História Fofo não! Pevertido -Vhope or Taeseok - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Seventeen, Stray Kids
Personagens Bang Chan, Boo Seungkwan, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Han Ji-sung, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Huang Zitao (Tao), Hwang Hyun-jin, Jang Doyoon, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeon Wonwoo, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Junghan "Jeonghan", Kim Jong-dae (Chen), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Mingyu, Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Seung-min, Kim Taehyung (V), Kim Woo-jin, Lee Chan "Dino", Lee Felix, Lee Jihun "Woozi", Lee Min-ho, Lee Seokmin "DK", Lisa, Lu Han (Luhan), Min Yoongi (Suga), Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Seo Chang-bin, Seungcheol "S.Coups", Shin Dongjin, Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Wu Yifan (Kris Wu), Xu Ming Hao "THE8", Yang Jeong-in, Yao MingMing, Zhang Yixing (Lay)
Tags Bangtan Boys (BTS), Hoseok!bottom, Jikook, Namjin, Taehyung!top, Taetae Das Quebradas, Vhope
Visualizações 68
Palavras 3.232
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi aqui estou eu bem plena, se vcs quiserem me matar não vão poder.
Eu espero que vcs morram com o capítulo de hj (hehehe) brincadeira, o capítulo ficou meio grande e eu espero que vcs gostem.
AVISO: O BAGULHO AQUI É +18 SE VC NÃO GOSTA (OQUE É IMPOSSÍVEL QUE SEI QUE VCS SÃO TUDO PERVERTIDA) É SÓ NÃO LER.
Amo vcs mochi's da minha vida todinha.

Boa leitura

Capítulo 4 - Capítulo - IV


Fanfic / Fanfiction Fofo não! Pevertido -Vhope or Taeseok - Capítulo 4 - Capítulo - IV

Meu Santo...

A bunda do Hoseok é muito grande e parece tão gostosa de aperta, mds... Esse menino literalmente acabou com minha sanidade.

Eu imagino ele todo nuzinho lindo de bonito na minha cama, isso seria espetacular. 

Dizendo assim:

" Taetae eu quero vc"

Nossa... como eu posso pensar uma coisa dessas? O Hoseok é um bebê, ainda é muito puro.

bebê sou eu. ah Kim Taehyung vc ainda não viu nada sobre Hoseok

- Quem é vc? - falei assim que ouvi uma voz em minha cabeça e vi um ser, eu so que em miniatura flutuante.

eu sou vc desgraça, na verdade sou seu subconsciente.

Ele era eu?. Ele vestia roupas sociais e falava na minha mente enquando estava sentado em cima de uma... mesa?

-Como assim?

eu sou seu subconsciente, sempre estive aqui assistindo vc fazer suas burradas. E que triste vc não vai para o céu não menino

- eu estou ficando doido?deve ser pelo oque aconteceu ontem com Hoseok. - susurrei baixo.

eu vou nessa, seu amigo esta falando com vc.

- quê? - falei já vendo meu "subconsciente" sumir do nada na minha frente,faz tempo que ele brota na minha mente.

- e ele nem me deu atenção. - Minho falou ao meu lado e vi formar um biquinho em seus lábios em seguida ouvi ele resmungar alguma coisa.

E aqui estou eu sentado em um banquinho meio afastado do pátio na escola, bem lindo e sereno, com sono do 'Karai e com esse cara de bunda aqui do meu lado (o Minho), ele não para de resmungar. Caramba, foi da a bunda e o Jisung não quis, só pode ser isso.

- Tae, vc esta ouvindo oq eu estou falando? - sai de meus pensamentos quando Minho me deu um tapa no braço.

- Ai credo, pra quê agredir? oque é? - perguntei massageando aonde ele tinha me batido.

- esta pensando no Hoseok, Tae? - O anão de jardim brotou do nada. Eu tenho os meus sinceros medos de Park Jimin.

- Aish, capeta não aperece assim do nada não. - falei passando a mão no cabelo.

- Vish, vc anda tão distraido Tae, no que anda pensando? - Jimin me olhou com um olhar malicioso.

- Em nada.- falei ja meio sem paciência.

- É no Hoseok, não é? - Jimin e seu olhar malicioso sobre as pessoas.

- oq aconteceu naquele dia que vc foi para a casa do Hoseok? - Minho se meteu na conversa antes q eu falasse alguma coisa.

Oq aconteceu?? Eu nem lembro.

Flashback_ON_

- Acho que também ja vou não é Hoseok?

