1. Spirit Fanfics >
  2. First Love (primeiro amor - jikook) >
  3. Capítulo 11: Eu realmente gosto de você

História First Love (primeiro amor - jikook) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, amores! Decidi atualizar antes de encerrar esse mês de julho... Sextou, né?
Espero que gostem do capítulo, boa leitura, anjinhos 💖

Capítulo 11 - Capítulo 11: Eu realmente gosto de você


Em um certo dia de verão, Jimin estava em minha casa, logo pela manhã, em um sábado.

Não havíamos dormido juntos, ele apenas apareceu em minha casa, do nada, às nove e meia da manhã.

Tomamos café juntos, jogamos e assistimos nosso anime favorito.

As horas pela manhã sempre passavam rápido. Quando se tratava de ir para a escola pela manhã, eu achava bom. Mas nos finais de semana, não gostava muito, pois quase não podia aproveitar os dias sem tarefas para fazer.

Então, naquele dia, não foi diferente. Mas Jimin teve a ideia de aproveitar o dia caloroso para ir à sorveteria junto com nossos amigos — Yoongi e Taehyung. Eu e Jimin, geralmente, passávamos o final de semana juntos para jogar quase o dia todo. Outros dias Yoongi ou Tae nos visitava, mas nunca tivemos a ideia de sairmos todos juntos.

Então, já que havia gostado da ideia, decidi concordar.

Eu quis convidar meus outros amigos, Hobi, Joonie e Jin, já que na noite daquele mesmo dia, eles viriam dormir em minha casa. Jimin também gostou da ideia, pois de tanto me ouvir falar deles, já estava ansioso para os conhecer.

E eu também estava.

Então, logo enviei mensagem para ambos, pedindo para que viessem mais cedo. Tae e Yoongi estariam na casa de Jimin logo após o almoço, e os outros também.

Fiquei super feliz e animado, pois seria a primeira vez que iríamos sair juntos e com nossos amigos, e com certeza seria divertido. Apesar de eu também ter vontade de sair apenas eu e Jimin algum dia, como em um encontro. Ir em alguma sorveteria, andar nas praças ou até mesmo assistir algum filme divertido no cinema. É algo que eu realmente gostaria.

Não muito tempo depois, quando Jimin foi para sua casa almoçar, eu decidi me arrumar. Acabei almoçando tarde, e fui direto para o banho, pois logo depois os encontraria na casa de Jimin.

Apenas vesti uma roupa fresca, pois estava realmente calor. Me perfumei e assim que meus amigos chegaram, fomos para a casa de Jimin.

— Hoje é o dia de finalmente conhecer a paixão de Jungkook, caras. — Hobi ditou, rindo de minha cara quando fiz uma careta.

— Não vamos fazer você passar vergonha, não se preocupe, Jun. — Jin riu, próximo a Namjoon.

Eu estava nervoso, pois apresentá-lo às pessoas mais importantes em minha vida era realmente diferente. Seria a mesma coisa de apresentar uma namorada. Ou namorado.

Ficamos esperando ali na frente, até que Jimin apareceu com nossos amigos. Assim que Jimin nos viu, um sorriso singelo adornou seus lábios. Ele estava lindo.

Olho para meus amigos então, que cumprimenta Jimin e os outros, apresentando seus nomes.

— Jungkook sempre fala de você. Estávamos muito ansiosos para te conhecer... — Hobi ditou, seu sorriso e simpatia habitual de sempre.

— Woah... sério? Eu também estava. Jun fala de vocês também.

Jimin ditou, todo fofo, próximo à mim.

Assim que começamos a andar, em grupo, até a sorveteria, todos nós já conversávamos. Yoongi e Namjoon não paravam de papear, pois eles têm ideias e gostos parecidos. Já Hobi fazia Taehyung rir a todo o momento, e eu e Jimin apenas os observamos de trás.

— Eu estava nervoso, Jun. Mas eles são muito legais. — Jimin ditou, baixinho.

— Eu disse!

— Aquele Namjoon... e o garoto ao lado dele... eles namoram? — Jimin perguntou, realmente curioso.

— Sim. São fofos, não são?

— São. Muito. — Suas bochechas coraram, enquanto observava os dois de mãos dadas.

Será que algum dia Jimin irá gostar de mim dessa forma?

[...]

Não muito tempo depois,  — já que o centro da cidade era próximo de nossas casas — chegamos no local.

Logo pedimos nossos sorvetes e decidimos comer na praça à frente, onde havia um bonito gramado e várias árvores bonitas.

Jimin havia pedido sorvete de blue-berry, da cor azul, que por sinal, era da mesma cor de sua blusa. Ficava encantado por toda a sua paixão pela cor, até mesmo quando sua boca ficou suja de sorvete.

Tão lindo.

Estávamos sentados em roda embaixo da sombra de uma árvore, e todos conversavam como se fossem íntimos ou como se conhecessem há anos.

Ver meus amigos tão entretidos com os amigos de Jimin foi legal, pois sabia que formaríamos um grupo de amizade mútua. E, de fato, sim.

— Vou servir de vela até com vocês, sério? — Hobi ditou ao ver Jin e Namjoon trocando carinhos, e todos nós rimos. — Jin e Namjoon... daqui a pouco é Jimin e Jungkook.

