1. Spirit Fanfics >
  2. Fool Alpha - Seulrene >
  3. Capítulo XX

História Fool Alpha - Seulrene - Capítulo 20


Escrita por: Stzuyoda

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 20 - Capítulo XX





"Eu cometi um erro

Por favor, olha para mim

Diga-me que está tudo bem

Porque eu entendo

Ela nunca será como você" (Never be like you - Crywolf) 




- Esse era o lugar que você tinha guardado para mim Na Jaemin? - Joohyun falou com os de fios rosas que riu.

- Não tenho culpa se a Jennie não entende a palavra "Não". 

- Você é um péssimo namorado de mentira. - A loira falou baixo para que só ele escutasse já que Seulgi não estava muito distante de suas carteiras. 

- Senta aqui. - Apontou para o seu colo fazendo a mesma rir.

- Nem se fosse o último lugar para se sentar. - Disse fazendo o garoto revirar os olhos e puxar o braço da loira. - Isso é mesmo necessário?

- Se você quiser desistir desse plano por mim tudo bem. - O garoto disse calmamente fazendo Joohyun o encarar e negar.

- Vocês são muito fofos juntos. - Joy disse.

- Para com isso. - Jaemin disse fazendo as demais rirem.

- Escuta aqui Na Jaemin, se eu sentir algo se mexendo eu juro que te dou um soco na frente de todo mundo. 

- Eu hein, você é minha amiga e eu não ficaria excitado por uma amiga, e muito menos por uma mulher. - Disse a última parte baixo mas não o suficiente para que Joohyun não escutasse e risse alto. 

- Você é um idiota. - Falou - Mas mudando de assunto, Joy você disse que pediu Wendy em namoro? 

- Ah, Sim.

- E tá esperando o que pra contar pra gente? - Jennie perguntou fazendo a mais nova suspirar.

- Okay, a história é um pouco longa.

- Nós temos todo tempo do mundo. 

- Bom...


Joohyun se ajeitou no colo do garoto de modo que pudesse encarar Sooyoung e escutar sua história, as mãos dos de fios rosas foi passada por volta da cintura da garota em um abraço, fazendo com que a mesma começasse uma sessão de carinhos no cabelo do garoto.

 Seulgi via toda aquela cena enquanto batucava os pés em sinal de nervosismo, Jisoo que encarava a amiga não entendia toda aquela ação da mais velha.


- Para com isso. - Disse empurrando a morena de lado.

- Eu quero matar alguém. 

- Credo unnie, que bicho te mordeu hoje?

- Não é um bicho, é um garoto charmoso com um sorriso maravilhoso e cabelos rosas. - Wendy comentou risonha entrando no meio da conversa.

- Vai se ferrar Son Seungwan. Eu vou falar com ela. - Falou se referindo a Joohyun.

- Por que? Deixa a garota ser feliz.

- Ela não vai ser feliz com ele.

- E com quem então? Você?

- Sim... quer dizer, não. - Disse se embolando nas palavras.

- Deixe a Sunmi e fique com quem realmente goste, ou seja, Joohyun. - Wendy aconselhou.

- Eu não sei se o que eu sinto é gostar.

- Seulgi, bata na sua cara antes que eu bata. - Jisoo disse - Isso já está óbvio para nós, provavelmente pelos amigos dela e querendo ou não por você.


Antes que Seulgi pudesse dizer algo o professor entrou na sala fazendo os alunos virarem para frente e se calarem. A cada dia que se passava Seulgi sentia seu coração se apertar mais com a pequena garota que tinha o poder de destruí-la com apenas um singelo sorriso. Tudo estava tão confuso, o sentimento que crescia dentro dela não era consideravelmente normal. Sabia que era fraca quando o assunto era a Joohyun, por mais que a mesma fosse Alfa tinha certeza que faria qualquer vontade da ômega apenas para vê-la bem, e isso ela já demonstrava a muito tempo, mas só agora percebendo suas atitudes viu como era perdidamente trouxa pela Bae. 


[...]


As aulas do primeiro período passaram rápidas e logo foi o horário do intervalo, como sempre, Sunmi se via pendurada na acastanhada que tinha um rosto impaciente estampado para todos. Mesmo Sunmi sendo uma ômega ela parecia não ligar muito para o que Seulgi dizia quando usava sua voz autoritária, era teimosa demais para isso.


- Sabe, eu estava pensando em uma coisa. - Disse assim que sentou do lado da acastanhada.

- Você pensando? Estou surpresa. - Seulgi falou com ironia fazendo os meninos que a acompanhava enconderes os risos. 

- Aigoo! Por que é tão má comigo Seulgi-ah?

- Primeiro, já disse pra não me chamar assim, e segundo, fala logo o que estava pensando? - Disse assim que abriu seu suco o levando ao seus lábios. 

- Bom, eu queria saber quando você vai fazer a marca em mim.. - Falou e como uma resposta rápida cuspiu todo o líquido que tinha na boca em direção ao Jeno.

- Que nojo. - Falou fazendo uma careta.

- Fazer o que? - Seulgi perguntou ainda tentando processar a pergunta idiota da Sunmi. - Mas nun-

- Sunmi, você pode pegar outro suco pra Seulgi? - Jisoo perguntou interrompendo a fala da acastanhada.

- Qualquer coisa para o meu pudinzinho. - Disse se levantando e saindo da visão dos demais.

- Marca? Pudinzinho? Essa garota está me deixando louca e não é do tipo bom. E agora? O que eu faço?

- Primeiramente, vai lavar minha jaqueta novinha pudinzinha. - O de cabelos azuis disse se limpando com um guardanapo.

- Termina com ela Seulgi. - Wendy disse seriamente. - Termina essa merda que nem devia ter começado, você está usando a garota.

