1. Spirit Fanfics >
  2. Flores de aço- ABO >
  3. O jardim Senju-Uchiha: magnólias

História Flores de aço- ABO - Capítulo 21


Escrita por: eeveemochi

Notas do Autor


Fuyuuuuuuki!!!!

Capítulo 21 - O jardim Senju-Uchiha: magnólias


Fanfic / Fanfiction Flores de aço- ABO - Capítulo 21 - O jardim Senju-Uchiha: magnólias

We're talking away

I don't know what I'm to say

I'll say it anyway

Today's another day to find you

Shying away

I'll be coming for your love, ok?

 

(Estamos conversando à toa

Eu não sei o que dizer

Direi de qualquer maneira

Hoje é outro dia para encontrar você

Fugindo da timidez

Estarei vindo pelo seu amor, ok?)

.

.

.

 

 

Deidara entregou uma maleta para Neji, o Hyuuga abriu a maleta vendo as notas uma do lado da outra.

- wow! o que é isso Deidara?

- Fuyuki mandou.- Deidara riu. 

- ele sabe sobre o bebê?!- Neji perguntou histérico.

- não, eu acho que não, eu falei com ele ontem e ele me mandou entregar isso.

- quanto tem aqui?

- 50 mil dólares. - Deidara suspirou. - guarde antes que eles cheguem.

- isso é muito dinheiro. Não posso aceitar.

- pode e vai, para suas despesas e comida. Você tá sem trabalho. - Deidara sorriu. - então, você tá morando aqui com seus sogros?

- basicamente, depois que você ligou dizendo que a Konan tá louca Hashirama e Madara não me deixaram voltar para casa.

- é bom, assim você tem companhia. - Deidara se ajeitou melhor no sofá afagando a barriga de Neji. - o tio Dei tá cuidando de tudo viu bebê. Sabe eu tava pensando você podia dar o nome dele de Daisuke.

- não...- Neji balançou a cabeça. - eu quero um nome que Fuyuki escolha.

- Fuyuki me disse que gosta de Daisuke.

Neji o olhou com deboche. - com certeza ele falou.

A campainha tocou. Deidara se adiantou indo atender, Itachi o olhou.

- você me chamou aqui pra que?

Neji olhou o Uchiha. - o que ele faz aqui?

- antes de mais nada temos um problema...- Deidara procurou pelo programa de ontem na internet, achou o vídeo onde Konan aparecia.

eu estou grávida do Rikudou...

Neji e Itachi ficaram boquiabertos.

- não me leve a mal Itachi mas sua esposa é uma baita cuzona. - Deidara comentou casualmente. - e ela vai entregar a identidade do Yui, não podemos deixar isso acontecer!

- eu vou guardar isso aqui, eu já volto.

Neji saiu indo para o seu quarto, Deidara o seguiu vindo com Itachi.

- você precisa dar um basta ela é sua esposa!- Deidara falou cruzando os braços. 

- fácil falar! Você sabe que quando ela quer fazer uma coisa ela vai e faz!

Hashirama entrou pela porta dos fundos carregando alguns presentes. Madara carregava o bolo, Obito entrou com seus filhos seguindo ele e Kakashi carregava os cupcakes, Sarada e Boruto os salgadinhos, Sasuke e Naruto entraram carregando mais presentes, Hinata e Kiba traziam os docinhos, Hanabi e Konohamaru traziam mais presente. Lee, Tenten e Gai também apareceram, assim como Tsunade, Jiraya, Kushina, Minato, Shisui, Fugaku e Mikoto. Todos ali para desejar feliz aniversário ao ômega de Fuyuki e claro para conhecer ele também.

Deidara Itachi e Neji saíram do quarto. Neji já não aguentava mais esse problema com a Konan, se pudesse ela daria uma surra nela...

- SURPRESA!

Neji pulou se agarrando a Deidara. - o que é isso?

- sua festa surpresa. - Madara sorriu.

- feliz aniversário!

Neji foi abraçado por todos ali, cada um lhe desejando felicidades, ele por um momento esqueceu dos seus problemas, há muito anos que ele não comemorava seu aniversário. Geralmente ele sairia para ir à um bar, enchia a cara e levava um alfa para o quarto, se o seu "eu" de um ano atrás soubesse que sua vida mudaria dessa forma ele não acreditar, nem Neji do presente acreditava.

