1. Spirit Fanfics >
  2. Fnaf HS-Back to the origins >
  3. Capítulo XXVII:"Pesadelo Hospitalar"

História Fnaf HS-Back to the origins - Capítulo 27



Notas do Autor


Hey!leiam até o final para um aviso!

Capítulo 27 - Capítulo XXVII:"Pesadelo Hospitalar"


(parte 1)

-Já terminou aí?-Disse Ruan, visivelmente entediado

-Calma, já estou acabando!-Respondeu Charlie, acelerando o processo

Charlie puxou a cortina e revelou seu novo look:

O casaco continuava igual, mas o antigo zíper comum foi substituído por um coração rosa

Uma das mangas foi arrancada, deixando uma manga listrada vermelha e rosa

A calça jeans foi substituída por uma bermuda também Vermelha e rosa.

Ruan fez uma cara confusa por alguns instantes, logo se levantou

-Você ficou bonita, até-Opiniou Ruan, levantando-se e limpando a camisa

-Você acha mesmo?-Questionou Charlie, mordendo o lábio

-Sim, acho.-Respondeu ele-vem, a gente tem que se encontrar, lembra?

Ambos se levantaram e foram até um ponto turístico, onde encontraram 5 adolescentes bravos.

-Por que demoraram tanto?-Perguntou Fox, olhando na cara dos dois

-Charlie se ocupou com seu novo Look-Disse Ruan, apontando para Charlie, que só respondeu com um "oi"

-Hum, Ok-Concordou Fox, dando de ombros

-Gente, o motivo principal dessa reunião é porque a batalha final está chegando,eu consigo sentir-Começou Freddy-Então, se qualquer um aqui tem um talento secreto muito útil, fale agora.

-Eu sou bom no soco-Disse Fox

-Bem, eu consigo lutar bem, se tiver usando minha guitarra-Explicou Bonnie, levantando a guitarra-Sem ela, sou totalmente inútil

-Eu sei Medicina-Revelou Golden, chamando o olhar de Charlie

-Você...realmente sabe?-Questionou ela

-Uh, Sim-Respondeu ele, um pouco nervoso, mas sem saber o porque

-Ok, então.-Disse Charlie, se afastando um pouco

...

(Parte dois)

Golden pegou o carro emprestado dos policiais, e dirigiu até sua casa

Chegando lá, ele entrou na sua casa e procurou os equipamentos médicos

Por fim, chegou no seu quarto, onde todos os equipamentos estavam.Pegou o Gaze, Esparadrapo e outros equipamentos e botou eles na mochila, e logo pôs-se a sair do quarto.

Deu de cara com Charlie no instante que chegou na porta

-E então, conseguiu achar?-Disse ela, com delicadeza

-Sim, achei, estavam todos aqui, então não foi muito difícil-Respondeu ele, mais uma vez nervoso

Bastou um soco de Charlie para que Golden Caísse inconsciente no chão.

-Não imaginei que fosse tão fácil-Disse ela, pegando Golden pelas pernas.

...

(parte três)

Golden acordou numa cadeira, surpreendentemente não estava amarrado, e seu maxilar doía muito

Olhou para o lado, e viu Charlie de pé, observando por uma janela

-Charlie?-Perguntou ele, um pouco fraco ainda

Ela olhou para ele, um pouco surpresa

-Olha só, parece que você acordou.-Disse ela, com um pingo de desdém

-Pode me dizer onde estou?-Questionou ele, olhando ao redor

-A única coisa que importa é o trabalho que você deve fazer.-Respondeu ela.

-Trabalho?Que Trabalho?-Disse ele, confuso

Charlie foi até uma gaveta prateada, semelhante com as de Necrotério, logo abriu ela.

Lá dentro Jazia um grande corpo robótico, cujo corpo era somente um monte de cabos(que, caso você batesse o olho,poderia dizer que era somente espaguete mecânico.)sendo que a única coisa diferente visível no momento foi uma cabeça de urso robótica(que aparentava ser somente na frente) e pequenos canos no lugar de dedos.

-Mas que porra é essa?!-Perguntou ele, desesperado.

-Pai.-Respondeu ela, ainda olhando pro corpo robótico

Mas então, Golden bateu o olho novamente no corpo robótico, e então viu algo que o artormentaria por semanas...

