História Flashbacks (imagine Jungkook) - Capítulo 65


Escrita por: e IsaKims

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jungkook, Kookie
Visualizações 439
Palavras 1.788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii minha genteeeeeeeeeee

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!!!

Capítulo 65 - Cap. 64


Fanfic / Fanfiction Flashbacks (imagine Jungkook) - Capítulo 65 - Cap. 64

Ainda JK ON

 

 

 

 

Busan/Korea
08:34 AM
Sexta-feira

 

Acordei com o som de meu despertador ecoando pelo quarto, tateei o criado-mudo o desligando.

JK- Na melhor parte do sonho. -Choraminguei.

Forcei meu corpo para cima me levantando, me espreguicei e fui rumo ao banheiro.

Já com com meu corpo dentro do cômodo me analisei no espelho.

JK- Nossa como eu tô lindo. -Ditei sarcástico.

Fiz minhas higienes aproveitando para tomar um banho em seguida. Após terminar, enrolei uma toalha em minha cintura e voltei ao quarto.

Me trajei com uma cueca box azul, meu típico paletó preto, calcei meu sapato, coloquei meu relógio, penteei meus cabelos ainda úmido e passei meu perfume. Estava pronto.

Andei até o criado mudo para pegar meu celular, assim que toquei no aparelho ele começou a tocar, olhei para a tela vendo o nome de S/n brilhar na frente, sorri e atendi.

Ligação ON

JK- Alô ?

S/n- Jungkook, bom dia.

JK- Bom dia.

S/n- Desculpa te incomodar essa hora.

JK- Não se preocupe, não está me incomodando.

S/n-  Woojin não ia desistir até te ligar. -Sorri com sua fala.

WJ- Appa ?

JK- Oi meu filho, está tudo bem ?

WJ- Sim, eu pedi pra te ligar porque semana que vem é dia de levar o filho para o trabalho. Posso ir com você ? -Ouvi S/n resmungar um "Já me trocou?"

JK- Claro que pode, amanhã resolveremos isso direito okay ?

WJ- Tá bom obrigado appa, te amo.

JK- Também te amo, tchau.

WJ- Tchau appa. -Ouvi a chamada ficar muda e percebi que ele tinha desligado.

Ligação OFF

Tirei o celular da orelha sorrindo igual um bobo, peguei minha maleta e me ausentei do quarto. Desci as escadas não me preocupando em ir na cozinha, não estava com fome, então apenas saí de casa. 

(...)

Já havia chegado na empresa, estacionei meu carro, peguei minhas coisas e me retirei do veiculo.

Andei até minha sala recebendo ''bom dia'' de meus funcionários, vos retribui e entrei no elevador. Pela primeira vez a musiquinha do mesmo não me irritava, chegando em meu andar, abandonei o elevador e entrei em meu escritório.

Sentei em minha cadeira e comecei a trabalhar.

(...)

Estava terminando de assinar uns papéis quando alguém bate na porta.

JK- Entre.

JS- Senhor Jeon, tenho boas notícias. -Adentrou na sala e se aproximou.

JK- Pode falar Jisoo.

JS- Encontramos a pessoa que ajudou a empresa.

JK- Prossiga. -Me encontrava bastante ansioso e ansiava por mais resposta.- O que mais sabem ?

JS-  É dona da Baek's glamor steps. Acredito que o senhor já a conheça.

JK-  Não conheço ainda, só ouço falar. Você conhece ?

JS- Sim, conheci por indicações desde então estou fazendo uso da marca. -Moveu o pé direito para frente, mostrando-me seu par de salto alto.

Eles eram muito bonitos e ao meu ver pareciam bem confortáveis. O próximo presente para S/n está mais que certo.

JS- Senhor ? Vamos lá conhecer a pessoa ?

JK- Oh sim. -Me levantei e saímos.

No meio do percurso até a sala de reuniões resolvi fazer uma pergunta à Jisoo

JK- São confortáveis ? -Apontei para os calçados.

JS- Sim, muito. O senhor deveria visitar a loja, pois também há calçados masculinos. -Assenti.

