História Five Days At Weekly (FDAW) - Part 1: Purple is so Beatiful - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Freddy Fazbear
Tags Bonniexchica, Fnaf, Freddyxchica
Visualizações 4
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Teddy Murray:

Idade: 9
Aniversario: 02\Março\1988
Peso: 56kg
Altura: 150cm (4.93 ft.)
Nação: Texas, EUA
Religião: Cristão (Foi criado a uma família judaica)
Sexualidade: Heterossexual
Banda\Musico favorito: Bob Dylan

Capítulo 7 - 06 - Freddy VS Teddy - Parte 1


Capitulo 07: Irei matar a te, bastardo:

22\Agosto\1997:

15:10:

ON TEDDY:

Eu tinha acabado de levar Chica a enfermaria, quando Freddy me olha com fogo nos olhos:

-O que você fez com ela... SEU FILHA DA PUTA! – Ele começa a gritar. – Calma, eu nã...

Eu mal acabei de falar, ele me tromba de ombros comigo, Freddy abre a porta desesperada.

-O que aconteceu com ela...! – Ele pergunta desesperado.

-Calma, isso é uma situação bem delicada, e ela é uma menina. – A enfermeira fala.

-Mas... – Freddy tente se justificar. – Eu sou o namorado dela, eu tenho de estar ciente e saber o que está acontecendo.

A enfermeira, fica surpresa.

-Tá, tá bom, por favor Freddy, isso é sério – A enfermeira fala.

Assim que ela fala, Chica acorda.

-Fredd... – Ela mal conseguia falar, e apaga denovo.

-Tá bom, um menino de cabelos marrons, trouxe ela, ela estava chorando e agonizando. – Um nervo de Freddy estava quase a explodir.

-Eu não sou uma legista, mas aparentemente, o seu seio direito está mais flácido comparado ao outro, e a uma marca meio roxa a redor, eles medem incrivelmente 91cm mas, a pessoa que apertou sua mão tinha 50cm, e ele não a abusou, sua parte genital está “limpa” e nada mais. Mas essa marca pode acabar interferindo no seu desenvolvimento mamário.

ON NARRADOR:

Freddy estava muito enfurecido ele estava, com a mão pronta para bater na cara de Teddy.

Teddy estava ciente disso, mas não se preocupava já que sua “atualização corporal” era bem útil.

Freddy estava furioso mas ele estava em uma parte onde ensino médio poderia interromper. Freddy então foi até ele.

-AMANHÃ AS 00:00, EU VOU AREBENTAR SUA CARA! NO PATIO! – Teddy estava ciente que se fosse poderia ser pior, então o que lhe restava era esperar, que alguém soubesse ou que ele ganhasse. Mas Teddy ainda pensava “Mesmo que eu não queira lutar, eu vou! Além do mais alguém tem que colocar aquele urso exibido no seu lugar”.

ON TEDDY:

Eu só pensava, como eu vim parar aqui, lá nos Estados Unidos eu estava ótimo, minhas notas não mudaram, mas minha relação na minha vida no colégio era boa, mas esse Freddy, FUDEU MINHA VIDA! Ah perdoem-me eu me exaltei. ;p

00:00:

Estava no meu quarto estava catando um trecho da música “Knocking on Heaven’s Door”*.

(Nota do Autor: https://www.youtube.com/watch?v=gazW7MOqHzQ).

“Mama, take this badge off of me

I can't use it anymore

It's gettin' dark, too dark to see

I feel I'm knockin' on heaven's door

Knock, knock, knockin' on heaven's door

Knock, knock, knockin' on heaven's door

Knock, knock, knockin' on heaven's door

Knock, knock, knockin' on heaven's door”

Essa música apesar de bonita apesar de linda, e me faz me sentir bem, sua letra é triste, eu estava tão triste. Por me envolver nisso, o que eu fiz de errado, me perguntava...

Será mesmo que eu seja o culpado, ou será aquele homem*, não sei.

(*Notas do Autor: Mike Smith).

Eu comecei a me lembrar dos meus amigos, Thica ela era uma menina famosa, apesar de ter apenas 9 anos ela era bem famosa, Tonnie também considerado o mais fofo do colégio por ter 9 anos, por seus olhos verdes e cabelos azuis, ele dizia ter uma irmã intercambio e que falava com ela apenas com cartas e nas férias, e Mangle uma menina tímida, não sei o porquê ela estava tão deprimida, desde o começo do ano, quando eu ainda estudava, lá, saudades.

Esses pensamentos me emocionam muito, e não sei por que eu vim, minha vida estava tão boa.

Eu ainda estava preocupado e por não está capacitado, de derrotar ele, ou até mesmo ir para lá, eu era uma pessoa bem clara.

03:30

Não estava conseguido dormir, eu ainda estava pensando seu poderia mesmo ganhar mesmo.

Mas eu não estava dormindo por que eu não estava pensando na parte boa, eu quero ganhar! Eu quero que esse urso australiano se FODA! Eu vou ganhar!

ON AUTOR:

Ele dorme.

ON TEDDY:

Acabei não indo a escola, pois acordei 13:50 e era para eu estar lá 00:00, eu estava mais disposto a vencer de Freddy, e mostrar o meu talento, além de tocar violão e guitarra, sou ótimo, eu não sei porque mas minha autoestima aumentou em x100

23\agosto\1997:

23:59

Freddy estava no ginásio de basquete e estava de costa e com o pé em paciente.

E chego.

-Então você veio, SEU MERDA! – Ele diz olhando para mim.

-“Não, imagina! É a sua mãe! Eu vim aqui dar o troco do dinheiro de ontem para Teddy que ele deixou”.

Ele olha com olhos em chamas.

-Olha aqui! Seu bosta! Agora eu vou te matar!

-Quero ver! – Digo o provocando.

Ele vem em minha direção e quase quebra a mão...

Continua...


Notas Finais


Freddy: Vive com sua Irmã, seu irmão, sua mãe e seu pai.
Bonnie: Ele é órfão, incrivelmente ninguém ficou a deposição a cuidar dele, ele só recebeu mesada de seu irmão, Spring.
Chica: Ela vive de seus mordomos e empregados, e seu pai.
Foxy: Ele vive com sua mãe, e as custas da mafia derivada de seu pai.
Teddy: Ele vive com a Tia, já que seus pais eram judeus e morreram na epidermia de 1995 em que havia os Ku Klux Klhan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...