História Flicker - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Kpop, One-shot, Stitchedxz
Visualizações 31
Palavras 1.501
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Musical (Songfic), Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, vocês que já conhecem a minha escrita, provavelmente já estão preparados para algo pesado rs
Então recomendo a todos os sentimentais que peguem um lencinho, procurem a música Flicker, do Niall Horan e deliciem-se com a leitura deste único capítulo Jikook.

Aos interessados, vejam a tradução da música também ^.~

Também postada no Wattpad.

Boa leitura

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Flicker - Capítulo 1 - Capítulo Único

 

“I keep it in my heart. There’s a light in the dark.”

O dia amanhecera, assim como Jungkook. O rapaz bagunçou seus cabelos ainda mais com os dedos e espreguiçou-se, soltando um profundo bocejo. Foi até a janela — uma simples janela inglesa — e abriu-a, assim ouvindo mais alto em seus ouvidos o canto dos passarinhos. O céu azul e com lindas nuvens branquinhas. O sol brilhando e aquecendo o dia. Sorriu logo observando o inexistente movimento na sua rua em Busan. Arrastando seus chinelos e a bainha — por fazer — da calça acinzentada, caminhou ao banheiro. A água fria bateu em sua face, lavando uma parcela bem pequena do sono, escovou os dentes alinhados e brancos, deixando o sabor mentolado em seu hálito. Após suas necessidades diárias, encheu sua xícara de leite e achocolatado, preparou seu misto quente e foi para o sofá com o celular em mãos.

“Bom dia, raio de sol. Dormiu bem? Espero que se lembre que dia é hoje, ou torço o nariz nada pequeno na sua cara. Hahaha brincadeira.” — Jimin; 10:25 Am.

No mesmo instante Jungkook digitou a mensagem em resposta:

“Que dia? Sei não, Jimin… Nos vemos no almoço. Beijos.”

Ele riu já pensando na futura ou atual reação do namorado.

Os caminhos deles cruzaram-se por acaso. Jungkook já fazia aulas de música há anos, logo Jimin apareceu para sua turma de canto. Juntos estudaram dança. Jungkook, mais espevitado, aprendeu bateria e artes. Adorava sentar-se com Jimin e ensiná-lo a desenhar. Faziam seus rabiscos em calmas tardes de domingo. Assim começou o romance, e foi um longo bom começo. Muitas coisas aconteceram até então.

Jeongguk tomou seu longo e animado banho; aquele quando liga sua caixa de som com as suas músicas favoritas e ele aproveita para soltar a voz no chuveiro. Engomou o suéter amarelo mais uma vez, vestiu suas jeans, as meias pretas e fora encher-se de perfume para ir ao encontro do namorado. Após calçar os sapatos, pegou as chaves do carro e o presente do namorado, assim indo para o encontro. Tocou a campainha da casa do Park, suspirou e logo escutou o som das chaves na porta.

— Veio almoçar, que bom. — disse Jimin, irônico.

— Não vai ao menos me dar um abraço? — Jeongguk sorriu e abriu os braços para Jimin, este deu as costas e foi para a cozinha.

O Jeon deixou os calçados na porta e foi rapidamente atrás de Jimin, o abraçou por trás. Jimin relutou, mas Jeongguk não o soltou.

— Eu sei que dia é hoje, bobinho. Nós fazemos cinco anos de namoro.

— E eu sei que você sabia. Suas brincadeiras são previsíveis, Kook. — Jimin deixou uma risada fina sair pelos lábios.

— Aiguu! — reclamou o mais alto, puxando Jimin para o chão frio da cozinha. Subiu nele e ficaram com a fofa brincadeira de luta. — É um dia muito especial, Jiminie. — sorriu calmo antes de selar os lábios do Park. — O cheiro está ótimo, o que você fez?

— Inventei algo diferente, espero que goste. Vamos, me ajude a colocar a mesa, Kook.

Os dois sentaram-se frente a frente para a refeição. Um sorria para o outro como dois bobos apaixonados. Jimin abriu a boca como se fosse falar algo, mas Jungkook logo o cortou.

— Pensei em muitas coisas que pudéssemos fazer hoje, já que é um dia mais que especial. Confia em mim?

— Confio, mas… Todos os nossos aniversários são especiais, porque justo esse você está tão radiante?

— Oras, porque temos mais do que um aniversário para comemorar. Você sabe bem disso.

Jimin realmente sabia. Os dois lavaram e secaram as louças, escovaram os dentes e foram de mãos dadas pela rua vazia. As flores de outono caídas pelo chão deixava o dia ainda mais belo.

— Esse paraíso é só nosso, Kook. Nós somos os príncipes, ou melhor, os reis de Busan! — Jimin disse alegremente, balançando a mão dada com Jeongguk para frente e para trás.

Jungkook só conseguia sorrir.

— Vamos nos sentar ali, Jiminie? — apontou. Os dois sentaram sob a grama do parque. — Parece até um sonho huh? Hoje estamos aqui juntos, na maior paz do mundo, você está bem.

— Não lembre disso. Tudo está muito perfeito para se pensar nisso. — sorriu ladino.

Mas era inevitável não pensar naquele fatídico dia.

