História Foda-me - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Eróticos, Incesto, Sexo Selvagem
Visualizações 33
Palavras 742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Harem, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aviso:
Drogas lícitas e ilícitas
Sexo a três

Quero deixar claro que apesar do capítulo conter consumo de drogas eu sou TOTALMENTE contra ao uso de qualquer tipo de droga, sendo ela lícita ou ilícita.

NÃO USEM DROGAS!

Boa leitura!

Capítulo 4 - Sexo, Drogas e Rock'n Roll


Fanfic / Fanfiction Foda-me - Capítulo 4 - Sexo, Drogas e Rock'n Roll

"Sexo, Drogas e Rock'n Roll. Livre-se da droga e terá mais espaço para os outros dois" (Steven Tyler).

Namorar um astro do rock pode ser cansativo mas tem lá suas vantagens, como o fato da libertinagem ser totalmente aceita e por vezes ser muito louca.

Não existem restrições dentro do mundo do Rock, você é livre pra fazer o que quiser.

Passo entre as pessoas que estão na sala passando três baseados da melhor maconha que temos pra lá e pra cá.

Em um canto um grupo de garotas se encontram totalmente sem roupas enquanto alguns caras jogam bebidas nelas o que as fazem lamber os corpos uma das outras.

Em um sofá próximo a janela duas garotas fazen sexo e só de ver sinto minha intimidade ficar molhada.

Procuro por Ethan mas não o encontro em lugar algum nessa merda de suite principal.

Ethan é um cara alto, musculoso e de mãos calejadas de tanto tocar guitarra insanamente bem.

O acho ao lado do Will, seu melhor amigo.

- Achei você.

Digo dando um beijo em sua boca 

- Que tal irmos tomar uma banho, hum?

Pergunto com um sussurro rouco em seu ouvido, ficando satisfeita quando seus pelos se arrepiam.

Sem dizer nada ele me leva ao banheiro onde ligo a banheira e me dispo sob seu olhar malicioso, posso sentir seu olhar queimar minha pele.

Seus dedos tocam minha cintura me fazendo extremecer ao simples toque, minha respiração acelera quando sua outra mão viaja até minha nuca, prendendo fortemente meus cabelos em seu punho e sua boca encontra a minha em um beijo possessivo e quente.

Sua língua denominando o ritmo apressado e exitante.

Nos separamos sem ar e me dirijo até a banheira enorme que está cheia até um pouco mais da metade, ligo ela dando com que a água se nova como em uma Jacuzzi.

Ethan senta-se atrás de mim e prendo meus cabelos loiros em um coque firme.

Ele ensaboa meus ombros e deposita um beijo em meu pescoço enquanto deito minha cabeça em seu ombro, suas mão descem até meus seios rijos e gemo baixinho.

Descendo a mão lentamente até minha vagina ele insere um dedo e o movimenta de forma lenta porém, firme.

Foda-se.

Nunca fui muito paciênte.

Tiro seu dedo de mim e me viro pra ele enquanto vou até a outra ponta da banheira, ele vem até mim e devagar me preenche com seu grosso e delicioso pau.

Apoio meus ante-braços na beira da banheira e ergo meu corpo, ficando com a vagina perto da saída de água o que faz com que um sensação maravilhosa percorra por todo meu corpo.

Ele me fode com força.

A água se movimentando a nossa volta, tocando nossos corpos como uma carícia manhosa e sedutora enquanto seu ritmo aumenta e eu gemo.

Alguém entra no banheiro e começa a mijar.

Ele é alto, loiro e musculoso.

Gostoso.

- Ei! Vem aqui.

Ethan o chama e o cara o olha e então olha pra mim.

- Preciso que segure ela pra mim.

Ele caminha até mim e se senta na banheira, deixando seus pés dentro da mesma.

Me seguro em suas canelas e ele passa os braços debaixo dos meus suvacos.

A sensação de ter Ethan socando em mim é indescritível.

Seu pau parece que vai me arregaçar o que me arranca gemidos cada vez mais altos e incoerentes.

- Caralho cara, vou vai arregaçar ela.

O loiro dá voz aos meus pensamentos.

Ethan acelera os movomentos.

O loiro beija meu pescoço e moridosca minha orelha enquanto extremeço pelo contato na área sensível.

- É uma bela visão.

Ele murmura em meu ouvido e olho pra baixo.

O pau de Ethan grosso fodendo minha buceta, a água clara subindo e descendo até um pouco acima do meu umbigo e uma das mãos do loiro em meu seio.

É muito.

Muito prazer pra absorver.

Ethan entrando e saindo sem parar, a mão do loiro em meu seio, sua boca em meu pescoço, a água em meu ventre.

Começando a fazer movimento para que meu quadril encontre como o do Ethan uma nova onda de prazer atravessa todo o meu copo.

Começo a gemer alto e fecho meu olhos jogando minha cabeça no ombro do loiro quando o clímax me alcança.

Ethan me fode por mais alguns segundo antes de sentir sua porra me preencher e surpreendentemente o loiro também goza sem nem ao menos tocar em seu pau.


Notas Finais


NÃO USEM DROGAS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...