História Flowers - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Chanhun, Kaisoo, Lubaek, Sulay, Taoris, Xiuchen
Visualizações 9
Palavras 1.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - One


Byun Baekhyun

Ter uma vida como a minha não era fácil. Desde pequeno eu batalhei muito para conseguir chegar onde cheguei e ser quem sou. O tão sonhado título de capitão dos Wolves, o time de futebol do colégio, o invicto por cinco anos, esse era o peso que eu carregava depois de ter decidido sair da equipe se natação e me dedicar ao sonho de ser um jogador.

Tudo o que eu era eu devia ao meu melhor amigo e líder de torcida eu diria, Park Chanyeol. Não que ele realmente seja um líder de torcida, mas seus berros e gritos no meio da multidão eram inconfundíveis junto à seu namorado Oh Sehun, o ômega mais desejado do colégio, parecia quase um modelo.

-Kyungsoo, está viajando? Eu estou te chamando à horas. -Chanyeol resmungou alto enquanto via a cara de idiota que Kyungsoo possuía no rosto. Ele estava segurando uma rosa desde que chegou como um grande besta. -Por quê está com uma planta na mão? O satansoo vai se declarar para alguém?

-Eu ganhei essa flor.

-Ouch, quem seria o louco de se apaixonar por você.

-Quem me deu foi um garoto que estava distribuindo flores do lado de fora. Até onde sei vai abrir uma floricultura no final da rua e cara, aquele menino é um anjo. É o ômega mais lindo do mundo.

-Anotou o telefone pelo menos? -Perguntei e ele negou.

-Não, mas o nome dele é Jongin. Ele se transferiu para o colégio e está na sala do Sehun.

-O Nini? Ele é um bom garoto. É bem tímido mas um ômega doce. Ele me disse que seu irmão iria abrir uma floricultura. -Sehun comentou. -Você pode passar lá e comprar alguma não é mesmo?

-Vou comprar algumas para minha omma também, mas agora, vamos treinar certo? -Saí carregando Chanyeol e Kyungsoo para o campo. Sehun murmurou algo e se sentou ao lado de Yixing que estava machucado e não podia jogar.

***

Eu estava todo suado, quase morrendo quando entrei no vestiário. Tirei a roupa toda e entrei no chuveiro. Escutei um barulho, parecia um choro e me assustei um pouco mas como tudo ficou em silêncio terminei o banho e quando saí tinha um garoto sentado perto do meu armário. Ele me olhou com medo e se encolheu, percebi que era um ômega e tinha o rosto delicado. Me aproximei devagar enquanto ele se encolhia ainda mais e levei as mãos para seu rosto limpando as lágrimas que caíam dali, ele era lindo.

-Não chore. Eu não lhe farei mal, pode me dizer seu nome? Eu sou Byun Baekhyun, capitão do time desse colégio.

-Kim Jongin.

-Jongin? Eu acho que já ouvi seu nome. -Me lembrei de Kyungsoo falando sobre ele. -Ah, meu amigo recebeu uma flor sua hoje.

-A-ah... -Ele corou parecendo lembrar e sorri com isso. Eu até poderia dar uma de cupido em um outro momento mas agora o menino tremia de frio. Peguei meu casaco e o entreguei.

-O quê fazia aqui dentro? Sabe, é um lugar somente de alfas.

-Tinha um garoto me perseguindo, eu estava com medo, ele parecia no cio e eu só corri, parei aqui. -Assenti. -Eu estava indo encontrar meu hyung na saída do colégio.

-Eu te levo, também estava saindo. Tenho que comprar algumas flores hoje. -Ele assentiu rapidamente e depois que troquei de roupa o levei para a saída. De algum modo meu coração acelerou quando avistei um garoto loiro e seu cheiro se fez presente, forte, um cheiro realmente gostoso.

-Esse é meu hyung, Luhan. Hannie esse é Baekhyun, ele é o capitão do colégio e foi muito gentil em me ajudar.

-Aconteceu alguma coisa? Ah, prazer.

-Prazer.

-Eu eatava sendo meio qhe perseguido por um alfa no cio e acabei entrando no vestiário enquanto ele tomava banho.

-Oh céus, perdoe meu irmão. Espero que ele não tenha invadido sua privacidade e nem te visto sem roupas.

-Não, de modo algum. Eu estava de toalha e mesmo assim ele estava tão assustado que sequer percebeu esse fato e eu também não sou desse tipo de alfa.

-Bom, obrigado pelo que fez por ele. Tem algo que eu possa fazer para retribuir?

-Bem. Você é um florista certo? Eu queria ajuda para comprar o tipo certo de flor para alguém importante.

-Claro, vamos? -Nós fomos andando em silêncio e quando chegamos na poeta da floricultura Kyungsoo estava lá. Jongin logo foi atendê-lo e soltei uma risada ao perceber a timidez de ambos. -É uma pessoa especial em qual sentido? Existem flores que demonstram amor carnal, desejo, essas coisas.

-É para minha omma. Ela, hn, tem uma doença e está internada no hospital à meses. Eu só gosto de deixar seu quarto florido. Ela era uma pessoa apaixonada por flores e eu não poderia deixar de cumprir seus desejos.

-Se você quer dar algo vivo, que a faça se sentir bem então eu indicaria margaridas. Elas são simples e bonitas e eu acho que as melhores coisas da vida andam na simplicidade, você concorda?

Luhan era simplesmente fascinante. Ele era lindo como um anjo, o sorriso puro e os olhos brilhantes me deixavam tonto. Eu não sabia se ele tinha um alfa e nem perguntaria algo assim mas com toda certeza eu voltaria ali muito mais vezes.

-Concordo sim. Para mim as coisas deveriam ser muito fáceis de resolver, é uma pena que nem todos pensem desse mesmo modo.

-Sim. -Luhan olhava com cuidado cada flor, regava algumas sempre com um sorriso.

-Elas parecem ser o amor da sua vida.

-E são. Eu me apaixonei por flores desde bebê. Na China haviam muitos campos floridos na primavera e é a minha estação favorita até hoje. É uma pena que as pessoas de lá não dêem tanto valor à isso e preferem o outono e inverno.

-Existem flores que desabrocham no inverno também.

-Sim. Eu amo todas as flores, porém, na primavera existe um contexto delas. Aquele monte de cores diferentes. -Ele terminou de montar o buquê e me entregou.

-Quanto eu te devo? Ficou muito bonito. Minha mãe vai amar.

-Não me deve nada, vocêajudou meu irmão e eu estou retribuindo, volte mais vezes e traga seu amigo, Jongin gostou dele. -Luhan se aproximou e deixou um beijo em minha bochecha. -Volte mais vezes Baekhyun.

Eu morri e não sabia?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...