1. Spirit Fanfics >
  2. Fnaf: Evento musical( AU) >
  3. Volta do namoro?

História Fnaf: Evento musical( AU) - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Eaii galerinha!! Tudo bem?

Gente aqui está mais um capítulo dessa história, sejam muito bem vindos, ficou um pouco grande kkk, mas espero mesmo que gostem, queria dar uma novidade a vcs, essa história vou demorar para acabar por que tenho muita idéia em mente para colocar aqui! Ou seja vcs vão poder aproveitar bastante 😉

Acho que era isso, qualquer dúvida pode colocar nos comentários, boa leitura 😘

Capítulo 9 - Volta do namoro?


Fanfic / Fanfiction Fnaf: Evento musical( AU) - Capítulo 9 - Volta do namoro?

- Bom ouvir isso! Shaddy... sabe o que acho dessa situação toda que passou com seus amigos, vc passa a exigir tanto uma coisa que esquece as coisas incríveis os talentos que essa pessoa pode dar ou até às coisas que vc mesmo faz. Lhe garanto que todos os componentes da sua banda, te deixará orgulhoso, não tenha dúvidas disso.  - disse dando sorriso gentil que eu tanto adorava


     - É... Vc tem razão, muito obrigada mesmo Purple - disse me abraçando feliz. 


                   Pov ( Nedbear) 


         Estava na escola a procura de meu priminho, não estudo aí, já que sou de outra cidade, mas imaginava que ele não tinha ido embora, queria saber em relação a conversa que  teve com o seu namorado, porém não achava em lugar nenhum, até que quando sai de lá vi o Rockstar Bonnie andando meio tristinho, resolvi acabar perguntando, já que esses dois andam sempre juntos.

      

    - Oii Bonnie, vc viu o Rock? Estou procurando já faz uma hora , já mandei mensagem e nada, e ele não atende minhas ligações - falei meio preocupado - 

      

      - Vi... Tá em sua casa, pensando no Lefty infelizmente - disse revirando os olhos.

   

       - Por que ele pensar em seu próprio  namorado é algo para dizer infelizmente? ... Espera... Tu tá gostando do meu primo? - falei muito confuso.


        - Vc quis dizer ex né? - falou ignorando totalmente minha última pergunta.


        - Ex?? Meu Deuss, eles terminaram - falei preocupado com a situação que ficou - aí Rock... Por que. - disse já sussurando mais para mim do que para a pessoa que estava do meu lado. 


       - Achei bem feito, o Lefty nem merecia, tá na cara que ele quer o Molten Freddy, aquele SCRAP, o Rock já sofre por não receber atenção do pai, não precisa sofrer por não ser o favorito do Lefty - comentou bem chateado.


      - Só tá falando isso, por que gosta do Rock,  e ficou chateado ao saber que ele prefere Lefty a vc - fiquei chateado também com o comentário.


     - O pior que sim... Seu primo nunca vai me ver como algo a mais, essa é toda verdade por trás - vi suspirar meio triste. 


        - Eii tá tudo bem! Olha... Essas coisas acontecem mesmo, nem sempre quem gostámos, gosta da gente da mesma forma, e tá tudo bem... Pensa como se isso fosse um sinal de que vc merece mais, se não foi agora, isso significa que não era para ser. Vai acontecer, não se preocupe, porém na hora certa - disse dando um sorriso gentil, e piscando para ele.


    - Obrigado Ned! Vc é um ótimo amigo, mas quando vou saber qual é a hora certa? - estava bastante confuso.


      - Vc vai perceber quando for, isso não tenho dúvidas, mas agora preciso resolver um assunto com meu primo, tchau amigo!! - comento já saindo.


        - Tchau!! - falou dando um sorriso.


                     Corri para a casa do Rock, e quando bati na porta, seu pai Alberto abriu. 


        - Oii tio! O rock está?! - falei.


        - Está sim, no quarto, de castigo - disse colocando a mão na cabeça tentando se acalmar.


          - Ah é? E o que meu priminho fez dessa vez kkk? - falei dando uma risada.


                   Já sabia qual era a causa da discussão, sempre era a mesma : Lefty, o pai do meu primo não gostava dele por ser pobre e ser um scrap, já o Rock sempre discutia, por achar esses motivos bestas, preferia não argumentar nisso, mas se fosse para escolher um lado, escolhia o do Rock. 


    - O rock de novo protegendo aquele pobre, sério ele é super inteligente, tem idéias brilhantes, porém consegue ter esses pensamentos besta - falou ainda um pouco chateado.


