1. Spirit Fanfics >
  2. Fogo e Sangue (2 temporada) >
  3. Insubmissos, não curvados, não quebrados I.

História Fogo e Sangue (2 temporada) - Capítulo 74


Escrita por:


Notas do Autor


Olá pessoal!! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Bom, para este capítulo eu fiz um negócio bem diferente e espero que gostem. Eu peguei elementos do pré guerra do 8x2 de game of thrones e os adaptei aqui.

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Espero que gostem e tenham uma ótima leitura!! ❄️🔥

Capítulo 74 - Insubmissos, não curvados, não quebrados I.


Fanfic / Fanfiction Fogo e Sangue (2 temporada) - Capítulo 74 - Insubmissos, não curvados, não quebrados I.

                        Uhtred


Uhtred estava deitado em sua cama, em seus aposentos, era tarde porém o sono não lhe vinha.

Uhtred estava preocupado com a guerra, pela primeira vez em sua vida ele temeu perder. 

Uhtred achava o plano de Yronwood uma insanidade e isso ia custar caro.. ia custar a vida de seus homens, bons homens.

Uhtred que estava deitado logo se levanta e vai até sua varanda..

Ele estava apenas de calça e seu peito estava nu e seus cabelos estavam soltos..

Uhtred observava o céu estrelado de Dorne e aproveitou aquele momento de silêncio..

Era madrugada, breve a aurora iria se mostrar no horizonte e Uhtred quase não havia descansado.. 

Ele sentia algo.. algo estava pra acontecer e ele temia não saber o que era..


Uhtred então resolve acordar de vez e veste sua roupa e sua cota de malha e pega sua espada e a coloca em suas costas.

Afinal, para Uhtred nunca se sabia a hora que ele realmente devia usá-la.

Uhtred então vai até uma bacia que se encontrava ali e leva seu rosto e em seguida o enxuga.

O guerreiro de Essos então vai até a porta e abre a mesma e sai corredor a fora.


Enquanto o guerreiro andava pelos corredores ele sentia a pequena brisa fresca da madrugada batendo em seu rosto.

A lua estava estava quase dando seu adeus nos altos céus, porém ela ainda iluminava grande parte da cidade e inclusive o corredor onde Uhtred se encontrava, que era aberto dos lados.

O guerreiro andava a passos rápidos, ele queria chegar até as muralhas e ficar junto de seus amigos na patrulha..

Ele não conseguia dormir.. uma noite ruim ele tivera.. 

Várias coisas rondava a cabeça do guerreiro e uma delas era uma grande preocupação para com a guerra que se aproximava e ele sabia disso..

deuses... Como Uhtred faria de tudo para provar que seus maus pressentimentos estivessem errados...

No caminho o guerreiro passou ao lado do corredor onde dava para os aposentos de lorde Yronwood..

"Deve estar dormindo como se a morte não viesse em breve bater nestes portões, e nós termos que lutar para ela não nos pegar." Pensou Uhtred amaldiçoando o lorde.

Uhtred nunca havia ficado tão desgostoso com Daario como naquele momento, mandar ele para aquele lugar para lutar uma guerra que não tem nada haver com o interesse maior da guerra que acontece em Westeros...

E ainda ele tinha de aguentar um lorde sem escrúpulos algum que estava levando seus homens para a morte quase certa..

Uhtred então pensou que Daario neste momento devia estar bem seguro em Jardim de cima, deitado em sua cama, com um exército o protegendo.. enquanto ele estava com a porra da morte atrás dele e de seus homens e ela poderia vir a qualquer momento.

Para Uhtred era como se tivesse uma faca no seu pescoço e ele tinha de reagir rapidamente para não ser degolado.. 

Era uma coisa sufocante o que o guerreiro passava..


Uhtred então quando se deu por si fora de seus pensamentos já estava subindo as escadas onde o levaria para as muralhas, nas ameias.. onde sentinelas se encontravam e os arqueiros ao longo do comprimento da muralha..

Todos atentos e fazendo seus turnos.. ao julgar pela aparência bem acordada, Uhtred imaginou que devia ser um novo pelotão que eu estava tomando conta enquanto o pelotão anterior ao seu descansava de longas horas de vigia.

