1. Spirit Fanfics >
  2. FNAF - Five Nights at Forks >
  3. Capitulo dois

História FNAF - Five Nights at Forks - Capítulo 2



Notas do Autor


Oi bem vindos ao segundo capitulo dessa nossa fic, estamos nos esforçando bastante para escrevermos e espero que gostem.

então deixem seu favorito e seu comentários para sabermos o que estam achando e para deixar dois autores felizes.

Ate a próxima e boa leitura

Capítulo 2 - Capitulo dois


Enquanto o meu avião decolava rumo a minha nova vida nos EUA, eu recapitulava em minha mente como havia parado nessa situação.

Depois que percebi o que tinha acontecido, meu temor e aversão àqueles animatrônicos assassinos desapareceu no ar, como fumaça. Com o pânico preenchendo minha mente, espanquei o botão para abrir a porta e, com uma lanterna para servir de arma, corri de encontro ao ser que estava debaixo da pilha de brinquedos de metal absurdamente pesados. Qual seria a chance de ele (ou ela) estar viva?!

Agarrei sem pensar duas vezes as partes mais pesadas para que, se ainda tivesse vida naquele corpo, a pessoa pudesse respirar. Puxei com toda a força que tinha, porém, a montanha de ferro e partes de pelúcia continuava imóvel.

Todo o meu esforço, porém, não foi em vão. Consegui cortes profundos em ambas as mãos. Devo dizer que não sentir dor no momento, acho que pelo fato de minha mente estar embaçada pela adrenalina do momento.

Corri para minha sala e liguei para polícia e ambulância.  Raqueei o sistema e abri as portas frontais do restaurante. Assim que eu finalmente parei, senti uma profunda falta de ar e desmaiei.  Quando acordei a viatura da polícia chegara e enquanto recebia os primeiros socorros, prestei meu depoimento

 Após consultarem um juiz acharam melhor me colocar no programa de proteção a testemunha, mudaram meu nome e iriam me colocar em uma família falsa nos EUA.

Logo meu avião pousou em um aeroporto perto da cidade de Forks, eu fui recebido pelo chefe de polícia Charlie Swan que me levaria até a minha nova casa. Caminhei ao seu lado até a porta de saída do aeroporto, ele não falou uma palavra depois de “ bem vindo “ assim que o avistei, apenas caminhou comigo com as mãos enfiadas dentro de sua jaqueta de couro preta, as vezes seu bigode mexia não sei se pelo vento ou por que ele estava balbuciando algo inaudível, logo que saímos me deparei com a Picape Chevrolet Truck 1953 vermelha, acho que ele disse algo sobre ser o antigo carro de sua filha.

Entrei no carro me sentando no banco do carona e ele saiu pela estrada.

_ Então que tipo de cidade é Forks ? – perguntei para quebrar o gelo
_ Uma cidade pequena e nublada – foi apenas o que ele me respondeu
_ Está indo morar com os Cullen, não é ? – Dessa vez foi a vez dele perguntar
_ Sim, pelo menos e o que diz no papel Família Cullen – quando citei o nome da família, ele fez um muxoxo estranho acompanhado de um olhar que me pareceu infurecido.
_ A algo que eu preciso saber sobre eles ? – perguntei
_ Não, apenas que ele são um pouco excêntricos, mas você se acostuma, minha filha Bella e casada com UM DELES – ele pareceu colocar uma ênfase estranha no “ Um Deles “

Voltamos a viagem silenciosa e logo que me dei conta estávamos entrando na floresta.

_ Eles moram no meio da floresta ? – perguntei observando pela janela
_ Eu disse que eles eram excêntricos – respondendo minha pergunta

Acho que agora estou entendendo por que eles foram escolhidos para me esconder. Não demorou muito e já estávamos na frente de uma casa de dois andares com uma fachada toda de vidro, onde um grupo de pessoas aguardavam em pé frente a porta.

_ Chegamos... – disse Charlie

Charlie logo saiu do carro e abraçou uma jovem de logos cabelos negros que acredito ser sua filha. Um homem de cabelos loiros penteados para trás se aproximou de mim e me estendendo a mão se apresentou

_ Meu Nome e Carlisle Cullen e essa é minha família.
_ Minha Esposa Esme – disse ele apontando para uma jovem senhora de cabelos de cor caramelo e rosto em formato de coração que por algum motivo me passava uma tranquilidade maternal
_ Seja bem vindo – me saudou ela com uma voz angelical
_ aquele é meu filho Emmett – um brutamontes de cabelos pretos se aproximou apertando minha mão com força quase a quebrando e com um sorriso enorme em seu rosto
_ Ao seu lado esta sua esposa Rosalie – ao lado do brutamontes estava uma beldade de cabelos loiros que fez eu me encantar com tamanha beleza, se seu marido não desse dois de mim tanto em altura quanto em largura talvez me atreveria a tentar rouba-la
_ Essa é Alice – uma pequena garota de cabelos negros espetados se aproximou me abraçando e tagarelando algo como que bom que esta aqui e que esperou muito minha chegada, mas antes que pudesse perguntar como ela sabia que eu estava a caminho, Carlisle atraiu minha atenção com mais uma apresentação.
_ Esse é Jasper, o companheiro de Alice – olhei o jovem loiro de corpo magro, mas definido que apenas fez um aceno de cabeça para mim
_ Vocês são irmãos ? – perguntei apontando para Jasper e Rosalie, ato esse que provocou risadinhas nos presentes
_ Sim eles são irmãos – respondeu Carlisle
_ Esse é meu filho Edward – continuou a apresentação, me mostrando dessa vez um jovem magro e com um olhar distante
_ E essa é Bella, esposa de Edward e filha do nosso querido chefe de policia – Observei de novo a jovem com um sorriso triunfante por ter confirmado a minha suspeita.

Todos eles são casais e moram na mesma casa, o que é isso um grupo de coelhos em uma caixa, mas não foi esse fato que me chamou mais atenção e isso o fato de todos eles possuírem os olhos com o mesmo tom dourado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...