História Flertando com o Inimigo - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Abraxas Malfoy, Alvo Dumbledore, Ariana Dumbledore, Avery (Riddle-era), Lord Voldemort, Minerva Mcgonagall, Tom Riddle Jr., Walburga Black
Tags Dumbleodore, Harry Potter, Lord Voldemort, Tom Riddle, Vira-tempo
Visualizações 8
Palavras 671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


helooo

Capítulo 4 - Uma nova amizade? Ou algo a mais?


Uma semana depois...

Depois das aulas do período da manha fui almoçar, eu me sentei com os comensais mesmo, nunca pensei que admitiria isso, mas eles são bem legais! Sim, posso estar sendo enfeitiçada, mas admito eles são doaras!

Quando chegamos ao salão, logo soubemos do clube de duelos que abriria amanha, animação foi pouco comparada ao estado desses seres humanos. Claro que não ia deixar essa oportunidade de azarar alguém sem levar uma detenção, algo milagroso assim dizemos, não peguei ate agora , bom , não fiz nada de mais , só azarei um lufano que insistia em me chamar para sair , um grifinorio que não parava de me olhar minha bunda , um corvino que por mais bonito que seja , acertou um feitiço em mus cabelos fazendo os ficar  cor de rosa , um sonserino que quando foi acertar um lufano com um feitiço , por pouco não me acertou , 2 milímetros para ser mais exata , e em todas as vezes tinha um monte de gente lá! Na minha defesa, eu estava de TPM, fazer o que! Mas acho que não levei detenção ate agora, pelo único fato de eu andar com o grupo mais assustador e doente da escola, os “populares” , bom ter amigos comensais , pode ser ate prazeroso! Que fique entre-nos! Se minha mãe e meu tio souberem algum que pesei nisso, vão me internar num hospício!  

No dia do duelo...

Todos estavam muitos animados e assim que chegamos ao salão principal, Professor Dumbledore e o Slugron  começaram a explicar todas as regras dos duelos , que eu já sabia de cor e salteado ! Como estávamos no penúltimo ano, tinha coisas mais liberais, como poder realizar feitiços mais avançados e tals!

- Bons alunos, vamos começar com um duelo de demonstração! Por favor, Tom, suba aqui em cima – falou Slugron e tom subiu!

- Quem se voluntaria a duelar com meu melhor aluno? – perguntou, logo percebi que ninguém em sã consciência atreveria a lançar um simples Leviosa nele, então, doida como sou, levantei a mão e me apresentei

- Eu professor! – Todos me olharam chocados e desacreditando no que eu fiz, ate eu por sinal, deixei essa bobeira de lado e subi no palco improvisado , ele me mandou o sorriso mais debochado que tinha e logo fiz o mesmo ! O que esse garoto podia fazer conta mim! Ai eu percebi a besteira que eu fiz

-3, 2,1 com... ! – falou Dumbleodore , logo tom me mandou um estupfaça extremamente forte e rebati com a mesma intensidade um protengo !

-Golpe baixo Tom! – sorri debochada

- é apenas um duelo, que pretendo vencer! – disse debochadamente e se fingindo como sempre

Começamos a duelar e alfinetar um ao outo, pelo que pareceram horas, todos nos olhavam abobados, muitos com medos de eu ser igual ao tom, já outros impressionados!

-Trimmmmm! – o sinal tocou e foi dado por empate, por nunhum ter se ferido nem nada, ganharíamos um premio depois! Ai pensou... Porque não atiçar mais a ira dele? *Porque ele é o lord Voldmort  talvez?* minha consciência falou bom foda-se, ele não pode fazer nada aqui na frente desse povo todo!  Cheguei perto dele e comecei a provoca-lo

-Tomzinho querido, duelo emocionante não é mesmo?- comecei

 

P.o.v Tom Riddle

Eu estava extremamente furioso, ninguém nunca tinha me desafiado e saído em pune, mas tenho que admitir ela é muito boa, daria uma bela comensal , apesar de que com esse poder ela estaria mais para a lady das trevas do que uma simples comensal , só não peguei mas pesado por conta de estarmos em publico , mas como ela é super bipolar , veio tirar uma com  a minha cara , que bipolar , uma hora esta toda gentil, outra carinhosa, outra raivosa, outra debochada , eu em!

-Tomzinho querido, duelo emocionante não é mesmo?- começou

-Tambem achei Herrero! – falei calmamente e vi sua expressão murchar por não conseguir me tirar do serio, mas ela continuou eita garota percistente.

 


Notas Finais


adiosss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...