História Fogo e Sangue (GOT season 9) - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Arya Stark, Brandon "Bran" Stark, Daario Naharis, Daenerys Targaryen, Jon Snow, Sansa Stark, Tyrion Lannister
Tags Game Of Thrones
Visualizações 34
Palavras 1.366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, tudo bem com todos vocês? Comigo está tudo ótimo e espero que com vocês também!

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Espero que gostem e tenham uma boa leitura.

Capítulo 32 - Últimas horas..


Fanfic / Fanfiction Fogo e Sangue (GOT season 9) - Capítulo 32 - Últimas horas..

                       Arya Stark


Desde quando voltei para Winterfell eu vi um estandarte que me chamou atenção, um veado negro num fundo dourado.

Ele está aqui. 

Vou caminhando pelo pátio de Winterfell e o vejo sentado descansando do trabalho duro que ele vem fazendo a muito tempo sem descanso.

Apareço atrás dele.


Arya Stark: pensei que estava morto.


Gendry: e eu pensei que estava curtindo em Oeste.


Arya Stark: e eu estava até, mas voltei pra minha casa, para minha família. E acho que voltei em um momento bom.


Gendry: se você acha esse momento bom eu não sei o que é momento ruim pra você.


Arya Stark: como vão as coisas desde que você virou lorde Baratheon? 


Gendry: vão boas, mas não tenho ninguém para compartilhar essas coisas comigo..


Arya Stark: arrume alguém depois dessa guerra. 


Gendry: como sabe que haverá um depois?! Eu ia compartilhar tudo com você, mas nós sabemos o que aconteceu..


Ele ainda tem raiva de mim por não ter aceitado se casar com ele. Mas o que eu poderia fazer? Eu não assim. Não sou uma lady.


Arya Stark: ainda lembra disso?


Gendry: não tem como não se esquecer. É verdade que você trouxe uma garota prá cá?


Arya Stark: é sim, o nome dela é Aurora.


Gendry: talvez eu possa dividir as coisas que tenho com ela.. 


Arya Stark: boa sorte então, você vai precisar.


Saio de lá, o clima tava ficando pesado. Quando estava longe o suficiente dele eu olho para trás..


Arya Stark: espero que um dia me perdoe por ter te magoado..


Minhas palavras foram carregadas pelo vento..

Vejo Jon, Daenerys, Sansa e Tyrion conversando seriamente. Algo aconteceu..

Me aproximo deles..


Arya Stark: poxa, vocês estão aí fofocando e nem me chamam?


Falo brincando..


Sansa Stark: que susto Arya! Nunca mais faça isso... Bom, estávamos ouvindo Jon falar uma coisa séria.


Arya Stark: anda logo Jon, fala de uma vez.


Jon Snow: o que você tem?


De fato aquela conversa com Gendry me fez mal.


Arya Stark: nada, só uma conversa ruim que tive. Agora fala.


Jon Snow: Dany e eu descobrirmos que o rei da noite está a 2 dias de Winterfell.


Daenerys Targaryen: o amigo ruivo de Jon voltou e nos contou as novidades.


Tyrion Lannister: o que já está ruim pode piorar, não é mesmo?! Estamos todos fodidos.


Sansa Stark: certamente que estamos, Tyrion. Mas ainda temos esperança..


Tyrion Lannister: contra aquele cara? Duvido. Escapamos por pouco da última vez. Mas vou me agarrar nessa esperança..


Arya Stark: isso é ruim. Bom, o que faremos?


Jon Snow: vamos avisar a todos e nos preparar. Vamos ter nossas 48 horas antes de enfrentar a morte.


Sansa Stark: vamos avisar agora.


Juntos saímos até o pátio de Winterfell e reunimos todos os exércitos e homens, mulheres e crianças.

Jon começa falando, afinal, ele dentre nós é o que parece mais calmo. 


Jon Snow: viemos todos diante de vocês falar que o rei da noite está a 2 dias de Winterfell. 


Um pânico é instalado nas pessoas, menos nos dothraki e imaculados. Eles só ficam se olhando.


Sansa Stark: gente calma! Deixem meu irmão falar.


Todos ficam em silêncio..


Jon Snow: sei que todos estão nervosos e temem pela suas famílias, esposas e filhos. Mas nós enfrentamos o inimigo uma vez, e vencemos. Vamos lutar novamente contra as forças da morte e vencer, não podemos deixar o sacrifício daqueles que morreram anteriormente na guerra ser em vão. Se preparem, passe as últimas horas com seus amigos, esposas e filhos, fazem uma despedida a todos eles, pois não sabemos se sairemos vivos dessa. Faça o que quiserem nessas horas, bebam, conversem, passe uma última noite com suas mulheres e crianças e se preparem quando chegar a hora. Mas não bebam demais. Montaremos algumas barracas com sopa quente para todos que quiserem beber e se esquentar do frio. 


Um imaculado vai a frente, deve ser o tal Verme cinzento..


Verme cinzento: e aqueles que não irão para a guerra? Vão ficar em Winterfell e correr o risco de serem mortos, caso o rei da noite passe dos portões? 


Rola alguns comentários na multidão concordando com o comandante dos imaculados.

