1. Spirit Fanfics >
  2. Flame (Rengoku x Tomioka) >
  3. Balada

História Flame (Rengoku x Tomioka) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


ola! bem, o cap de hoje sera um tanto quanto curto, estou bolando a historia em minha mente e até agora esta do jeito que quero.


no mais, espero que gostem.

Capítulo 4 - Balada


Fanfic / Fanfiction Flame (Rengoku x Tomioka) - Capítulo 4 - Balada


Já era outro dia, estava na aula mas minha mente estava na puta que paril, não conseguia parar de pensar no Rengoku...oque diabos ele vê em mim? Sinceramente, estou ficando cheio disso. Enfim a aula acaba e vou para o corredor quando sinto alguém me puxando para para um canto atrás de um pilar:
- Mas que diabos? 
- Que boca suja você tem,Tomioka.- é ele, claro que é ele, sinto meu corpo estremecer, mas não vou me render a isso, não de novo.
- Estou muito cansado, preciso ir - digo tentando me livrar do garoto de olhos de chamas.
- Ei ei, porque tão apressado? - ele diz com tom malicioso e se aproxima de mim. Nesse momento eu o empurro e me afasto.
- Rengoku, eu não quero continuar com isso, merda...eu nem sei que caralhos é isso...- coloco minha mão em meu rosto e evito contato visual.
- Tomioka...- ele abre um sorriso.
Não espero ele terminar de falar, sei que se continuar com isso irei ceder de novo, apenas saio correndo para fora do prédio.
porque isso está acontecendo? Merda, foi tão aleatório e sem sentido, porque diabos me sinto assim....e porque ficar longe dele me deixa tão limitado?...
Não presto atenção no caminho e acabo trombando em Sanemi:
- caralho você está lou-...Tomioka?- ele segura meus braços e olha para Meu rosto- está assustado?
- Sanemi...eu aceito ir para balada com você, minha mente está fervendo, preciso esquecer que estou vivo.
- okay...
P.O.V Rengoku 
- Oh Rengoku- San, não vá me dizer que...
- Ele não se lembra, shinobu, ele não se lembra de nada, achei que se me aproximasse ele talvez se recordaria...
- Oh Rengoku-san foi se aproximando de forma bruta- ela me olha e da um sorrisinho.- devia ser mais educado.
- Eu simplesmente não consigo, a ideia de que ele está aqui, de que posso tê-lo em meus braços de novo... Não quero perde-lo novamente, não posso deixar isso acontecer...ver ele correndo de mim foi arrasador, me senti como naquele dia.
P.O.V Tomioka 
- Sanemi! Acho que não foi uma boa ideia vir para uma balada, não me sinto confortável- digo basicamente berrando, a música está alta o suficiente para não conseguir ouvir a voz de ninguém.- estou me sentindo um pouco mal, podemos ir até o banheiro?.
- Claro Tomioka, vamos.
Chegando no banheiro, pude finalmente escutar a voz de Sanemi:
- A música aqui é bem abafada- digo enquanto lavo meu rosto.- é um banheiro muito bonito para uma balada.
- Tomioka...
- Ah? 
- Qual é a tua com o Rengoku?- ele diz se aproximando,me deixando encostado na parede
- O-oque? 
- Você pensa que não percebi? Desde o dia que você chegou no campus, Rengoku não fala mais de outra coisa, ele está obcecado por você.
-....ele fala sobre mim?- sinto meu coração apertar, merda, não devia ter tratado ele assim.
- Foda se o Rengoku, foda se!- Sanemi me prende na parede com seus braços e me beija.
Nesse momento dou um empurrão no mesmo e o encaro com nojo.
- Porque esta me olhando assim? Isso so me deixa mais excitado ainda.
- ...Eu vou embora.- digo saindo do banheiro.
- Tomioka, espera...Merda.
Ao chegar em meu quarto, abro o celular e decido enviar uma mensagem: 

* Olhos de chamas *
T: Preciso te ver, venha até meu quarto.
R: Estou do lado de fora.



Continua...
 


Notas Finais


ora ora, se não temos um talarico aqui humhumhum


ME DESCULPEM PFVR,EU PRECISO DE UM DRAMA

alias, será que tomioka ja encontrou rengoku no passado? rere


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...