História Foi amor a primeira vista - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias .hack//Liminality
Personagens Personagens Originais
Tags Fairy Tail, Nalu
Visualizações 9
Palavras 1.060
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu de novo dessa vez eu vou tentar melhorar e só esperar

Boa leitura

Capítulo 2 - Estou voltando


Fanfic / Fanfiction Foi amor a primeira vista - Capítulo 2 - Estou voltando

Oi pra quem não sabe sou lucy heartfilia Dreyar e tenho 16 anos mais antes de voltar tá a magnolia já estarei com 17 anos então de boas , agora estou no meu dormitório dormindo fazer o que era sábado e também falta força de vontade para levantar 

****- lu você tem que acordar já são 10:45 e o diretor tá te chamando na direteoria 

Lucy- Ahh levy só mais ums dois minutos 

Levy- nada disso você vai se arrumar e depois vai na direteoria o diretor tá querendo falar com você então você tem cinco minutos para se arrumar e ir na direteoria 

Lucy- por que será que o diretor quer comigo - disse levantando do cama 

Levy- lucyana você não tem aprotado ne

Lucy- não não levy eu não aprontei ainda não

Levy- chegar vai logo pro banheiro - disse em purrando lucy pro banheiro - lucy já imaginou que o diretor falar que você vai embora 

Lucy - isso não vai acontecer Levy e si isso acontece eu te levo junto comigo em tão não se preocupe - disse entrando no banheiro 

Levy - tomara que você esteja serta lucy - disse com a cabeça baixa 

[....]

Levy - lucy você tá demorando de mas 

Lucy- CALMA LEVY JÁ TÔ SAINDO 

Levy- lucy você já fico quatro minutos aí daqui a pouco o diretor vem aqui 

Lucy - pronto levy 

Levy - agora vai ver o que o diretor quer falar com você agora 

Lucy - tá levy já tô indo 

Levy - depois que você fala com o diretor você vai meconta tudo tá 

Lucy - sim levy 

A levy e uma amiga que eu conheçe quando comecei a estudar aqui ele muito exigente com os estudos então ela me ajudou muito com isso e também não gosta que ninguém chame ela dé baixinha 

[ SALA DO DIRETOR ]

TOC TOC 

****- pode entra 

Lucy- Dereitor mandou me chamar

****-  Sim senhorita heartflia 

Lucy- o que queria falar comigo 

****- senhorita seu pai me ligou pedindo para a senhorita  voutasasi e mediatamenti para magnólia ainda hoje 

Lucy- por que meu pai quê  que  eu volte para magnólia antes do praso de aulas 

****- eu não posso falar senhorita heartflia só sei que é sobre a saúde de sua mãe 

Lucy- minha mãe o que elá tem 

****- senhorita seu carro esta esperando no lado de fôra da escola por favor vá logo para magnólia 

Lucy- mais eu nem peguei minhas roupas 

****- não se preocupe com isso senhorita vamos mandar suas roupas assim que podemos 

Lucy- entendi então isso é um adeus 

****- senhorita acho melhor você ir

Lucy- não posso me despedir dôs meus amigos 

****- Desculpas senhorita mais você tem que ir

Lucy- então acho que isso e so um tchau 

****- tchau senhorita 

Sai da sala com a cabeça baixa estava tudo lento ao meu redor como si tudo fosse só um sonho que depois de muito tempo agora estou acordando 

[...] 

Agora estou no carro encaminho a magnólia o silêncio irritante me emcomodava então resolver quebra a quele silêncio 

Lucy- vai demora muito pra chegar 

****- não lucy-sama falta pouco daqui a uma hora 

Lucy-  não me chamar de lucy-sama pode me chamar de lucy 

****- sim lucy

Lucy- viu não foi tão difícil falar meu nome 

****- sim lucy 

Lucy- já que você sabe o meu nome eu preciso saber o seu

****- assim minhas desculpa Lucy meu nome e Leó

Lucy- e um prazer Léo você e de magnólia 

Léo- sim desde que nasci moro  com meu irmão mais novo 

Lucy- quantos anos você tem Léo 

Léo- 23 anos vou fazer não próximo ano e você lucy

Lucy- vou fazer 17 anos no fim do ano e seu irmão tem quantos anos qual é o nome dele 

Léo- você e bem curiosa não é lucy 

Lucy- só uhm pouco 

Léo- tudo bem fiquei a vontade para pergunta qualquer coisa 

Lucy- com você prefere um relacionamento 

Léo- sinceramente depende da pessoa em que eu estou me relacionando 

Lucy- então depende da pessoa ice  essa pessoa  for muito curiosa 

Léo- curiosa com você 

Lucy- sim..   essa pessoa foci Eu o que  você faria 

Léo- eu não sei dê verdade eu acho que faria de tudo pra ficar com você eu acho

 Lucy- você parece bem legal acho que vamos nús da bem 

Léo- conisdensia não eu estava pensando a mesma coisa 

O testo da viajem foi tranquila conhece mais leo agora sei que ele tem um irmão jemio que sé chama loke que e completamente deferente dele mais eu não entendi dereitor 

Não aguentava mais fica na quele carro já estava de noite tava ficando com sono não aguentava mais então acabei dormindo ali mesmo 

[...] 

Léo- Lucy acorda chegamos 

Lucy-  uhm só mais um pouco Levy 

Léo- lucy por favor acorde e não me chame de Levy

Lucy- ahm eu to com sono  não quero estudar Levy 

Léo- eu não sou Levy..  lucy vamos acorde lucy

Lucy- não quero não durmi quasi nada - falo com os olhos fechados por qualsa  do sol - leo me leva pra cama

Léo- ta lucy vou fazer o que você pidio 

Vou abrindo os olhos sentido o  sol entra em meu rosto sinto um cheiro forte um cheiro masculo um cheiro bom 

Léo- lucy o que você estar fazendo 

Quando olho estou nos braços fortes de leo no estilo noiva 

Lucy- eu que pergunto isso 

Léo- a senhora estava com sono então estou te levando para seu quarto 

Assim que ele falou percebi que estava na frente de um portão enorme e logo atras uma bela mansão 

Lucy- leo já chegamos em magnólia 

Léo- sim fais três minutos que chegamos em magnólia 

Lucy- leo agora que eu acordei você pode me bota no chão 

Léo- ah sim minhas desculpas - desse me coroquando no chão - lucy não pensei que você ficaria chatiada 

Lucy- não foi nada leo você só queria me levar para o meu quarto não é 

Léo- sim lucy agora vamos entra para arrumar suas coisas 

Assim que ele disse o portão si abril então ele estendeo a mão para me guia a mansão era lindo para todos os lados tinha muitas arvores ao fundo ao poucos 

Chegamos a frente de mansão leo Souto minha mao e foi para frente de mansão e parou 

Léo- seja  bem  vinda  de  voltar lucy


Lucy- Sim estou de voltar 



Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...