1. Spirit Fanfics >
  2. Folhas de outono- tobirama >
  3. Capítulo V

História Folhas de outono- tobirama - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo V


Fanfic / Fanfiction Folhas de outono- tobirama - Capítulo 5 - Capítulo V

 

- isso pode para a guerra por enquanto, para parar a guerra vocês e os Uchihas tem que conviver em harmonia, nada melhor do que uma estrutura social 

Ele me olhou curioso

Tobirama- eu entendo a sua ideia, se um depender do outro nunca vai ter guerra de novo .

- isso mesmo - ele contínuou a caminhar já estava ficando escuro.

Eu desci do cavalo e fui andando com ele 

Tobirama- e o casamento? Eu olhei para ele 

- Eu preciso de um marido, eu quero ter filhos e não posso fazer sozinha .

Tobirama - você é uma mulher egoísta , sua terra , não haver guerras , um casamento porque você tem vontade 

Isso não dói

- Sim eu sou uma mulher egoísta e vaidosa.- disse olhando para o caminho .

Olhei a entrada, caminhei até lá 

Ane - eu estava preocupada -me abraçou com força.

- calma, calma , está tudo bem- ele me olhou

Ane - quem é ele ?- eu olhei para ela , se eu responder, ele não pode saber do meu relacionamento com Madara.

- eu vou me casar com ele - disse os guardas param as pessoas que passavam pararam e ela me olhou

Ane- há ?- eu segurei a mão de tobirama que olhou para o lado emburrado.

- o papai havia me pedido um casamento e decidi que vou me casar com ele , meus filhos vão ser lindos .

Ane- você realmente enlouqueceu de vez , conheceu ele hoje, e vai que ele seja um pervertido?

Eu sorri

- eu acho que ele não é, e o jantar já está pronto?

Ane - já, está servindo no seu quarto 

- ok, vamos tobirama. Ele entregou a rédia tô cavalo para o guarda e me seguiu até o quarto .

Ane- seu vestido está sujo de lama

- eu estava em um acampamento de guerra, aliás arrume uma roupa para ele , ele vai dormi aqui hoje .

Tobirama- eu não disse - eu o cortei - vai ainda temos tanto para conversar.

Ane - ok , arrumo , ele vai dormi no seu quarto?

Eu olhei para ele 

Tobirama - não- eu sorri.

Abri a sacada que dava para ver a lua, ele realmente não gosta de mim, caminhei até a varanda o vento correu como isso era bom  me virei para ele .

- você quer tomar um banho?- ele me olhou sério

Tobirama- sim eu quero.

Ane- aqui - entregou a roupa e eu o conduzi até a minha banheira estava cheia de petalas de flores com óleos 

Voltei para quarto a Ane começo a servi a comida , ela se sentou e eu abracei ela .

- Temos que conversar depois

Ane -é sobre o Madara( disse baixinho)

- eu preciso que arrume meu casamento para o domingo .

Ane - Vivian e se ele maltrata você .

- eu sei que existe essa possibilidade mais foi tudo que eu pensei na hora - ela passou a mão no meu cabelo 

Ane - ok vou preparar tudo.

Ele saiu do banho, e me viu abraçada com ela 

Ane - vamos eu vou lhe dar banho.

Eu me levantei feliz

Ane - as crianças ainda estão aqui .

-serio eu queria brincar mais com elas.

Entrei no banho ela me banhou e prendeu meu cabelo , eu estava com uma camisola de seda branca e sai a Dorothy veio atrás de mim 

- Dorothy , esse é o Tobirama, ele vai ser seu pai .

Tobirama me olhou , ele estava na varanda , tenho que admitir ele é bonito 

- venha vamos jantar- a Ane saiu - obrigada Ane até mais tarde.

Ela fez referência e saiu 

Eu me sentei e a Dorothy veio até meu colo, se deitando.

Tobirama- obrigado .

Ele levou começo a comer , eu estava comendo lentamente 

- Dorothy , você gosta desse não é ?

-aqui- dei na boca dela 

Tobirama- isso não faz mal?- eu olhei para ele 

- eu não sei , mas esse é o favorito dela.- ele olhou 

Tobirama- eu soube que o líder da sua família morreu.

