História Foi graças à fama que te conheci - Capítulo 61


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Jorge Blanco, Jortini, Leonetta, Martina Stoessel, Sebastian Yatra
Visualizações 18
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem, deixem os vossos comentários que me deixam muito feliz🙏🏻❤️

Capítulo 61 - Capitulo 61


Fanfic / Fanfiction Foi graças à fama que te conheci - Capítulo 61 - Capitulo 61

Algumas Horas Depois - México 

Pov’s Tini 

 

Acordei, sentido o meu corpo abraçado a alguém, e alguém me abraçando, rapidamente abro os olhos e vejo o Jorge deitado ao meu lado, com o rosto todo amassado e inchado, como se antes de adormecer tivesse chorado, me levantei devagar e o mesmo apenas se remexeu e continuou a dormir, fui até á mala e peguei em um vestido colado ao corpo simples (foto no inicio) , e fui tomar um banho rápido, depois vesti o vestido, fiz uma make simples (Base/Mascara de Cílios/Delineador/Iluminador/Corretivo) deixei o cabelo natural, me olhei no espelho e sorri, me virei de lado e pude ver uma leve onda na minha barriga, acariciei ela, sai do banheiro, calcei um sapato simples dourado e peguei na minha bolsa, sai do quarto sem fazer barulho e fui em direção ao restaurante do hotel para comer algo pois já são 16h30, comi uma coisa leve e peguei no meu celular para ligar para o Gui (meu empresário)

 

Ligação On:

 

Tini: Oi Gui- disse

Gui: Oi Tinita- respondeu

Tini: Preciso de um favor seu!- disse sendo direta

Gui: Pode falar- respondeu 

Tini: Eu preciso que você marque uma conferência para daqui 1 hora aqui no México- disse

Gui: Ok, acho que ja sei para o que é- ele disse- vou marcar tudo e já te mando o local e o horário 

Tini: Tá, obrigada- disse sorrindo

Gui: Denada

 

Ligação Off

 

Enquanto ele não me dizia nada, decidi me sentar nos sofás que tem na entrada do hotel, estava pensando em tudo o que estava acontecendo com o Jorge, fui tirada dos meus pensamentos com alguém se sentando no meu lado.

 

Xxxx: Em que tanto pensa?- perguntou, olhei para o lado e forcei um sorriso

Tini: Em como tudo mudou em apenas 1 dia- disse para a minha sogra

Ceci: Vocês já resolveram as coisas?- perguntou, neguei com a cabeça- Ele me contou o que aconteceu, e eu sei o que você sente, ele agiu muito errado- ela me disse.

Tini: Eu não tenho culpa de não ter dado tempo de trocar de roupa- disse deixando cair lágrimas- Apenas não me queria atrasar e deixar ele sozinho- admiti chorando

Ceci: Eu sei minha linda- ela disse me puxando para um abraço- As coisas vão se resolver, ele estava desesperado te procurando- ela me disse, me separei do abraço e olhei para ela- Ele acordou e não viu você- ela disse

Tini: Apenas precisei vir comer e resolver algumas coisas- disse para ela

Ceci: Eu deixei ele com a Luna e disse que eu te vinha procurar- ela disse forçando um sorriso- Achei que você precisava desabafar

Tini: Eu me sinto esgotada-admiti- Eu juro que tentei tirar essa semana de férias mas não me deixaram, eu fiz de tudo para os horários me permitirem estar com ele e o apoiar- admiti ainda chorando- Mas não deu- disse e a mesma me voltou a abraçar 

Ceci: Você não tem culpa de nada- disse- O que acha de irmos lá em cima no meu quarto e você conversa com ele?- ela disse, me soltei um pouco do abraço e olhei nos olhos dela

Tini: Tá Bom- disse forçando um sorriso.

 

Algum Tempo Antes

Pov’s Jorge 

 

Quando acordei, não a vi ao meu lado e logo me desesperei, tentei manter a calma e fui tomar um banho, vesti uma roupa qualquer e fui em direção ao quarto da minha mãe, bati na porta e logo ela me abriu.

 

Ceci: Oi Filho- ela disse sorrindo- O que faz aqui?- perguntou

Jorge: Vim ver se a Tini estava aqui com você- disse 

Ceci: Não, ela não está aqui- ela disse, logo entrei em desespero

Jorge: Como assim ela não está aqui?- perguntei- então onde ela deve estar?

Ceci: Jorge calma, entra- disse me dando espaço para entrar, entrei e fui em direção da cama onde a minha irmã estava brincando

Luna: Ilmao- ela disse sorrindo

Jorge: Oi minha boneca- disse dando um beijo no seu rosto e forçando um sorriso, ela logo voltou a brincar, me sentei na ponta da cama e a minha mãe se sentou ao meu lado.

Ceci: Vocês ainda estão brigados?- perguntou

Jorge: Ainda não tivemos oportunidade de falar- admiti- Quando ela chegou estava passando mal, quando cheguei no quarto depois de falar com a Sofia, ela já estava dormindo

Ceci: Vamos fazer assim- disse para mim- Você fica aqui com a Luna e eu vou procurar a Tini- ela disse

Jorge: Mas Mãe...- disse e ela logo me interrompeu

Ceci: Sem mas- ela disse- Tal como você precisa desabafar, ela também precisa- disse se levantando- Fica aqui, na geladeira tem o lanche da sua irmã para ela comer daqui a 15 min- ela me disse e saiu do quarto.

 

Olhei para a minha irmã que brincava alegremente com os seus brinquedos, sorri e fui em direção dela para brincar com ela e assim tentar esquecer os meus problemas.

 

Agora

Pov’s Cecilia

 

Depois de conversar com a minha nora e a convencer a subir e falar com o Jorge, limpei o rosto dela, e a abracei de lado, fomos até ao elevador, carregamos no meu piso, e ela limpava as marcas de choro que tinha, chegando no piso fomos até á minha porta, antes de abrir a porta olhei para a mesma que encarava a porta.

 

Ceci: Pronta?- perguntei parando de abraçar de lado e pegando na sua mão.

Tini: Pronta- disse confiante

 

Abri a porta, e a puxei para dentro, fomos até á parede que liga o mini corredor á cama e vimos o Jorge brincando com a Luna, paramos e logo eles perceberam a nossa presença, a Luna parou de brincar com o Jorge e desceu correndo da cama e fui até á Tini que se abaixou um pouco e pegou ela no colo.

 

Luna: Tinli eu tavla com saudadles- ela disse a abraçando.

Tini: Eu também minha princesa- disse a colocando no chão. 

Ceci: Bom Luna vamos passear e deixar a Tini e o Jorge conversar a mesma assentiu e eu a peguei no colo antes de virar costas disse- Boa Conversar- e depois sai do quarto deixando o dois lá sozinhos.

 


Notas Finais


Já estou escrevendo o próximo capitulo😏❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...