1. Spirit Fanfics >
  2. Floricultura - Soobin TXT >
  3. Mesmo quarto

História Floricultura - Soobin TXT - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Me desculpem a demora . Aí está o capítulo.

Boa leitura💜💫💚

Vocês vão me matar kkkk

Capítulo 7 - Mesmo quarto


Fanfic / Fanfiction Floricultura - Soobin TXT - Capítulo 7 - Mesmo quarto

Eu não sabia o que pensar , meus pensamentos foram literalmente levados pelo olhar de Soobin sobre mim . Meu coração batia mais rápido que um relâmpago, tenho  certeza que minha pupila estava dilatada . Minhas bochechas mais velhas que pimentas, e meu corpo mais quente que larva . 

Seus olhos escuros penetrantes,  pareciam ver minha alma . Ele estava muito próximo,  conseguia sentir sua respiração. Nossos lábios estavam centímetros , centímetros, de distancia.  Eu não sei se eu o beijava ou se tentava cavar um buraco pra mim enfiar de tanta vergonha.  

- _______ , eu... 

No mesmo estante ouço a porta da estufa ser aberta . AH MANO NÃO ACREDITO!!!! Sem ver quem era eu e Soobin nos afastamos e assim pulo da mesa que eu ainda estava sentada . Meu coração estava descontrolado, e minha respiração descompassada. 

- oi ... , pombinhos,  eu vim buscar umas flores que eu esqueci ,pra entregar . - Hueningkai,  este mesmo . Havia entrado naquele momento único,  o mesmo apenas olhava pra mim e pra Soobin que estava coçando a nuca e fitando a mesa. - pronto , agora tô indo . - o mesmo da uma piscadela e sai da estufa . 

QUE PORRA , ACONTECEU AQUI . Tipo eu quase beijei o Soobin,  SÉRIO??!! 

Ficamos em pleno silêncio quando o Hueningkai saiu , eu apenas olhava para as rosas , tento acalmar meu coração que estava alvoroçado e inquieto. Meus pensamentos só era , o que poderia ter acontecido se ainda estivéssemos ali ? Será que rolaria um beijo ? Será que ele gosta de mim ? Será que ele sabe que gosto dele ? 

Me viro e vejo Soobin saindo da estufa . Não posso fazer isso , mas vou . 

- Soobin ! 

Corro até o mesmo e o paro ficando na sua frente . Não penso nem uma , duas nem três vezes . Apenas beijo sua bochecha,  com um beijo um pouco demorado . O olho e o mesmo estava com certeza mais vermelho que eu . Sorrio de canto de volto pra estufa com meu coração a mil por hora.  Olho pra mesa e vejo .... chocolate ? 

Ele trouxe ? Isso era pra mim ? *ri boba* fofo.


_______________________________________


Quase . QUASE ! Eu quase beijei ela , quase ! 

Aqueles olhos me encarando , aquela boca . Ahhhhh que raiva de você Hueningkai ! Não creio . Se acalma Soobin,  se ACALMA ! Ela te deu um beijo na bochecha , isso é bom :3 . Eu fiquei parecendo um tomate,  fiquei mas tá tudo bem . 

Soobin pelo amor de Deus,  onde você achou CORAGEM ?! Você nem mesmo tem isso . Eu quase , eram centímetros.  centímetros.

- iae,  conseguiu fazer alguma coisa ? - Taehyun me olha esperançoso.  

- a gente ... - eu fitava o balcão pensativo.

- a gente oque ?! 

- quase. ... quase se beijou . - o mesmo arregala os olhos e sorrir ,mas depois esse sorriso desaparece .

- como quase. ... ah merda , o Hueningkai não foi ? Ele foi ... droga .- Taehyun quer tanto eu e a ____ junto ? Eu hem.

- é foi ele . - me sento numa cadeira emburrado e feliz ao mesmo tempo ? 

- mas e essa cara de felicidade aí hem? - o mesmo se aproxima. 

- ela me deu um beijo da bochecha . - falo sorrindo parecendo um idiota .

- por isso tá vermelho igual uma rosa . - o mesmo rir e volta a fazer seus afazeres. 

