História Flowers and Tattoos- Jikook (one shot) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Menção Yoongi, One-shot, Romantico, Tatuagens
Visualizações 205
Palavras 615
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E mais uma One Shot kkkkkk

Espero que gostem louquinhos
Boa leitura
Bjs da omma mais chata

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Flowers and Tattoos- Jikook (one shot) - Capítulo 1 - Capítulo único

Desde muito tempo eu venho observando as tatuagens delicadas de flores na coxa direita daquele pequeno ômega de cabelos loirinhos. Quatro simples flores em uma simples coxa de um simples ômega da escola certo? Errado, eram quatro flores da coxa de Park Jimin, o ômega nerd do meu colégio, que tiraram a minha sanidade.

Descobri que ele tinha aquelas tatuagens na coxa quando eu fui a biblioteca depois do professor de Biologia ter pedido um dos livros empoeirados de lá. E lá foi Jungkook atrás do livro. Eu fui procurando o livro pelas prateleiras, o achando em uma parte mais baixa, então quando eu o tirei o livro de lá, deixando um vão entre a prateleira e o corredor da frente. Foi entre aquele pequeno vão entre a prateleira que eu vi as benditas tatuagens na bendita coxa muito bonita por sinal.

Depois de ficar praticamente obcecado pelas tatuagens e pelo dono delas, fiquei observando Jimin de longe por muito tempo, sem coragem alguma de ir falar com o baixinho, mesmo ele estando sozinho quase todo o tempo. Posso ser o mais popular da escola, mas ainda não sei lidar com a timidez depois de me apaixonar por alguém, esses que foram muito poucos. Até que um dia a coragem veio e eu decidi que era a hora de falar com o loiro. Melhor escolha da minha vida.

O tempo passou depois de eu ter falado com o baixinho e nossa amizade foi crescendo cada vez mais até que eu achei que era a hora de me declarar e finalmente poder chamar o dono dos meus pensamentos de 'Meu'. O pedi em namoro lhe oferecendo o buquê que tinha todas as quatro flores da tatuagem do garoto, mas obviamente em maior quantidade. E ele aceitou chorando horrores e nossos amigos batendo palmas e gritando 'FINALMENTEEEEEE'. Estamos celebrando hoje 5 anos de namoro.

-Vida, dá pra você descer logo do carro que eu quero fazer nossa tatuagem ainda hoje!- exclamou Jimin emburrado do lado de fora do carro.

-desculpa Paixão, estava lembrando de quando a gente se conheceu- digo já saindo do carro, o trancando logo em seguida.

-está bom então, essa eu deixo passar por que tem meu nome e nossa história no meio- já disse que amo esse menino?

-tudo bem meu gatinho rabugento- digo soltando uma risada e abraçando o corpo do meu menino por trás, este que me olhos como se fosse me matar.

-quer morrer Jeon? Não estamos mais em casa amor!- disse abrindo a porta do estúdio de tatuagens de um velho amigo nosso.

-por favor, se comporte e não mexa em nada, sabe como o Yoongi é chato com o estúdio dele- disse Jimin sussurrando pra mim, logo eu sento no banquinho enquanto vejo Jimin se sentando na cadeira onde será feita a tatuagem.

Logo Yoongi chegou, assustando Jimin, que deu um pulo na cadeira, e me fazendo soltar um rosnado para o esverdeado por ter assustado meu ômega.

-credo Jungkook, que cara emburrada. Às vezes eu desconfio que Jimin é o alfa da relação de vocês- disse Yoongi, fazendo meu bebê dar uma risada tão fofa que eu esqueci completamente do comentário do outro.

Depois de muita conversa jogada fora e um Min Yoongi enxerido querendo saber da nossa vida e fazendo comentários sobre a minha pessoa, eu e Jimin saímos de lá com duas tatuagens que nos ligará a partir de hoje, como uma marca nossa. Um foguete no braço do mais novo e Saturno no meu.

E foi por causa de um professor de biologia preguiçoso, tatuagens de flores em coxas, ômegas roubando corações alheios e um amigo dono de estúdio enxerido que essa história termina.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...