A campainha tocou novamente, Madara abriu a porta.

- surpresa!

O alfa rosnou. Neji olhou para a porta Konan apareceu. - é seu aniversário. - ela entrou sem ser convidada, entregou o embrulho para o ômega.

- eu não quero nada de você. Vá embora.- Neji devolveu o presente. 

Konan sorriu triste. - eu peço perdão, eu tenho uma doença. Sofro de...

- filha da putagem? - Madara perguntou irônico, Obito fez um hi-five com ele.

- síndrome de Münchhausen. - ela olhou para todos. - isso não muda o fato de eu ter estragado a vida de vocês. Me perdoem...

Obito olhou para Konan.- eu não te perdoo. Você afastou o meu irmão da nossa família, ele nunca passou um Natal com os meus filhos. Ou nunca soube que nossa mãe sofreu de depressão assim que ele foi embora! Você sabe o que é isso? Ter seu irmãozinho longe porque a pessoa que fodeu com a vida dele faz parte da família? Você é um monstro Konan! Um monstro, nenhuma síndrome ou qualquer outra desculpa muda o fato de que você arruinou uma família.

- só vá embora. - Neji pediu. - esse vai ser o melhor presente que eu possa receber hoje.

Konan mordeu o lábio olhando para seus sogros, viu Itachi com Deidara e seus cunhados, ela nunca se sentiu tão humilhada em toda a sua vida, virou saindo da casa.

Neji suspirou sentado no sofá. Sarada lhe deu um belo cupcake. Hinata trouxe alguns salgadinho e Hanabi docinhos cheios de confeitos.

- é tão lindo um ômega grávido. - Mikoto comentou.

Madara riu. - claro que é lindo um ômega grávido, mas ninguém fala do lado ruim quando você vai ter o primeiro.

- cala a boca Madara. - Hashirama o advertiu.

- ninguém fala dos roncos, dos gases!

Hashirama deu uma chave de braço em Madara o prendendo contra a mesa de centro.

- eu vou quebrar o seu braço!

Obito fingiu enxugar uma lágrima. - eu amo tanto esses momentos preciosos em família!

- são momentos gloriosos que ficam na memória. - Sasuke sorriu tirando uma foto.

- nossa família toda reunida não tem preço. - Shisui falou com falsa emoção.

- Neji mal entrou na família e você já tá mostrando o quão louco a gente é!- Itachi riu.

Hashirama o soltou. - mais uma palavra sua...

- depois eles falam que os ômegas são como flores. - Madara massageava o ombro. - isso porque não conhecem o meu ômega.

- e você é um alfa dominante...- Fugaku debochou.

- ele é um ômega dominante...

Neji se surpreendeu com a quantidade de gente que veio para sua festa de aniversário. Ele se sentiu tão amado.

Hashirama e Madara entregaram alguns álbuns de fotos para Neji.

Sarada, Sasuke e Obito gritaram rindo de algumas lembranças. 

- olha o Fuyuki atormentando o Sasuke. - Obito virou a foto para Neji ver.

Fuyuki estava em cima de Sasuke e parecia torturar o menor com cócegas.

Itachi suspirou vendo uma foto. - eu não acredito que vocês ainda tem essa foto!

Deidara pegou da mão do alfa e riu. - olha isso.

Era uma foto de Itachi enquanto ele caia da escada.

- por alguma razão Madara tem o dom de fotografar a gente nas piores situações.- Itachi comentou ainda surpreso pela foto.

- olha essa!

Na foto Shisui estava dormindo enquanto usava o banheiro.

- ou essa.

Sarada espirrava e cuspia ao mesmo tempo. Tinha uma foto de Naruto, Sasuke, Kurama e Fuyuki, os quatro tentavam dar uma estrelinha e caindo de cara no chão.

- eu tenho filmes caseiro!- Madara sorriu maldoso.

