História Florest Wolves - ( Imagine Kai - EXO ) - Capítulo 8


Escrita por: e MaryNam

Postado
Categorias EXO, Jay Park
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jay Park, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Exo, Jay Park, Kai, Lobos
Visualizações 374
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi floquinhos e potinhos der açúcar 💗 nos desculpem a demora. Esse ep era para ser postado ontem, mas acabei ficando sem internet :-:

Sem mais enrolações, esperamos que gostem

Boa Leitura 💕

Capítulo 8 - Chapter 7.


Fanfic / Fanfiction Florest Wolves - ( Imagine Kai - EXO ) - Capítulo 8 - Chapter 7.

Estava agora sozinha no quarto de Soo, ele e Kai aviam descido para que eu pudesse me trocar. Me levantando da cama onde a um tempo estava sentada, caminho até o armário de Soo pegando um short meu e uma blusa do mesmo que não ficasse tão grande em mim.

Estava agora sozinha no quarto de Soo, ele e Kai aviam descido para que eu pudesse me trocar. Me levantando da cama onde a um tempo estava sentada, caminho até o armário de Soo pegando um short meu e uma blusa do mesmo que não ficasse tão grande em mim.

Tirando peça por peça da roupa que estava usando, logo percebo que estava sendo observada, ignorando, coloco meu short, e a blusa de Soo. Mas uma vez sinto a sensação de estar sendo observada, olhando para todos os lados daquele quarto não vejo ninguém. Já pronta caminho até a porta dando de cara com Kai.

- Estava me observando? - O encaro arqueando minha sobrancelha.

- Eu? Não. - Ele sorri sem jeito.

- Aish, seu tarado! - Dou um tapa em seu braço.

- Ei, isso doi! - Diz passando a mão no lugar onde bati. Não ligando volto a caminhar.

Já perto da escada Kai me puxa pelo braço deixando assim nossos corpos colados, o encarando corada vejo-o segurar meu rosto com uma de suas mãos e assim selar nossos lábios num selinho rápido.

- Não deveria ter me batido. - Ele sorri ainda segurando minha cintura.

- Não deveria ter me observado. - Bato nele mais uma vez, ele sela mas uma vez nossos lábios.

- S/n! - Grita Soo subindo a escada, rápidamente me afasto de Kai - Já está... ah você está aí. - Sorri vindo até mim - Essa, é minha blusa?

- Bem, sim, se incomoda se eu usar? - O encaro curiosa.

- Não, até que você ficou linda com ela. - Sorri - Ou melhor, você já é linda, só ficou mais ainda.

- Kyung-Soo! - O repreendo corada - Pare com isso.

- Mas é a verdade. - Ri - Bem, vamos? - Pergunta e assinto.

                       (...)

Já estávamos na cidade, e agora estava ficando frio. Soo tira seu casaco e coloca em mim, e logo percebo o olhar irritado de Kai.

- Para onde vamos? - Pergunto olhando para ambos.

- Pra onde quer ir pequena? - O mesmo sorri para mim.

- Para um lugar que possamos comer. - Falo passando a mão em minha barriga.

- Hum, quer sorvete? Sei que não mata a fome, mais deu vontade agora. - Ele me olha esperando uma resposta.

- Sim, quer também Kai? - Pergunto sorrindo para o mesmo.

- Uhum. - Fala assentindo, e logo sorri.

Fomos até uma sorveteria ali perto e compramos três sorvetes um para cada, começo a comer e percebo que Soo me olhava rindo.

- Parece uma criança comendo. - Ele ri e passa seu polegar no canto de minha boca - Pronto.

- O-obrigada. - O agradeço sorrindo sem jeito.

- Er, para onde iremos agora? - Pergunta Kai passando seu braço por minha cintura a apertando de modo possessivo.

- Kai, a solte agora! - Diz Soo o olhando irritado.

- E se eu não quiser? - Diz por fim me apertando cada vez mais.

- Me solta Kai. - Digo e ele continua.

- Não está vendo que ela quer que você a solte? Sua anta! - Diz tentando me separar de Kai.

- Porque não posso andar assim ao lado dela? - Pergunta encarando Soo logo olhando de um modo fofo para mim.

- Tá bom Kai, pode me segurar assim. - Reviro os olhos.

- Há não, pode solta-la agora! - Ordena irritado.

- Por que? Está com ciúmes? - Pergunta e Soo o encara calado.

