1. Spirit Fanfics >
  2. Fogo e Sangue (2 temporada) >
  3. União de gelo e fogo.

História Fogo e Sangue (2 temporada) - Capítulo 68


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️⚠️ LEIAM AS NOTAS FINAIS!!!!⚠️⚠️











Olá pessoal!! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Vamos para mais um capítulo da nossa história hoje!

O capítulo vai ser um pouquinho grande, então peguem algo para comer e beber vamos lá!

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Espero que gostem e tenham uma ótima leitura!!❄️🔥😉

Capítulo 68 - União de gelo e fogo.


Fanfic / Fanfiction Fogo e Sangue (2 temporada) - Capítulo 68 - União de gelo e fogo.

                 Daario Naharis


Haviam se passado alguns dias desde que Daario ficou sabendo que Ivar estaria chegando a qualquer momento.

Daario estava preparado.. era final de tarde, o sol estava se pondo no horizonte e Daario via ele dar seus últimos suspiros de vida no céu da janela da sala de reuniões.

Ele estava ali, sozinho, porém pouco tempo atrás ele havia recebido notícias de que o tal homem que se proclama Tyrell estava ganhando alguns apoiadores.

Daario não ia dar atenção a ele, não era hora para tal. Para Daario, que deixasse o homem falar besteiras.

Daario bebia seu vinho de Dorne, ele havia pedido para enxerem suas taças com tal safra. 

Era bom o gosto e Daario gostava disso.

Daario via seus homens, lá embaixo no pátio, trabalhando arduamente em armas e armas de cerco. Tudo estava indo como ele queria.

O que preocupava Daario era que ele não havia recebido notícias de Uhtred, porém ele sabia que o comandante iria fazer o certo no final. 

Porém não era Uhtred que tirava o Naharis de sua concentração, e sim Ivar. Daario estava ansioso pelo reencontro dos dois, ele esperava ver Sansa Stark com ele.

Apenas com Sansa ele finalmente poderia dar o próximo passo. 


Daario estava imerso em seus pensamentos quando alguns soldados aparecem em sua porta, que estava aberta.


meu senhor, Ivar retornou da viagem e está em nossos portões.- disse um dos soldados.


Logo Daario, que estava de costas e olhando a janela, sorriu com tal notícia. 

"É só pensar no desgraçado que ele aparece." Pensou o Naharis.


deixem que entre, vá e diga a ele que quero vê-lo aqui, em minha presença.- disse Daario e os soldados fizeram uma referência, mesmo com seu senhor de costas, e saíram.


Daario então pega seu punhal e começa a girar o mesmo no dedo.. ele observava tudo de sua janela..

Ele via tudo..

Daario então vê o portão se abrindo e vê Ivar entrando com seu cavalo.. Daario estava ansioso..

Alguns soldados passavam logo atrás dele, porém nada de Sansa Stark.

Daario então começou a pensar que ele não capturou a mulher.. porém logo esse pensamento foi jogado fora quando uma carroça com uma jaula entra pelos portões, e nela estava Sansa.

Daario sorri, ele já tinha visto o que queria..

Então ele se senta em sua cadeira, a sua frente havia uma grande mesa com jarras de vinho, mapa e peças onde representavam o lado dele e o de Daenerys.

Daario então se acomodou ali e esperou por Ivar..


Alguns minutos se passaram e logo Ivar entra pela porta e com ele estava alguns soldados e uma certa ruiva..


Daario.- disse ele e Daario assentiu e seus olhos pararam na ruiva..


Sansa Stark, rainha do Norte. Onde estão seus lordes bajuladores agora?- disse Daario, debochando dela.


Ela o olhava com um misto de raiva e medo.. e Daario percebeu isso.


como sempre, pude contar com você ivar.- disse ele desviando sua atenção de Sansa para Ivar.


Ivar sorriu vitorioso.


não foi nada, foi fácil pegar a lobinha. Agora que a entrega está feita..- disse ele e logo Daario entendeu..


Eles tinham que conversar..


claro. Homens, levem Sansa para as masmorras, dêem o que comer a ela e o que beber.- disse Daario e logo os soldados que estavam na porta pegaram Sansa e a levaram.


Ivar olhou Daario e em seguida fechou a porta atrás de si..

Um silêncio tomou conta do local.. ambos se analisavam, se estudavam.. 