Daenerys vem a frente..


Daenerys Targaryen: não se preocupe meu amigo, temos um plano.


Verme cinzento: entendo majestade. 


Ele volta ao seu posto. Jon vem a frente novamente.


Jon Snow: Tyrion tem um plano. Por favor, venha a frente lorde Tyrion.


Tyrion Lannister: bom, usaremos as criptas de Winterfell novamente, mas dessa vez iremos até o fim delas. De acordo com um livro na Capital, as criptas de Winterfell dão em um forte. Levará algumas horas a pé, mas iremos logo no começo da guerra. Provavelmente estaremos a salvo depois da batalha.


Arya Stark: tá mas, e os mortos das criptas? Da última vez eles saíram do túmulo.


Jon Snow: bela observação, porém a Rainha Daenerys vai proporcionar uma escolta para todos que estiverem nas criptas. 


Daenerys Targaryen: sim. Um grupo de 50. 25 imaculados e 25 dothraki. Se acontecer dos mortos saírem novamente das criptas, eles terão que passar pelo meus leais soldados.


Jon Snow: enviaremos uma carta para aqueles que estiverem a salvo na batalha. Se a carta chegar, significa que vencemos. Se não chegar.. bom, significa que perdemos Winterfell e morremos.


Daenerys Targaryen: e caso a carta não chegue em tempo de 24 horas, vocês devem partir para Pedra do Dragão o mais rápido possível. Lá, vai ter navios de minha frota que levarão todos vocês a Essos.


Sansa Stark: e não se preocupem onde ficarão, A rainha Daenerys deixou a nosso critério de escolher qual cidade livre sob seu controle vamos escolher para viver.


Bom, isso é bom e ruim. Bom porque vão viver, e ruim pois vão estar em terra desconhecida, com língua desconhecida e costumes diferentes.


Jon Snow: alguma pergunta? Alguma sugestão?


Silêncio total.


Jon Snow: bom, vamos aproveitar nossas últimas horas antes da guerra....


E assim todos foram aproveitar as últimas horas.

Fui para dentro e encontro Aurora comendo com Gendry. 

Só podia ser brincadeira..


Aurora: Arya!! Vem cá, já conhece o Gendry?


Pra minha felicidade/infelicidade, sim.


Arya Stark: sim. Nos conhecemos já a um tempo. 


Aurora: sério? Quando?


As vezes você tem que ficar calada Aurora! 


Arya Stark: quando eu estava fingindo. Eu te contei essa história.


Gendry: sim, ela se fingia de garoto. 


Arya Stark: era para a minha sobrevivência.


Gendry: é.


Aurora: queria ver você quando se fingia de garoto.


Arya Stark: não queria não.


Gendry se levanta e vai embora..


Aurora: vocês não são amigos né? Desculpa.


Arya Stark: é complicado. 


Aurora: como assim?


Arya Stark: ele me pediu em casamento e pediu pra mim ser lady Baratheon.


Aurora: ele errou feio. Você não é uma lady.


Arya Stark: sim. Bom, temos apenas 48 horas antes que o rei da noite chegue aqui, então vamos aproveitar.


Aurora: vamos.


Ela coloca a mão dela na minha e eu faço o mesmo.




(Jon Snow...)



Eu tinha acabado de dar a notícia a todos, as pessoas estão fazendo tudo o que eu falei para fazerem.

Eu, de vez entrar como Sansa, Dany, Arya e Tyrion, resolvi ficar aqui fora mesmo.

Eu estou nas muralhas de Winterfell, com fantasma, observando o horizonte que estava um breu. 


Jon Snow: da última vez eu lutei com Rhaegal, mas dessa vez vou com você amigo. Como nos velhos tempos, eu e você contra qualquer inimigo. Lado a lado.


Ele olha pra mim e fica sobre duas patas e fica encima de mim. Ele estava tão grande que ele passava um pouco de mim. Ele lambe meu pescoço.


Jon Snow: é, também amo você amigão.


Estava brincando com ele quando ao horizonte vejo uma sombra vindo em direção ao castelo.

Com o passar dos segundos vejo também uma silhueta de cavalo.

Quando a figura se aproxima das tochas vejo que é ela.

A mulher de vermelho, Melisandre. 


Jon Snow: você aqui..


Melisandre: eu disse que viria em breve e aqui estou eu. E a guerra se aproxima daqui 2 dias, estou aqui para ajudar na medida do possível.


Jon Snow: certo... Abram os portões!!


Grito e os homens na muralhas de Winterfell gritam para os homens lá de baixo para abrir os portões.


O rei da noite está vindo....




Notas Finais


Geral em Winterfell num clima pesado. Arya e Gendry aparentemente não se dando bem como antes. Melisandre em Winterfell para ajudar na guerra e cumprir seu papel nessa guerra.

Espero que tenham gostado, comentem sobre o que vocês acharam do capítulo, é importante para a nossa história.

Desculpa qualquer erro no capítulo.

Se vocês tem alguma sugestão que querem que eu coloque na história que vocês gostariam de ver, estou disposto a ler suas idéias.

Um forte abraço e até o próximo capítulo pessoal!! 😉😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...