História Foi por acaso? - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Karol Sevilla, Lionel Ferro, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Gaston, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nina, Personagens Originais, Ramiro, Rey, Sharon, Simón, Yam
Tags Ruggarol Aguslina
Visualizações 69
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Grávida.


( perdão. Isso que eu peço para voces . Fique 9 meses sem posta. Mais me desanimei muito com a fic. Não tinha nem mais ideia. Mais agora tive umas ideias. Eu peço muito que vocês me ajude a continua com a fic bom aqui está o especial Ruggarol)



Meses depois...



Karol


Viver e ser feliz. Amar e ser amada. Nesses meses e isso que esta acontecendo estou vivendo feliz. Feliz com o Ruggero ele me ajudou muito e cada dia que passa estou mais apaixonada. Eu tenho certeza que ele e o cara pra mim.

Mais infelizmente descobri que Lionel ainda está atras de mim. E só de pensar que eu o chamava de irmão! Irmão que me via como um instrumento sexual. Me estrupou sem piedade alguma. Como? Como pode exister pessoas assim.

Suspiro mais uma vez deixando esses pensamentos de lado.

Ruggero- Ainda pensando nisso?- diz meio nervoso

- As vezes esqueço que você e um vampiro e pode ler meus pensamentos. - sorrio.

Ruggero - sabe de uma coisa?- ele sorrir.- Eu também gosto de voce- Sorrio.- e não e hoje.

- Rugge. Me promete uma coisa?- Suspiro.

Ruggero- Sim.

- promete que nunca vai me abandonar - Sinto meus olhos lagrimejar.

Ruggero- Eu nunca irei te abandonar. Minha pequena- Sorrimos juntos.

Ruggero
Encaro sua boca. Que ja estava chamando minhas atenção a muito tempo. Respeito e tomo coragem e a beijo. Sinto a sua supresa. Mais logo ela retribui nosso beijo era suave e calmo. Ela arrava minha nuca de leve. Ela se deita na cama me levando junto com ela. Tiro sua blusa com calma afinal eu 9não tinha pressa, beijo a extensão dos seus seios coberto ainda pelo sutiã. Tiro o seu sutiã. Karol observava tudo com calma, Encaro seus seios fartos. Minha boca falta saliva. Abocanho o seu seio esquerdo enquanto eu massageava o direito.

Karol- Ahh.- ela gemia baixinho com os olhos fechados.

Seus seios são tão deliciosos.

Mais me afasto. Me afasto. Porque ela foi estuprada pelo irmão.

Karol- Porque parou - diz com confusa


- Kah. Eu sei se você quer -Digo meio fora de órbita olhando para seus seios.

Karol- mais eu quero. - ela volta a me beija.

--------------------------------------------------
Assim que nos deitamos de novo. Ela tira a minha camisa. Tiro minha calça logo. Seria mais fácil assim.

Olho novamente para seus seios. Mais agora fazendo uma trilha de beijos pela sua barriga. Ate chega no seu short. E o tiro. Tiro junto com a calcinha. Sinto minha boca salivar.

E cai-o de boca ja sua intimidade. A mais como e deliciosa. Mais eu tinha que ser cuidadoso. Afinal quero que isso fosse uma primeira vez pra ela.

Karol- Ai meu Deus...- Suspiro. Gemendo.

Eu lambia com vontade. Penetrei um dedo com cuidado. E como ele e aperta. Tiro a minha cueca.

Karol- Rugg. Vai com cuidado - ela diz meio nervoso.

- claro - Dou um selinho nela.

Coloco devagar meu membro. Percebo sua carinha incomodada e começo a da varios beijinhos pela sua carinha.

Karol- pode ir mais fundo - suspira. E assim eu fiz, fui um pouco mais fundo, comecei com estocadas lentas.

Karol- Ahh. Vai maais rapido - Ela gemia. Minhas estocadas agora era acelerados. Nossos gemidos se misturam.