Ivar vestia uma corta de malha com facas em sua cintura e com calça negra e botas da mesma cor.

Seus cabelos estavam amarrados e seus olhos profundamente azuis olhavam Daario de cima a baixo..


Daario por sua vez tinha o cabelo solto, como de costume, e roupas simples. Porém em seus dedos ele brincava com seu punhal, enquanto olhava para Ivar.

Daario sabia o porquê do homem ficar para falar com ele. Ivar sabia que sua chegada era mais que requisitada e esperada..

Ivar sabia que o plano estava em ação, a partir do momento em que pegou Sansa.


- começou então..- disse Ivar e Daario assentiu..- nosso aliado sabe disso? Mandou a carta a ele?- Daario uma vez mais concordou.


Daario então se levanta e enche uma taça de vinho e entrega para Ivar..


- Uhtred está em Dorne, lorde Yronwood está com problemas e pediu meu apoio. Ao que parece uma mulher chamada Arianne fez um acordo com Daenerys em troca de um exército para ajudá-la a pegar Lançassolar.- disse Daario para Ivar.


Ivar sorri..


- Uhtred... conhecendo aquele ali, ele deve estar achando que seu destino é estar lá. Ele e o destino dele.. sempre aquela bobeira.- disse Ivar revirando os olhos.


Daario apenas sorriu...


- que plano temos até agora, Daario?- perguntou Ivar e Daario rapidamente foi até o mapa de Westeros e começou a falar..


- está vendo as separações que fiz nos demais reinos?- pergunta Daario e Ivar asssntiu- tudo foi para isolar Porto Real. Veja como o cenário atual se encontra.- disse Daario apontando para o mapa.


No mapa havia um "X" no reino do Norte, nas terras fluviais, nas terras da tempestade, nas terras ocidentais, na campina e em Dorne. 

Esse "X" estava em vermelho, o que significa que Daario já havia cuidado desses reinos e eliminado totalmente ou deixado eles sem forças para reagir.


- note que o "X" está nos reinos ao qual nós atacamos ou deixamos indefesos, como é o caso do Norte. Esses reinos não poderão ajudar Daenerys, não há tempo. Não conseguem.- disse Daario e Ivar analisava o mapa..


Daario pegou as peças do exército negro e cercou Porto Real.


- aqui, aqui é o nosso objetivo. Porém, não vamos atacar agora.- disse Daario.


Ivar sabia que havia um plano, porém Daario falou poucas vezes dele até agora, portanto naquela conversa quem ditava as regras era Daario.


- o que vamos fazer então? Esperar?- perguntou Ivar.


Daario apenas sorriu...


- não.. é aí que entra Sansa no plano. Não vou matar ela, ela serve mais viva do que morta. Entendeu?- perguntou Daario..


Daario falava olhando Ivar com um sorriso, e Ivar por sua vez encarava o mapa concentrado..

Daario sabia da enorme capacidade de Ivar em fazer estratégias e planos de guerra e ele esperava que Ivar soubesse do que ele estava falando ali.

Daario estava esperando Ivar sacar a real jogada do plano de Daario.


Ivar analisava.. e analisava.. e então ele pega uma peça no mapa, era um lobo.. e coloca em Jardim de cima..


- esta representa sansa.- disse Ivar.. Ivar mexia os dedos no mapa e tinha os olhos concentrados em cada região do Sul..


Ivar então pega um outra peça, era uma do exército negro e outra um sol com uma lança e os coloca e Dorne..


- este é Uhtred e seu exército, a outra é Arianne... A distração.. espera..- disse Ivar surpreso..


Daario só o olhava já sabendo que ele descobriu seu plano..


Ivar então mexe nas peças do dragão e do lobo.. Ivar então começa a mexer as peças e colocá-las em seus lugares..

Ivar tinha os olhos bem abertos.. seus mãos eram rápidas e faziam movimentos precisos no mapa..

Ivar então mexe nas peças do exército Negro e as coloca em pontos estratégicos.. 

Sua cabeça trabalhava, já entendendo o plano..

Ivar então para e olha e pega a última peça do exército negro e ergue ela e mostra para Daario..


- este é você e seu exército..- disse Ivar e logo Ivar coloca a peça que representava Daario no lugar certo do mapa de Westeros..


Ivar se afasta do mapa e olha tudo.. e diz..


- filho da puta inteligente.- disse Ivar olhando o mapa e Daario apenas assentia com um sorriso mal no rosto..


