História Five nights at freddys: Nightmare Begins - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Personagens Originais, Phone Guy, Purple Guy, Sammy
Tags Aventura, Fnaf, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror
Visualizações 12
Palavras 385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Já devem ter achado que fui atropelado por um caminhão dps q escrevi o último capitulo desse negoço, mah eo vortei!
Tá aí, FINALMENTE!

Capítulo 39 - O Inicio do fim...


Fanfic / Fanfiction Five nights at freddys: Nightmare Begins - Capítulo 39 - O Inicio do fim...

O Fritz finalmente responde “Eles queriam descobrir como certas coisas estavam acontecendo, como aquele animatronic que não tentou te matar. Eu sei como para-los...” eu falo “Como assim?!” Natan diz “Tem algo a ver com o fato de alguns animatronics não gostarem de seguir ordens, né?” “exato!” Fritz diz...

                Noah me ligou, eu atendi “Oi, Noah?” ele disse “Não é o Noah... Eu sei que você está com Fritz e Natan, apenas não conte a ele e seus amigos vão ficar bem... Venha me encontrar. Traga Fritz...” eu não falei nada, claramente estava assustado, o detetive fez uma cara como se ele estivesse olhando pra alguém suspeito e Fritz me perguntou “é o seu amigo?” eu travei, estava com medo, não sabia quem era, não podia falar, mas não podia ficar quieto. Eu conseguia, gaguejando, falar “É, É S-SIM!” Natan forçou os olhos como se estivesse me pressionando e Fritz disse “não é ele, é?” merda! Eu sou horrível em mentir! Natan disse pro Fritz “é uma ameaça por telefone... seja lá quem for não quer que ele diga nada...” ele se virou pra mim e fez um gesto pra eu continuar falando no telefone, o cara pergunta “Então? Olha, apareça na pizzaria, estarei na sala de reparos... venha apenas com o Fritz!

*Tuuhhhh

                Ele tinha desligado... Eu pedi pra ir com o Fritz pra um canto “Hey!” ele disse quando puxei ele. “Me encontra na entrada da pizzaria, antes do meu turno...” eu disse, ele olhou pro Natan que estava fumando e olhou de volta pra mim “tá...”.

                Faltavam 5 minutos pro meu turno começar, onde diabos o Fritz tava, até hoje não sei, mas ele chegou logo depois de eu reclamar, porra universo! “Você demorou” eu disse, “desculpa...” ele respondeu. “Vamos entrando...” ele fala isso enquanto eu abro a porta e entramos em seguida.

 

                “Temos que ser rápidos!” eu digo enquanto vamos pra sala de reparos, o Fritz pergunta “Tá, o que você queria, por que não chamar o detetive?!” eu falo “quieto!” começo a abrir a porta da sala, conforme ela vira eu vejo meus amigos amarrados num canto, Micheal no meio da sala, e por fim quando a porta termina de abrir, eu e Fritz nos assustamos, era aquele boneco estranho, ironicamente conhecido apenas como puppet... flutuando... no... meio... da... sala...


Notas Finais


Não é o melhor capitulo que eu escrevi, mas tá ai, o começo do fim, ambiguidade!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...