História Flashbacks (imagine Jungkook) - Capítulo 49


Escrita por: e IsaKims

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Imagine Jungkook, Jungkook
Visualizações 192
Palavras 1.545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BUUMM... Senhoras e Senhores...
CHEGAMOS !!

Mais um cap. pra vcs 💜

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!!

Capítulo 49 - Cap. 48


Fanfic / Fanfiction Flashbacks (imagine Jungkook) - Capítulo 49 - Cap. 48

     Ainda JK Pov's ON

Juntei todas as cartas e me sentei no chão para lê-las melhor, cada carta que eu lia, vinham as lembranças do dia em que o desgraçado do pai da S/n matou meu pai, O MEU HERÓI, e tudo por causa dela.                                                  Enquanto lia as mesmas, senti o ódio tomar o seu lugar novamente. Afinal ele nunca saiu de mim.

JK- Ah Appa, você não sabe como eu sinto sua falta. -Falei com os marejados.

Continuei lendo as cartas, mas havia um envelope dourado escrito "Convite". O que será que um convite está fazendo no meios dessas cartas?

Abri rapidamente e sem delongas me pus a ler.

"Te convido à estar na rua xxxxxx, na quarta-feira para um encontro de nosso interesse, e como nossa amizade começou em um jogo de golf, ela terminará em um jogo, chamado: Mate-me ou morra.                                                   Esse convite é irrecusável, portanto não aceito 'NÃO' como resposta.

Te vejo lá   

Ass: Seu melhor amigo."


JK- Isso só pode ser uma piada, além de ser um miserável ainda tem a audácia de chamar meu pai de melhor amigo. -Proferi alto e irritado.

Me levantei jogando todas aquelas merdas de cartas no chão, minha raiva era tanta que eu poderia quebrar tudo, e era isso que eu iria fazer se outro envelope, porém de coloração vermelha, não tivesse me  chamado a atenção fazendo-me voltar ao chão. Peguei, abri e li.

"Alerta !

Venho por meio desta, avisar que nosso encontro está chegando e eu não vejo a hora de ver seu sangue ser derramado pelo chão.

Se prepare.

Ass: Seu melhor amigo."

 

Aquelas malditas palavras fizeram-me lembrar da imagem de meu pai sendo executado pelo homem que jurou ser seu amigo. Me levantei já derrubando tudo à cerca de mim fazendo barulhos estrondosos que poderiam ser ouvidos pela casa inteira, mas eu não me importo, a essa altura eu já me encontrava chorando horrores, pois a cada coisa que eu quebrava passava o filme de meu pai no chão com vários tiros. O pior dia da minha vida.

JK- Traídor. -Derrubei algumas caixas. - Como meu pai pôde te chamar de amigo? Como? -Derrubei uma pequena estante. - Traídor. -Puxei meus cabelos.

S/n- Kookie, que barulhos são es.. Jungkook, o que houve ? -Sua feição era de preocupação. 

JK- Você quer mesmo saber o que houve? -Caminhei até ela, parando assim em sua frente. - Me responda! -Gritei.

S/n- Sim, eu quero. -Disse firme.

JK- Isso tudo aconteceu -Apontei para a bagunça. - Porque eu achei cartas do seu pai ameaçando o meu, meu appa foi morto por sua causa, SUA CAUSA. -Gritei em sua face.

S/n- Eu conheço meu pai, e sei que ele não ameaçaria alguém ser ser ameaçado.

JK- Ah não? Então olhe você mesma. -Apontei para as cartas espalhadas pelo chão. Ela se abaixou e começou a ler.

S/n- Jungkook, eu sei que perder um ente querido é muito doloroso, mas se você trazer o passado para o presente, você se tornará... -A interrompi.

JK- Primeiro, não me diga o que eu poderia me tornar por causa de acontecimentos passados. -Levantei a mesma pelos braços olhando-a nos olhos. - Segundo, você não viu seu pai morrer na sua frente. -A chacoalhei pelos braços. - Mas eu vi e foi o seu pai -Gritei. - O seu pai, e tudo por sua causa. -Falei enquanto chorava.

S/n- Você está louco por achar que a culpa é minha. -Se soltou de meus apertos. 

JK- É sua e sempre foi. -Apertei seu braço. - Nossos pais eram melhores amigos até surgir um assunto sobre você S/n.

S/n- Eu não sei o motivo para isso acontecer, e você não pode me culpar até tudo ser esclarecido. -Puxei meu braço de sua mão.

Comecei a andar de um lado para o outro procurando respostas para aquilo tudo, mas não encontrava nenhuma, e em partes S/n está certa que há coisas ocultas por trás dessa história, pois dois melhores amigos não virariam inimigos sem motivos.

Fiquei lembrando dos tempos de amizades dos dois, o quanto eles ficavam sempre juntos, sempre jogavam golf, reuniam as famílias todos os domingos para um grande almoço até o maldito dia da morte do meu "velho".





 Flashback Principal ON

Em uma tarde de Sexta-feira, Jeon Chung-ho estava levando seu filho à escola, mas o garoto reconhecia aquela rua e tinha certeza que o colégio não se localizava por ali, então resolveu questionar seu pai.

JK- Appa, o motorista errou o caminho da escola. -O maior nada falou, apenas fez sinal com a mão para que o garoto se calasse. 