Daario então fica dinte do mapa e diz..


- com este plano nós tomaremos Westeros tão rápido que Daenerys e o bastardo nem vai saber de onde veio tudo.- disse Daario.


Ivar o olhava, Ivar via Daario como um líder a ser admirado.. Ivar então pergunta.


- alguém mais sabe desse plano?- diz Ivar olhando o mapa mais uma vez com as peças em seus lugares.


Ivar notou que era um plano calculado, não era um plano que era feito em um dia ou dois. E sim um plano ardiloso e feito a longo prazo para dar certo..

Ivar via que as chances deles subiram mais ainda.. 


- apenas eu, você e o líder de Nova Ghis, que se encontra em Pedra do Dragão aguardando seu momento.- disse Daario..


Ivar o olhou e assentiu..


- porque me contou o plano? Não tem medo de eu sair contando por aí?- disse Ivar com um sorriso.


Daario apenas riu dele..


- porque eu iria temer? Estamos juntos nessa e a verdade, Ivar, é que confio em você, você é meu braço direito. O soldado que fala aquilo que eu preciso ouvir e não o que eu quero, o soldado que sei que posso confiar a missão mais difícil com certeza que você irá cumprir.- disse Daario..


Ivar ouvia tudo com total prazer..


- você é imprevisível. A inteligência que está aqui é um dom- disse Daario apontando para a cabeça de Ivar- a raiva que existe aqui é um privilégio.- disse Daario apontando para o coração de Ivar.- use sua raiva e inteligência ao meu lado. Meu braço direito.- disse Daario colocando uma mão no ombro de Ivar..


Ivar apenas olhava tal honra que estava sendo concedida a ele com olhos surpresos.. 


- o que me diz, Ivar? Vamos destroçar o dragão? Vamos acabar com a dinastia Targaryen e começar a dinastia negra em Westeros? Hum?- Daario olhava Ivar, ele estava oferecendo o mundo ao seu comandante.


Ivar ficou em silêncio, ele olhava nos olhos de Daario.. ele sabia o peso da proposta.. 

Ivar pensava.


Se tinha uma coisa que Daario Naharis sabia fazer era falar bem.. ele tinha um dom que encantava as pessoas com suas palavras de tirania.. 


- sou seu braço direito, agora e sempre?- perguntou Ivar.


Daario diz..


- agora e sempre.- disse Daario e Ivar e Daario apertaram as mãos, em um aperto de aliados, um aperto que selava o pacto dos dois.


A verdade era que Daario via em Ivar uma arma que poderia ser usada em qualquer ocasião..

Pra que se preocupar em resolver as coisas você mesmo sendo que você tem alguém que pensa e age como você? Que pode muito bem servir muito bem.


Ivar então diz..


- e Sansa? O que vai fazer por agora com ela?- pergunta Ivar.


Daario apenas sorriu..


- vou aproveitar bem nossa prisioneira, afinal, ela precisa conhecer Daario Naharis.- disse Daario e Ivar entendeu..


Daario então abre a porta, porém antes de ir ele fala..


- enquanto eu estiver com Sansa nesses dias você toma conta do castelo, não quero ser incomodado.- disse Daario.


Daario com essas simples palavras havia dito que Ivar era o segundo no comando, no castelo é claro.

Ivar assentiu e Daario deixou a sala de reuniões, minutos após sua saída Ivar também saiu.. ele precisava descansar da viagem.


Enquanto isso Daario ia em direção as masmorras.. 



(Daenerys Targaryen...)


Daenerys estava nos aposentos onde seus filhos ficavam, Aegon e Lyanna estavam bem acordados e ambos brincavam um com o outro.. 

Daenerys via a cena com um sorriso no rosto, o mundo dela estava ali, a sua frente e ela só sabia sorrir.

Aegon tinha um dragão de pelúcia e Lyanna um lobo. E ambos se divertia..


Havia se passado alguns dias desde que Jon e ela haviam brigado.. e desde então ambos mal se falavam.

Daenerys sentia a falta do homem, porém ela esperava que ele viesse procurá-la desta vez.

Daenerys, que via os filhos, se virou e foi até a varanda do quarto ver o pôr do sol..

O pôr do sol era lindo em Porto Real, as nuvens tinham um tom avermelhado, cor sangue, que lembrava o Vermelho do dragão de sua casa.