- sim ele morreu faz um ano, eu assumi logo depois.- levei o hashi a boca e ele acompanhou com os olhos 

Tobirama - eu vou lhe dar filhos , eu prometo.

Olhei para ele - obrigada, Tobirama você é muito gentil.

Ele olhou para o lado sem jeito, eu queria provoca-lo mais um pouco....

Me levantei e me aproximei dele, ele me olhou sério -abra a boca ahhh

Tobirama- o que você está fazendo?

- lhe dando comida na boca - ele me olhou e fez que ok 

Abriu a boca e eu lhe dei comida 

Tobirama - você realmente ...

Ane - eu trouxe um saque- elas duas se olharam e ela sorriu- eu vou deixá-los a sós a cama da já está pronta 

Tobirama- você arrumou o outro quarto?

Ane- não , você vai dormi aqui- A minha senhora não mandou eu arrumar o outro quarto

- Ane você é a melhor - dei tchau

Ele me olhou e eu olhei sorrindo para ele  

Tobirama- você .

- é só para você me comer, não precisa fazer mais nada 

Tobirama- e o casamento ?

- é só uma cerimônia- ele me olhou sério 

Tobirama- casamento é uma coisa séria . Disse conversando comigo de forma que nos dois parecíamos que nos conhecíamos a anos

-eu sei mais eu preciso de filhos. Dizem que a primeira vez dói é verdade? E eu soube que depois disso se torna maravilhoso , é tão bom assim?A e ..

Tobirama-calma , calma, a primeira vez de uma mulher doi - eu me encostei no braço dele - você vai se sentir desconfortável , mais a segunda para frente você vai gostar.

Eu olhei para ele. - quer um pouco de saquê?

Tobirama-sim. Eu servi 

Depois de um tempo .

Tobirama- eu não gostos dos Uchihas...qual é sua relação com o Madara?

- eu sou amiga de infância dele...- ele me olhou .

Tobirama- você ama ele não é, eu vi como vocês se olhavam quando ele te colocou no cavalo.

-talvez sim , talvez não , eu não sei.- sorri, ele me olhou - aquilo era .... Calor, sentia minhas partes baixas queimando.

- Tobirama transe comigo.- disse subindo no colo dele - eu estou sem calcinha .

Ele passou a mão pelo meu corpo, eu gemi para ele , ele me beijou de forma quente sentia suas mãos na minha levantou meu vestido me deixando nua, ele desceu beijando meu pescoço, me deitou no chão eu respirei fundo, me mordeu eu soltei um gemido alto.

Desceu para os meus seios isso era maravilhoso - Tobirama, gemi  

Ele me olhou- esse também - disse para ele lamber - ele lambeu e eu gemi alto.

Ele estava duro, eu parei ele deitando ele no chão , abri a yukata dele e comecei lamber o pênis dele, meu deus- ele gemeu jogando a cabeça para trás, comecei a masturbar ele com lambendo, levei todo ele na boca, até que ele gozou .

Ele me olhou e pegou meu braço - abra as pernas - disse ele sem nenhum pingo de do- abri para ele, ele se posicionou na entrada , ele me olhou , entrando , eu mordi a boca quase chorando

Tobirama-calma- eu subi o abraçando ele me abraçou .

Eu não o amava, eu consigo entender ele .

Gemi, ele começou a se mover há , logo a dor se converteu em prazer- Tobirama eu quero mais - disse a ele - enquanto ele me penetrava puxando pela cintura , aquilo era maravilhoso, sentia ele todo 

Olhei para ele, lindo meu deus que abdômen, me levantei - ele me beijou, - cavalgue aqui .- eu subi e comecei a fazer... Ele segurava minha cintura ele me levou , chupou meus seios

Ele gozou , dentro de mim

Meu Deus esse homem .

-fique de quatro para mim- levou a mão ate minha cintura, colocou novamente e começou a me puxar 

- Tobirama, eu ....não aguento mais disse a ele minhas pernas estavam bambas e ... Já havia tido vários orgasmo e eu não sabia mais nem quantas vezes nos já havíamos transado

Eu caí , ele me pegou, me deixou na cama .

Tobirama- eu vou indo - disse olhando para o sol nascendo , ele fechou a janela e puxou o lençol me cobrindo .

-ta bom - disse segurando a mão dele

Isso era insanamente bom






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...