Dentro do "Espaguete Mecânico", tinham órgãos. Órgãos humanos.

Ele conseguiu ver rins,um coração e pulmões.

Obviamente ele não se segurou e vomitou no chão, sujando todo o piso que aparentemente tinha sido recentemente limpado

-Ah,ótimo, você sujou meu chão.-Disse Charlie, olhando para Golden com ódio.

-Você....vai pegar meu cérebro e enfiar nessa coisa?-Perguntou ele, muito desesperado

-O quê?Não, óbvio que não.-Respondeu ela, revirando os olhos e quase soltando um 'aff"-Você vai me ajudar.

Logo a dama se dirigiu a um armário e abriu o mesmo, revelando vários potes com outros órgãos, logo ela pegou um pote com um cérebro e botou ao lado do corpo robótico

-E se eu não querer?-Questionou ele, quase saindo correndo

-Bom...-Ela botou a mão na bochecha e fez uma carinha triste, mas logo substituiu por um maléfico sorriso

O estômago dela se abriu, deixando um vazio por alguns instantes, mas logo uma garra cheia de dentes afiados tentando abocanhar o pobre jovem

Golden caiu no chão assustado, tentando sair correndo, mas por algum motivo ele não conseguiu.

Charlie deu uma pequena risada e, com suas mãos, mostrou a garra

Logo a garra retornou para dentro do vazio e o estômago se fechou

Golden começou a assentir loucamente enquanto se levantava, ao mesmo tempo que Charlie pegava luvas descartáveis

-Lave suas mãos e depois esterelize.

Golden rapidamente foi até a pia e começou a lavar a mão, passando sabão até começar a fazer espuma, depois disso o mesmo começou a se esterilizar,mas de um jeito exagerado

-Já está bom assim-Disse ela, fazendo a mesma coisa que Golden.-Agora pegue o coração.

Golden pegou o coração e com muito nojo, colocou dentro da criatura

-Isso foi mais rápido do que pensei-Disse ela-Vá lavar as mãos.

Golden rapidamente foi em direção a pia e lavou as mãos, dessa vez com o maior esforço que ele poderia conseguir.

No instante que ele se virou, Charlie estava atrás dele, dando a famosa encarada mortal.

-Você já fez seu trabalho.-Disse ela literalmente do nada, e deu um soco nele, deixando o pobrezinho desmaiado e com o olho roxo

(Parte 4)

Chica manuseava em suas mãos uma grande maleta roxa, que aparentava brilhar

Logo ela abriu e pegou seu conteúdo.

-q uma Arma, a famosa Sniper, porém ela estava pintada com cores vibrantes, como roxo, amarelo e verde.

Chica mirou na cabeça de Fox pela janela, sendo que o mesmo estava a um cômodo de distância

-Dou lhe uma…Dou lhe duas…..Dou lhe três!

Antes que pudesse apertar no gatilho, um tênis da Nike acertou seu pescoço.

Na porta do cômodo, viu Ruan somente com um tênis

-Solte a arma, e poderemos conversar em paz-Pediu ele, com as mãos levantadas

E então, ela virou a arma para ele

-Que tal conversamos assim?-Perguntou ela

Um punho acertou suas costelas então, logo ela largou a arma e caiu no chão.

-Obrigado, Fox.-Agradeceu Ruan, pegando seu tênis novamente

-Pelo que?-Respondeu ele, dando de ombros

(Parte extra)

-TERMINOU AÍ, FUN?!-Gritou Charlie, pelo vidro

-SE PAGASSE A CONTA DE LUZ, SERIA MAIS FÁCIL!-Respondeu ele, com a luz piscando entre acessa e apagada

Charlie simplesmente deu o dedo do meio e foi até uma pequena sala escondida

-Vamos começar o Show, meninas?-Disse Charlie, para as duas presentes

Lá estavam Geno e Sabrina, amarradas e amordaçadas, e totalmente machucadas


Notas Finais


Bem, eu tinha um capítulo GIGANTE, mostrando como Reed Lily e Bia morrem, só que BUGOU!!!! E perdi tudo...
Por isso eles não aparecem nesse e nos próximos episódio
É isso!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...