      - Imagino... Vou ir lá vê-lo certo? - disse olhando fixamente.


        - Cerfo, pode ir Ned, vc é da família -comentou indo resolver algumas coisas.


                     Então fui até o quarto dele, e quando abri vi o garoti com a cabeça abaixada na cama, e ouvi alguns choros baixos.


         - Eii.. o que houve? Quer desabafar comigo? - falo me aproximando mais, vendo levantar seu rosto.


        - Q-Quero - disse limpando um pouco as lágrimas.


                     Me aproximei dele, para poder escutá-lo e aí  começou a me contar tudo que aconteceu . E depois já tinha chorado de novo.


       - Isso, pode chorar, é bom colocar para fora, alivia bastante, vamos por parte okay? Na hora que estava te procurando, vi o Rockstar Bonnie, de início estava chateado, mas conversei com ele, e não acho que ele vai deixar a amizade ser estragada por um motivo besta. E sobre seu pai, é claro que te ama, só que do jeito dele. - argumento com um sorriso no rosto.


      - Tomara... não quero mesmo perder a amizade dele, o Rockstar Bonnie, é um cara legal, e enquanto a meu pai, tenho sérias dúvidas em relação a isso, mas obrigado!! Por me ajudar, vc tem ótimos conselhos - dizia feliz enquanto me abraçava.


       - Por nada! Bom saber que consegui te ajudar... Rock, mas vc ainda não me contou sobre o que Lefty disse. - comentou com um olhar de curiosidade enquanto retribuía o abraço.


                   Percebi que na mesma hora que perguntei isso, ele tinha se afastado bem chateado, e apenas disse que não queria falar desse assunto, isso me deixou chateado também, por que pensava que queria desabafar tudo comigo.


     - Rock... preciso que me conte para poder te ajudar, vc falou que ia desabafar comigo - falei enquanto o olhava fixamente.


       - Já disse que NÃO quero falar sobre isso, ah propósito nem tinha pedido sua ajuda nisso - falou bastante chateado.


       - Tá bom, vc quem sabe, mas para mim terminar com alguém que mais ama, por isso é besteira, poxa... Lefty te adora, deu todos os sinais que prefere vc. - disse calmo, tentando fazer ele entender.


      - Falou o cara que terminou com a Happy Frog, pela mesma razão, né Nedbear - 


        - Meu Deuss, de fato terminei, mas me arrependo muito por isso, eu tinha uma chance. De fazer tudo ser diferente, porém desperdicei com a minha besteira, mas vc ainda pode mudar...- me interrompe na mesma hora.


       - Mudar? Ned..o Lefty gosta de duas pessoas, mais do Molten do que de mim,  não quero ser uma segunda opção, é tão difícil entender isso? - falou com raiva quase berrando comigo.


      - Claro que entendo, porém conheço o Lefty, e sei como ele se importa muito contigo, e sim... percebi que ele tem uma boa amizade com o Molten, mas talvez não seja nada disso que vc esteja pensando, sei lá vai que ele se preocupa no fato de o Molten não ter superado ainda e por isso ficou triste - comento.


     - Nedbear olha só... Tô sem paciência para isso, se vai ficar protegendo o Lefty, de algo que já sei o contrário, então pode vazar do meu quarto - disse se levantando e abrindo a porta do quarto.


      - O que? Não estou protegendo ele... Tá um pouco, mas estou do seu  lado também, vc vai acabar perdendo-o Rock - disse bem preocupado com a situação que estava.


        - Não LIGO para isso, não tô nem aí para essa situação, e muito menos para a sua opnião, só quero que saia do meu quarto AGORA - ficou me encarando enquanto apontava para eu ir. 


   - Não acredito que está fazendo isso com seu melhor amigo, vim aqui de muito longe só para passar um tempo contigo, já que é raro a gente se encontrar, para vc simplesmente me tratar dessa forma e colocar um danasse na minha opinião, que por sinal só quer te ajudar - falei bem decepcionado enquanto cruzava os braços.


  - Ninguém mandou vc vir, aliaís ninguém te quer aqui, então se quiser voltar para sua cidade, fique a vontade, vou ficar muito bem sem vc - falou sem olhar para mim.


             Meus olhos se arregalaram ao ouvir isso, não estava acreditando no que estava ouvindo. De todas as pessoas no mundo, nunca imaginei que o Rock seria capaz disso. 


   - Ótimo, se é isso que vc quer! - sai do quarto sem olhar para trás.