- Ela parece gostar de ser usada. - Retrucou recebendo um olhar apreensivo como resposta - Eu não posso fazer isso.

- Por que não? A garota que você gosta está bem ali, com outro garoto, e você aqui parada sem fazer nada sobre isso. - Jisoo comentou se intrometendo. 

- Vocês querem que eu faça algo então?

- Sim, até que enfim entendeu... parecia que estamos falando em outra língua.


Seulgi olhou de relance para a mesa animada que não se importava em rir alto e levou o olhar até Joohyun que sentindo um desconforto como se alguém lhe observasse parou seus olhos em Seulgi que a encarava sem se importar com nada a sua volta. Joohyun lembrou-se de apenas uma palavra que Wendy havia dito em sua cabeça: "Provoque-a". As duas travaram uma imensa batalha de quem vacilaria o olhar primeiro. A loira sorriu de lado e tombou sua cabeça de uma maneira fofa mordendo seu lábio inferior. A mais nova rapidamente desviou o olhar dando a vitória para a menor que sorriu com isso. Como Joohyun poderia ser extremamente fofa e sexy ao mesmo tempo?... essa era uma pergunta que Seulgi sempre fazia e nunca chegava a uma resposta concreta.


- Eu preciso ir. - A acastanhada falou e se levantou sem deixar que seus amigos a questionassem. 


Sentiria que não aguentaria ficar naquele lugar nem mais um minuto com Joohyun a encarando daquela maneira. Queria apenas tê-la em seus braços, distribuir beijos e impedir que qualquer um se aproximasse de Joohyun, da sua figurinha rara.


- Seulgi onde vai? Eu peguei seu suco. - Sunmi correu até a garota que parou pensativa e encarou a mais velha em sua frente. 

- Esquece isso. - Disse assim que tomou o plástico das mãos da mesma. - Eu preciso ter certeza de uma coisa, tudo bem? 

- Qualquer coisa. - A garota a sua frente sorriu e foi surpreendida quando sentiu os lábios de Seulgi se chocarem contra os seus.


Kang nunca pensou que beijaria Sunmi tão intensamente como naquele momento, ela precisava de resposta e sabia muito bem que Sunmi poderia lhe oferecer. Suas mãos desceram até a cintura da mais velha e ficaram ali durante todo o beijo.

Seulgi esperou o sentimento, esperou o gosto doce dos lábios de Joohyun, esperou a batalha de dominação do beijo que Joohyun lhe proporcionava, esperou a vontade de se aprofundar mais naquilo assim como sempre sentia com Joohyun, esperou ter a excitação de não querer apenas o beijo e sim algo a mais como sempre sentia quando beijava Joohyun, e esperou a felicidade em realizar tal ato, mas.... nenhuma sensação veio. Beijar Sunmi era como beijar o vazio.... simples, sem cores e chato.

No fim das contas sua resposta veio a tona, Sunmi nunca causaria o mesmo desejo que Seulgi sentia com Joohyun... e tendo essa resposta, ela tinha outra pergunta: "Será que era isso o tal amor que tantos diziam?". Ela não tinha certeza, a única coisa que ela percebia era que sempre esteve errada. Bae não a pertencia, e sim ela própria pertencia a menor. Ela era louca por contatos, ela era louca por sorrisos, ela era a hipnotizada pelos olhares e era ela apaixonada por Joohyun. 


- Isso foi...

- Idiotice minha. - Seulgi falou por fim fazendo Sunmi a olhar interrogativa. - Eu sei que gosta de mim Sunmi, mas eu realmente não sinto nada por você. 

- O que?

- Olha, nosso "namoro" não está dando certo, eu não estou feliz.

- Estamos namorando a pouco tempo, ainda há tempo para eu poder lhe fazer a garota mais feliz desse mundo... - A mais velha levou seus lábios até o pescoço da acastanhada que fechou os olhos tentando reunir forças, afinal as vezes seu lado alfa falava mais alto.

- Eu sinto muito Sunmi. - Disse baixo e empurrou o corpo da mesma. - Toda essa mentira que tivemos acaba aqui... A verdade é que nós só começamos a namorar para eu esquecer alguém, mas não deu certo.

- Então todo esse tempo, os beijos e os toques indiscretos foi ilusão? Você me usou para o seu próprio benefício?

- Eu sinto muito. - Viu os olhos da morena encher de lágrimas e a mesma abaixar a cabeça. - Você vai encontrar uma pessoa que não te use como eu usei.


Em um ato repentino Seulgi sentiu seu rosto ser virado de maneira brusca para o lado, o que a fez soltar um rosnado baixo em irritação. Sua pele ardia e ela lutou muito contra si mesma para não acabar com Sunmi naquele exato momento, sabia que no final das contas merecia aquilo.


- Eu fui uma cega idiota, eu briguei por você, apanhei por você, levei ofensas por você e nada valeu a pena. - Falou fazendo Seulgi a encarar - Eu me tornei uma pessoa que não sou porque estava cega de amores por você. Você não merece o meu amor e o de mais ninguém... Joohyun estava certa, você é uma idiota que só pensa em si mesma. 


Antes que ela pudesse sair puxou a garrafa da mão da acastanhada e a abriu despejando todo o conteúdo em Seulgi que apenas fechou os olhos respirando fundo. 


- Passar bem Kang. - Sunmi disse e escutou um rosnado mais alto o que a fez sair do lugar rapidamente.




- Acho que eu mereci isso, mas continuo com vontade de socar ela. - Disse para si mesma para logo em seguida jogar seu punho contra um dos armários ao seu lado o amassando - Melhorou.









Notas Finais


Até que enfim...

Feliz Páscoa pessoal, se cuidem e até o próximo 🐰💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...