Jungkook não demonstrava mas por dentro ele estava impaciente e nervoso pois chegaria na escola muito atrasado, os olhos do menor já havia percorrido todos os lugares possíveis a sua frente, então ele resolveu olhar para trás avistando dois carros pretos seguindo o de seu pai.

JK- Appa, depois que você me deixar no colégio, irá a algum evento de negócios? -Olhou para o mais velho que nada respondia.

Um dos veículos passou à frente, enquanto o outro permanecia atrás, seu pai esboçava um semblante pensativo e carregava um sorriso ladino.


Alguns minutos depois...


O outro automóvel se aproximou, abaixou o vidro e falou para Jeon Chung-ho.

Sgç- Senhor, fui informado agora que eles já chegaram. -Deu partida no carro.

CH- Hoje uma família chorará por uma perda. -Sorriu e deu uma batida no ombro do motorista que imediatamente deu partida no carro seguindo o outro.

Eles adentraram no estacionamento da empresa do Sr. Baek S/p e o garoto se questionou consigo mesmo o por que de estarem ali, e o que o pai queria dizer com aquilo.

Após o homem sair do carro, os seguranças do Sr. Jeon não perderam tempo em sair dos veículos e mirarem armas para o...

JK- Senhor Baek? -Encarou o homem confuso.

CH- Fique aqui e não saia. -Saiu do carro.

JK- Mas... -Seu pai o interrompeu.

CH- Sem mas. -Bateu a porta.

O menino Jeon apenas olhava toda aquela situação imaginando uma cena de filme, onde continha muitos carros estacionados, homens de preto cercando os dois e muito suspense. Por mais que os homens estivessem um pouco longe Jungkook conseguia escutar algumas coisas que os mesmos falavam.

CH- De carta em carta... -Foi interrompido.

S/p- Agora cara à cara.

(...)

CH- A culpa é toda da sua filha. -Gritou raivoso.

S/p- Eu falei para você deixar minha filha em paz. -Sua vez de gritar.

De repente eles começaram a discutir, o que deixou o jovenzinho mais confuso sem entender nada. Jeon Chung-ho sacou uma arma de seu paletó e disparou contra o abdómen de Baek S/p que, caiu sentado no chão escorado a uma coluna.

Sem aviso algum os outros veículos estacionados revelaram os seguranças do homem que acabara de cair no chão dando início a um tiroteio. O menino se abaixou para não ser atingido, sua vontade era de sair do carro e perguntar ao seu pai o que estava acontecendo, ele se levantou e viu que não seria necessário pois seu pai já se aproximava.

O Jeon mais velho abriu a porta com brutalidade, e quando ia entrar foi atingido com um tiro na garganta pelo homem que era considerado morto. O Sr. Baek. 

Jungkook gritou em desespero e estava pronto para sair do carro, mas seu pai foi alvejado por vários tiros. 

Jungkook caiu em cima do corpo de seu pai chorando sobre ele, apertou seu appa fortemente em seu peito se permitindo chorar mais ainda, enquanto chorava viu o Sr. Baek ser ajudado e levado para o carro e assim deram partida passando por ele.

JK- Você matou meu appa seu miserável, você matou meu herói. -Chorou com o rosto sujo de sangue de tanto abraçar seu pai.

 - Eu vou me vingar de sua filha seu maldito. Eu juro! -Gritou enquanto chorava. - MALDITO!!

Flashback Principal OFF




S/n- Eu disse e repito, meu appa não era ruim, ele não mataria sem um motivo. -Se afastou de mim e apontou-me o indicador.

JK- Você está enganada sobre ele, e vou te provar que seu appa não é quem você pensa. -Minha vez de lhe apontar o indicador.

Eu olhava para S/n mais não conseguia desferir algo que a machucasse mais que apertos.

JK- Se retire daqui.

S/n- Com todo prazer. -Saiu e bateu a porta. 

S/n Pov's ON

(...)

SY- E-eu guardei o exame no quarto de vocês, no criado-mudo no lado que você dorme, me perdoe eu não sabia aonde esconder. -Abaixou a cabeça. 

S/n- Tudo bem. Ainda bem que ele não mexe lá, vou pegar agora. 

Subi as escadas, tentei abrir a porta, mas a mesma estava trancada.

S/n- Jungkook abre a porta, por favor. -Bati.

A porta foi destrancada revelando Jeon com várias roupas em seus braços. 

JK- A partir de hoje você não dormirá mais comigo. -Me entregou as roupas.

S/n- Eu não faço questão, e me entregue tudo o que for meu. -Ele se virou e foi buscar outras coisas minhas.

Tudo já havia sido entregue a mim, coloquei tudo no chão para levar aos poucos, e Jungkook se pronunciou. 

JK- Mais uma coisa, me chame de Jeon Jungkook, se achar ruim é Sr. Jeon e só fale comigo quando eu falar com você. -Fechou a porta.


















Continua...







Notas Finais


Desculpem-nos a hora que foi postado o cap. 😅

Esse cap. foi pesado hein. 💥

Até Segunda-feira cherosos(as). Se cuidem, se amem e se hidratem bastante. ⏰😻

Amamos vcs !! Beijão 💜😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...