                       Pov ( Rock)


             Depois que vi ele saindo, fechei a porta com bastante força, que não sei nem como ainda não quebrou, sentei na minha cama meio chateado, e aí olhei para uma carta que estava caída no chão, era a  escrita pelo meu primo. Lembro que a recebi de todos os meus amigos, no dia que estava muito triste com a intenção de aumentar minha felicidade.

              Pensei até em jogar fora isso, mas não consegui, era como se uma força maior me impedisse, então apenas abri e li.

--------------------------------------

          *Não precisa nem dizer né? Acho que  já sabe que te considero muito mais do que apenas um primo, vc sempre vai ser meu melhor amigo, não  importa a situação, sempre estará no meu coração, e se não sabe, agora vai ter todas as provas disso! Confesso que odeio voltar para minha cidade, sabe... Estivemos sempre juntos na infância, que é estranho saber que estamos em direções diferentes, mas não se preocupe em relação a isso, vou te visitar sempre que possível, e não precisa ficar triste, vc é a pessoa mais incrível que conheço, divertida ao extremo, porém de um jeito bom, sempre pensa nos outros, admiro muito isso, tenho muito orgulho, e não posso esquecer, sempre está lá por nós, nas horas mais difíceis, e é por isso que quero que fique bem. Sempre esteve me ajudando mesmo quando não precisava e espero que um dia posso fazer o mesmo. Com carinho do seu primo favorito, Ned. *

-------------------------------------- 

       

                 Depois que li a carta,  de novo meus olhos começaram a lacrimejar. Será que essa tristeza não acabava mais? Isso tudo parecia uma tortura. De uma coisa tinha certeza, estava tudo errado..o Ned sempre me ajudava nas horas mais difíceis não importava qual era o problema, ele sempre estava lá por mim, e eu aqui, falando coisas que não eram verdadeiras, a opinião dele importa sim, sempre importou.

                 

     - Ned.. me desculpa.. - falei sussurando, mais para mim.


               Olhei para minha estrela e como esperado uma outra parte ficou preta, só que dessa vez a sensação inicial que senti quando desmaiei e quando o Ned chegou, voltou e por conta disso senti muitas tonturas até desmaiar.


    - Filho, sabe... Preciso conversar contigo-olha para mim que estava caído - oh meu Deus, filho.. vamos acorda... Por favor fala com o seu pai.


       - Querido o que hou... Amor o que aconteceu com o nosso filho? - dizia com um olhar de tristeza


       - N-não sei, quando cheguei, ele estava caído no chão, v-vou levá-lo para o médico, espero que fique t-tudo bem- disse já saindo


        - O-Ok, e-estou indo contigo - comentou caindo algumas lágrimas.


        - T-Tio o que houve? - disse o Ned bem preocupado.


         - Ele d-desmaiou, vou levá-lo ao médico para saber o que houve -


                    Pov( Narradora)


        Então, depois de a família do Rock levá-lo ao médico, o Ned preocupado com seu primo, resolve ligar para uma certa pessoa fazer companhia ao seu amigo.


              Na Ligação ☆


       Alô, quem é? - 


       - Alô, Lefty! Que bom que atendeu, sou e-eu Ned, lembra de mim? Primo do Rock - 


       - Ah claro que lembro, o que aconteceu? Vc parece estar meio assustado -


         - É sobre o Rock, e-ele d-desmaiou agora e está indo para hospital, pensei em vc fazer companhia - 


          - Bom... Tô indo para aí, mas acho que o Rock não vai ficar feliz em me ver -


           - Não custa tentar né? -


          - Verdade, muito obrigado por me avisar Ned! -


          - Não precisa me agradecer -


--------------------------------------


          Então o Lefty ao receber a ligação, saiu correndo do que estava fazendo para ir hospital, cujo o endereço foi mandando no chat pelo Nedbear, assim que chegou o pai do Rock o avistou e ficou encarando irritado.


  - O que VC tá fazendo aqui? Aliaís que eu me lembre ninguém te convidou - disse o pai chateado sem querer encostar um dedo no Lefty.


   - Então vc precisa se atualizar, pois fui convidado sim, e outra não saiu daqui sem ver o meu Rock - falou o híbrido de urso chateado também.


   - Ah mas não vai mesmo, eu que vou ver ele, e não pretendo sair muito cedo, então pode voltar para casa e voltar outra hora e seu coisa nenhuma, pelo que meu filho disse ele terminou contigo, achei bem feito até - comentou o homem.