Chegamos na sala onde eu encontraria a pessoa que me ajudou. Jisoo desejou-me boa sorte, deu um passo para trás avisando-me que não entraria comigo. Coloquei a mão direita na maçaneta, respirei fundo e por fim abri a porta me surpreendendo em seguida. Fechei a porta e me aproximei surpreso.

Xx- Olá Jeon. -Se levantou.

JK- Olá. O que faz aqui ?

Xx- Recebi o comunicado de que você gostaria de falar comigo e aqui estou.

Eu não conseguia acreditar que a pessoa responsável pela extrema ajuda era ela. S/n.

JK- Eu quero começar te agradecendo por...

S/n-  Não precisa agradecer.

JK- Mas eu preciso, afinal você me ajudou.

S/n- Eu te ajudei pois não me agradei em ver a situação em que a empresa se encontrava, apenas.

JK- Mas de qualquer forma, muito obrigado. -Assentiu.

Estava louco para lhe fazer a pergunta, mas não queria ser grosso. Não me contive e perguntei.

JK- Como ficou sabendo das condições da empresa. -A mesma permaneceu pensativa.

S/n- Fiquei sabendo por Sayuri, pois meu irmão à contou.

(...)

Enquanto S/n e eu estávamos dentro daquela sala eu só sabia agradecer pela imensa ajuda, a mesma dizia que não era necessário agradecer tanto, mas eu não conseguia dizer outra coisa. Só de pensar que já duvidei bastante de sua capacidade, sinto vergonha e arrependimento. 

A menor pediu-me que vistasse sua empresa, como convites não se pode rejeitar. Eu aceitei.

Estava em minha sala trabalhando, ou melhor, tentando, aquela surpresa foi muito grande.

Toc toc...

JK- Entre. -Esperei  para ver quem seria, e vi ser o Sr. Min-Ki.

MK- Olá meu filho. -Se sentou.

JK- A que devo a sua visita ?

MK- Vim confirmar sua presença no meu aniversário.

JK- Ah sim, eu irei. -Sorri. Tomara que ele diga o dia, porque sinceramente eu não lembro.

MK- Então te vejo amanhã na minha casa. Bom trabalho. -Ia se retirar.

JK- Sr. eu gostaria de saber se eu poderia levar algumas pessoas ?

MK- Sim meu filho, quem você quiser. -Sorriu.

JK- Obrigado. -Se retirou.

Não me encontrava disposto para essa tal festa, mas o Sr. Min-Ki é uma ótima pessoa e como um pai para mim. Por consideração eu irei.

Resolvi me concentrar nos papéis em minha mesa e no meio deles havia um envelope. Peguei, abri.

" Está perto, espero que você esteja ansioso."

JK- Isso já está me irritando. -Rasquei o envelope. - Se concentre no que é importante por agora Jungkook. -Continuei meu trabalho.

 (...)--> 15:25 PM

Havia acabado de assinar os papéis e como não tinha mais nada para fazer resolvi ir para casa. Juntei meus pertences e saí do escritório. Adentrei no elevador apertando o botão do térreo em seguida.

Ao me ausentar da caixa metálica rumei até o estacionamento, notei que Jisoo já havia ido embora.

Chegando no estacionamento entrei em meu carro e saí do edifício após dar a partida. O caminho estava tranquilo, parei no sinal vermelho e fiquei tamborilando o volante até o farol abrir, quando avistei uma placa dizendo:

''Saída  de Busan à 50 Km''

Foi com essa placa que me lembrei de uma promessa que fiz a quarto anos atrás. Pisei fundo no acelerador quando o sinal fora aberto, fiz a volta no retorno mais próximo mudando minha rota para a casa de S/n.

Chegando na casa da mesma, saí do carro e fiquei esperando ela chegar, não me atrevi a bater na porta de sua casa, pois sabia que não haveria ninguém lá, lembro-me que S/n me disse que Woojin iria sair com sua mãe, Namjoon e Sayuri e só retornaria a noite.

Minutos após avistei o Jeep Wrangler de S/n se aproximando da residência. Quando a menor estacionou o automóvel, seu semblante era confuso em me ver ali.

S/n- Jungkook ? Achei que você só viria amanhã, o Woojin não está. -Disparou ao sair do carro.