Gai e Kakashi apostavam alguma coisa, enquanto Lee, Kiba e Naruto faziam queda de braço, Hinata conversava com Tenten, Hanabi e Sarada mostravam fotos uma para a outra, Boruto e Konahanaru comiam os doces escondidos. Madara levava uns cascudos de Tsunade, Jiraya, Kushina, Minato, Hashirama, Mikoto e Fugaku relembravam algumas coisas vendo fotos dos filhos pequenos. Shisui conversava com Obito, Deidara e Itachi.

Eles riam muito das lembranças, Hideki, Kanji e Kamui ficavam seguindo Neji que ia na cozinha pegar mais alguns bolinhos.

- sua barriga tá gigantesca tio Neji!- Kanji disse espantado em como ele estava grande.

- não fala assim do meu ômega!- Hideki repreendeu o irmão.

- esse foi no dia que ele tocou Mama I'm coming home. Na apresentação de dia das mães da escola. - Hashirama gritou.

- gente! Antes dos filmes caseiros que tal o Neji abrir os presentes?- Sasuke perguntou.

- cadê o Neji?- Hinata perguntou. 

Madara entrou na cozinha puxando o ômega e o fez sentar na poltrona, a mesa de centro estava abarrotada de presentes. Neji se sentia mal sendo o centro das atenções.

- qual você vai abrir primeiro?- Hinata perguntou.

Deidara sorriu. - o meu presente vai ser o melhor...- ele pegou o notebook dando play em um vídeo.

Fuyuki estava de frente para o piano, todos ficaram quietos tentando assistir, seus dedos moviam com delicadeza, sua voz saiu grave e alta.
Quando a noite chegar e a terra ficar escura.

E a Lua for a única luz que se vê...

Não, não vou ter medo

Oh, eu não vou ter medo

Enquanto você ficar...

Então, querido, querido, fique comigo.

Oh, fique comigo

Oh, fique, fique comigo

Fique comigo

Se o céu que contemplamos se despedaçar e cair ou a montanha desmoronar até ao mar.

Não vou chorar, não vou chorar

Não, eu não vou derramar uma lágrima

Enquanto você ficar

Ficar comigo

E, querido, querido, fique comigo

Oh, fique comigo

Woah, fique agora

Fique comigo, fique comigo

Querida, querida, fique comigo

Oh, fique comigo...

Fuyuki olhou para a câmera e sorriu. Deidara parou o vídeo antes que Neji ou Hashirama caíssem no choro. O omega Hyuuga tossiu balanço a mão secando suas lágrimas. 

Madara cruzou os braços. - isso daí não é nada comparado com o meu, você vai amar meu presente de aniversário Neji!- o alfa sorriu. - vai dizer "nossa sogro você é tão foda que eu quero ser como você quando eu crescer"

- e cadê ele?- Hashirama perguntou, Madara não segurava nenhum embrulho e também não trouxe nada. Muito menos esqueceu no carro. - porque eu não vi.

- vai chegar a qualquer momento.- Madara sorriu provocativo

- você usou a mesma desculpa no aniversário do Hideki!- Obito falou apontando para o pai.

- e ele ganhou o Neji e um coelho!- Madara rebateu

- cadê o coelho dele?- Kakashi perguntou. 

- eu perdi!- Hideki deu de ombro.

- porque você é burro!- Madara falou pegando o menino pelo pé o puxando para ficar de ponta cabeça.

- conta aí pai qual é o seu presente?!- Obito perguntou tão curioso como os outros 

Todos ficaram tensos querendo saber qual era o presente de Madara, Wolf começou a latir desesperado enquanto balançava a cauda de felicidade.

- gente o que tá acontecendo aqui? Vocês estão dando uma festa?

Todos pararam de respeitar virando para olhar para ele, Neji levantou e abriu a boca dando de cara com Fuyuki, o alfa sorriu e estava tão lindo, usava uma camisa preta com uma jaqueta militar, calça preta com coturnos, seu rosto estava coberto por uma máscara descartável e óculos escuros.

Todos na sala ficaram boquiabertos.

- Fuyuki...- Neji sussurrou sentindo a visão turva ele piscou e realmente ele estava ali.

- você voltou!!- Hashirama gritou. - você voltou! Aaaaaaah!- Hashirama foi o primeiro a abraçar seu filho. - você voltou!