Logo Uhtred avistou um de seus amigos..


- não consegue dormir Uhtred?- quis saber ele.


Uhtred se moveu para seu lado.. seu amigo olhava para o horizonte e Uhtred fez o mesmo..


- e você Finan? Consegue?- perguntou Uhtred meio debochado..


Seu amigo sorriu torto..


- porra.. os deuses sabem o quanto queria estar com os olhos pregados e dormindo.. me sinto sufocado neste momento.. preocupado..- disse Finan para seu amigo enquanto cruzava os braços..


Uhtred conseguiu ver pelo archote que iluminava as muralhas, o rosto preocupado de seu amigo..


- eu também amigo. Hum, é a primeira vez...- ia terminar mas logo Finan o interrompeu..


- primeira vez em anos. É.. eu sei.. nos conhecemos a muito tempo e as batalhas que lutamos juntos nunca nos deixaram como agora..- disse ele respirando fundo..- você devia ter colocado juízo naquela cabeça dura do Yronwood..- disse Finan oferecendo seu cantil com vinho para Uhtred que aceitou e bebeu um gole e logo o devolveu.


Uhtred respirou fundo e concordou..


- eu tentei mas o mesmo não me escutou.. esse é o problema desses lordes e reis.. nunca escutam a voz da razão em situações que eles precisam dela. Está há quanto tempo acordado?- perguntou Uhtred.


Finan riu baixo..


- desde que o último pelotão foi descansar.. não consegui dormir.. até tentei. Talvez esteja certo afinal.. sobre essa gente poderosa.. eles não escutam.. principalmente quando vem de homens como você e eu.- disse Finan balançando a cabeça negativamente..


Uhtred concordou com o amigo..


- acha que vamos vencer?- perguntou Finan olhando o horizonte, atento a qualquer movimento..


Uhtred o olhou sério e em seguida olhou para onde seu amigo olhava..


- talvez tenhamos uma chance.. se o plano de Yronwood não se sair tão mal assim.. o destino nos dirá.- disse Uhtred convicto de sua resposta.


Uhtred as vezes era otimista, mesmo sua cabeça dizendo para não ser tanto assim.. mas agora, naquele momento, ele não estava tão otimista e nem certo de nada..

Uhtred começou a achar que sua cabeça estava certa afinal...


- porra.. então estamos fodidos. O plano de Yronwood consiste em sua maioria lançar a sorte e torcer para essas muralhas, na qual estamos pisando, aguentarem firme até tudo acabar. Ouvi rumores Uhtred.. a Martell tem um exército grande e a maioria das casas dornesas estão com ela, e as que não.. estão em suas fortalezas.. neutros. Sem lados.- disse Finan alertando Uhtred.- o povo dessa cidade fala muito e eu sou um bom observador, você sabe.


Uhtred mesmo assim continuou certo de que talvez eles tinham uma chance..


- temos homens suficientes para manter Lançassolar. Vamos conseguir conter ela.- disse Uhtred.


Finan sorriu e ergueu uma sombrancelha..


- você disse conter e não derrotar. São coisas diferentes Uhtred. Podemos ter homens, bons homens, mas homens morrem pelo fio da espada tão rápido quanto ele respira.. e as lâminas da Martell pelo que tudo indica estão bem afiadas e perigosas.- disse Finan explicando a grave situação na qual ele foram colocados..


- está sendo agourento Finan..- disse Uhtred para seu amigo, o alertando.


Finan se virou para Uhtred e o olhou nos olhos.. 


- porra Uhtred, nem você acha que podemos vencer.. eu sei que você acha também que Yronwood está nos levando para a morte quase certa, e não há nada e nem ninguém que o faça mudar de ideia agora.- disse Finan.- acredite amigo, perdemos essa batalha no momento em que entramos por aqueles portões..- disse o mesmo olhando para os portões e em seguida se virando novamente para frente, para o horizonte. 


- não podíamos fazer muito a respeito.. se fizessemos estaríamos indo contra as ordens diretas de Daario e você sabe que Daario não tolera esse tipo de comportamento..- disse Uhtred.


- puta merda, é você mesmo Uhtred? Tem medo de Daario?- perguntou Finan.