Estou me aproximando da _____ , isso foi um progresso vamos dizer . Aí como eu quero beijá-la , sentir aqueles lábios,  sua pele , segurar firme sua centura e dizer todos os meus sentimentos . Dizer o quanto a amo


_______________________________________


Como sempre eu , fazendo as entregas , pra lá e pra cá.  Eu só conseguia pensar na _____ e no Soobin na estufa . O que estava acontecendo lá?  

Eu realmente gosto dela , ela é bonita , inteligente , e muito simpática. E sei que Soobin a conhece a mais tempo que eu e bla bla bla . 

Chego numa casa e bato na porta da mesma . Ela é aberta e ... Jennie ? A mesma ao me ver sorrir pega as flores que estavam na minha mão, coloca dentro de casa e depois volta fechando a porta ficando de frente pra mim.  

- oi Hueningkai , tudo bem ? - a mesma falava  com um sorriso sapeca .

- tudo , mas agora eu tenho que ir , tenho mais coisa pra fazer . - falo já me virando então a mesma me puxa pelo braço.  

- espera . Tenho que falar com você.  

- sobre ? - reviro os olhos . 

- uma proposta . 

- proposta ? Mas pra que uma proposta?

- Kai Kai Kai, eu sei que você gosta de ______ , e acho que você também sabe que gosto do Soobin , né?  - do que ela tá falando?

- tá,  e daí ? 

- a proposta é , atrapalhar o casalsinho. Ou seja , fazê-los terem intrigas .

- você quer afastá-los?  

- aham - a mesma balança a cabeça. 

- isso não vai da certo . 

- vai sim senhor, é só fazermos tudo certinho. 

- Jennie,  eu não posso tá, eu vou indo . 

- Hueningkai. ..

- o que? !

- pega meu número. 

- pra que vou querer seu número?  

- se mudar de idéia.  - a mesma me entrega um papel onde estava seu número.  - tchau .

Pego o papel e ponho no bolso , tento esquecer essa idéia ridícula, mas e se sei lá, der certo.

Volto a fazer minhas entregas. Agora só pensando nessa "proposta" .


_______________________________________

O trabalho já acabou , fui pra casa antes dos outros,  eu andava de bicicleta pra lá e pra cá. Com um belo de um sorriso idiota . Chego em casa e vejo ...

- PAI ! - meu pai estava no chão . - PAI ! - o mesmo estava se contorcendo no chão , eu já estava chorando . - PAI ! POR FAVOR ! - peguei meu celular e liguei pra ambulância . Eles ia demorar uns 3 minutos , o hospital não era muito longe . 

- PAI ! PAI FICA BEM . por favor ... - não conseguia mais falar,  somente sussurrar . - pai ... por favor , você não ... 

A ambulância chegou , levaram o meu pai e e eu fui junto. Porque  ele ? PORQUE? 

- ele vai ficar bem ? - pergunto .

- sim , mas se não tivesse ligado antes ele ... ele poderia estar morto . - a mulher diz e eu me desespero . Meu pai poderia estar morto . 

Levam o mesmo para uma sala e tenho que ficar na sala de espera . Meu pai , vai ficar bem , ele vai ficar bem .... 

Lágrimas escorriam no meu rosto . 

- parente ? - um médico pergunta .

- sim , filha . - enchugo as lágrimas. 

- ligue para alguém próximo você está sozinha e isso não é  bom . 

- mas e meu pai ? 

- quando tiver notícias lhe aviso . - o mesmo sai . 

Não sei pra quem ligar. Familiares eu só tenho ... meu pai . Eu não sei onde está a família da minha mãe, nem do meu pai . Todo esse tempo era , eu e meu pai . Só eu e ele .

Ligação on 

- alô?  

- oi , _____ como conseguiu meu número?  

- Soobin. ... pode vir ao hospital , por ... favor . - começo a chorar. 

- _______ tá tudo bem ?  Você tá chorando?  O que tá acontecendo?  

- você pode vir ? eu te explico .

- p-posso , eu já tô chegado.  Qual é o hospital ? 

- o Hospital perto da minha casa . 