E logo nos dois chegamos ao nosso limite

------------------------------------------------------
- sabe eu nunca fui muito bom em declarações - digo rindo.

- mais eu amo você karol. Vez da primeira vez que eu te vi. Eu ja senti algo por você - sorrio.

- Eu te amo.- ela sorri emocionada.

- Não vou te pedi em namoro porque demoramos demais- seu sorriso se desfaz.

- Mais vou te pedi em casamento. Aceita se casar comigo?

Karol

Eu estava chocada. Estávamos nus. O cara que eu amo esta declarando.

Está me pedindo em casamento?

Isso seria um sonho?

Ou realmente eu estou acordada?

- Eu aceito rugg. Eu te amo tanto- beijo ele.

Finalmente estamos juntos.

- mais creio te dizer que vamos ter que sair-ele me olha manhoso.

- nao faz essa carinha - digo fazendo biquinho. E nos levetamos na cama. Nos vestimos


Valentina- Sairam do quarto - sorri maliciosa.

Rugg- Nao ainda estamos no quarto- ela revira os olhos.

Agustin - Mais eai?- Agustin olhou para rugg. Vampiros! Vampiros sempre consegue desvendar coisas.

Ruggero- Tá tá. Não precisa me olhar assim. Estamos noivo. Ah e me ajude com os preparativos do casamento. - Abro a boca totalmente supresa.

Carolina- CARALHOOOOOOOOOO- diz totalmente eufórica - AAAAAAA VAMOS COMEÇAR OS PREPARATIVOS JÁ - diz animada. Eu sorrio com isso.

Ruggero - Vamos sair amor?- meu sorriso se torna mais largo ao ouvir esse " Amor"


- Vamos vida.

---------------------------------------------

- pra onde vamos. - ele sorri não falando nada.

- Anão Ruggero odeio que me deixe curiosa


Ruggero- Supresa e supresa vida- diz com um sorriso fofo.

Mais todo esse ar romântico se desfaz quando vejo Lionel. Ele me olha e sorri irônico. Mais a sorte e a gente estava de carro.

- ru...rugge- minha voz parecia travar.

Ruggero- o que ouve?- diz preocupado.

- lionel- Sussuro. Ele olha para lionel e acelera o carro.

Chegamos no shopping.

- Ele. Me achou - eu estava em choque eu não podia acreditar.

Ruggero- Escuta. Vida. Ele nao vai chegar perto de você eu nao vou deixar. Eu te amo. E nunca vou deixar ninguém fazer mal a você.

Ele me abraça.


E assim me senti segura


Semanas depois

Valentina 


A encaro mais uma vez.

- Karol já faz duas semanas que você só vomita


Karol- eu ja disse Valuh desse ser algo que eu comi.

- Karol- Suspiro irritada.- você está grávida .

Ela arregala os olhos


Karol- mais o que?- diz meio deseterioetada .

- esqueceu que eu posso ver o corpo humano?- eu enxergo o bebê .

Karol parece está chocada. Mais logo abre um sorriso.

Karol - Eu estou Grávida.


- e eu quero ser madrinha

Ruggero

Agustin - Ja marcou a data do casamento?- diz meio sonolento.

- Não. - falo rindo da sua cara.

Michael - muita transa agustin- Agustin nos olha irritado.

Agustin - Não. E muito trabalho. Fiquei vigiando Lionel - Sinto meus olhos escurecerem

- Sem mim?

Agustin - desculpa rugge. Mais e sério. Lionel esta mais louco do que nunca.

- desgraçado!

Karol

Gravida

Grávida

E

Grávida


Eu estou esperando um filho e não tem como estar Feliz com isso.mais algo me preocupava

Lionel. Lionel não por me achar ele não pode machucar meu filho


Ruggero - Amor?- ele me olha e corre ate mim preocupado


Rugg - o que ouve?.

- está tudo bem vida.- Sorrio.


- Rugge eu tô grávida...


Notas Finais


Nao desistem da fic meus amores.

Daqui pra frente vou me esforça muito para continua com a fic bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...