História First Tree After the Trail - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 127
Palavras 741
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Eighteenth


Fanfic / Fanfiction First Tree After the Trail - Imagine Kim Taehyung - Capítulo 18 - Eighteenth

                                     POV S/N

 

  Taehyung me encarou sério quando disse aquilo "ele nunca vai ver essa criança". 

   Depois disso ele simplesmente saiu me puxando para fora do prédio e me levando até seu carro.

  Solto-me dele bruscamente o fazendo olhar mais sério Ainda para mim.

 

-Acha que sou sua boneca Kim? Você não pode simplesmente sair me puxando para lá e para cá ou então sair e me deixar sozinha após ouvir algo que não gostou. 

 

   Ele me fitou com um olhar meio sombrio. De seus olhos transbordavam puro ódio. Eu fiquei meio amedrontada. 

    Taehyung me empurrou para dentro do carro, me fazendo sentar no banco do passageiro. Ele deu a volta e se sentou no lugar do motorista. Trancou as portas me impedindo de sair. E deu partida no carro. 

  Ele dirigia rápido me fazendo ficar muito nervosa.

 

-Taehyung para o carro.

 

Ele nada respondeu. Nem me olhou.

 

-Para o carro! Não ouviu? Me deixa sair daqui.

 

E ele continuou em ignorando.

 

-Kim Taehyung, seu idiota, para o que está fazendo agora. O que você tem? Por que está assim? O que eu te fiz? Hum? 

 

Eu já gritava desesperadamente. As palavras simplesmente fluíam de minha boca e eu não tinha a menor noção do que elas causariam.

 

-você está me assustando Taehyung, você me assunta. Eu não estou feliz!

 

-Eu sei!

 

Ele gritou e parou o carro bruscamente no meio da estrada.

 

-Eu sei S/N, você não está feliz. Eu vejo. Eu não sei o que fazer. 

 

  Ele continuou alterando seu tom de voz me olhando profundamente. 

 

-Tae.. não grite por favor.

 

   Ele suspirou e voltou a dirigir o carro. Dessa vez calmamente. Me encolhi no banco e esperei que chegássemos ao nosso destino.

   Ele parou na frente de uma espécie de laboratório. 

 

-Vou marcar um horário para você, ok? 

 

  Assenti e ele fechou a porta me deixando lá dentro. 

                                     (...)

 

    Havia feito o exame e o médico falou que ficaria pronto em algumas semanas mas que nos avisaria quando estivesse pronto.

    Eu estava realmente nervosa, não queria que o filho fosse de Jungkook. Se fosse eu estaria perdidamente perdida.

 

                                   (...)

  

                              POV TAEHYUNG 

 

   Eu estava realmente irritado com Jungkook. Se o filho fosse dele eu mataria Kook com certeza.

  A barriga de S/N não era visível ainda mas eu estava realmente ansioso para ser o possível pai da criança. 

  Estava assistindo televisão na sala enquanto minha pequena dormia tranquilamente em minha cama. Gostava dela aqui comigo, em minha casa.

 

  A campainha tocou e fui atender. Era Jungkook. 

 

-O que foi? O que quer?

 

-Por que me trata tão mau? Está pior do que antes.. o que mais eu te fiz?

 

  Revirei os olhos e quando ia fechar a porta em sua cara ele pôs o pé e entrou. O olhei com fúria.

 

-Quero te fazer um convite, hum?

 

-Continue

 

-Vou ir embora hyung e quero um jantar de despedida. Leve sua garota. É um jantar de paz, te prometo. Eu iria essa semana para lá mas adiei meu vôo para semana que vem.

 

-Esqueça, nós não vamos. Adeus.

 

-Hyung por favor, nunca mais irei ver vocês, eu só quero me despedir. 

 

-preciso falar com S/A primeiro dongsaeng.

 

-Falar sobre o que?

 

  A voz de minha pequena ecoou pelo cômodo e me virei para vê-la. Ela estava tão bonita. Cabelos desarrumados e rostinho amassado. Olhei rapidamente para Kook e vi que ele sorriu radiante ao ver ela. 

 

-Amor, Kook quer um jantar de despedida, ele vai embora. 

 

-Oh, você vai embora Kook? 

 

                         POV JUNGKOOK 

 

   Sorri mais ainda quando meu apelido saiu de sua boca. A olhei fundo nos olhos, ela estava tão bonita.

 

  -Sim S/N, eu vou. E ficaria muito feliz se vocês aceitassem meu convite. O que me diz? 

 

Sorri de canto e a vi suspirar.

 

-Tudo bem. Nós vamos.

 

  Taehyung a fuzilou com o olhar me fazendo soltar um riso. 

  

-Bom já vou indo então, adeus casal. 

 

  Dei as costas saindo da casa.

 

  

                            POV TAEHYUNG 

 

  S/N me olhou confusa após Jungkook ir embora. Me aproximei dela e peguei em seus braços a aproximando de mim. Dei um leve beijo em sua testa e a encarei em seguida. 

 

-Por que aceitou o convite? Achei que nunca mais queria o ver..

 

-O jantar vai ser alguns dias depois do resultado do exame de DNA, quero poder olhar em seus olhos e dizer “você perdeu” 

 

 Ri de sua fala, ela era tão fofa..

 

-Não ri Tae, é sério.. 

 

-Tudo bem pequena, tudo bem..


Notas Finais


Galera a fanfic tá chegando ao final :( desculpem qualquer erro bjinhos 🍓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...