Uhtred não gostou do comentário do amigo, porém não disse nada a respeito sobre isso.. 


- você sabe que não, Finan. Só não quero arrumar mais confusões além das que já temos estando no meio de uma guerra.- disse Uhtred, explicando para o amigo, com uma voz firme.


Finan então olhou para o céu e viu que o mesmo estava clareando..


- a aurora chegou. O que acha que esse novo dia pode nos trazer? Mais preocupações? Mais confusões?- perguntou Finan para Uhtred.


Uhtred examinou o céu que estava aos poucos ganhando uma claridade, anunciando o fim da noite e da madrugada..


- preocupações é o que não nos falta, amigo.- disse Uhtred.


E então um silêncio se instalou sobre os dois.. e os dois aproveitaram o começo daquele dia e os primeiros raios de sol..


O que Uhtred e Finan não sabiam era que naquele mesmo momento no qual ambos desfrutavam um pouco da aurora, Arianne Martell marchava até Lançassolar e estava a poucos instantes dali..


"O destino é tudo..." Pensou Uhtred...



(Arianne Martell...)


Arianne estava marchando com seus exércitos para Lançassolar a toda.. 

Os passos dos soldados eram rápidos e precisos, e todos estavam descansados e prontos para a batalha que aconteceria em instantes..

Arianne estava a frente de todos e ela usava uma roupa com as cores de sua casa e em sua cintura tinha um punhal..

O pomo era um sol e a lâmina estava bem afiada..

Arianne só iria usá-lo em caso de extrema urgência.. era para sua proteção.

Edric estava logo atrás dela com sua armadura e espada na cintura e montado em seu cavalo..

Os imaculados estavam na frente com suas lanças e escudos preparados para a batalha e em suas cabeças o elmo lhes davam proteção. 

Eles marchavam organizados e alguns tinham a bandeira Targaryen amarrada em suas lanças.. a mesma se balançava com brisa que batia nelas..

Porém era apenas um punhado, o que se destacava mesmo era a bandeira dos de Martell, Arianne fazia questão de que soubesse que ela estava vindo.. 

E o que melhor do que o símbolo que vem sendo de sua casa há séculos? 

"O exército de Dorne" como chamava Arianne as casas que se juntaram a ela, estavam logo atrás dos imaculados, eram eles: Manwoody, Uller, Blackmont, os Dayne mas esses estavam desde o começo, muito recentemente os Dalt, Allyrion e os Jordayne. 

As outras casas por algum motivo resolveram se manter neutras e não estavam de lado algum na guerra..

Arianne os via como covardes por não terem vindo mesmo ela espalhando em Dorne pessoas que contassem que ela estava de volta..

Porém Arianne não queria pensar nisso agora, e sim na guerra..


Algumas horas se passaram e logo Arianne parou e ergueu a mão com punho fechado para avisar para pararem..

E assim o exército parou.

Arianne respirou fundo e olhou direito.. para ver se seus olhos não lhe enganavam.. depois de muito tempo..

Arianne se virou para os exércitos.. porém antes seu olhar cruzou com os de Edric Dayne..

O mesmo mexia a cabeça positivamente e tinha um pequeno sorriso em seus lábios, ele sabia o que Arianne tinha visto no horizonte..

Todos estavam calados e a olhavam ansiosos.


- HOMENS, MEUS COMPANHEIROS, BREVE ESTAREMOS NUMA BATALHA ÁRDUA E DIFÍCIL.. TEMOS POUCOS METROS ANTES DOS SOLDADOS NAS AMEIAS DE LANÇASSOLAR NOS VEREM NO HORIZONTE E SE PREPARAREM PARA O ATAQUE. LORDES DORNESES EU VOS DIGO AGORA PARA QUE NÃO TEMAM A BATALHA QUE VIRÁ EM INSTANTES. ESTAREI COM VOCÊS. A CASA MARTELL SE LEMBRARÁ DE SEUS ESFORÇOS E LEALDADE! BREVE ESTAREMOS COMEMORANDO NO GRANDE SALÃO A NOSSA VITÓRIA! O DIA DE HOJE ENTRARÁ PARA HISTÓRIA DE DORNE, AS GERAÇÕES FUTURAS IRÃO SABER O QUE FIZEMOS AQUI E COMO LUTAMOS PARA LIBERTAR DORNE! QUEM ESTÁ COMIGO??- disse Arianne em um discurso para motivar seus homens..


