1. Spirit Fanfics >
  2. Flower Power! (fanfic Chensung NCT) >
  3. Sylph Jisung.

História Flower Power! (fanfic Chensung NCT) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


uepa

Capítulo 2 - Sylph Jisung.


Fanfic / Fanfiction Flower Power! (fanfic Chensung NCT) - Capítulo 2 - Sylph Jisung.

Era uma vez, no reino dos 4 Ventos, um Silfo. Era um Silfo alto, com ar poderoso e voz calma, como o vento. Era o filho do meio e o único menino dos filhos de Eurus. Um verdadeiro príncipe. tímido, reservado, receoso; não se abria com qualquer um. Jisung se mostrava talentoso com a Harpa desde pequeno, e era com a música que se manifestava. Quando triste, tocava canções melancólicas; quando feliz, músicas um pouco mais expressivas. Por ser muito quieto, a maioria das pessoas do reino não prestava muita atenção nele; preferiam suas irmãs, jovens e bonitas.

Jisung também era muito vaidoso: sempre que podia, pegava algumas libélulas e usava-as como adorno para os cabelos levemente rosados; ou ainda usava cristais e quartzos como enfeites para a roupa. Ele gostava de se admirar e adorava sua aparência.
todos os dias ia discretamente no reino vizinho de Plantas e Flores para alimentar uma raposa, que ele chamava de Benjamin. E novamente, era Tanaquill disfarçada.

- Oi, Benjamin. Está com fome? te trouxe isso. - ele deixou o coelho na frente da raposa enquanto acariciava seus pelos macios e vermelhos. ela cheirou. pegou. e correu até sua toca, no oco da grande árvore. ele a observou quieto, e assim que Tanaquill entrou, ele se levantou. Estava quase voltando pra casa quando escutou algumas vozes; eram vozes finas e quase estridentes. Jisung correu e se escondeu atrás de um arbustinho, vendo uma plantinha com uma coroa feita de Plumérias brancas e pequenas Rosas brancas e alaranjadas enfeitando seu corpo.

- Ei, Phoebe - ele se abaixou e olhou dentro do oco. - Onde consegiu isso? Não há coelhos nesse reino! saiu pra caçar em outro lugar?

- o nome dele é Benjamin, e eu dei o coelho à ele. 

- Mas que m...? Quem é você?

- Jisung. e você, pirralho?

- PIRRALHO?! Ora, seu... - Chenle segurou a fala assim que percebeu que era o príncipe. desfez a cara brava e respirou fundo. - Desculpe, me exaltei. Me chamo Chenle.

- Ah, a florzinha é meio brava. Foi mal, brotinho.

- Por que chama Phoebe de Benjamin?

- Porque esse É o nome DELE.

- Não é não.

- É sim.

- Não, não é.

Ficaram parados, o Dríade apontando diretamente para o Silfo. o Silfo inclinando, com os braços cruzados e a cabeça virada para o lado. sem se mexer. Tanaquill, Phoebe, Benjamin ou como você queira chamar, saiu de sua toca e caminhou até os dois rapazes. se  esfregou em Chenle e depois foi até Jisung, dando lambidinhas e mordiscadas em seu pé. Eles riram. Se entreolharam. Coraram. Sentaram ali, na grama mesmo e passaram o resto do dia se conhecendo e brincando com a raposa, colhendo flores e conversando com uma Papoula-do-brejo.


Notas Finais


aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee porra


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...