- Não é ciúmes... - Tenta se defender. - é que você é, muito tarado para ficar ao lado dela.

- Já chega vocês dois! - Digo sem paciência. - Olha, vamos fazer assim, ninguém me segura ou toca em mim ok?

- Não! - Diz os dois em um perfeito uníssono.

- Ashi, não sou um troféu para ficarem me segurando. - Retiro o braço de Kai da minha cintura que se encontrava vermelha. - Agora se não pararem com isso iremos voltar, e eu irei direto para minha casa.

- Mas foi... - Soo começa mas o enterronpo.

- Nada de mas, ou os dois se acertam, ou irmos voltar e não sairemos mais. - Digo num tom ameaçador.

- Tá. - Soo responde encarando o irmão.

- Tá bom. - Kai faz o mesmo.

- Agora, o que iremos fazer nessa cidade enorme? - Pergunto admirando os prédios altos e chamativos do lugar.

- Tenho uma ideia. - Diz Soo me puxando para algum ligar e Kai vem logo atrás.

                         (...)

Soo avia tampado meus olhos com suas mãos e Kai segurava minha mão, certamente para que Soo não a segura-se mais.

- Para onde estamos indo? - Pergunto curiosa sem ao menos saber o nome do lugar onde agora estávamos.

- Ira saber logo logo. - Diz e o sinto sorrir. 

Sendo guiada por mais alguns minutos, logo vejo Soo tirar suas mãos dos meus olhos. Os esfregando persebo que estávamos num shopping, e parados bem a frente do cinema.

- Então, vamos assistir um filme? - Pergunta sorrindo e o abraço.

Avia dito uma vez para Soo, que um dos meus sonhos era vir ao cinema, nunca tinha visto ou vindo em um, e ele está realizando meu sonho, e se tornando um deles.

- Vamos, comprar os ingressos primeiro. - Diz Kai de modo frio.

- Não precisa, já comprei. - Me mostra os ingressos.

- Vamos logo! - Digo animada puxando os dois pelas mãos.

                  ( Xiumin on )

Assim que Kai e Soo saíram com a s/n, eu e Chanyeol fomos até a casa da mesma procurar por algo que nos mostrasse quem matou o pai da mesma. O quarto de s/n ainda se encontrava coberto de sangue no chão.

- Não achamos nada ainda, será que vale apena procurarmos aqui? - Pergunta Chany me encarando.

- Talvez se nós nos transformamos, seja mais fácil, já que nossos oufatos são melhores quando lobos. - Digo o vendo assentir.

Correndo pelo corredor me transformo em um Cinza, enquanto Chanyeol se transformava num marrom escuro. Segundo caminhos diferentes, vou até o quarto do pai de s/n. Deve ter algo por aqui. 

Farejando todo o lugar não encontro nada, então volto a minha forma humana. 

- Merda, jura que não encontrarei nada aqui? - Questiono a mim mesmo frustando-me.

- XIUMIN! - Me chama Chanyeol. - Achei algo!

Correndo em direção a sua voz, o encontro tirando algo de uma falha que avia no chão.

- O que tem aí? - Pergunto assim que ele retira o piso.

- Papéis, apenas, papéis. - Responde frustrado.

- Talvez tenha algo aí. - Digo na tentativa de anima-lo.

- Agora que 'achamos algo', vamos voltar? - Pergunta e assinto.

             ( Xiumin off )

              ( (S/N) on ) 

Estava no meio do filme e bem naquela hora me deu vontade de ir ao banheiro. Me levantando devagar aviso aos meninos a onde iria e saindo da sala do cinema procuro o mais rápido possível um banheiro, até que infelizmente esbarro em alguém.

- Me desculpe - olho para quem eu avia abanado de esbarrar. Ele tinha olhos lindos, e com um pequeno toque de verde claro, logo o vejo sorrir para mim.

- Tudo bem, eu acabei não a vendo. - Ele diz de modo calmo, sua voz era tão grave e 'serena.

- Er... tenho que ir e, me desculpe mesmo assim. - Sorri sem jeito e acenei logo indo para o banheiro.


Notas Finais


Desculpem mais uma vez a demora e, caso tenha ficado, confuso, estranho ou qualquer outra coisa, comentem isso ajuda💗

Favoritem, isso nos influência a continuar 💗

Bye bye.

By: @Sweetmy & @MaryNam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...