E logo o exército de Arianne que antes estava calado a ouvindo, agora estava gritando em grande euforia e inspiração..

Eles diziam..


"PELA CASA MARTELL: INSUBMISSOS, NÃO CURVADOS, NÃO QUEBRADOS!!" Gritavam o lema martell..

Arianne estava mais confiante ainda ao ver seu exército ao seu lado, os imaculados apenas batiam em seus escudos em sinal de que estavam com ela até o final desta guerra..

Arianne então olhou para Edric que tirou da bainha sua espada para a batalha..

Arianne assentiu e logo se virou para frente novamente e estufou seu peito e mandou seu cavalo andar para frente..

Logo o exército começou a marchar atrás dela ainda mais inspirados..


- COMIGO!! NÃO TEMAM! VAMOS MOSTRAR A ELES O NOSSO AÇO!! NOSSA DETERMINAÇÃO! NOSSA GARRA!! NOSSA FÚRIA!!- disse Arianne para todos ouvirem enquanto marchavam e ela ia a frente..


Seus olhos estavam no horizonte, em Lançassolar que estava erguida ao longe, majestosa e imponente..

Uma fortaleza poderosa, uma fortaleza de príncipes e princesas..

Uma fortaleza que pertencia aos de Martell..

A Fortaleza de Arianne Martell, princesa de Dorne!

Logo Arianne e seu exército ficou visível no horizonte.. e então ela parou.. não podia avançar mais do que o necessário.. não ainda..

Ela então ouviu o soar de trombetas... Eles haviam visto ela ali..

E então ao longe ela viu os portões se abrirem e dele sair um exército vestido de negro da cabeça aos pés..

Eles se espelhavam e formavam posição de batalha..

Eram numerosos e Arianne viu isso.. mas ela não temia, estava mais que determinada.. estava confiante..


- eis a face do desespero.. estava tão desesperado que correu para Naharis pedir apoio.. ajuda de um escravagista.. uma coisa que o povo de Dorne abomina!- disse Arianne somente para si mesma, somente para ela ouvir..


Arianne então ergueu a mão e logo seu exército ficou em formação de batalha.. eles viam o inimigo a frente..

Arianne fechou os olhos e respirou fundo.. era chegada a hora......



(Uhtred...)

Alguns minutos antes de Arianne aparecer...


- um novo dia..- disse Finan olhando o céu já azul com um sol morno da manhã..


Uhtred apenas assentiu..


- sinto que o dia será longo..- disse Uhtred..


Finan riu..


- com certeza amigo.. pelo menos a Martell não deu as caras nessa madrugada.. isso seria complicado..- disse Finan..


Uhtred assentiu e percebeu que tudo estava calmo e em silêncio.. porém logo ele começou a ouvir um barulho estranho..

Era como se algo estivesse batendo forte em alguma coisa.. era como se aço batesse contra aço..

Uhtred logo viu que seria impossível ser da cidade pois se não o barulho estaria alto.. era como se estivesse ao longe..


- Finan..- disse Uhtred..


O amigo o olhou..


- eu sei.. eu estou ouvindo! O que será isso?- perguntou Finan para Uhtred..


Uhtred então tinha uma hipótese.. uma que seria ruim se fosse verdade..


- eu tenho uma ideia do que seja...- disse Uhtred..


Finan o olhou e em seguida olhou para o horizonte, forçando as vistas..


- puta merda.. olhe Uhtred! No horizonte!- disse Finan em alerta..


Uhtred olhou e viu aos poucos o horizonte ser preenchido por algo que se aproximava..

Não restavam dúvidas.. 


- porra é a Martell!!! Mande soar as trombetas e preparem os homens! Vou avisar Yronwood sobre isso! Vai, agora!!!- disse Uhtred em alerta e rápido.


Finan logo gritou..