Aconteceu em 2018, o grupo estava em tour mundial. Como de costume, Park Jimin estava deixando suas inseguranças  e preocupações virem à tona e isso fazia com que aos poucos ele fosse desmoronando. Namjoon já estava farto de conversar com o rapaz, todos também tentavam o provar o contrário do que pensava, mas Jimin ainda assim se deixava levar pelos pensamentos autodepreciativos. O último show fora no Japão, todos emocionados com o final de mais uma era, já preparados para mais um álbum, porém exaustos. Jeongguk guardava consigo com anseio um segredo, e isto estava quase pulando fora de sua garganta.

Jiminie hyung, posso falar com você? — pediu batendo na porta do quarto de hotel do rapaz.

Jimin assentiu, então Jungkook pôs-se na ponta da cama onde o amigo descansava. Já era tarde da noite, e os dois costumavam ficar até tarde juntos, sempre.

E-eu, eu sei que estamos meio mal, mas eu queria recompensar todas as minha faltas com você, com a gente, na verdade. O que me diria de viajarmos juntos, tirar um tempo só nosso?

Jimin não demonstrou seu contentamento na hora, soltando apenas um “vou pensar”.

Jeongguk voltou para seu quarto mas sequer conseguiu dormir aquela noite. A resposta que tanto ansiava veio ao amanhecer, indo para mais um fansign. Por meio de uma cartinha simples, entretanto fofa, Jimin deu sua resposta positiva ao Jeon.

Só que aquela viagem almejada e já sendo planejada não teve o seu início.

Estavam todos voltando dos ensaios, Jimin e Jungkook estavam alegres após um banho quente e um jantar delicioso preparado por Yoongi e Jin. O Park chamou Jeongguk para dormir com ele. Eles assistiriam um filme juntos para só depois dormirem.

Vá colocando o filme, Kook, vou trazer pipocas e M&Ms.

Quer ajuda?

Está tudo bem, obrigado, amor. — fora a última frase que Jungkook escutou antes que Jimin fosse para a cozinha.

A viagem, muito menos o filme não chegaram a acontecer. Todos correram para a cozinha quando escutaram o barulho. Taehyung chegou primeiro e não soltava uma palavra sequer devido o desespero. Jimin estava apagado no chão, com uma ferida aberta no pescoço. Aquela madrugada fora deveras desesperadora para todos, especialmente para o coração apaixonado de Jungkook. O baixinho tão querido por todos havia sofrido um derrame e pelas horas seguintes ninguém podia garantir qual seria o futuro de Jimin.

Jungkook abraçou Jimin com força ao lembrar do acontecido. Lágrimas de dor, ao mesmo tempo de alívio escorriam de seus olhos e ele soluçava, mesmo tentando não demonstrar sua fraqueza ao parceiro. Os dois já deitados na cama do Park, cobertos apenas pelo lençol fino.

— Está me apertando muito. — Jimin riu anasalado, virou-se para Jungkook e encarou sua expressão de choro.

Beijou o bico formado nos lábios de Jungkook e o abraçou, assim afagando as costas e nuca do mais alto.

— Eu pensei que te perderia naquela noite. Mas você está aqui comigo, Jiminie…

— Não chore, nós estamos no paraíso agora. — Jimin contou, assim fazendo com que Jungkook risse de seu comentário e unisse seus lábios em mais um beijo.

Virou-se para cima de Jimin, assim segurando a lateral de seu rosto na intenção de intensificar o beijo, fazendo com que uma língua acarinhasse a outra. Jimin deixava que sorrisos escapulissem entre suspiros e estalos.

— O meu paraíso é onde você está, Jimin. Independente da situação ou o externo, estando com você, aqui grudadinho à mim, já é o meu maior sonho. Independente do que somos ou o que fazemos, quero manter essa paz e alegria com você pelo resto da minha vida. Case-se comigo, eu imploro.

— Eu sou todo seu, como você é meu, Kook. Para sempre, eu não vou te largar jamais, estarei sempre com você. Só que agora é tarde, feche os seus olhos e deixe sua mente descansar. Estou bem aqui ao seu lado.

— Seria isso um “Sim”?

— Durma, meu anjo. — Jimin selou a testa de Jungkook e devagar o rapaz foi relaxando.

Horas depois, logo que amanheceu, aquele maldito som do despertador tocou. Jeongguk abriu os olhos e logo as lágrimas rolaram. A realidade era aquela onde Jimin ainda estava preso em uma cama hospitalar, completamente apagado. Sem previsões positivas quanto o rapaz. Jungkook mais um dia levantou, desta vez ainda mais devastado, para assim ir ao hospital visitar seu amado. Contou do sonho segurando em sua mão, sem conter lágrimas deixou que os sentimentos viessem à tona. Era apenas um sonho. O moreno sentia falta de ouvir a cantoria e risada do companheiro, de senti-lo.

Por um segundo sentiu sua mão ser levemente apertada. Jimin estava o ouvindo, mesmo que num mundo só dele, em meio a sonhos dos mais diversos, pois eles amavam isso. Fechar os olhos e sonhar juntos, mesmo que acordados. Apenas sonhar.

Fim.

 


Notas Finais


Todxs bem?

Versão do Wattpad:
>> https://www.wattpad.com/602758332-flicker-jikook-cap%C3%ADtulo-%C3%BAnico

Música Flicker no Youtube + Tradução:
>> https://youtu.be/lPJjvmLB_P8

Esse plot bateu na minha cabeça no meio da madrugada e passei o dia todo trabalhando nele. Escolhi Flicker, estou apaixonada por esta música hehe

Os vejo em breve.

Um beijo! @Stitchedxz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...