei) : Eu..queria pedir desculpas.. -Disse brincando com a fatia de torta.

(Won) : Por..? 

(Hei) : Pelo acidente,se não fosse a minha burisse,você nunca teria passado por tudo isso..

Won me olhou por debaixo dos óculos,eu realmente fico encantada com a beleza desse garoto com óculos de grau. 

(Won) : Hei,você não precisava pedir desculpas,a culpa também foi minha.. - Disse e depois bebericou um pouco de seu café. 

(Hei) : Você não está bravo? 

(Won) : É impossível ficar bravo com você.. - Ele colocou a mão dele por cima da minha. 

(Hei) : E-e.. e quando você volta para Paris? 

(Won) : Eu volto na semana que vem,meus professores já estão cobrando meus pais das aulas.. - Tentou forçar um sorriso. 

(Hei) : Você sabe que Seul não é o mesmo sem você.. 

(Won) : Eu sei,vocês me amam!

Tirei minha mão da sua e dei um tapinha em seu braço,arrancando risos dele. 

(Won) : Fique tranquila Yaegiya*,com todas as coisas que estão acontecendo por agora,vocês vão ver que logo logo estarei de volta! 

(Hei) : Mesmo assim vou sentir sua falta. - Cruzei os braços,depois fiz um bico fingindo estar brava.

(Won) : Eu também,muito. 

Depois de comer,pagamos nossa conta na cafeteria,saindo da mesma. 

(Won) : Então,o que vamos fazer agora?

(Hei) : Que tal irmos na lojinha de conveniência? 

(Won) : Gorda..

(Hei) : Falou o cara que enche a barriga de creme brûlée! 

Fomos irritando um ao outro até a lojinha,chegando lá,eu e Won entupimos um cestinho com besteiras. Depois de pagar,fomos até a praça Gwanghwamun.

Sentamos em um dos bancos da praça e começamos a comer os doces que compramos,vez ou outra trocamos palavras,estávamos concentrados comendo.

Até que uma hora encarei Won e vi que ele estava do mesmo jeito,e como em câmera lenta,fomos aproximando nossos rostos. Fechei os olhos,apenas sentindo os lábios dele tocando o meu. A sensação era maravilhosa,e sentia milhões de borboletas no estômago! 

Ele pediu espaço para a língua e eu cedi,aprofundando ainda mais nosso beijo. O garoto perdeu a timidez e colocou suas mãos na minha cintura,e eu passei os braços pelo seu pescoço. Até que a maldita falta de ar apareceu,e nos separamos do beijo.

*Click*

(Hei) : Won.. você ouviu isso?

(Won) : Ouvi o que?

(Hei) : Um click..

(Won) : Acho que é coisa da sua cabeça Hei! 

Olhei fundo os olhos deles,aquele castanho claro combinava muito com ele. O clima estava estranho,até que fomos enterrompidos pelas risadas de Won.

(Won) : Desculpa Hei,é que eu não consigo acreditar que beijei você! 

Comecei a rir também,era muito estranho pensar isso,eu e Won sempre fomos vistos como "primos",nunca na nossa vida tivemos um contato dessa forma..

E tinha um porém,eu me apaixonei por Jae,e se ele gostar de mim também? Deixei os pensamentos de lado e comecei a rir junto com ele.

(Hei) : Tem razão! - Rindo- você.. gostou? 

(Won) : É claro,você é a garota mais linda que já vi na vida! 

(Hei) : Não exagera..

(Won) : Exagerar? - Rindo- Hei por favor,você é linda,inteligente,e além disso tudo,minha amiga! Idiotas são os caras que nunca te notaram! Garota você é dez,e se pudesse,te pegaria de novo aqui!

(Hei) : Por que "se pudesse"? 

(Won) : Porque não sei se você quer..

(Hei) : O que está esperando? 

E novamente nos beijamos,mesmo sendo um pouco estranho pegar um garoto dois anos mais novo que eu,eu gostei,gosto de estar ao lado de Won,ele é simplesmente incrível! 

*Click*

Porém esse barulhinho já está começando a me deixar preocupada..

...

(Won)

Me despedi de Hei e segui o caminho até em casa,depois do beijo,nós ficamos um tempão ali conversando,até que ficou escuro,então decidimos cada um voltar para sua casa.

Sabe de uma coisa? Eu amo ela sim,porém sinto medo,medo dela não me corresponder,além disso,tinha a distância. Não quero iludir Hei,longe de mim fazer isso,porém tenho medo de dar um passo a mais com ela e não suportar a distância.

Droga de Paris,tinha que ficar tão longe de Seul?! Chegando em casa abri a porta lentamente,sei que meus pais são da noite,até porque,eles contaram as inúmeras vezes que escreveram músicas pela madrugada,porém senti medo de eles estarem dormindo e acordar os idosos sem querer.. 

(RM) : Kim Yeong Won-Shik? 

Droga,chamou pelo nome completo,já posso correr.

(Won) : O-oi appa! A-algum problema?

(RM) : Sente-se.

Fiz o que ele pediu,até coloquei dois dedos no pulso para checar se ainda estava vivo,e como tive certeza que estava,já poderia ter certeza que meu pai vai me matar,e eu nem sei o porquê. 

(RM) : Eu vou ser bem direto com você Won-Shik.

(Won) : Eu juro que não fiz nada! 

(RM) : Ah é? Tem certeza disso?

Ele pegou uma revista e jogou no meu colo,meus olhos arregalaram quando vi a capa e o título,posso me considerar um garoto morto. 

(RM) : Você beijou a Hei,Won-Shik?! 

...




Notas Finais


Glossário~
*SNUH: é um hospital universitário da Coréia do Sul!
*Yaegiya: expressão coreana,significa "bebê",e é muito utilizada por adolescentes.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...