   - Nem ferrando que vou sair daqui, vc é o pai dele, passa o tempo todo com o Rock, já eu não consigo, então agora sinto lhe informar mas vou ficarr, e se vc acha isso sobre mim, quem sou eu para falar algo - disse o Lefty cruzando os braços indo para o quarto que o Rock ficou até ser puxado.


  - Exatamente, quem é um pobre para falar de um rico, e já pedi para sair, por que EU vou ver o meu filho sua aberração - falou com uma cara de desgosto.


   ABERRAÇÃO? Olha só não é por que vc é mais velho que tem o direito de me desrespeitar. - falou com muita raiva.


   - Amor... O Rock acordou agora, deixa o Lefty ir primeiro, acho que a confusão começou com o relacionamento dos dois pelo que o Ned me disse - pronucia a mãe do Rock para separar a briga dos dois.


   - Tá vendo! Tinha que ser esse mostro mesmo, por que vc só leva meu filho para confusão? - encarando o Lefty de novo


    - Vc quer parar de me chamar desses nomes, não sou uma aberração, nem um mostro, e não levei ele para nenhuma confusão, que eu me lembro ELE terminou comigo, então a confusão estava em sua decisão e não em mim. - o urso o encara também.

 

     - Ah é? E desde quando isso é confusão? Muito pelo contrário, é um milagre de Deus, o meu filho tomou essa decisão por que é sensato. Diferente de certas pessoas aqui - falou já apontando para o Lefty.


     - Gente deu vcs dois, o Rock tá lá mal e vcs aí discutindo ninguém merece, Lefty te chamei para falar com meu primo e não ficar discutindo, então vai logo para o quarto - foi a vez do Ned se pronunciar.


     - Têm razão Ned, me desculpa, é que existem umas certas pessoas que não me deixa em paz, da vontade até de me matar para me livrar - falou indo até o quarto.


                       Então o híbrido de urso foi até onde o Rock estava, mas antes escutou o pai do seu ex dizendo " Até que não seria uma má idéia", isso deixou o Lefty muito mais chateado, mas ele preferiu ignorar tudo isso, quando chegou, vou seu ursinho meio sonolento.


     - Rock!! Vc está bem? Fico muito feliz por ver que acordou - dizia dando um sorriso muito fofo.


      - Lefty? O que vc está fazendo aqui? Como soube que desmaiei?  - o Rockstar falou meio com dificuldade e tentou se levantar.


       - Depois te conto tudo, mas agora me conta qual é da estrela preta? - comentou enquanto olhava fixamente para a estrela.


                  O rock então suspirou, e começou a contar tudo que aconteceu e a cada coisa que dizia, Lefty se sentia bem triste pelo sua estrelinha. E depois disso ficou um clima meio estranho, sem nenhum dos dois conversar, até o urso preto quebrar o gelo.


     - V-Vc sabe que sempre te amei né? Em nenhum momento achei que o Molten era sublime a vc, muito pelo contrário, te acho alguém incrível, acho que o Molten é que deveria ter medo por não ser o suficiente para mim, e até hoje acho que essa era a razão de ele te detestar tanto - falou segurando a mão do Rock.


       - Me acha incrível? Ah fala sério, tá na cara que vc o ama, e me coloca como segunda opção sempre, não quero mais ser isso - o urso marrom então vira para não ver o outro.


        - Segunda opção? Eii... Nunca faria uma coisa dessas com vc, vc sempre foi o primeiro, o Molten tem inveja de vc por isso, acha que se fosse escolher alguém, seria vc, e ele está certíssimo, é só vc - Lefty deu alguns círculos preguiçosos na mão do outro urso fazendo-o corar e olhar apenas para o Lefty.


      - I-Isso é verdade? Como posso ter certeza se não está mentindo? - dizia ainda super corado.


        - Acredite se quiser, mas saiba que te amo muito e não tenho razões para mentir para vc - falou se aproximando do Rockstar para beija-ló.


        - L-Lefty, preciso p-pensar um pouco - disse ficando mais vermelho.


         - Okay... Entendo, vou sair agora, o seu pai não gosta muito de mim, acho que vc já notou isso kkk e ele quer passar o tempo contigo agora - falou dando um beijo na testa do urso marrom - melhoras tá?


                     Pov ( Golden) 


     Quando sai da escola fui direto para minha casa, precisava resolver algumas coisas, estava tão feliz finalmente eu e Spring estávamos começando a ficar, só podia ser um sonho, vi ele indo até mim meio tímido.

  

      - Gold p-preciso t- te dizer algo -



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...