História Fnaf - Magic School - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Fritz Smith, Golden Freddy, Jeremy Fitzgerald, Mangle, Marionette, Mike Schmidt, Personagens Originais, Plushtrap, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Ballon Boy, Bonnica, Bonnie, Chica, Chinnie, Fangle, Fantasia, Five Nights At Freddy's, Fnaf, Fnaf - Magic School, Fnaf Humans!ua, Foxangle, Foxy, Fredbear, Freddy, Fritz, Furry, Golden Freddy, Hentai, Jeremy, Magia, Mangle, Manxy, Mike, Moxy, Neptunegnam, Plushtrap, Puppet, Saga Magic School, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Chiddy, Toy Freddica, Toy Freddy, Vincent
Visualizações 106
Palavras 853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Atualização dupla <3

Capítulo 15 - 15 - Que o jogo se inicie!


Fanfic / Fanfiction Fnaf - Magic School - Capítulo 15 - 15 - Que o jogo se inicie!

Fnaf – Magic School



Capítulo 15



Que o jogo se inicie!



[][][]



[Bonnie]


Depois daquele "ataque" de Chica, fiquei completamente imóvel. Não achei que Chica faria isso, principalmente com um cara como eu, fala sério, sou tão arrogante, tenho essa tatuagem que hoje me traz lembranças não muito boas, e não faço nada de interessante o dia inteiro, a única coisa que eu faço é tocar guitarra de vez em nunca, porque não estou tendo muito tempo para fazer ultimamente.


Quando as aulas terminaram, um cara me desafiou para uma luta.


– MORRA, SEU COELHO VIADINHO!


– Hoje não... – O cara veio pra cima de mim, apenas desviei dos seus golpes – Eu disse...


– Eu acabo com você!


– HOJE NÃO! – O prendi em uma bolha de água, e ficou ali, até morrer afogado. Desfiz a bolha e segui meu caminho. Ai ai, esse povo acha que eu sou fraco e metido, eu não sou fraco.


Venci ele em um minuto, o cara era fraco pra caralho, soube que ele foi forçado pelos amigos a me desafiar, e acabou morrendo por isso.


Pobre alma...


Resolvi conversar com Chica sobre o incidente de hoje cedo, fui até ela, que estava no corredor dos nossos quartos, conversando com Freddy.


– Chica, podemos conversar?


– Ih, já entendi tudo! – Freddy foi embora, me deixando sozinho com Chica.


– Aconteceu alguma coisa? – Ela perguntou.


– Aconteceu que você me beijou do nada! – Respondi, um pouco sério.


– Ah. Isso? Que que tem? – Ela perguntou, indiferente. Como assim, o que que tem?


– Por que fez isso?


– Não é óbvio? – Ela se aproximou – É porque eu te acho... Interessante... – Ela estava perto demais, isso me fez corar um pouco – Você fica tão fofinho, corado desse jeito... – Ela riu.


Bochechas traidoras!


– N-não foi pra isso que eu te chamei! – Cortei o clima.


– Eu sei. Já que tudo está explicado sobre meu ato anterior, acho que já estou liberada, não é mesmo? – Ela disse, se afastando.


– É. Nosso assunto está encerrado... – Me virei de costas e andei um pouco – Por enquanto! – Segui caminho até meu quarto, peguei minha guitarra e comecei a praticar. Acho que esse beijo da Chica mexeu muito comigo, estou trocando mi por fá, isso não é normal.


...


Isso não vai ficar assim!



[][][]



[Chica]


Foi dada a largada, agora eu preciso correr para alcançar meus objetivos. Agora que já beijei o Bonnie, irei provoca-lo, pouco á pouco, não acho que ele resistirá por muito tempo, eu não queria ter que fazer isso, mas cansei de não ser notada por ele. Isso vai ser divertido.


Sinto saudades do Foxy. Meu plano era transformá-lo em uma bichona purpurinada, já que eu não tenho amigas. Uma vez fiz ele vestir roupas minhas, e ele arrasou no salto 15.


Bons tempos!


Mas ele está em uma missão, que é seduzir a Mangle, só de pensar nele beijando aquela desgraçada me dá nojo.


Escuto batidas na porta, quando abro me deparo com Pedro. Ok, acho que quem está correndo é ele, e atrás de mim. Será que ele finalmente me notou? Já é a segunda vez que nos encontramos hoje.


Permiti que ele entrasse. Ele parecia muito tenso, na verdade, eu estava muito tensa por dentro, mas por fora estou tentando parecer séria.


– Só vim dizer que não gostei do seu ato.


– Que ato? Do beijo? – Puta merda, ele não gostou?


– Não, de você ter me empurrado! – Agora fiquei confusa. Quando eu vi, ele estava me empurrando contra a parede, apenas 10 cm de distância para minha boca se encontrar com a dele, que tensão – São os garotos que devem empurrar as garotas, não acha?


– Não pensei que você fosse machista, Bon! – Respondi, sarcasticamente.


– Acredite, você não sabe de muita coisa sobre mim, Chica!


– Vai me punir pelo beijo? – Pergunto.


– Para cada ação, tem uma reação! – Respondeu.


– Detesto essa frase! – Comentei, ele se aproximou mais, 5 cm de distância, como eu quero agarrá-lo agora... Fiquei apenas olhando seus lábios entreabertos, eu quero muito beijá-lo...


– Você me provocou, Chica, agora aguente! – O que ele quis dizer com "aguentar"? Preciso retomar o controle da situação.


– Como se eu estivesse com medo de você! – Provoco.


– Não deveria dizer isso! – Ele se aproximou muito mais, se um de nós dois dizer qualquer coisa, vamos encostar na boca um do outro.


– Vai ficar só nisso? – Pergunto, impaciente, afinal, eu tenho mais o que fazer do que ficar aqui parada.


– Não sei, posso ficar aqui a noite toda! – Fica a noite toda na minha cama, seu delícia...


– Que tal você escolher? Ou se afasta ou se aproxima! – Minha boca acabou encostando na dele nessa hora, estou com o coração aceleradíssimo.


– Hm, essa é difícil... – Ele fez uma expressão pensativa, estou ficando desconfortável com essa situação – Acho que já escolhi! – E para a minha surpresa, ele se afastou.


– Isso é sério? – Pergunto, inconformada.


– Sou um cara difícil, Chica, já consegui meu objetivo, que foi ver sua cara de frustração. Tenho certeza que você ficou contando os centímetros de distância dos nossos rostos! – Como ele sabe? – Boa noite, Larissa! – Ele saiu do meu quarto. AAAARGH QUE ÓDIOOOO. Eu não acredito que fiquei meia hora esperando pra depois ele ir embora, estou muito frustrada, mas ele me paga.


O jogo está apenas começando, Bonnie, e cada vez mais eu me interesso...


[Continua...]


Notas Finais


E por hj é só :)

-NeptuneGnam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...