Algumas tinham um amarelo vivo e hipnotizante, e ao horizonte o sol com uma coloração vermelha se despedia.

Daenerys via Drogon voando de forma protetora pela cidade, sua sombra cobria praticamente quase toda Porto Real.. Daenerys as vezes se esquecia do quão grande seu dragão estava..

"É como a mulher de vermelho disse, afinal." Disse Daenerys a si mesma se lembrando que Melisandre havia dito que Drogon iria crescer mais e mais..

Daenerys logo viu também quatro criaturas acompanhar Drogon no céu, eram os novos Dragões. Que Daenerys ainda não tinham os nomeado..

Daenerys via a cidade e povo como formigas lá de cima..

"Tudo aquilo que o sol toca é meu." Disse Daenerys, saboreando mais uma vez sua conquista dos reinos.

Assim como Aegon, Daenerys conquistou. Não foi do jeito que ela imaginava, porém ela o fez.


Dany então escuta a porta dos aposentos se abrir..

Ela sabia quem era.. sabia que era ele..

Daenerys então fecha os olhos e espera ele falar..


- Dany.. precisamos conversar.- disse ele.


Daenerys abriu os olhos e se virou para ele..


- o que temos para conversar Jon? Veio me julgar mais uma vez?- perguntou ela.


Jon negou..


- me perdoe, minha rainha. Eu errei em dizer tais palavras naquele dia, eu errei em ferir seu coração.- disse Jon, se aproximando de Daenerys e tocando o rosto dela..


Dany o olha com os olhos cansados..


- como posso ter certeza que você não está mentindo? Como posso ter certeza de que você não sente mais repulsa?- pergunta Daenerys.


Jon Snow a olha e se aproxima e logo Jon e Dany estavam com as testas coladas.. Dany havia fechado os olhos..


- me perdoe.. tente me entender. Você até pouco tempo era uma mulher diferente, mudada, sem piedade ou qualquer coisa boa em seus pensamentos.. e então você me fala que mudou e eu vejo isso Daenerys. Porém ainda os resquícios do meu medo de você voltar a ser aquela mulher irreconhecível não haviam saído de minha cabeça..- disse Jon, com a voz rouca..


Daenerys morde o lábio e diz..


- e agora, Jon? Você tem medo de mim? O medo ainda existe? Ainda tem dúvida?- pergunta Daenerys abrindo os olhos e encarando os olhos negros do lobo branco, Jon Snow.


Jon nada fala, porém ele age. Jon, calmamente, pega a mão de Daenerys coloca em seu peito..


- está sentindo? Está sentindo cada batida? Me fala se essas batidas são de alguém que ainda tem dúvidas do que quer ou sente medo do que pode acontecer.- disse Jon, colocando sua mão na nuca de Daenerys..


Suas respirações estavam próximas, cada um sentia o outro.. 

Daenerys tinha a boca entreaberta e seus olhos violetas encaravam Jon..

Daenerys sentia o coração de Jon batendo freneticamente e ali estava sua resposta.. 

No coração dele..

"Ele já é meu.. aqui e agora.. ele não tem mais dúvidas ou medos.." dizia Daenerys para si ao sentir Jon tão íntimo desse jeito..

Os corpos de Jon e Daenerys reagiam a cada toque.. estavam esquentando..


- apenas me beije, Jon Snow.- disse Daenerys e Jon atende seu pedido.


Os dois se beijavam e Daenerys foi levada para fora de órbita com aquele beijo..

Era um beijo calmo e molhado, ambos se deliciavam. Suas línguas faziam movimentos calmos e leves, sem pressa.. elas dançavam.

Cada um explorava a boca do outro..

Jon então pega nas nádegas de Daenerys e Daenerys solta um gemido durante o beijo..

Daenerys queria sentir Jon..


Daenerys então para o beijo..

Jon a olha confuso..


- aqui não..- disse ela se referindo aos filhos deles..


Jon apenas concorda e juntos saem dos aposentos e dão ordens para a mulher que cuidava deles ficar de olhos neles, em Aegon e Lyanna.

Após isso eles saem apressados pelos corredores, a vontade crescendo a cada segundo.. 

Daenerys queria Jon dentro dela..

Porém logo Daenerys é surpreendida com Jon a pegando no colo, no meio do corredor.

Daenerys ri e Jon acompanha ela.