- voltei...- Fuyuki suspirou apertando Hashirama. - eu disse que voltaria 

Madara veio logo em seguida apertando Fuyuki. - eu tô tão aliviado por você estar aqui...

- eu também pai.

Uma fila enorme se formou para abraçar Fuyuki, o terceiro foi Obito.

- otouto! Seu maldito! Se você for embora de novo eu te mato!

- pode deixar eu pretendo ficar aqui um bom tempo.

Deidara foi o próximo, logo Sasuke, Naruto, Shisui, Kushina, Minato, Tusnade (que deu um soco no ombro do alfa), Jiraya, Shisui, Mikoto, Fugaku, Itachi, Sarada, Boruto, Gai e Kakashi.

- Tio Yui!- os três sobrinhos gritaram correndo até o alfa, Fuyuki se agachou abraçando os três.

Porém um grupo ficou parado olhando para ele, Hinata e Hanabi estavam ao lado dele, Lee, Tenten, Kiba e Konohamaru estavam de pé logo atrás.

- Neji. - Fuyuki sussurrou.

O ômega levantou ainda sem acreditar que o alfa estava ali, Neji tremia tanto que ele nem conseguia dar um passo.

Fuyuki puxou o seu ômega o abraçando apertado. - eu voltei. Eu tô em casa.

Neji o apertou contra o seu corpo com medo de soltá-lo e ele sumisse - eu achei que eu nunca mais ia te ver.

- Caralho pai! Esse foi um presentão!!- Obito olhou para Madara.- puta que pariu. Esse com certeza foi o presente dos presentes...

O alfa na verdade tinha comprado um berço daqueles top de linha, mas Fuyuki também era um ótimo presente.

- eu falei que meu presente era o melhor!- disse olhando diretamente para Deidara.

Itachi teve que admitir. - Tio Madara você se superou.

- você fez muito bem tio Madara. - Sasuke concordou. 

- senti sua falta Neji. Mas o que tá acontecendo aqui? O que tá todo mundo fazendo aqui? É alguma coisa que eu não sei?

- é meu aniversário.- Neji sorriu amarelo.

- ok, mas porque minha família inteira tá aqui? E você ganhou peso? O que eu perdi?

Todos ficaram em silêncio. Neji olhava para os sogros, Hashirama enfiou alguns doces na boca assim como Madara fingia beber para não responderem às perguntas, Sasuke levantou indo até a cozinha.

- eu esqueci o bolo no forno!- Sasuke gritou saindo da sala.

- isso é cheiro de queimado?- Tsunade saiu.

- eu te ajudo princesa!- Jiraya foi logo atrás da esposa.

- acho que o bolo tá pronto! - Shisui falou.

- eu te ajudo. - Hinata foi atrás.

- deve tá quente a gente te ajuda. - Deidara levantou seguindo o seu futuro  cunhado, Itachi, Naruto, Hanabi, Sarada forma atrás.

- eu faço a cobertura!- Tenten gritou puxando Lee.

- eu já te mostrei meus filhos Gai?

- já. - Gai continuou olhando para o casal, Kakashi deu um soco nele fazendo ele entender a situação. - aaah não eu nunca vi eles!

Madara olhou para o relógio. - nossa preciso passear com o saco de pulgas.

- eu vou junto! - Fugaku, Mikoto, e Hashirama saíram juntos.

- Naruto! O que você tá fazendo?!!- Kushina gritou puxando Minato.

Boruto e Konohamaru saíram sem dizer nenhuma desculpa. 

Estava nas mãos de Neji contar a verdade. Ele engoliu em seco, respirou fundo.

- eu estou grávido.

Fuyuki demorou um certo tempo para entender, ele olhou para a barriga do ômega, olhou para o caminho que Lee tinha feito, então olhou novamente para a barriga do ômega,  sentiu uma irá enorme. - EU VOU MATAR O DESGRACADO QUE TE ENGRAVIDOU! FOI VOCÊ SOBRANCELHUDO?! EU VOU TE MATAR LEE! Vem aqui!

- não! Fuyuki!- Neji o puxava. - eu vou ter o seu bebê, o filho é seu.