- não Vai, fica, por favor - ele falou do nada com as bochechas meio coradas ainda.

- vc tem certeza?

- se isso não for te atrapalhar no trabalho.

- Ho, não mesmo. Ok eu fico. - ele me sorriu todo animado.

-Ta mais o que vamos fazer? -Ele me perguntou sentando na cama com um bico

- Eu vou fazer aquilo que eu te disse. - Falei chegando perto dele

- O-oque? - Disse com suas bochechas rubras

- Fazer você revirar os olhos - Sussurro tirando a coragem do cu so se for.

Antes que ele falasse alguma coisa, puxei ele para mais perto, fazendo com que ele batesse de encontro com meu peito. E vcs não tem noção de como eu estou, sinto fogos de artifício sairem de dentro de mim, e não é exagero ta.

Logo começo a deixar selares por todo o seu pescoço e assim sentindo o cheirinho dele, ele tem cheirinho de algodão doce, que fofo. É,o cheirinho é gostoso sera que o dono também?

Vejo Hoseok tombar um pouco a cabeça para tras deixando a curva do seu pescoço toda livre para mim. Raspando os dentes deixando aquela parte levemente vermelha, senti as mão de Hoseok passar a puxar meus fios de cabelos azulados um pouco forte e logo começou a soltar algumas arfadas manhosas.

Porra, faz isso não eu to duro "pa" pest. O Hoseok faz uma coisa dessas não sabendo que o fato dele esta respirando ja me deixa de pau duro.

Hoseok se sentou em meu colo, com a perna em cada lado, mas isso não fez com que eu parasse com os selares em seu pescoço. Então para o meu sofrimento (ou talvez não) Hoseok começou a rebolar devagar em meu colo fazendo seu membro roçar no meu devagar, e assim tendo o sucesso do meu amiguinho despertar mais ainda. Apertei sua cintura assim que senti ele meio que cavalgar em cima do meu colo. Meu Deus...Esse menino vai me matar desse jeito.

Ouvi meu bebe soltar mais uma vez um gemido so que dessa vez mais manhosinho. Que fofo, eu já falei que Hoseok é fofo? não da pra ser safado com ele.

- Meu baby gosta quando eu faço assim? - apertei sua coxa direita, e com sucesso. (Aeee parabéns pra mim!!) ouvi ele gemer mais uma vez.

- Taetae, ...woon...o Hoseok ta gostando - ele falou tão gostosinha. O clima estava ficando bem quente, e muito bom por sinal, senti que o quarto ia pegar fogo naquele momento, era uma mistura de intensidade e tesão, MUITA tesão - ah, Tae Tae vc esta com calor? a gente pode resolver isso, hum? oq acha?.

Que isso menino?... se bem que eu gostei.

- Então resolve esse probleminha para o seu Daddy, se não... - falei parando com os selares e encarando o rosto lindo do meu baby, parei minha fala e fiquei admirando ele. é realmente ele é muito lindo. Morri.

- Se não, oq? - Hoseok falou ja passando a mão por baixo da minha camisa.

Antes que eu falasse alguma, senti a mão dele passeando por todo meu abdome (viu eu falo certo, não é que nem vcs que falam abs ) E logo dps sua mão seguiu até a barra da minha camisa, e quando eu achei que ele iria tirar-la, ouvimos alguém gritar novamente da porta.

-HOBI, A GENTE VAI SAIR, A OMMA E O APPA VÃO ME LEVAR NO PARQUINHO - porra tinha que ser a Sana vou pensa muito sobre levar ela para brincar com Baekhyun - AH! E O JACKSON E O MARK, FALARAM QUE ERA PARA VC GEMER BAIXO, NÃO ENTENDI BEM O PQ,MAS ELES ME FALARAM PARA MIM VIM DA ESSE RECADO PARA VC. TOMA CUIDADO TCHAU HOBI.

Só deu tempo de ver meu bebê pular de cima do meu colo novamente e correr para abrir a porta.

- Jackson e Mark estao aqui? Oq o Jackson falou para vc Sana? - Hoseok perguntou abrindo a porta e olhando para Sana que se encontrava com olhar confuso.

- sim eles vinheram falar com vc sobre uma atividade escolar, so que eu disse que vc estava com o Taehyung, então eles falaram que ja iam embora. E o Jackson falou que era para vc gemer baixo, daí eu perguntei o pq, e o Mark disse que era so pq vc era desastrado e se machucava rápido. Você Promete não se machucar? não quero o meu irmãozinho chorando pela casa. - Essa Sana, eu preciso cair fora daqui é muita fofura.

