História FNAF Uma Vida Diferente - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Golden Freddy, Mangle, Marionette, Mike Schmidt, Personagens Originais, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Ballon Boy X Ballon Girl, Foxy X Bonnie, Freddy X Mike, Mangle X Chica, Puppet X Golden, Springtrap X Toy Chica, Toy Freddy X Toy Bonnie
Visualizações 48
Palavras 1.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 23 - Confessing a Different Feeling


Fanfic / Fanfiction FNAF Uma Vida Diferente - Capítulo 23 - Confessing a Different Feeling


P.O.V. Mike
 

Acordei de um descanso merecido, depois de uma troca nos horários para dormir até que não era tão difícil de lidar. Me lembrei de tudo o que havia acontecido no dia anterior, na mesma hora recordei que não tinha terminado o relatório. 
 

Quando olhei na mochila que levei comigo não havia sinal dele em parte alguma. Entrei em desespero, olhei em cada canto onde ele podeira estar, até mesmo onde eu não pensaria em colocar algo tão importante.
 

Olhei cada papel que tinha na casa, mesmo eles estando em branco. Meu coração batia tão rápido quanto meus pés na corriam para encontra-lo.
 

Não tinha mais nada para fazer, eu havia perdido aquele papel, eu seria demitido, os Toy's seriam desmontados e mortos. Minha consciência tinha o peso do mundo, sem muitas esperanças eu só tinha uma ultima coisa a fazer.
 

Rumei até a pizzaria para avisar aos outros do terrível destino que estava por vir. Olhava triste para o chão esperando o pior, se eles quisessem tirar minha vida por vingança eu não me importaria. Eram 11:20 quando cheguei. Olhei pela porta de vidro e lá estavam eles, mas havia mais alguém por lá.

Mike: Ei John! — Chamei por seu nome torcendo para que ele me ouvisse. — Sou eu, Mike!

John: Oh, estou indo. — Sorri quando o vi chegando e ele fez o mesmo ao abrir a porta. — O que veio fazer aqui? James te pediu para fazer algo?

Mike: S-sim, é... eu vim fazer os últimos detalhes do relatório, mas preciso ter acesso aos Toy's. — Minha tentativa de disfarçar meu nervosismo foi convincente.

John: Okay, tranca a porta quando sair, eu já estava indo embora mesmo. — Por sorte ele acreditou e me deu as chaves. — Até mais!

Mike: Até. — Acenei para ele e não segurei mais aquele peso que sentia quando o mesmo desapareceu pelas portas, meu rosto se encharcava de lágrimas.

Freddy: Mike!! — Não consegui olhar para ele quando me chamou, apenas olhei para o chão. — O que aconteceu? Está ferido?

Mike: N-não. — Ao encara-lo seu rosto estava tão triste quanto o meu. Fui surpreendido por um abraço dele, que era o que eu precisava naquele momento.

P.O.V. Foxy
 

Levei um susto ao ouvir um choro, levantei da minha cova pirata e fui ver o que era. Ao abrir as cortinas vi Mike desabando em lágrimas com Freddy ao seu lado abraçando-o com força. Isso chamou a atenção de todos ali.

Toy Chica: O que houve? Foi demitido? — Aquilo fez ele chorar ainda mais.

Mike: N...n...ão... mas... — Mal dava pra entender uma palavra que saia da boca dele.

Golden: Ah Mike, eu estava te es... O que houve com ele? — O mesmo surgiu do teto junto de Puppet, ambos pararam ao vê-lo naquele estado. — Enfim, você deixou o relatório cair e eu terminei ele para você.

Mike: Ai meu Deus, obrigado Golden! — Ele se alegrou na mesma hora enquanto ainda saiam lágrimas de seu rosto. — Se não fosse por isso... Deixa pra lá.

Golden: De nada, mas estava chorando por causa disso? — Todos formamos uma roda ao seu redor.

Mike: É-é, eu achei que tinha perdido ele, e só Deus pra saber o que aconteceria se eu o perdesse. — Freddy o ajudou a limpar o rosto enquanto falava. — Obrigado, mas ainda não está completo.
 

O telefone no escritório começou a tocar, mas que som irritante. Mike foi apressado atender. Todos ficamos no salão esperando o retorno dele. Foram uns cinco minutos até que ele voltasse, mas agora estava com uma cara de desespero.

Puppet: Era o James? — Olhou preocupada para ele, era primeira vez que a via dessa forma.

Mike: Sim, ele está vindo aqui para pegar o relatório, junto da equipe de investigação. — Agora a coisa ficou muito feia.

Golden: Vamos para a Part's and Services terminar isso de uma vez. — Puppet o seguiu junto de todo o resto, mas ele parou na entrada. — Desculpem, mas não temos tempo para sugestões.

Freddy: Eu posso ir também? — Falou morto de preocupação.

Golden: Está bem, foi você quem o salvou aquela noite. — Bonnie também foi até eles, antes de falar Golden o interrompeu. — Já tem gente o bastante, esperem aqui e nos avisem quando eles chegarem.

Puppet: Cuidado para não serem vistos. — Logo após ela terminar a porta foi fechada.
 

Sem muito o que fazer eu voltei para a Pirate Cove. Não queria gastar minha folga conversando, e também não tinha ninguém para falar sobre algo.

 

Depois de me colocar em uma posição confortável, escutei passos perto da entrada. Apenas ignorei achando que era algum deles de passagem, mas em seguida ouvi alguém me chamando.

Foxy: O que é? — Disse com toda a animação do mundo, só que não.

Bonnie: Desculpe pelo incomodo, mas eu preciso falar algo sério com você. — Ele batia seus dedos indicadores de tão nervoso que estava.