O alfa sentiu uma vertigem incomum, ficou todo mole e acabou desmaiando.

- FUYUKIIIII!- todos gritaram saindo de seus esconderijos tentando acudir o alfa que caiu sem jeito no chão.

Madara e Itachi ajudaram Fuyuki a deitar no sofá.

- ele tá mais leve do que eu imaginei.- Itachi comentou.

- ele tem estado doente. - Deidara sorriu. - sabe como é, o vínculo estava afetando só ele, já que Neji tem o bebê pra proteger ele.

- VÍNCULO?!- todos perguntaram menos Itachi, já que ele também sabia.

Deidara sorriu sapeca. - opa... vocês não sabiam do vínculo?

- nem eu sabia do vínculo!- Neji gritou.

Itachi olhou para o namorado.  - você podia ter mantido essa sua bocona fechada.

- fica quieto! - Deidara o empurrou.

Fuyuki delirava. - eu vou matar você... sobrancelhudo... vou te bater...

Neji se sentia tão feliz, ele se curvou um pouco cheirando o pescoço do alfa. - eu também senti muita sua falta, seu cabeção...

- ele definitivamente é filho do Madara. - Tsunade provocou.

Muitos concordaram com a provocação.

- o que isso supostamente deveria significar?- Madara a olhou.

- você sabe muito bem, qualquer coisa quer puxar briga.

- isso não é verdade! Tsunade perdedora!

- Seu ladrão!

- de novo com essa merda?! Eu já falei que eu blefei

- blefe a minha bunda você roubou.

Todos começaram uma discussão. Alguns defendiam Tsunade outros defendiam Madara, Hashirama no entanto estava mais atento ao ômega abraçado ao seu filho. Neji parecia querer não soltá-lo tão cedo.

.

.

.

Take on me 

Take me on 

I'll be gone

In a day or two


 

(Me aceite

Me leve

Partirei

Em um ou dois dias)

.

.

.


 

Fuyuki olhava tudo. Neji percebendo que o alfa tinha acordado sentou ao seu lado.

- eu dormi a festa toda?

- dormiu. - Neji sorriu beijando a bochecha dele. 

- desculpa eu estraguei seu aniversário.

- você não estragou nada seu bobo.- Neji o beijou. - Deidara nos contou que você estava cansado. Você alugou um jatinho para chegar aqui tão rápido?

Fuyuki concordou. - há dois dias eu estava conversando com aquele idiota e ele parou de falar do nada, eu me senti muito ansioso, falei com a banda e voltei...

Neji o abraçou. - por favor não vá mais embora, sinto que se você for  embora dessa vez eu morro.

Fuyuki o abraçou. - eu não vou a lugar algum... - Fuyuki suspirou. - Neji eu tenho algo para te perguntar e se você disser não provavelmente vai me tornar em um criminoso...

Neji o olhou. - bom, eu nunca disse não pra você... - Neji pegou a mão do alfa colocando na sua barriga.

- eu deveria ter pedido isso há meses atrás, eu quero ir devagar, quero conhecer tudo sobre você. Então esse deve ser o primeiro passo. Você quer namorar comigo?

- quero!

Fuyuki tirou o anel do bolso e colocou no dedo anelar da mão direita do ômega.

- ficou perfeito...- Neji o olhou. - espera. - ele tirou o colar pegando o anel.

- eu achei que tinha perdido...

- eu achei no dia que você foi embora.

Fuyuki o beijou, um beijo cheio de saudade, o alfa o puxou para o seu colo.

- feliz aniversário amor.

Neji sorriu sentindo as bochechas arder, Fuyuki o chamou de amor. - nunca mais me deixe...

- eu nunca mais vou ir embora... não sem você. 

Neji sorriu.  - por favor.

ISSO!

Fuyuki levantou saindo da sala, sua família estava na cozinha tentando disfarçar para que ele não suspeitasse que todos estavam ouvindo a conversa.

- oi.

- Yui! - Eles gritam.

Fuyuki segurou a mão de Neji. - eu pedi ele em namoro.

- você tá atrasado, você tinha que pedir isso antes de fazer um bebê! - Obito provocou.