Jon ia com Daenerys nos braços e ao achegar nos aposentos reais ele a coloca no chão e abre a porta e pega ela novamente nos braços.

Logo eles entram e Jon fecha a porta, a empurrado com o pé e, Daenerys que estava em seus braços passa as trancas na porta.


- não queremos ser incomodados..- disse Daenerys, com um sorriso genuíno no rosto.


Jon concordou plenamente..

Jon então caminha com Daenerys até a cama e a deposita ali e fica por cima dela.

E então ambos começam a se beijar e a se tocarem..


Daenerys estava sentindo que estava começando a ficar molhada e logo sente o membro de Jon a pressionando em sua barriga..

Dany então corta o beijo e começa a se despir e Jon faz o mesmo..

Logo ambos estavam nus, um para o outro. 

Daenerys viu a situação de Jon e viu também que ele precisava ser aliviado..

Daenerys via cada detalhe de Jon.. seus músculos definidos, suas cicatrizes, seu abdômen..

Daenerys mordeu o lábio ao ver o membro de Jon pulsando de tanto prazer..


Jon por sua vez via Daenerys e viu seu corpo esculpido bem na sua frente. Os cabelos soltos e brilhantes, os olhos violetas que transborda prazer..

Os seios fartos e as belas curvas faziam de Daenerys a mais bela mulher que Jon já viu.


Jon então se aproxima e beija Daenerys com vontade.. e Daenerys corresponde a altura.

Ambos na cama, Jon por cima e Daenerys por cima..

Jon beijava Daenerys e logo ele começou a descer e ir para o pescoço da mesma e ali ele distribuía beijos, leves mordidas e chupões.

O que fazia Daenerys revirar os olhos de prazer.

Jon então começa a descer mais e mais, distribuindo beijos no caminho..

Logo Jon chega nos seios de Daenerys..


- por favor.. Jon..- dizia Daenerys e Jon logo abocanhou o seio direito e apertava o esquerda..


Jon chupava e mordia o seio de Daenerys, ele mordia de leve o mamilo, fazendo Daenerys gemer um pouco alto..

Jon ficou se deliciando ali por um tempo.. 

Então Daenerys ofegante diz..


- quero.. que.. você.. me prove.. por favor..- disse ela e Jon logo se pôs entre as pernas da mulher.


Ele tocou sua mulher e ela gemeu seu nome..


- Jon...- dizia ela..


Jon então lambeu o sexo de sua mulher o que fez ela se contorcer de prazer.. 

Jon fazia movimentos nem tão lentos e nem tão rápidos, sua língua trabalhava bem em Daenerys.

O que deixava a platinada molhada pra ele. Jon então penetra dois dedos nela e Daenerys geme e pega a cabeça de Jon e aproxima mais ela de sua intimidade.

Daenerys gemia e revirava os olhos de prazer, Jon estava fazendo Daenerys ir até às estrelas.

Jon estimulava o clitóris de sua mulher o que deixava ela gemendo de prazer..

Jon então para de trabalhar ali e Daenerys o olha com reprovação..

Jon sorri e beija ela, enquanto isso Jon se preparava para penetra-la. 

Jon roçava seu membro na entrada de Daenerys e Daenerys gemeu, um sinal para ele penetrar logo.


Jon então se posicionou e penetrou devagar em Daenerys enquanto a beijava, seus gemidos eram abafados pelo beijo e cada um sentia o outro.

Jon fazia o movimento de vai e vem lentamente, Daenerys gemia a cada estocada.

Jon então corta o beijo e começa a olhar profundo nos olhos de Daenerys..


- quero te amar olhando em seus olhos...- disse Jon e Daenerys afirmou com a cabeça enquanto outra onda de prazer a preenchia.


- isso.. ma.. mais ra.. rápido..- dizia Daenerys e Jon aumenta a velocidade das estocadas..


Daenerys arranhava as costas de Jon e gemia seu nome.. seus violetas eram puro prazer e satisfação.

Jon sentia Daenerys e Daenerys sentia Jon.. 

Daenerys era apertada, o que deixou Jon com mais prazer..

Ele também gemia de prazer..


- Dany.. minha Dany..- dizia ele.


Jon então aumentou as estocadas e começou a ir com força e Daenerys gemia cada vez mais alto o nome dele..

Jon fazia o movimento de vai e vem rapidamente enquanto olhavam Daenerys.