- AS TROMBETAS!! SOAR AS TROMBETAS!!!- disse e logo o som das trombetas foram ouvidas por toda a cidade..- HOMENS, PREPARAR ARMAS!! ABRIR OS PORTÕES!! AGORA!! 


Logo os portões foram abertos e de dentro da cidade soldados armados com lanças e espadas saíram para fora e começaram a formar a formação de batalha.

Uhtred corria nas ruas enquanto isso, ele precisava avidar Yronwood.. mesmo ele sendo um idiota ele tinha o direito de saber..

Uhtred corria o mais rápido que podia..

A população estava agitada.. 

Logo o mesmo finalmente havia conseguido entrar na Fortaleza.. 

Ao entrar ele viu soldados se movimentando para a entrada da Fortaleza, Uhtred logo imaginou que eles fariam uma guarda ali.

"Covarde.." pensou Uhtred. Uhtred sabia que os soldados estavam fazendo isso não só para proteger a Fortaleza mas também Yronwood que provavelmente estaria trancado e escondido em sua sala..

Uhtred corria pelos corredores e logo ele chegou no corredor onde dava para a sala onde Yronwood ficava a maior parte de seu tempo..

Ao chegar a porta estava aberta e ele estava dando instruções para os guardas..


- certo, agora vão..- disse o lorde e logo os soldados saíram da sala deixando apenas Uhtred e o lorde..


Um silêncio pairou sobre o ar.. ambos se mediam e seus olhares eram duros..

Até que Uhtred quebrou o silêncio..


- ela chegou. Está com medo?- perguntou Uhtred para testar o lorde.


O lorde fez "tsc" com a língua e disse..


- eu estou preparado.. não há o que temer.- disse ele.


Uhtred olhou pela janela e la embaixo ele viu a guarda sendo montada a frente da Fortaleza de Lançassolar.. protegendo as entradas do castelo..


- não é o que vejo lorde Yronwood.- disse Uhtred.


O lorde então riu debochado e perguntou:


- e o que é que você vê, Uhtred?- indagou o lorde.


Uhtred o olhou dos pés a cabeça..


- vejo um covarde que está se escondendo com medo ao invés de ir para a batalha e ficar a vista de todos.- disse Uhtred.


O lorde se irou..


- ora seu... Daario irá saber disso! Estou vendo que ele não tem comandantes que sabem manter a língua na boca!- disse Yronwood já irado.


Uhtred sorriu..


- Daario vai concordar comigo, acredite. Agora, isso se você tiver tempo de fazer tal reclamação.. isso se a Martell não atravessar os portões e pegar você..- disse Uhtred calmo.


Um pingo de medo apareceu nos olhos do lorde e Uhtred viu isso, porém logo o lorde disse..


- você não vai perder esta batalha! Não pode!- disse o lorde.


Uhtred então responde..


- não sei o que pode acontecer, lorde Yronwood. O destino as vezes é incerto e nem sempre acontece como queremos..- disse Uhtred e logo ele ouve as trombetas tocar novamente..- agora, preciso ir. Vou lutar esta guerra junto de meus homens como um guerreiro honrado, e não como um covarde feito você.- disse por fim e logo Uhtred se retirou dali e foi rapidamente para o campo de batalha.



Uhtred então logo estava pra fora da cidade junto de seu exército.. o mesmo caminhava no meio dele e ia tocando seus ombros para dar confiança e pedir passagem..

Uhtred estava preparado.. ele estava com sua espada nas costas..

Ao chegar a frente do exército lá estava Finan.. Uhtred se pôs ao seu lado..


- como foi com Yronwood?- perguntou ele.


Uhtred então disse..


- ele foi um covarde.- disse Uhtred.


Finan então logo percebeu do que se travava..


- e você disse o que achava? Eu vi soldados dele fazendo guarda nas entradas da Fortaleza, ele deve estar lá como um rato com medo do gato.- disse Finan.


Uhtred olhou o amigo e disse..


- eu disse o que eu achava. E ele está com medo.- disse Uhtred.


Finan sorriu torto..


- bom..- disse ele. 


Uhtred olhava o amigo e o mesmo o olhou de volta..


- boa sorte amigo. Tome cuidado e não morra.- disse Uhtred tocando o ombro de seu amigo.