- Affe. Eles estão Aí.- Hoseok afirmou mesmo sabendo sobre a resposta da mais nova.- VCS SÃO TÃO IDIOTAS.- Hoseok gritou.

- A GENTE TAMBÉM TE AMA PRAGA. - suponho que seja o Jackson falando isso.

- VAMOS SANA ?- o pai do Hoseok chamou a menor

- Já vou appa. Tchau Hoseok, Tchau Taehyung. - a menor balançou as mãozinhas e sem esperar nossa resposta novamente ela saiu correndo.

Como pode um ser tão pequeno falar tanta coisa?

Logo vi Hoseok virar para mim com as bochechas rubras.

- Hoseok, vc é tão fofo - falei vendo formar um biquinho em sua boca. - Volta para cá vem. - falei estendendo as mão para ele vim até mim.

- Tae, acho melhor a gente fazer outra coisa.

- Pq?- perguntei ja frustrado.

- Taehyung!!

- Ta bom oq quer fazer? - perguntei ja indignado por não ter mais ele em cima de mim.

- meus pais saíram estamos sozinhos em casa, vamos... assistir um filme.

isso é sério?um filme? Eu quero te...

- Filme? que filme? - perguntei sem conseguir conter a cara de tédio.

- vem - ele falou saindo do quarto

- ok, vamos lá - me levantei da cama e segui com ele até a sala, chegamos e logo me joguei no sofá enquanto ele ligava a TV e botava o tal filme.

- pronto- ele falou ja se sentando do meu lado e o filme começou.

eu como não sou muito fã de filme apenas fiquei olhando o rosto do meu bebê e admirando cada expressão que ele fazia conforme o filme ia passando, logo senti ele se encostar mais em mim e abracei ele de lado sentindo ele bota a cabeça em meu peito e voltar a assistir o filme.

Acabei por dormir e nem percebi.

°•°•°

Acordei com um ser muito fofo em cima de mim, Me encarando e vcs ja devem imaginar quem é. Ele estava sentando no meu colo com a perna de cada lado. E quando ele viu que eu havia acordado ele tentou sair mais eu o segurei.

- Hoseok, oq fazia? - perguntei o encarando.

- nada o filme acabou e... vc dorme de mais Taetae - ele falou e eu sorri de lado.

- desculpe bebê eu juro que não ia dormir - falei me aproximando de seu rosto.

- sei... meus pais ligaram eles só vão voltar a tarde, vai ficar aqui comigo, né? - ele falou todo sorridente como uma criança que pede doces.

- eu nao posso bebê . - falei ja vendo seu sorriso morrer e nascer um biquinho fofo.

- Pq? vc mesmo disse que eu sou um bb, não posso ficar sozinho.- falou me abraçando e encostando a cabeça no meu ombro.

- Iti malia. Ta bom eu fico.

Eu não faço ideia de como vou fazer para falar com Kim Seokjin dps. vai da merda eu sei.

- Ebaa. - ele falou pulando em meu colo, senti isso como um rebolado.

- Não faz isso Hoseok- falei segurando a cintura dele para ele não continuar oq estava fazendo.

- não fazer oq? - falou inocente - isso? - começou a rebolar - ou isso? - começou a descer a mão para o ziper da minha calça.

- não brinque com isso criança.- falei fingindo seriedade.

- eu não sei de nada, eu não sei de nada - falou agora botando as mãozinhas para cima fingindo inocência, e continuando a rebolar novamente.

puxei ele para mais perto e comecei a cheirar seu pescoço, sentindo o menor se arrepiar, ele virou o rosto deixando aquele lado livre para mim. Logo ouvi ele arfando.

- seu cheirinho é tão gostoso.- falei rouco perto do seu ouvido.

- Taetae.- o menor me chamou manhoso.

- Hum - Falei sem para oque estava fazendo.

- Vc gosta quando eu faço assim - começou a rebolar devagar e depois rápido e depois parou me olhando inocente.

esse bebê de inocente não tem nada.

- Vc esta acordando alguém pare com isso. - falei ja sentindo meu "amiguinho" acordando.

- quer que eu pare daddy? - falou.

- Hoseok...woon- deixei escapar um gemido quando ele começou a massagear meu membro por cima da calça.

- daddy, o seu babyboy esta com fome.