JK- Eu vim falar com você. -Me desencostei do carro.

S/n- Claro, pode falar. -Se aproximou.

Eu nada falei apenas abri a porta do carro e sinalizei com os olhos para que ela entrasse. A menor me olhou meio relutante mas entrou no automóvel, fechei a porta, contornei o veículo e entrei também.

S/n- Para onde vamos ? -Perguntou quando dei partida.

JK- Só saberá quando chegarmos. -Sorri para ela, e olhei em meu relógio.

O percurso inteiro fui recebendo questionamentos de S/n e eu os respondia com o silêncio.

JK- Estamos chegando. -Falei quando vi que estávamos quase chegando na saída da cidade. - E na hora certa. -Dei uma olhada rápida no relógio e ainda eram 17:25.

Dirigi por mais alguns minutos até estacionar na estrada da floresta.

S/n-  Vai me matar e me enterrar aqui ? -Ri alto com sua fala.

JK- Como adivinhou ? -Proferi em tom divertido e saí do veiculo.

Após abrir a porta para a menor, a mesma desceu e olhou em volta.

JK- Vamos, está quase na na hora. -Peguei sua mão e a levei para dentro da floresta.

S/n- Jungkook, espera, eu estou de salto. -Falou tentando me acompanhar.

JK- Desculpe. -Parei. - Consegue continuar ?

S/n- Consigo, é só eu tirar os saltos.

JK- Não, você pode pisar em algo. -Pensei. - Já sei. -Me virei para ela.

S/n- O que ? JEON !. -Ditou surpresa quando a peguei no colo.

JK- Vamos. -Continuei o caminho.

Chegando perto do local S/n disse que conseguiria ir sozinha, a coloquei no chão e fomos andando devagar até lá.

JK- Esse lugar é muito especial para mim. -Ditei quando chegamos no topo bem na hora do pôr do sol,

S/n- Jungkook... é-é lindo. -Seus olhos brilharam.

JK- Por isso quis te trazer aqui.

Ficamos apreciando a beleza do pôr do sol, até eu olhá-la e senti a necessidade de beijá-la, fiquei encarando-a pensando se eu realmente devesse fazer aquilo.

A virei em minha direção e a menor parecia saber o que eu planejava fazer.

S/n- Vá em frente. -Com permissão concedida, nada me impedia de lhe beijar.

Iniciamos o beijo com alguns selares logo depois aprofundamos com algo mais intenso. Término de ósculo, sem mais delongas lancei-lhe a pergunta.

JK- Que tal falarmos sobre nós ?

S/n- A-agora ?

JK- Sim, venha. -Puxei-a para nos sentarmos encostados a uma árvore. Ficando assim, eu encostado na árvore e S/n no meio de minhas pernas. - Bem, vamos começar. Primeiro de tudo quero saber se você ainda tem sentimentos por mim ?

S/n - Com toda sinceridade, sim eu sinto. Nem preciso te perguntar. -Riu divertida.- Vamos falar agora o que gostamos em ambos.

JK-  Ótimo. Ahn...Eu gosto de tudo em você. Isso vale ?

S/n- Diga algo que eu precise mudar.

JK- Você é teimosa.

S/n- Certo. Você é carinhoso, protetor e quer ver todos que ama bem. E o que não gosto em você é, seu ciúme, possessão e és explosivo.

Ficamos conversando sobre coisas que deveriam ser mudadas em nós, foi um pouco difícil prometer que não seria mais desse jeito, mas se eu a quero de volta terei que fazer tudo.

JK- Quer recomeçar do zero comigo ?.-A olhei nos olhos.

Sem responder nada a menor apenas me beijou. 

S/n-  Isso te responde ?

JK- Eu não entendi muito não, você tem que me beijar novamente. -Ditei brincalhão.

Ela apenas sorriu e deitou sua cabeça entre minha clavícula e peito. Eu entendi o que significava e lutarei para nos manter até o fim.

 

 

 

 

 

 

Continua....

 


Notas Finais


Só foi a gente que achou isso muito fofo ? Comente se estão gostando hein.

Até sexta cheirosas⏰⏰

AMAMOS VCS💖💖

BEIJÃOO💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...