Finan tocou o ombro de Uhtred também..


- digo o mesmo pra você amigo!- disse ele com um sorriso de lado e Uhtred também estava com o mesmo sorriso.


Uhtred então olhou pra frente e viu o exército da Martell ao longe e viu que era mui numeroso.. e viu também que daria uma boa batalha..

Uhtred então deu alguns passos a frente e puxou de suas costas sua espada da bainha e a segurou firme na mão e fechou os olhos e os abriu segundos depois respirando fundo..

Uhtred então olhou para trás e disse..


- NÃO IMPORTA O QUE ACONTEÇA HOMENS, DEVEMOS PROTEGER ESTA CIDADE! LANÇASSOLAR DEVE FICAR DE PÉ AO FINAL DESTE DIA E NÓS SAIRMOS COM A VITÓRIA EM MÃOS! É NOSSO DEVER, É QUESTÃO DE HONRA! PORÉM SE MORRERMOS AQUI..... NOS ENCONTRAREMOS DO OUTRO LADO! AGORA VAMOS EM DIREÇÃO A BATALHA SEM TEMER A MORTE, SEM TEMER MAL ALGUM! COMIGO!!- disse Uhtred erguendo sua espada no alto.


O exercício negro então grita em resposta, motivado. Os soldados ficam em posição de defesa e erguem seus escudos e espadas e lanças.

Uhtred então olhou pra frente e viu o exército da Martell vindo em direção ao exército negro..

Ele então ficou em posição de ataque e segurou firme sua espada e respirou fundo.. havia um longo campo antes deles se chocarem..

Uhtred então gritou e avançou, logo atrás dele Finan com sua espada e junto dele o exército negro.

A última coisa que Uhtred pensou antes de tudo acontecer foi....



"O destino é tudo.".


Notas Finais


E terminamos por aqui mais um capítulo da nossa história!!

Hoje tivemos dois núcleos, Uhtred, Arianne, Uhtred novamente.

Vimos um Uhtred por assim dizer "temeroso" pelo seu destino e de seus homens. Vimos que mesmo ele sendo um grande guerreiro ele tem suas aflições. Eu resolvi adaptar esse lado dele mais aparente para mostrar que ele é humano e como todo soldado na guerra ele sente aflição, mesmo que seja bem pouco.

E ele sentindo isso lhe custou seu sono e logo vimos que seu amigo Finan também sentia o mesmo. O que rendeu um bom diálogo dos dois.

Vimos Arianne e ela em seu núcleo se mostra sempre bem positiva e motivadora, e aqui vimos ela dando um discurso e finalmente ela chegando e Lançassolar. Um momento marcante pra ela, com certeza.

Depois tivemos Uhtred novamente, ali vimos como ele reagiu junto de seu amigo ao ver Arianne no horizonte, logo então ele aciona as defesas e logo o exército negro estava fora dos portões para batalhar.

E foi interessante ver o quão rápido foi a ação do exército, isso mostra de Uhtred estava mais que preparado para agir sobre pressão.

Vimos também uma conversa meio quente entre ele e Yronwood, com Uhtred falando o que Yronwood realmente é. Um covarde.

E fechamos o capítulo com Uhtred indo em direção a batalha e Arianne também vindo do outro lado contra ele.

Porque não fiz a guerra neste capítulo?
Bom, eu vi que se fizesse isso iria ficar um buraco que iria ficar aparente. E senti que esse buraco devia ser preenchido com um capítulo onde as tensões estão no ápice e acaba com o prelúdio do que vai rolar no próximo.

Tente imaginar por exemplo a batalha contra os mortos rolando sem aquele pré guerra do 8x2 que foi épico e de peso onde vc via que a qualquer momento a guerra podia vir e com ela o Rei da Noite e que os personagens sentiam isso. Se não tivesse isso o peso da batalha contra os mortos não seria tanto como foi.

Então eu resolvi fazer o mesmo aqui, fazendo um pré guerra e terminando com um gancho para a guerra no próximo capítulo.

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Espero que tenham gostado, comentem sobre o que vocês acharam do capítulo, eu leio e respondo todos os comentários.

Um forte abraço e até o próximo capítulo pessoal!! ❄️🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...