História Foda-se - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aleatório, Crítica, Desabafo, Drama, Foda-se, Raiva, Suícidio, Vida
Visualizações 57
Palavras 333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não comente.
Não dê like.
Não divulgue.

Só pense um pouco mais.

Capítulo 1 - Oh! E agora que ele(a) se foi?



Legal. Olha você aí de novo. Chorando sozinho no banheiro esperando que alguém milagrosamente note suas lágrimas. Não minta para si mesmo, eu sei que no fundo quer que todos vejam como você é um pobre coitado, vítima da cruel sociedade.

Oque foi? Foi usada de novo? Deixou que ele te levasse pelo encanto? Ou foi seduzido pelo corpo belíssimo dela? Não importa... Deu no mesmo.

"Achei que me amasse, eu dei tudo para aquela pessoa e ela me abandona assim."

Pois é. A vida é cruel, não é, pobrezinho? Mas vou te dar um conselho. Pare.

Pare de achar que só porque você fez algo bom para alguém ela tem que retribuir o favor te amando para sempre ou te tratando como se você fosse importíssimo para ela.

Os humanos possuem livre arbítrio. Eles podem ir e vir como quiser. "Abandonar" quem quiser, como quiser. Desde que não quebre nenhuma lei (mas se eles quiserem quebrar, também pode. Eles que arquem com as consequências).  Fazer o que bem entendem e não devem explicações a ninguém.

Doeu? Óbvio.

Lágrimas? Com certeza.

Foi filha-da-putagem? Foi.

Já faz mais de um mês, meu querido. Pare de culpar aquela pessoa que "te deve tanta coisa pelo seu carinho e amor" pelo sofrimento que você mesmo se impõe. Você diz que foi "usado" por ele, ela, que se dane. Não acha que fazer uma boa ação e esperar uma retribuição na mesma moeda é um pouco manipulador também?

Se você realmente amasse aquela pessoa você ia querer vê-la feliz, não?

"Mas eu não a amo depois do que ela fez!" 

Ótimo. Então pare de sofrer por ela. Aparentemente ela não vale seu amor.

Você também tem livre arbítrio (acredito eu). Faça o que quiser a partir daí. Mostre para ela que você está melhor sem ela, ou corra atrás dela novamente, ou chore no banheiro por ela, se mate por ela, mate por ela.

Eu não me importo. Não falava sobre o amor de qualquer forma. Falava sobre ações. Suas ações. Aquele que te abandonou tem vontade própria. E você?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...