1. Spirit Fanfics >
  2. Fleur, a aventureira de Multivia >
  3. Capítulo 1: Sonho?

História Fleur, a aventureira de Multivia - Capítulo 3


Escrita por: LiseBlanchet1

Capítulo 3 - Capítulo 1: Sonho?


Fanfic / Fanfiction Fleur, a aventureira de Multivia - Capítulo 3 - Capítulo 1: Sonho?

Choro sem parar diante de uma paisagem em chamas, as chamas são negras como a escuridão, que abraça tudo. Quanto a mim, estou sentado na grama enquanto choro, meu vestido de seda rasgado na parte inferior e minhas mechas brancas como a lua aquecidas por uma leve brisa. chamas, ela está vestida com uma armadura toda preta como a noite, ela é sangue -espada encharcada. Imediatamente fico com o coração alto diante dessa visão e é ali que vejo seu rosto e grito: Você!!! Por que !!! , chorando ainda mais de repente eu ouço...

Flor !!!!! Acordar !!!

E é então que acordo com um susto com o rosto suado, logo acima da minha cabeça vejo um rosto com olhos verdes pontilhados de ouro e emoldurados por cabelos semi-longos prateados claros, o da minha gêmea Alice.

- Finalmente você acorda!!! Alice rosnou, rosnando para sua gêmea.

- Desculpe mana, estou sonolenta, respondendo com uma voz cansada enquanto me sentava contra a árvore de laca que tinha cochilado, enquanto penteava meus longos cabelos ruivos de fogo.

Alice suspira na minha frente e declara - Sim, você é a mais adulta de nós duas e apesar dela somos irmãs gêmeas.

Sorrio com sua observação e sim, eles são muito parecidos, mesmo que a cor do nosso cabelo e nosso corte sejam nossas diferenças.

-Então que tal? Alice perguntou, mamãe está ligando, acho que é sobre nossas férias de verão.

Ok, eu estou indo, eu respondi com um suspiro e me levantei enquanto limpava meu jeans e minha jaqueta. É quando noto meu livro, sorrio - devo ter adormecido lendo o pensamento - simplesmente o pego. Olho para o título "As Lendas Esquecidas" e sussurro para mim mesmo: Toda lenda tem uma parte de verdade, não é mestre? derramando uma lágrima.

Alice percebe minha lágrima e me pergunta se estou bem, eu respondo: Sim, estou bem, não se preocupe. Ela olha para mim, sei que não acredita em mim, mas prefere me deixar em paz porque minhas cicatrizes estão longe de fechar.

Acabamos nos afastando da árvore que eu costumava tirar uma soneca, enquanto tomava a direção da casa, foi quando senti uma presença perto da árvore enquanto nos afastávamos, eu me viro e não vejo nada na enfim, talvez minha imaginação pensasse que eu estava voltando para Alice. Enquanto nos afastamos, uma sombra - silhueta sai da árvore e sussurra - Uma tempestade em breve atingirá todos e você será "aquele" que estará no centro de tudo, ela tira um medalhão do bolso e olha para seu conteúdo; o momento da verdade para saber o futuro do mundo ou sua destruição, e ela desapareceu como ela veio a conhecer nas sombras



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...