- ah , eu sei , j-ja tô indo . 

Ligação off

Eu não sabia pra quem ligar . Então liguei pro primeiro contato que vi . 


Um tempinho depois ...


- ________ !! - vejo Soobin correndo até mim . - você tá bem ? O que aco... - o abraço forte e então o mesmo para de falar . Depois de um tempo o mesmo retribui e então começo a chorar de novo . - tô aqui. .. tá tudo bem . 

- o meu pai ... aconteceu alguma coisa com ele ... e-eu não sei o que.  - choro mais ainda .

- ele vai ficar bem . - o mesmo me abraça mais forte . Isso era confortante . O abraço dele me acalmava . 


_______________________________________


Estávamos sentados numas cadeiras um do lado do outro , a _______ não largava meu braço.  Ela estava com medo , preocupada, triste . Nunca a vi assim . Se passaram quase uma hora desde que cheguei e ninguém veio falar com nós. 

Sinto meu ombro pesar , ela colocava sua cabeça em meu ombro , e se encolhia . Pego meu casaco que estava no me colo e ponho encima da mesma . Ela ainda segurava meu braço. 

Já eram umas 8:00 horas da noite . Vejo o médico que estava com o pai da _____ vir até nós.  

- familiares do Sr. Lee _____ - ____ acorda e se levanta segurando meu casaco . 

- sim . 

- podem me acompanhar. - seguimos o médico e entramos na sala do pai da _____ .

- pai . - a mesma sussurrar e corre até seu pai que parecia estar bem . - o senhor está bem ? - a mesma sorria.

- o-oi filha , tô bem sim , não se preocupe. O paizao tá bem . - o mesmo rir . Fazendo um sorriso nascer no rosto dela . 

- então,  o Sr. Lee _____ , teve um leve ataque cardíaco. 

- ataque cardíaco ? 

- sim , Senhorita Lee ______ . 

- mas ele vai ficar bem né?  - me pronúncio.  

- sim , ele vai , só custa tomar uns medicamentos diários.  

- Soobin? Oi rapaz , venha até aqui . - vou até o pai da ______ . - me de um abraço. - o abraço. - você ficou com ela enquanto eu estava aqui ? 

- sim , Sr. Lee. - o mesmo sorrir olhando para a _____ e para mim . 

- ele precisa repousar . Provavelmente amanhã ele sai daqui . Ok .- diz o médico.  

- ok .

-ok.

Eu e _____ saímos da sala e ficamos nos encarando por um tempo .  

- ah ... obrigada por ter vindo.  Eu ...

- tudo bem . Eu faria qualquer coisa por você.  - aí meu Deus! !! Eu falei isso mesmo ? Puts ...

- faria ? - a mesma sorrir de canto. 

- e-eu eu a-cho que sim . 

- você tá gaguejando? Hahaha - a mesma rir .

- não vale rir . 

- porque não?  Hahaha. - depois de um tempo vemos vários médicos indo até a sala do pai dela , tinha algo apitando na sala . - o que tá acontecendo ? Soobin ?  - a mesma ia correr até a sala mais é parada por dois médicos.  

- não moça.

- me deixa passar ! É meu pai ! - a mesma passa e ver seu pai tendo uma ... convulsão.  - PAI !!! 

- segurem ela . - gritava um médico.  

- ______ !!! - a seguro . 

- ME SOLTA SOOBIN ! 

- não ! 

- ME SOLTA .... ME SOLTA  SOOBIN!! 

- tire ela dá sala . - o médico diz .

- PAI !!! ME SOLTA .... por favor... 

- _____ ! - eu a segurava , segurando seu corpo todo. A impedindo de entrar na sala novamente . 

- Soobin. .. me solta ... - a mesma chorava , que soluçava.  - não me deixa pai ... - a abraço com ela virada pra mim . A mesma segurava minha camisa , e apertava  .

- ele vai ficar bem ...

- eu preciso que a leve pra casa . 

- O QUE,  EU NÃO VOU PRA CASA SEM MEU PAI . 

- ela não tá bem , não pode ficar aqui . 

- SOOBIN ME SOLTA ! EU NÃO VOU SEM MEU PAI ! 