Foxy: Oh... Bonnie, não sabia que era você. — Falei mas calmo tentando mostrar que ele não me chateava. — Entra.

Bonnie: Obrigado. — Ele olhou algumas coisas que eu usava nos shows. Nos sentamos de frente um para o outro. — V-você poderá ficar bravo com o que eu vou te contar.

Foxy: Mesmo que seja algo que não me agrade, eu nunca iria me chatear com você. — Sorri fraco esperando o que ele fosse me dizer. — Pode falar, sem medo.

Bonnie: Okay. Quando o Freddy deu aquela bronca em você na outra pizzaria... — Recordar disso era péssimo para mim, já que não entendi o porque dele me acusar daquelas coisas. — Fui eu quem contei aquelas coisas para o Freddy e...

Foxy: O que? — O interrompi surpreso, por qual razão ele faria algo assim? — Tem ideia do que isso causou em mim?

Bonnie: D-desculpa, eu não queria fazer isso, mas... — Não sei se eram lágrimas de crocodilo, mas eu não acreditaria nas desculpas dele. —Foi preciso.

Foxy: O que você estava pensando, queria que ele tirasse minha alma de mim? — Questionei mais bravo que o Golden. Ao mesmo tempo eu fiquei de pé na frente dele. — Ein?!

Bonnie: N-nn-não eu... fiz isso por... —  Ele fechou os olhos relutante em me dizer.

Foxy: Vamos, me diga o porquê. — Estava esperando qualquer desculpa vindo dele, já sabia que seria por egoísmo.

Bonnie: Porque eu... eu. — Suas pausas para falar me irritavam cada vez mais, eu já estava quase fazendo ele cuspir oque estava prendendo no pescoço. — Eu te amo!!

Foxy: ... — Estava em choque, cai no chão na mesma hora sem acreditar nas palavras dele. — O que vo-você disse?

Bonnie: Que... que eu te amo Foxy. — Ele chorava fraco ao mesmo tempo em que segurava a garganta que devia estar doendo um pouco. — Desde sempre reparei em você, e sempre que você ficava triste eu também me sentia mal. Depois de ver você e a Mangle juntos eu não aguentei e fiz aquilo. Mas agora estou aqui, revelando tudo...

Foxy: Bonnie... — Me arrastei até ele e começei a enxugar suas lágrimas. — Se tivesse me dito isso antes eu teria entendido.

Bonnie: Você ainda está bravo comigo não é? — Ele me encarou com seus belos olhos lilases me forçando a esquecer toda aquela raiva.

Foxy: Claro que não, como disse antes eu nunca iria me chatear com você. — O abracei na tentativa de conforta-lo e quando ele deitou seu rosto eu meu peito sentí meu coração disparar.

Bonnie: Está nervoso com alguma coisa? — Ele tinha ouvido e talvez até sentido ele batendo, droga. — Foxy?

Foxy: Acho que ele está assim pelo o que você me disse. — Ele ficou da mesma forma que eu, sem reação. — Não posso negar, eu também amo você.

Bonnie: ... — Aproveitei que ele não se movia e cheguei perto de seu rosto.
 

Além de mim, Bonnie também estava corado. Ele sabia o que aconteceria e apenas esperou pela minha ação. Me apoie no peito dele e senti se coração batendo tão rápido quanto o meu.
 

Parei por um segundo, achei que não seria certo fazer isso. Bonnie não quis esperar mais e avançou para cima de mim, me fazendo cair no chão. Não sentia nenhuma dor, apenas foquei nos lábios dele que agora estavam unidos aos meus.

 

O abracei querendo traze-lo para mais perto. Bonnie também começou a me tocar e parecia que estava fazendo uma trilha pelo meu corpo, naquele momento eu percebi que não o largaria até que terminasse aquilo.

P.O.V. Freddy
 

Com apenas nós quatro ali não foi difícil. Notei que Golden e Puppet já não estavam brigando mais, iria perguntar sobre isso depois. Por fim fizemos o que restava para terminar o relatório, com todas as ideias juntas colocamos que a causa foi um erro na instalação do chip que controlava os movimentos da Toy Chica, combinado com o bico retirado a mordida era inevitável. 
 

Assim que saímos Spring avisou que eles haviam voltado, todos corremos para nossos devidos locais. Bonnie e Foxy foram os últimos percebi uma grande tensão entre ele, o que eles aprontaram?

James: Chegamos Mike. — Disse enquanto andava pelo salão junto de mais quatro pessoas. — Espero que tenha descoberto alguma coisa nos Toy's.

Mike: Oh sim, está tudo no relatório que me pediu. — Ele olhou para nós por um breve momento enquanto entregava o papel que tinha nas mãos. — E também... onde está?

James: Perdeu alguma coisa? — Os quatro humanos também olharam para ele suspeitando de algo.

Mike: Sim, eu deixei na Part's and Services e- Um pequeno plástico surgiu diante dele contendo um chip. — Aqui está.

James: A peça defeituosa, então nosso trabalho com a investigação terminou senhores, podemos dar caso encerrado por nossa parte. — Todos se olharam satisfeitos e logo em seguida foram para o segundo andar da pizzaria.
 
 

Enquanto esperava pensei que o plástico devia ter sido ação do Golden ou da Puppet. Falando neles, notei quando eles apareceram, estavam de mãos dadas. Agora não era mais uma suspeita, e sim um fato, eles estavam namorando.

Quebra Tempo
 

Após uma espera entendiante os quatro voltaram, Mike em especial estava com uma expressão de completa felicidade. Presumi que ele não tinha sido mandado embora. Agora teriam mais tempo para descobrir uma coisa muito importante.

Continua...
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...