- O-oq o meu... woon... b-babayboy quer?

- quero leitinho. - falou ja abrindo o zíper da minha calça. - primeiro vamos brincar um pouquinho- abaixou um puco a minha calça deixando o volume do meu membro a mostra pela box e ele começou a rebolar .

- Vai fazer seu Daddy sofrer? vc é garoto malvado vai levar muitas punições se continuar assim.

- eu sou um baby boy malvado daddy? Então eu vou continuar assim daddy quero ver suas punições.

- Sim... woon... vc é. -Logo puxei seu rosto para mais perto e apertei sua cintura.- um garoto muito malvado,é assim que o daddy gosta.

senti ele passar a mão por cima da box e apertar meu membro ja duro, deixei um gemido escapar pela pressão que agora estava com meu membro e sua mão.

todas as criaturas do céu e do inferno,venham me socorrer. Eu não tô sabendo lidar com isso não.

senti Hoseok abaixar minha box e em seguida vendo ele observar meu membro duro. Logo ele envolveu a mão em meu membro e começou a fazer movimentos de cima para baixo, começando uma masturbação.

- Está gostando Daddy? - falou acelerando a masturbação em mim ele me olhou com um olhar inocente,so que sei que ele não tem nada de inocente.

- Sim... woon... suas mãos são... perfeitas.-falei entre os gemidos.

- Que bom que estou fazendo um ótimo trabalho.- falou acelerando ainda mais a masturbação.

- Hoseok... seu filho da mãe- falei quando ele parou a masturbação em mim do nada,e sorriu travesso.

- olha temos um probleminha com a minha mamadeira - Hoseok falou me olhando com um olhar malicioso. Mds... foi ele que disse isso mesmo?

- É so vc botar na boca e chupar que esse probleminha vai embora. - falei sorrindo de lado.

- e se não der da boquinha?- ele falou passando a mão na cabecinha do meu membro.

- QUER SABER MESMO AONDE EU VOU ENFIAR MEU PAU SE VC NÃO BOTAR LOGO ELE NA PORRA DA BOCA ??- gritei vendo ele rir.

- aonde?? na minha bunda? - ele falou se abaixando,logo senti sua respiração meio quente sobre meu membro.

- Vai logo com isso Hoseok - falei fechando os olhos por sentir meu membro pulsando.

Hoseok, começou a lamber a cabecinha do meu pau e isso me fez delirar,logo senti ele botar a boca de uma vez em meu pau e começando a chupar devagar.

- woon... H-Hoseok... sua... Ah droga... mais rápido. - falei levando minha mão até seus fios de cabelos e logo vi Hoseok obedecer e começando ir mais rapido.

- isso... seu filho da puta - xinguei. puxei seu cabelo,ele me ecarava e as vezes ele chupava devagar para me irritar era isso.

- Hoseok... eu vou gozar caralho. - falei ja prevendo isso.- sai logo - ele me olhava e permanecia a me chupar. Aonde ele pretende chegar com Isso? - É assim... que... vc quer? - ele continuou so que mais rápido e então cheguei ao meu limite e gozei na boca do mesmo ele deu uma última chupada que fez um estralo engraçado e dps se afastou e me encarou.

- abre a boca - falei e assim ele fez.- agora engole tudo meu baby.- e novamente ele obedeceu.

- seu leitinho é gostoso daddy. - ele falou passando a língua nos lábios tirando qualquer vestígio de porra que estivesse lá.

Eu olhava para ele ainda tentando controlar a respiração, tombei a cabeça para trás e tentei contro-la, depois de algum segundo consigo voltar ao "normal" . Esse menino não é tão bebê assim.

- Pobre Taehyung - falou rindo e me encarou - pelo visto o jogo virou,não é vc que vai me fazer revirar os olhos e Renée seu nome.

- Eu vou sim,sempre consigo o que eu quero.- falei e sorri simples.

- não hj. Ainda estou com fome. - sorriu travesso.

- Vc é um safado.- falei e sorri de lado.

- vamos - ele falou me puxando e eu levantei do sofá - nós precisamos de um banho. - ele falou e fez umas careta fofa. Subi minha box que até agora estavam no meio das pernas e segui meu bebê até o banheira abraçando ele por trás.

depois do banho, onde rolou muitas mãos bobas da minha parte,fomos para cozinha e Hoseok inventou de fazer o almoço, para falar a verdade, Hoseok é muito melhor chupando "coisas" do que cozinhando.