- eu queria fazer diferente porque o Neji não é um ômega comum...- Fuyuki sorriu respondendo a provocação do irmão mais velho.

- porque o tio Yui tá de não dada com o meu ômega?- Hideki perguntou.

- como assim seu ômega? O Neji é meu!

- o Neji é meu, vovô Madara me deu de aniversário!

- pai! Como você pôde dar o meu ômega para esse pirralho?!!

- quem quer pizza?!- Madara perguntou.

- eu quero! - Obito gritou.

Ele e Kakashi seguravam cada um, um bebê.

Fuyuki se aproximou conhecendo seus novos sobrinhos.

- nós mostramos ao Neji seus vídeos caseiros. - Obito sorriu sapeca.

- ele tá em viu aquele em que você peida e me acorda?

- eu te odeio muito Fuyuki....
 

.

.

.

So needless to say

I'm odds and ends

But I'll be stumbling away

Slowly learning that life is ok

Say after me

"It's no better to be safe than sorry"


 

(Tão desnecessário dizer

Sou insignificante

Mas estarei tropeçando

Aos poucos aprendendo que a vida é legal

Repita comigo

"Não é melhor estar seguro do que arrependido")

.

.

.



 

- alô?

temos um problema Yui. - Ino riu. - suas roupas sumiram.

- Neji, você não vai acreditar, minhas roupas sumir...

Fuyuki entrou no quarto do ômega pela primeira vez, estavam na casa de Neji pois ele precisava pegar algumas roupas para os próximos dias, Fuyuki viu que todas as suas roupas estavam em cima da cama em um emaranhado, um ninho bem feito.

- você fez um ninho?- Fuyuki sentou ao lado.

Neji mostrou apenas a cabeça. - fiz. Sua mãe deixou.

- entendi. Eu preciso das minhas roupas...- Fuyuki riu. 

- mas aqui é muito bom...

- eu sei, mas...- Aqueles olhos perolados, Fuyuki estava enfeitiçado. - eu compro roupas novas...

Fuyuki deitou olhando o teto ainda estava cansados na noite passada ele fixou conversando ao invés de dormir, Neji saiu de seu ninho usado o alfa como travesseiro Neji cheirava as roupas que Fuyuki usava.

- você tem um cheiro tão bom...- Neji sorriu. - me deixa excitado.

- não inventa.- Fuyuki ainda fingia dormir.

- Temos um vínculo isso quer dizer que você quase morreu?

- sim. Me pergunto se eu tivesse demorado mais um pouco o que teria acontecido...

- você está melhor?

- tô sim. Tô bem melhor com você ao meu lado.

- então... vamos fazer... ou...

- definitivamente não.- Fuyuki sorriu.

Neji subiu no colo, beijou Fuyuki com luxúria estava com saudade do alfa e o fato dele não tocá-lo o enlouquecia!

Neji queria sentir as mãos fortes de Fuyuki pelo seu corpos, ele queria muito sentir o amiguinho do alfa dentro eles afinal Neji estava na seca há quase dois meses.  Neji o beijou tão eroticamente que Fuyuki fixou duro, o ômega sorriu em contemplação, ele ainda era bom nessas coisas.

O celular de Fuyuki começou a tocar atrapalhando o momento.

- eu preciso ir. Volto em uma hora!

Neji suspirou frustrado. - ok...

- eu volto logo prometo!

Neji deitou voltando para o seu ninho

 

.

.

.

Take on me 

Take me on 

I'll be gone

In a day or two

(Me aceite

Me leve

Partirei

Em um ou dois dias)

.

.

.

 

 

Fuyuki chegou com muitas sacolas de roupas algumas horas depois. Neji sentiu o cheiro de Fuyuki é saiu do ninho.

- o que você comprou?- perguntou se levantando.

- roupas pro nosso filho. Ou filha.

- roupinhas de grife?

- é para combinar com as suas...- Fuyuki entregou algumas sacolas.

Os olhos de Neji brilharam. - você comprou roupas pra mim?

- não quer?

- eu quero!

Neji olhava as sacolas que Fuyuki trouxe, o alfa tirou sua camiseta provando a camisa preta que tinha comprado. Neji olhava para o alfa, só faltava babar. Fuyuki tinha uma nova tatuagem, bem no peito esquerdo.