Jimin, que estava encostado com a cabeça em meu ombro, até se afastou, todo tímido, mas não disse nada. Assim que ouvi aquilo, meus olhos se arregalaram, e eu não sabia onde enfiar minha cara.

Tae, Yoon e Hobi continuaram rindo de nossa cara, enquanto Jin e Namjoon estavam concentrados no mundinho deles.

Jimin me encarou, então, com um sorriso em seu rosto vermelho.

— Relaxa, Jiminie. Vocês podem ficar à vontade. Eu já me acostumei. — Hobi proferiu, rindo, mas logo voltou a conversar com os outros dois.

Fiquei extremamente envergonhado, pois não sabia o que dizer, e nem como reagir. Hobi falou aquilo como se estivesse insinuando que eu e Jimin somos um casal, como Jin e Namjoon.

Sabia que era apenas uma brincadeira, mas ainda assim, não pude evitar minha reação pelas palavras inesperadas.

— Bem... eu falo tanto de você... que eu acho que ele acabou confundindo as coisas. — Ditei sobre os olhos de Jimin, que ainda me olhava com um sorriso bobo pelas palavras anteriores.

— Ele realmente confundiu, Jungkook? — Jimin ditou, e ainda que estivesse sorrindo, suas palavras soaram sérias, com um tom de provocação.

Ri,— mas de nervoso — sem entender o contexto daquela pergunta. Sem mais nada a dizer, apenas entramos na conversa dos outros.

Yoongi e Hobi estavam próximos, e durante a conversa, se entreolhavam com sorrisos pequenos. Eu não poderia deixar de reparar, pois foi algo que me chamou atenção.

Eu sempre soube da atração de Hobi por ambos os gêneros, mas ele nunca chegou a ter um sentimento por algum garoto, após o seu último término com uma garota. Até então, ele só havia namorado garotas, mas a atração por outros garotos ele nunca escondeu.

Assim como Joonie e Jin.

Sobre Yoongi, eu não posso afirmar sem saber. Não duvido que ele sinta atração por garotos, já que ele sempre foi muito próximo de Tae e Jimin — pelo que eu sei, apenas como amigos.

Já Taehyung, ele havia comentado comigo que estava gostando de uma garota, mas não sabia se era correspondido. Taehyung também é parecido comigo, não se importa muito sobre relacionamentos ou sentimentos. Ele sempre fala que quando aparecer a pessoa certa, terá a hora certa. Então, ele é mais tranquilo com relação a isso.

E eu realmente admiro isso nele, pois ele sabe como não se magoar nesses casos.

— Eu quero andar um pouco... você vem comigo? — Jimin perguntou, já mais próximo.

— Claro, Ji...

Logo nos levantamos, avisando aos outros que logo voltávamos.

Decidimos seguir o caminho por uma calçada estreita, cercada de flores em volta.

— Fazia tempo que eu não tinha um dia divertido assim... — Ele ditou, sorridente.

— Eu também... apesar de eu sempre me divertir quando estamos juntos.

Ele concordou, pondo suas mãos no bolso de sua bermuda.

Aish... jamais irei enjoar de vê-lo e afirmar o quão lindo ele é.

— Jin havia me falado que formaríamos um casal bonito. Ele acha que... temos algo. — Ele ditou, rindo baixo.

Mas... eu não acredito que Jin fez isso!

— M-Meus amigos... sabe...

— Eu concordo. Você não? — Questionou, me olhando.

— S-Sim...

O quê?

— Nós combinamos. Temos muitas coisas em comum. — Ele continuou normalmente, como se não soubesse que suas palavras me afetaram de alguma forma.

— Eu também acho... — Concordei, apesar de já saber disso desde o início.

— Depois daquilo... do nosso beijo... muita coisa mudou. Antes eu estava confuso, agora não mais, Jungkook.

Ele estava tão sério, que cada palavra sua me causava um arrepio diferente.

— Como assim?

— Você evidenciou tudo, Jun. — Sorriu, e ele parou quando chegamos em um banquinho, e ali sentamos. — Eu sei que você gosta de mim. Qualquer pessoa saberia.

— E depois do que seus amigos falaram, eu tive completa certeza. Mas preciso ouvir de você. Você gosta mesmo de mim, Jun?

Estávamos próximos, encostados no encosto do banco de madeira, olhando um para o outro.

Podia sentir que meus olhos estavam brilhando, e que cada detalhe de seu rosto ficava ainda mais bonito diante da luz do sol, que anunciava quase o fim da tarde.

Então, observando cada detalhe que tanto amo de sua face, o respondi, completamente sincero.

— Sim, Minie. Eu realmente gosto de você. Muito.

Notei o seu sorriso aumentar, até deixar seus olhinhos pequenos, formados por duas linhas. Então ele segurou minha mão que estava sobre minha coxa, e em seguida ditou, bem próximo do meu rosto:

— Eu também gosto de você, Jun.

 

 

 

[Continua...]

 

 


Notas Finais


E aí, o que acharam? Comenta para eu saber 😉
Obrigada aos que sempre interagem, fico feliz e apesar de eu estar sem inspiração para os próximos capítulos (devido ao EAD e aos cursos online), isso me motiva.
Então, até a próxima, beijos e se cuidem! Fiquem em casa! 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...