- por favor senhorita Lee ! 

Seguro a mesma e então saímos do hospital. 

- eu ... eu não quero ir pra casa . 

- ______ ele vai ficar bem .

- ELE TAVA TENDO UMA CONVULSÃO!  

- EU SEI ! MAS VOCÊ TAMBÉM PRECISA FICAR BEM ! - a mesma se cala e começa a chorar novamente . - eu não quis gritar com você. .. eu -a mesma me abraça novamente. - desculpa ... 

- não tem ninguém na minha casa . Eu moro sozinha com meu pai . N-não quero ficar sozinha . 

- eu fico com você. - a mesma me olha . - eu vou ficar com você. 

- t-ta. 

Ligo pra minha mãe digo tudo que aconteceu,  e digo que vou durmir na casa da _____. A mesma entende e diz pra ficar bem . 

Fomos pra sua casa,  a mesma sobe as escadas e vai até seu quarto , fico na sala , vendo alguns portas retratos . Só tinha fotos dela e seu pai . E sua mãe? 

- Soobin? Vai tomar banho .

- mas não tenho roupas .

- eu pego alguma do meu pai .

- ahhhh t-ta bom . - vou no banheiro do seu quarto mesmo e tomo um banho. 

- Soobin as roupas estão na cadeira perto da porta do quarto . - a mesma sai do quarto .

Pego a roupa , visto e saiu do banheiro . A mesma estava na cama me encarando .

- ficou bom em você. Ligaram e disseram que meu pai tá bem.

- que bom . - sigo indo pra porta .

- tá indo pra onde? 

- pra sala , vou durmir lá. 

- não,  você vai durmir aqui .

- a-aqui ? Com você?  No mesmo quarto?  Na mesma cama ? - JESUS !

- ehhh sim ... 

- não acha melhor e-eu durmir na sala .

- você disse que ia ficar comigo . 

- na mesma casa , não no mesmo quarto e cama . - meu coração batia mil.

- Soobin. .. -  a mesma revira os olhos .- vem . Você não vai morrer se durmir comigo . - NA VERDADE , TALVEZ EU MORRA SIM .

- e-eu ... ah tá. - subo na cama de solteiro e fico do seu lado , a mesma mexia no celular.  

Ela o desliga e deita na cama . Fico do seu lado , só pensando se ela pode ouvir meu coração. Me deito e então ficamos de frente pro outro . A mesma me encarava .

- Tô com medo ... - a mesma diz .

- não. .. precisa ficar . 

- obrigada de novo por estar aqui . Não sei se vou conseguir durmir . - a mesma fecha os olhos . 

- nem eu ... - sussurro . 



Tempinho depois ...



Eu não conseguia durmir , mas apenas observava a _____ do meu lado . Eu estou na mesma cama que ela , ela tá do meu lado. Eu estou feliz , mesmo sabendo da situação de seu pai . A mesma se mexe e se vira ficando de costas pra mim , a mesma fica muito próxima, e sinto sua bunda roçar um pouco no meu membro. Não acredito que isso tá acontecendo .  

Suspiro fundo tentando me afastar, mas como sua cama era do lado da parede , não posso me afastar . Mordo meus lábios tentando me conter , eu não acredito , não acredito. Minha respiração fica meia descompassada . Isso nunca aconteceu comigo . E AGORA FOI ACONTECER ?

- Soobin? Tá tudo bem . - ela acordou .

- tá tá,  eu t-to bem 

- não dormiu? 

- eu não consigo . - a mesma se vira ficando de frente pra mim . 

- mas eu sim , então tenta não fazer barulho .

- nossa hahaha - sorrio sobrado. 

- shiuu . 

- tá.  - graças a Deus ela se virou . Porque eu nem saberia o que fazer com o carinha lá em baixo.  



Seus pervertido .....


.

.

.

.

.

.

.

..

.

Continuo ? Reponde seus fila da mãe kkk 💜💚💜💚💜💜💜💚💜💚💜💚



















 


Notas Finais


Gente, que final foi esse ? Kkkk
E a proposta ?!
Muta coisa num capítulo só kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...