Os seios de Daenerys subiam e desciam..


Daenerys então em um movimento rápido ficou por cima de Jon e começou a cavalgar sobre ele..

Daenerys rebolava em Jon e estimulava cada vez mais ele. Daenerys mordia o lábio enquanto gemia de prazer.

Daenerys então começou a sentar cada vez mais de pressa e com velocidade..


- j.. Jon.. uuuhh.- dizia ela..


Jon revirava os olhos com tamanho prazer enquanto suas mãos acariciava a cintura e os seios de sua amada.

Daenerys rebolava com vontade..


- está gostando?- perguntou ela.


- estou amando...- disse Jon.


Jon então começou a sentir que estava chegando lá..


- Dany.. eu.. eu..- disse ele, mas ele não conseguia terminar com tamanha onda de prazer que percorria toda extensão do seu corpo.


Daenerys gemia cada vez mais alto...


- eeu também..- dizia ela..


Jon segurava a cintura de Dany e a ajudava a fazer o movimento de sobe e desce. 


- juntos...- disse Daenerys.


Eles estavam chegando lá, estavam quase se desmanchando um no outro, estavam estregue um ao outro..

Unidos pelo amor, unidos pelo gelo e fogo..

Unidos por uma forte atração..


- aaaaaahh!!!- Daenerys gritou com o orgasmo que a preencheu por inteira.. 


Jon veio logo em seguida e gemeu enquanto gozava..


Daenerys sentia como se cada parte de seu ser fosse preenchida, finalmente.

Daenerys então sai do membro de Jon e cai para o lado dele na cama e ela estava ofegante e com olhos fechados, sentindo ainda as ondas de prazer.

Jon por sua vez fechou os olhos e sentiu o momento, ele estava ofegante.. 


- foi incrível... Eu te amo.- disse Daenerys..


Jon sorriu com o comentário..


- foi mesmo... E eu também te amo.- disse Jon se virando pra ela e tomando seus lábios em um beijo calmo e terno..


E assim gelo e fogo se uniram de corpo e alma novamente..

Eles se sentiam completos um com o outro, se sentiam seguros um com o outro.

Eles não fizeram simplesmente sexo, Jon e Daenerys fizeram amor. Uma coisa completamente diferente..

Eles sentiram um ao outro, se completaram.. eram perfeitos um para o outro.

Se sentiam realizados e felizes..



Juntos eles eram a canção de gelo e fogo.....


Notas Finais


E acabamos por aqui mais um capítulo da nossa história.

Bom, antes de tudo quero avisar que eu não sei fazer hot direito, ok? Mas eu dei meu melhor, sério. Eu tentei, mesmo sendo uma coisa que eu não tenho muito domínio.

Bom, dito isso vamos para a análise do capítulo: tivemos Ivar chegando em jardim de cima! Sim, finalmente ele chegou, depois de tantos capítulos de viagem. E eu fiz a chegada dele na visão de Daario pois achei que ficaria muito bom se fosse na visão dele.

No núcleo de Daario vimos a menção do plano de Daario, ainda não é o momento para eu revelar ele por completo, mas dei algumas partes dele neste capítulo. Eu sei que não é muita coisa mas eu não posso falar muito sobre ele agora, porém muito em breve mesmo o plano vai ser dito, ou melhor, executado e aí sim vocês finalmente vão saber o que ronda a cabeça de Daario.

E tivemos o finalmente de Daenerys e Jon! Eu dei um salto de tempo pequeno, de poucos dias, tanto no núcleo de Daario quando na de Daenerys. E pelo que vimos, demorou alguns dias até Jon pedir perdão para Daenerys.

Eu sei que não foi para tanto, mas Daenerys ficou magoada com as palavras dele.

E finalmente tivemos Jon e Daenerys fazendo amor!!!! Aahh esses dois estavam demorando, não? Finalmente se entregaram e pararam de briga. Agora que eles estão juntos eles serão mais fortes.

Queria saber também se vocês querem escolher os nomes dos 4 dragões novos. Eu achei legal deixar vocês escolherem, assim temos um contato maior. Que tal? Quem tiver ideias comenta, eu vou ler com prazer.

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Espero que tenham gostado, comentem sobre o que vocês acharam do capítulo, eu leio e respondo todos os comentários.

Um forte abraço e até o próximo capítulo pessoal!! ❄️🔥😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...