- essa é nova.- ele levantou passando a mão. - O que está escrito?

- Non possum tecum vivere, nec sine te.

-  O que é isso significa?

-  é latim. "eu não posso viver com você ou sem você" literalmente. Eu ainda não posso viver com você, mas também não posso viver sem você...

Fuyuki beijou o topo da cabeça de Neji.

- eu quero sexo...- Neji pediu manhoso.

Fuyuki riu deitando o Neji e deitou ao seu puxando a camiseta do ômega.

- hey, soube que tem dado trabalho pra mamãe. Bom, agora o papai tá aqui, é vamos juntos cuidar de você pivete, então se comporte, porque senão quando você sair daí eu vou te encher de beijos, e te apertar tanto que você vai desejar ter sido bonzinho...- Fuyuki beijou o ventre do ômega sentido o bebê se mover. 

Fuyuki olhou para o Hyuuga com lágrimas nos olhos. A ficha ainda não caiu a ele ia ser pai! Pai! Ele teria um bebê com Neji.

Wolf latiu pedindo atenção. - você! Seu lindo! Soube que você foi um bom menino! Você cuidou da mamãe? Cuidou?

Wolf latia pulando de um lado para o outro. O celular de Neji começou a tocar, o ômega o pegou vendo que Madara ligava.

- precisamos ir, seu pai tá ligando.

- você e meu pai tão bem amiguinhos... ele até te deu para o Hideki...

- ciúmes.? - Neji provocou. 

- sim... - Fuyuki o puxou. -  que vai fazer sobre isso?

Neji sorriu sapeca com muitas ideia eróticas em sua mente, o celular dele tocou, agora era Hashirama.

- precisamos ir!

- ok. Mas você me deve.

 

.

.

.

Oh, things that you say

Is it a life or just to play my worries away?

You're all the things I've got to remember

You're shying away

I'll be coming for you anyway

(Oh, as coisas que você diz

É a vida ou apenas para espantar minhas preocupações?

Você é tudo que tenho que lembrar

Você está se afastando

Estarei vindo pra você de qualquer maneira.)

.

.

.

 

Todos conseguiram chegar a tempo, a banda inteira estava de volta ao Japão, Fuyuki foi encontrá-los no aeroporto, de vista o alfa Uchiha parecia bem melhor.

- e aí?- Kurama foi o primeiro a perguntar.

- aparentemente eu estou vinculado com ele.

- ai meu Deus!- eles gritaram.

- Yui isso podia ter te matado!

- por isso que você vivia morrendo seu alfa safado!

- e cadê ele? Queremos conhecer. - Matatabi olhava ao redor.

- ele não pôde sair...

- porque não?

- porque o bebê pode ficar muito agitado. - Fuyuki desviou olhar.

- o que? Que bebê?- Kurama perguntou.

- bom... Eu vou ser pai...

- o que?- Gyuki perguntou incrédulo. 

- seu filho da puta!- Kurama gritou.- vamos ser tios?

- vão ser tios!!

- FUYUKI! - eles gritaram animados.

- quem diria que você seria o primeiro de nós a ser pai. - Choumei debochou.

- puta merda!- Son Goku gritou. - Fuyuki mudou radicalmente em menos de um ano!

- uma salva de palmas para esse imbecil.- Shukaku pediu.

Todos começaram a bater palma. Fuyuki revirou os olhos.

- idiotas.

- acabou a moleza do Yui, ter um filho não é  ada fácil. - Kokuo comentou.

- ter um filho é fácil.- disse Kurama. - você espera 9 meses para nascer e depois se revezam para não deixar ele morrer, adivinhando o que ele quer até aprender a falar e poder dizerem o que querem .

- então porque você não tem? - Gyuki provocou.

- eu vou ter. Preciso achar o ômega certo.

- porra Kurama, Shukaku te ama há  anos da uma chance.- Gyuki provocou.

- cala a boca!!!- Shukaku gritou.

Fuyuki riu. Agora tudo estava completo.

 

Take on me 

Take me on

I'll be gone

In a day... 

(Me aceite

Me leve

Partirei

Em um dia...)

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...