- Como vc queimou isso?? - perguntei olhando o nosso almoço indo por água abaixo.

- Ain credo! foi eu não, foi o capeta, eu não tenho nada haver com isso. - falou enquanto se sentava abraçando as pernas todo encolhido em cima da mesa. E não me pergunte como ele foi parar lá em cima.

- Aham, então o capeta é vc,vc que estava cozinhando. - o olhei e ri da cara que ele fez quando eu falei isso.

Eu dei um jeito de fazer nosso almoço e depois fomos para a sala assistir alguma coisa, eu pretendia beija muito ele só que ele não deixava e sempre saia rindo da fundo cara,os pais dele chegaram e eu fui para casa escondido, ja que Hoseok agarrou nas minhas pernas e disse que eu só iria sai de lá quando a Neide roubasse o Jungkook do Jimin,Oq eu nunca iria acontecer.

Flashback_OFF_


Acordei dos meus pensamentos, quando o sinal da escola tocou e eu percebi que estava sozinho sem Minho e nem Jimin ao meu lado. Estava com as mãos soadas, levei as mesmas até o cabelo e soltei um suspiro,tento a certeza que ninguém estaria me observando levei a mesma até o meio das minha calça sentindo meu membro pulsando.

olha só temos alguém durinho

meu subconsciente brotou do nada com óculos solar e uma camisa cheia de flores e uma margarida no cabelo. parecia que ia para praia.

- o que vc esta fazendo aqui? e para onde pensa em ir vestido desse jeito?- falei sussurrando eu parecia um pouco falando "sozinho".

Acho melhor vc resolver o bagulho ai com teu "amiguinho", vai lá banheiro vai.

- Para de ser idiota, eu não preciso disso,eu sei me controlar. - falei segurando minha mochila e levantando do banquinho.

Aham sei. pode nem pensar no Hoseok que já fica de pau duro,seu pervertido.

Ignorei ele em minha mente, e segui para sala de aula com um incômodo entre as pernas, enquanto isso meu subconsciente ia cantando.

Onda,Onda olha a olha - batia palma.

Parei de andar e olhei para o banheiro masculino. Eu não vou demorar vai ser rápido.

Isso Taehyung vai lá se masturbar pensando no Hoseok.-

- Cala boca praga.

Okay,okay. não está mais aqui quem falou. E respondendo sua pergunta de "Para aonde eu vou?" EU VOU FUGIR PARA MIAME, TROCAR DE NOME.

falou abaixando o óculos solar e piscando para mim, em seguida desapareceu. Entrei no banheira e investigue as outras cabines para ver se estava realmente sozinho,e eu estava. entrei na primeira cabine e me sentei no vaso com estampa fechada joguei minha mochila em um caro ali e em seguida abaixei minha calça e minha box e envolvi minha mão ao meu membro fazendo movimentos de cima para baixo e acelerando os movimentos deixando ser envolvido pelo prazer. Deixei alguns gemidos escaparem,chamando por Hoseok é imaginando coisas heróicas,se é que vcs me entendem. Terminei chegando ao meu limite e deixando a porra descer pela parede. peguei o papel higiênico e limpei todo vestígio que estivesse ali me limpei e usei o moletom que estava na minha bolsa.

sorte minha.

quando decidi sair da cabine do banheiro para lavar minha mão na pia,ouvi alguns risos baixo, e quando abri a porta dei de cara com o ser humano que menos esperava aquele momento,sentado em cima da pia de mármore do banheiro, me encarando.

- O negócio está era bom heim, Taehyung?







Continua...


Notas Finais


Eu vou embora antes que me matem, mas antes... me desculpem pela demora para atualizar o capítulo, é que eu sou uma vagabunda mesmo, me xinguen depois (mentira me dêem amor).
Ah, e outra coisa. Já estou trabalhando no próximo capítulo.
Quê mais que eu tenho que falar...
Tô contando os minutos, segudos para o niver da nossa omma Jin. OMMA É KARAI ELE É UM HOMÃO DA PORRA TODA.
E É ISSO É NÓS QUE VOA,ME DESCULPEM PELOS ERROS DE ESCRITA E EU VOU CORRIGIR O PRIMEIRO E SEGUNDO CAPÍTULO DESSA BAGAÇA( OU TENTAR NÉ)
É SÓ
"EU VOU FUGIR 'PRA MIAME, TROCAR DE NOME"
TCHAU, BJS DO JIN PARA VCS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...